Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2010

Rota da Lampreia e da Vitela em jantar no Museu do Vinho Bairrada em Anadia

Inscrições para iniciativa eno-gastronómica terminam amanhã

Realiza-se no dia 2 de Março, próxima terça-feira, pelas 20.30 horas, no Museu do Vinho Bairrada, na cidade de Anadia, mais um jantar temático, onde a gastronomia de outras regiões e os vinhos de excelência da Região Demarcada da Bairrada voltam a cruzar-se, num jantar que vai contar com a animação de fados.

Este é o primeiro jantar promovido pela Câmara Municipal de Sever do Vouga, com a colaboração dos municípios de Vouzela e de Anadia, sendo o principal objectivo divulgar o Festival da Lampreia e da Vitela, que se realiza na vila severense de 5 a 14 de Março.

Para além da lampreia, servida à bordalesa ou com o tradicional arroz, os “comensais” presentes podem optar, caso não apreciem este peixe, pelo prato de vitela assada à moda de Sever, com o famoso arroz de forno.

Para sobremesa a autarquia de Sever do Vouga vai servir mirtilo, em doce e gelado, enquanto a autarquia de Vouzela irá apresentar a sua doçaria, com especial destaque para os estaladiços e cremosos pastéis de Vouzela, uma iguaria de grande qualidade, que encerra o “festim” desta viagem gastronómica.

 

Inscrições para o jantar

Todos os interessados em participar no jantar eno-gastronómico podem inscrever-se directamente no Museu do Vinho Bairrada, até ao próximo dia 26 de Fevereiro, amanhã, ou pelo telefone 231 519 785.

O valor da inscrição para esta noite de iguarias é de 25 euros, sendo que a sala terá o limite de 50 lugares.

 

Festa da Lampreia e da Vitela

A edição de 2010 da já tradicional Festa da Lampreia e da Vitela vai realizar-se entre os dias 5 e 14 de Março, como já foi referido.

Trata-se de uma iniciativa com mais de uma década e que tem como principais objectivos promover a variada e apreciada gastronomia local e proporcionar a degustação, especialmente, de dois dos produtos mais conhecidos, a lampreia e a vitela, que dão o nome ao evento, que conta com a organização da Câmara Municipal de Sever do Vouga.

A lampreia é uma iguaria de carácter sazonal, servida de Janeiro a Abril. A vitela é degustada de forma tradicional, assada em forno a lenha. Pela superior qualidade e requintado paladar de ambos os pratos, é difícil optar por um deles.

Serão vários os restaurantes locais que mais uma vez vão aderir à Rota da Lampreia e da Vitela.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 10:57

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 27 de Julho de 2009

ACIB e Kiwicoop promoveram “II Festival do Kiwi”

Certame decorreu no Espaço Inovação, em Oliveira do Bairro

A Associação Comercial e Industrial da Bairrada (ACIB) e a Kiwicoop organizaram, de 11 a 19 de Julho, o “II Festival do Kiwi”, que decorreu no recinto da FIACOBA, no Espaço Inovação - Zona Industrial de Vila Verde, em Oliveira do Bairro.

As duas entidades levaram a cabo várias actividades, tendo em vista a promoção do kiwi, visto a Bairrada ter uma produção significativa deste fruto e a Kiwicoop ser a maior e única cooperativa nacional de kiwi - a qual se dedica, em exclusivo, à produção, recolha, tratamento e comercialização deste fruto.

Das diversas iniciativas destacam-se a demonstração ao vivo de pratos confeccionados com kiwi, a maior tartelette de kiwi - com 138,7 metros - e o concurso de melhor sobremesa com kiwi.

 

Cozinha ao vivo

A demonstração ao vivo de pratos confeccionados com kiwi decorreu de 11 a 17 de Julho, tendo como objectivo promover e integrar a utilização do kiwi nos cozinhados.

A iniciativa contou com a presença de vários chefes conhecidos como Jorge Fernandes, Alain Thiriart, Armindo Alves, Manuel Gonçalves, Richard Stuiver, Carlos Capote e ainda Paulo Queirós e com as formandas do curso EFA de Cozinha, que decorre na ACIB. As formandas estiveram também a ajudar os diversos chefes.

Além dos chefes, a actividade contou com a presença de enólogos que sugeriram os vinhos e espumantes mais adequados para acompanhar cada prato que foi confeccionado.

 

Maior tartelette com kiwi

No dia 18 foi apresentada a maior tartelette com kiwi, que tinha 138,7 metros de comprimento. O objectivo inicial eram 130 metros, acabando por ser superado.

A tartelette foi confeccionada pelas formandas e formadores do curso EFA de Cozinha.

A montagem da tartelette iniciou pelas 16.30 horas, tendo terminado às 19 horas. No final, todos os visitantes da FIACOBA puderam degustar uma fatia.

Esta foi a segunda vez que a ACIB e a Kiwicoop se aliaram na confecção da maior tartelette de kiwi. Em 2005 foram confeccionados 112 metros de tartelette, para os quais foram necessários 150 quilos de kiwi.

 

IV edição do concurso de Melhor Sobremesa com Kiwi

A Pastelaria Aqua Doce, de Aguada de Cima, e o Centro Social e Cultural Nossa Senhora do Ó de Aguim foram os vencedores da IV edição do concurso de Melhor Sobremesa com Kiwi, que aconteceu no dia 19.

A Pastelaria Aqua Doce, com a sobremesa “Envergonhado” foi a primeira classificada da categoria Profissionais (Padarias, Pastelarias, Restaurantes, Escolas de Hotelaria e Profissionais da área) e o Centro Social e Cultural Nossa Senhora do Ó de Aguim venceu na categoria Amadores (Público em Geral e Associações), com a sobremesa “Flagrante Delícia de Kiwi”.

O segundo lugar na categoria Profissionais foi também para a Aqua Doce, com a sobremesa “Circo de Kiwi”, tendo a pastelaria Chocolate Chocolate, da Praia da Barra, ficado em terceiro lugar com “Smoking de Kiwi”.

Na categoria Amadores, o Centro Cultural de Sá ficou em segundo e em terceiro lugares com as sobremesas “Kiwibom” e “Kiwicoco”, respectivamente.

Com esta iniciativa, a ACIB pretendeu promover a utilização dos kiwis na confecção de sobremesas, fomentado assim a gastronomia da região.

Foram nove dias dedicados ao kiwi, sendo mostradas as várias potencialidades e a importância deste fruto na alimentação.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:47

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 29 de Junho de 2009

FIACOBA 2009 – Oliveira do Bairro

Programa cultural recheado com apostas regionais

O programa da 23ª Feira Industrial, Agrícola e Comercial da Bairrada (FIACOBA) e da 2ª Feira do Cavalo da Bairrada foi pensado para oferecer aos milhares de visitantes esperados variedade e para todas as faixas etárias da comunidade.

- 10 Julho (sexta-feira): Abertura oficial da 23ª FIACOBA e 2ª Feira do Cavalo da Bairrada, com a Banda Filarmónica da Mamarrosa, Escuteiros e Bombeiros (19 horas); actuação do Grupo de Cantares Raízes da Nossa Terra, da Palhaça (21.30 horas) e do cantor José Cid (22.30 horas). Decorrerá ainda um desfile de cavalos, cavaleiros e atrelagens nas mangas da feira.

- 11 Julho (sábado): Abertura do recinto e início do concurso modelo e andamentos Puro Sangue Lusitano (9 horas); provas do campeonato nacional de Horseball Masters (14.30 horas); tarde do Póneu, com o concurso (modelo e andamentos) e demonstrações “O Pónei e a Criança” (16 horas); provas do Campeonato Nacional de Atrelagens (um e dois cavalos) - Zona Norte; concurso de Cavalo de Sela “à Inglesa” (21 horas); actuação do Grupo Cantares dos Moinhos e concerto do grupo “Santamaria” (22.30 horas). Demonstração de Saltos em Liberdade do Cavalo de Desporto e desfile de cavalos, cavaleiros e atrelagens nas mangas da feira.

- 12 Julho (domingo): Abertura de recinto e início do concurso modelo e andamentos “Cavalo Cruzado” (9 horas); Atribuição dos títulos de Campeão de Raças e Campeão dos Campeões da 2ª Feira do Cavalo da Bairrada (14 horas); provas do Campeonato Nacional de Horseball Masters (16 horas); actuação do Grupo Cómico “El Chino Torero” na Praça de Touros (17 horas); corrida de Burros – montados/atrelados (19 horas); Festival de Folclore com os grupos Identidade Lusa, Grupo de Danças da Santa Casa de Oliveira do Bairro, Rancho São Simão, Grupo Estrelinhas do Cértoma, Grupo Etnográfico Bairrada Ribeirinha e Rancho As Vindimadeiras (21 horas); Noite do Pónei com concurso (atrelagens) e demonstrações; salto em Liberdade do Cavalo de Desporto Desfile de cavalos, cavaleiros e atrelagens nas mangas da feira.

- 13 Julho (segunda-feira): Abertura do recinto (15 horas); Dia do Associado da Associação Equestre da Bairrada (20 horas); Cavalhadas (21 horas); Noite de Fados com José Guerreiro, Andreia Alferes, Maria do Céu Correia e Maria do Rosário (22 horas); Salto em Liberdade do Cavalo de Desporto e Desfile de cavalos, cavaleiros e atrelagens nas mangas da feira.

- 14 Julho (terça-feira): Abertura do recinto (15 horas); concurso regional de atrelagens (21 horas) e concurso Regional de Atrelagens (um e dois cavalos); actuação de artistas do concelho: Eveline Filipe, Gisela Fardilha, Miguel Ramiro e Bandas Pop-Rock (22.30 horas); Salto em Liberdade do Cavalo de Desporto e desfile de cavalos, cavaleiros e atrelagens nas mangas da feira.

- 15 Julho (quarta-feira): Abertura do recinto (15 horas); concurso do Cavalo de Sela “à Portuguesa” e Crassh - Escola de Artes da Bairrada (21 horas); concerto de Manecas Costa (Guiné-Bissau), do Festim Músicas do Mundo (22 horas); Salto em Liberdade do Cavalo de Desporto e desfile de cavalos, cavaleiros e atrelagens nas mangas da feira.

- 16 Julho (quinta-feira): Abertura do recinto (15 horas); espectáculo equestre pelo Centro Equestre da Lezíria Grande (22 horas); Salto em Liberdade do Cavalo de Desporto e desfile de cavalos, cavaleiros e atrelagens nas mangas da feira.

- 17 Julho (sexta-feira): Abertura do recinto (8.30 horas); concurso nacional de saltos de obstáculos B (entre as 9 e as 19 horas); final do Concurso de Saltos em Liberdade do Cavalo de Desporto - dois anos (20 horas); actuação do Grupo de Cantares de Bustos; Fórum Oliveira do Bairro – Passado, Presente e Futuro (21.15 horas); actuação da Orquestra Ligeira da Mamarrosa (22 horas); concerto com o grupo “Da Weasel” (22.30 horas); desfile de cavalos, cavaleiros e atrelagens nas mangas da feira.

- 18 Julho (sábado): Abertura do recinto (8.30 horas); concurso de Vacas Holstein - Oliveira do Bairro 2009; Dia do Kiwicultor (9 horas); concurso nacional de saltos de obstáculos B (entre as 9 e as 19 horas); apresentação da Rota do Kiwi da Bairrada (15 horas); actuação do grupo “Melodias do Levira” (17 horas); elaboração e apresentação da maior tartelette de Kiwi (19 horas); final do concurso de saltos em liberdade do Cavalo de Desporto – três anos (20 horas); actuação do Grupo de Cantares do Silveiro (21.30 horas); concerto com o grupo Quinta do Bill (22.30 horas); desfile de cavalos, cavaleiros e atrelagens nas mangas da feira.

- 19 Julho (domingo): Abertura do recinto e concurso de Vacas Holstein - Oliveira do Bairro 2009 (8.30 horas); concurso nacional de saltos de obstáculos B (entre as 9 e as 19 horas); concurso Nacional de Saltos B - Grande Prémio Cidade de Oliveira do Bairro (14.30 horas); Concurso da Melhor Sobremesa de Kiwi (15 horas); grandiosa Corrida de Touros com os cavaleiros António Ribeiro Teles, Ana Batista e António Brito Pães e os Forcados de Coimbra e Aposento da Moita (16 horas); concerto pela União Filarmónica do Troviscal e desfile de cavalos, cavaleiros e atrelagens nas mangas da Feira (21.30 horas); encerramento da FIACOBA e 2ª Feira do Cavalo da Bairrada (24 horas).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:27

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 9 de Janeiro de 2009

Hoje é a vez do futebolista João Tomás mostrar dotes culinários em Oliveira do Bairro

Nuno Graciano veste papel de cozinheiro no Restaurante Quinta do Vale

Nuno Graciano foi o primeiro convidado da iniciativa “Cozinhar no Restaurante Quinta do Vale com...” no dia 3. O apresentador mostrou que também neste campo é capaz de “dar cartas”, deixando todos os comensais agradavelmente surpreendidos com os três pratos que confeccionou.

Nuno Graciano, que diz ter aprendido a cozinhar com a avó, trouxe três pratos da cozinha tradicional portuguesa: canja de galinha, onde usou a galinha cozida, “desfiada e também os miúdos”; arroz de polvo, “maladrinho, com o molho ainda a fervilhar nos pratos” e jardineira.

Na cozinha do restaurante, situado em Oliveira do Bairro e a funcionar desde Junho, contou com a “preciosa ajuda” dos dois chefes, Fernando Heleno (da Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra) e Jorge Fernandes (da Escola de Hotelaria e Turismo de Mirandela), que prepararam a primeira degustação: salada de grão com bacalhau e couve, pasta de queijo com azeitona e orégãos e salada de atum com camarão e pimentos. Também a sobremesa esteve a cargo dos dois chefes: bavaroise de chocolate com bolo seco de coco, gelado de tangerina e coli de frutos vermelhos.

O júri, constituído pelos dois chefes do restaurante e por três jornalistas, teve acesso a uma ficha individual de avaliação, onde constavam cinco parâmetros de avaliação - apresentação, técnica, confecção, degustação e equilíbrio -, aos quais os pratos cozinhados por Nuno Graciano foram submetidos.

Os resultados finais ficaram no segredo dos Deuses, sendo só conhecidos no final da iniciativa, que para já vai prolongar-se durante quatro meses. Gustavo Maya e Carlos Ferreira, responsáveis pelo Quinta do Vale, admitem que como há pessoas em casa que não sabem cozinhar, decidiram ir buscar figuras públicas dos mais variados ramos “para assim dar o exemplo”.

Nuno Graciano, sempre sorridente, considerou a experiência “fantástica. Tive a possibilidade de reproduzir num restaurante o que faço em casa. São pratos de eleição que sirvo aos meus amigos”.

O apresentador de televisão repetiu que sem a ajuda dos dois chefes não teria conseguido o mesmo resultado, confessando ter acabado por aprender técnicas novas com ambos. Admitiu ter tido algum receio quando lhe foi proposto o desafio, “porque não sabia como transpor para restaurante o que faço em casa”.

Fernando Heleno gabou a actuação de Nuno Graciano, que mal entrou na cozinha colocou no mesmo momento “mãos à obra”. A cozinha “era dele. A coragem de trazer a cozinha tradicional portuguesa para esta noite é de se louvar. O Nuno Graciano levantou-se várias vezes da mesa para ir à cozinha espreitar os tachos, mostrando que não veio apenas para fazer uma refeição”.

Também Jorge Fernandes enalteceu a postura de Nuno Graciano, “muito à vontade e tranquila” e os pratos confeccionados.

Hoje a iniciativa continua, mas desta vez com João Tomás, jogador do Boavista Futebol Clube.

Convém lembrar que o restaurante vai estar aberto ao público em todas as noites que a iniciativa se realizar, por norma à sexta-feira ou sábado ao jantar. Mas quem se dirigir ao espaço nessas noites, terá de comer os pratos confeccionados pelas figuras públicas.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:16

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 3 de Outubro de 2008

Dinheiro reverte para obras na Capela de São Sebastião

Noite de fados na adega de José Cid, em Mogofores

A adega da Quinta do Cruzeiro, em Mogofores, Anadia, acolheu no dia 26 de Setembro, pela terceira vez, uma noite de fados, que teve como objectivo angariar fundos para o restauro da Capela de São Sebastião. E feitas as contas, foram mais de 2.500 euros que a Comissão conseguiu juntar, num convívio que durou até às 5 horas da manhã.

Foram 158 as pessoas que jantaram na adega da Quinta do Cruzeiro, quinta habitada pelo cantor José Cid, que também não faltou, cantando e encantando todos os que tiveram a oportunidade de o ouvir.

O jantar foi servido no meio dos pipos, num ambiente à média luz, onde não faltou o bacalhau no forno, bem regado com azeite e vinho tinto. O ambiente era de festa, estando tudo prestes a fazer silêncio, porque se ia cantar o fado.

 

Presença de 11 fadistas

Foram 11 os fadistas que emprestaram a voz numa noite que se revelou fria, mas que não deixou ninguém arredar pé até que terminasse. Os fados de Lisboa foram cantados por José Cid e Zé Perdigão, Silvina de Sá, Casimira Alves, Micaela Vaz e Pedro Oliveira.

Os fados de Coimbra foram ouvidos pela voz de Felisberto Queiroz, António Dinis, José Neves, José Miranda e Amaro Jorge.

A acompanhar o fado de Lisboa, na viola estiveram Manuel João Ferreira, Carlos Lima e Mário Estorninho. Na guitarra esteve Bruno Mira.

No fado de Coimbra, esteve à viola Carlos Larguesa e na guitarra Bruno Mira e Carlos Jesus.

A noite começou cerca das 21 horas e prolongou-se até às 5 horas. Até ser servida a sobremesa, pudim de ovos caseiro, os artistas subiram ao palco, improvisado com paletes e caixotes, para cantar fado de Lisboa, entre as 23 e as 2 horas da manhã. Só depois veio o saudoso fado de Coimbra, com os cantores envoltos nas capas negras. 

 

Capela de São Sebastião

A Capela de São Sebastião, em Mogofores, junto ao cemitério, está encerrada há dois anos, “quando iniciaram as obras de restauro”, explicou Carlos Marques, elemento da Comissão de Restauro da Capela de São Sebastião, constituída em Dezembro de 2002, já com o objectivo do restauro.

“As obras estão em fase de conclusão. Estamos a prever ter a obra pronta em Janeiro, para a devolver à população”, adiantou Carlos Marques.

O elemento da Comissão de Restauro lembrou que ao longo dos seis anos já foram realizadas diversas actividades para angariar fundos para a capela.

Foram organizados passeios de cicloturismo, cantadas as Janeiras, foram comemorados os Santos Populares, entre outras actividades.

De acordo com Carlos Marques, estão previstas mais acções até à conclusão da obra: “Estamos em fase de elaboração de outros projectos ao nível cultural, lúdico e religioso”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 10:47

link do post | comentar | favorito
Sábado, 27 de Setembro de 2008

“Melhor Sobremesa com Uva”

Doce Oiã e Centro Cultural de Sá vencem concurso

A Padaria e Pastelaria Doce Oiã e o Centro Cultural de Sá foram os vencedores da II edição do Concurso “Melhor Sobremesa com Uva”, na categoria de Restaurantes e Pastelarias e na categoria de Particulares, Caves, Produtores/Engarrafadores e Associações, respectivamente, que se realizou no passado dia 19, no Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, e transmitido em directo no programa Praça da Alegria, na RTP1.

O concurso, que foi organizado pela Associação Comercial e Industrial da Bairrada (ACIB), com o apoio da Câmara Municipal de Anadia e com o patrocínio da Porcel, contou com a participação de 21 sobremesas, divididas pelas duas categorias, e com a presença de várias pessoas, que se deslocaram ao Museu do Vinho.

Na categoria Restaurantes/Pastelarias os vencedores foram: 1º Classificado - Padaria e Pastelaria Doce Oiã, com a sobremesa Vinho dos Deuses; 2º Classificado - Hotel Paraíso, de Oliveira do Bairro, com a sobremesa Festival de Uva e 3º Classificado - Chocolate Chocolate, da Praia da Barra, com a sobremesa Equilíbrio.

Na categoria Particulares/Caves/ Produtores/Engarrafadores/Associações, os três primeiros lugares foram: 1º Classificado - Centro Cultural de Sá, com a sobremesa BaiBaga; 2º Classificado - Maria da Luz Carvalho, com a sobremesa Pudim de Uva e 3º Classificado - Centro Social e Cultural Nossa Senhora do Ó de Aguim, com a sobremesa Vintage de Baco.

O júri, constituído por Luís Lavrador - Chefe de Cozinha da Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra, Gustavo Maya - Chefe de Restaurante e Bar da Escola de Hotelaria e Turismo de Mirandela e Jorge Fernandes - Chefe de Cozinha e Pastelaria da Escola de Hotelaria e Turismo de Mirandela, avaliou as sobremesas tendo em conta a apresentação, o paladar, a originalidade, o nome atribuído ao doce e a utilização de castas da Região Demarcada da Bairrada.

Os vencedores foram anunciados em directo, no programa Praça da Alegria, da RTP1, pelo Chefe Luís Lavrador e por Sónia Araújo, que entregou os prémios, patrocinados pela Porcel, aos três primeiros classificados de cada categoria.

Depois do anúncio dos vencedores e da entrega dos prémios, seguiu-se a prova das sobremesas pelas pessoas que acompanharam o concurso.

No final, a satisfação era geral, visto que tanto os concorrentes, como o júri, assim como os muitos curiosos que se deslocaram ao Museu do Vinho, elogiaram a iniciativa pela originalidade e qualidade das sobremesas apresentadas.

 

Lista de participantes

Na categoria de Restaurantes/Pastelarias participaram: Pastelaria Diva, Águeda; Chocolate Chocolate, Praia da Barra; Aqua Doce, Aguada de Cima; Pastelaria Doce Oiã, Oiã; Residencial Estância, Oiã e o Hotel Paraíso, Oliveira do Bairro.

Na categoria de Particulares/Caves/Produtores/Engarrafadores/Associações participaram: Centro Social e Cultural Nossa Senhora do Ó de Aguim, Aguim; Ana Tereza Mamede, Anadia; Rute Helena Santos Tavares, Moita; Maria da Luz Carvalho, Famalicão; Maria de Fátima Ferreira, Sá; Maria Clementina Silva, Sangalhos; Maria Glória Silva, Pereiro; Centro Cultural de Sá, Sá e a Junta de Freguesia de Sangalhos, Sangalhos.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:40

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 17 de Setembro de 2008

“Melhor Sobremesa com Uva”

ACIB organiza II Edição do Concurso

A Associação Comercial e Industrial da Bairrada (ACIB) vai promover a II Edição do Concurso “Melhor Sobremesa com Uva”, no próximo dia 19 de Setembro, sexta-feira, no Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, pelas 10 horas, com o apoio da Câmara Municipal de Anadia.

A ACIB pretende, com esta iniciativa, promover e divulgar a utilização da uva, valorizando as castas da Região da Bairrada na confecção de sobremesas.

O concurso está dividido em duas categorias. Particulares, Caves, Produtores/ Engarrafadores e Associações é a primeira delas. A segunda corresponde aos estabelecimentos de Restauração/Pastelarias.

Os doces vão ser apreciados e avaliados por um júri, composto por um chefe de pastelaria, um chefe de cozinha e um chefe de mesa.

 

Avaliação

A avaliação terá em conta os seguintes critérios:

- Apresentação;

- Paladar;

- Originalidade;

- Nome atribuído ao doce;

- Utilização de castas da Região Demarcada da Bairrada.

Serão atribuídos prémios aos três primeiros classificados de cada categoria e certificados de participação a todos os participantes.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:03

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 9 de Setembro de 2008

No Espaço Inovação

ACIB promove curso de Educação e Formação de Adultos de Cozinheiro

A Associação Comercial e Industrial da Bairrada (ACIB) vai iniciar, em Outubro, um curso de Educação e Formação de Adultos (cursos EFA) de Cozinheiro, na sede da associação, no Espaço Inovação, na Zona Industrial de Vila Verde, em Oliveira do Bairro.

Este curso garante certificação escolar de 9º ano, qualificação profissional nível III e apresenta um percurso flexível e adequado ao adulto, a partir do reconhecimento e validação de competências prévias.

No final da acção, os formandos ficarão aptos a trabalhar numa cozinha de qualquer unidade hoteleira ou similar de hotelaria e obterão a qualificação equivalente a cozinheiros de 1ª.

Este curso destina-se a desempregados com idade igual ou superior a 23 anos, inscritos no IEFP com escolaridade mínima de Nível 2, ou seja, com habilitações inferiores ao 3º ciclo (menos que o 9º ano).

As actividades principais da acção passam por:

- Efectuar a “mise-en-place” do serviço, procedendo ao armazenamento e conservação das matérias-primas e à preparação da cozinha para os trabalhos do dia;

- Preparar/confeccionar ementas para a restauração colectiva – saladas, sopas, fundos, molhos, pratos principais de cozinha e sobremesas;

- Confeccionar/apresentar ementas tradicionais portuguesas;

- Confeccionar/apresentar ementas internacionais;

- Articular com o serviço de mesa e colaborar em serviços especiais.

O curso terá a duração de 1960 horas - que incluem 120 horas de prática em contexto de trabalho -, e decorrerá em horário laboral (das 9 às 12.30 horas e das 14 às 17.30 horas).

Nesta acção, os formandos têm direito a bolsa de formação, seguro de acidentes pessoais, subsídio de transporte e subsídio de alimentação.

Para mais informações, contactar o Departamento de Formação da ACIB pelo telefone: 234 730 320 ou via e-mail: formacao@acib.pt.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:07

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Outubro de 2007

Concurso “Melhor Sobremesa com Uva”

Doce Oiã e Maria Eugénia Silva são os vencedores das duas categorias

A Padaria e Pastelaria Doce Oiã e Maria Eugénia Silva foram os vencedores da I Edição do Concurso “Melhor Sobremesa com Uva”, nas categorias de Restaurantes/Pastelarias e Particulares/Caves/Produtores/Engarrafadores/Associações, respectivamente. A iniciativa realizou-se no passado sábado, dia 29 de Setembro, no Museu do Vinho Bairrada, em Anadia.

O concurso, que foi organizado pela Associação Comercial e Industrial da Bairrada (ACIB), com o apoio da Câmara Municipal de Anadia, contou com a participação de 24 sobremesas, divididas pelas duas categorias, e com a presença de várias pessoas, que se deslocaram ao Museu do Vinho Bairrada para assistirem ao “desfilar” das melhores sobremesas. A ACIB pretendeu, com a iniciativa, promover e divulgar a utilização da uva, valorizando as castas da Região da Bairrada na confecção de sobremesas.

Na categoria Restaurantes/Pastelarias os vencedores foram: 1º Classificado – Padaria e Pastelaria Doce Oiã, com a sobremesa “Frescura de Uva”; 2º Classificado – Mercado Bar, de Anadia, com a sobremesa “Suspiro de Uva” e 3º Classificado – Pastelaria Flor do Vouga, de Águeda, com a sobremesa “Tulipamisú”.

Na categoria Particulares/Caves/Produtores/Engarrafadores/Associações, os três primeiros lugares foram: 1º Classificado – Maria Eugénia Silva, com a sobremesa “La Bella Uva”; 2º Classificado – Centro Social e Cultural Nossa Senhora do Ó de Aguim, com a sobremesa “Tentação de Baco” e 3º Classificado – Rute Helena Santos Tavares, com a sobremesa “Touriga Nacional”.

Depois do anúncio dos vencedores e da entrega dos prémios seguiu-se a prova das sobremesas pelas pessoas que acompanharam o concurso, acompanhadas dos melhores vinhos da Bairrada, disponibilizados para o efeito pelos produtores Luís Pato, Carlos Campolargo e Quinta das Bágeiras.

No final a satisfação era geral, visto que tanto os concorrentes, como o júri, como os muitos curiosos que se deslocaram ao Museu do Vinho Bairrada elogiaram a iniciativa pela originalidade e qualidade das sobremesas apresentadas.

publicado por quiosquedasletras às 14:37

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Rota da Lampreia e da Vit...

ACIB e Kiwicoop promovera...

FIACOBA 2009 – Oliveira d...

Hoje é a vez do futebolis...

Dinheiro reverte para obr...

“Melhor Sobremesa com Uva...

“Melhor Sobremesa com Uva...

No Espaço Inovação

Concurso “Melhor Sobremes...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds