Terça-feira, 6 de Janeiro de 2009

Actividade de Educação Ambiental na Mealhada

Mais de mil alunos participaram na iniciativa “Natal Ecológico”

Mais de mil alunos das escolas do concelho da Mealhada participaram na primeira Actividade de Educação Ambiental do ano lectivo 2008/2009, intitulada “Natal Ecológico”. A iniciativa seguiu os mesmos moldes dos anos anteriores e o resultado foi, mais uma vez, brilhante: presépios, Pais Natal e outros enfeites natalícios, construídos apenas com materiais recicláveis e/ou orgânicos, que se encontram expostos até amanhã, dia 7 de Janeiro, em vários locais do município. 

Pacotes de leite, copos, garrafas e sacos de plástico, latas de coca-cola, jornais, arame e esferovite, embalagens de detergente, tampas, ramos, vides e até mesmo massa alimentar foram alguns dos materiais utilizados pelos mais de mil alunos das escolas do concelho, com a ajuda de professores, auxiliares e encarregados de educação, para construírem os presépios, Pais Natal e outros enfeites natalícios que se encontram a decorar alguns espaços públicos do município até amanhã.

Quem passar, por exemplo, pela rotunda da Pampilhosa, de Sant’Ana ou do Luso, pelo cruzamento do IC2, no Carqueijo, ou pelo edifício da Câmara Municipal da Mealhada vai poder observar estas obras de arte, elaboradas com materiais recicláveis e orgânicos, realizadas com muita imaginação pelos alunos dos jardins-de-infância, escolas do 1º ciclo e escolas do 2º e 3º ciclos do Ensino Básico do concelho, bem como pelos alunos da Escola Secundária da Mealhada e da Escola Profissional Vasconcellos Lebre.

As Actividades de Educação Ambiental 2008/2009 são, à semelhança do ano passado, um conjunto de actividades educacionais que visam sensibilizar a população escolar para os problemas ambientais do concelho.

Uma iniciativa da Câmara Municipal da Mealhada, que arrancou com este primeiro desafio intitulado “Natal Ecológico”.

 

“Brincadeiras de Carnaval”

A segunda actividade chama-se “Brincadeiras de Carnaval”, destina-se às crianças dos jardins-de-infância e escolas do 1º ciclo do Ensino Básico do concelho, e consta na criação de palhaços com materiais recicláveis, resistentes ao exterior, e na criação de máscaras com materiais recicláveis, máscaras essas que vão constar, depois, numa exposição a decorrer no Cine-Teatro Municipal Messias.

A recolha dos projectos está agendada para os dias 12 e 13 de Fevereiro e os trabalhos ficarão, depois, em exposição, de 16 de Fevereiro a 1 de Março, em espaços públicos do concelho.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:10

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 5 de Janeiro de 2009

Iniciativa inédita da autarquia em conjunto com ACIB

Presépio Vivo em Oliveira do Bairro

O Presépio Vivo trata-se de uma iniciativa inédita da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro em conjunto com a ACIB.

O local escolhido para a montagem foi a Avenida Dr. Abílio Pereira Pinto. No dia 20 de Dezembro procedeu-se à montagem do estábulo e no dia 21 de Dezembro foi montado o restante Presépio Vivo em duas sessões, uma de manhã e outra à tarde.

A iniciativa consistiu na caracterização do estábulo e meio envolvente. Chegaram os animais (vaca e ovelhas) e o seu pastor. Depois chegou o mendigo que encenou com o público. Mais tarde a vaca foi recolhida pelo pastor para o estábulo e Maria chegou ao local montada num burro que José “conduziu”, na esperança de encontrar sítio para descansar.

Pouco depois foi a hora do nascimento de Jesus, onde um foco em direcção ao céu foi aceso, simbolizando a estrela, sendo lançado um foguete luminoso simbolizando a estrela cadente.

Por fim chegaram os três Reis Magos a cavalo, que teriam sido conduzidos pela estrela até ao estábulo onde estava Jesus. Os Reis Magos ofereceram os seus presentes a Jesus, desejando-lhe toda a felicidade. Admirando um pouco a criança recém-nascida tomaram os seus lugares.

Com notório êxito, principalmente entre as crianças do concelho, este momento serviu para dinamizar a zona central de Oliveira do Bairro.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:20

link do post | comentar | favorito
Sábado, 27 de Dezembro de 2008

Até dia 6 de Janeiro

Mais de 33 mil lâmpadas iluminam vivenda e jardim em Chipar de Cima (Vilarinho do Bairro, Anadia)

A casa de Armando Ferreira, no lugar de Chipar de Cima, freguesia de Vilarinho do Bairro, Anadia, é durante o mês de Dezembro um dos ex-líbris da região, visitado por pequenos e graúdos, de toda a região e fora dela. O motivo é único: mais de 33 mil lâmpadas são colocadas pelo emigrante em torno da vivenda e pelo jardim, tradição que cumpre, quase religiosamente, de dois em dois anos.

“É a quinta vez que o faço aqui em Chipar de Cima. Sou emigrante nos Estados Unidos da América (EUA), no Estado de Nova Iorque e foi lá que ganhei este gosto, porque era muito gratificante ver a alegria dos meus filhos quando colocava as iluminações de Natal”, recorda.

Para levar a cabo esta “missão natalícia” - que acontece de dois em dois anos porque um Natal é passado em Anadia, outro nos EUA - Armando Ferreira põe mãos à obra no início de Outubro. Diz ser necessária muita paciência, porque todos os cabos têm de ser experimentados antes de serem colocados, para verificar se há lâmpadas fundidas.

“Tenho brio nisto. E se é necessário reparar cabos tem de se fazer, passando cabo por cabo, para todas as lâmpadas ficarem acesas. Posto isto é pelo telhado que começo”, explica, com entusiasmo.

Após os fios estarem todos espalhados, Armando Ferreira, 65 anos, começa a fazer as ligações. “São mais de 33 mil lâmpadas e mais de 300 metros de fio de distribuição para as luzes”, afirma, satisfeito. As luzes das janelas, portas e da árvore de Natal (um lindo azevinho) são de cor. As restantes são brancas.

 

Iluminação até dia 6 de Janeiro

Este ano cumpre-se o feito. E no passado dia 6 a casa e o jardim, situados em frente ao Lago de Santa Marinha, iluminaram-se pela primeira vez. Entre as 18 e as 24 horas é possível contemplar a iluminação de Armando Ferreira, até dia 6 de Janeiro. As suas luzes são já consideradas uma atracção nas redondezas e não só, chegando a fazer deslocar excursões de diversos pontos do país, como foi o caso de Portimão, há dois anos.

Armando Ferreira conta que os carros chegam como se de uma romaria se tratasse. E da varanda, o emigrante espreita para os carros que estão estacionados junto ao lago, vendo-se apenas os flashes das máquinas fotográficas a disparar.

Além da sua casa, em Chipar de Cima, também em Aguada de Cima (Águeda) há uma casa com iluminação de Natal peculiar.

Este ano o presépio de Armando Ferreira ocupa outro lugar, estando no topo da escadaria, com um Pai Natal ao lado, que dá as boas-vindas. O emigrante apela a que quem vier e apanhar o portão fechado “toque à campainha para entrar e verem de perto. Delicio-me ao ver as crianças felizes com as renas do jardim ou com o insuflável e também com o Pai Natal, que canta e dança”.

 

Solidariedade não é esquecida

Armando Ferreira nunca fez contas à electricidade que gasta quando ilumina a sua casa durante o mês de Dezembro. Mas já houve quem quisesse deixar donativos. O facto de não aceitar levou-o a realizar uma campanha de angariação de fundos, que começou há dois anos e continua agora, revertendo para a “Obra do Frei Gil”, na Praia de Mira, para crianças carenciadas. “O ano passado enchemos a caixinha. No total foram arrecadados 629 euros”, diz o emigrante, que espera somar este ano, pelo menos, a mesma quantia. (Foto: Davide Silva)

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:22

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 26 de Dezembro de 2008

Presépios de Natal em Anadia

Freguesia de Tamengos com ruas embelezadas

Quem habita na freguesia de Tamengos, ou quem aqui se desloque por qualquer motivo, pode apreciar três bonitos presépios. Dois são da responsabilidade da Junta e da Assembleia de Freguesia de Tamengos, nomeadamente os que se encontram junto ao edifício da Junta e ao fundo da Avenida dos Plátanos (a Ladeira do Grande Hotel). No Largo Dr. Luís Navega (mais conhecido por “Rotunda”) está exposto um presépio, sob orientação da Junta de Turismo da Curia.

Aqueles dois exemplares apresentam materiais e imagens pagos pela autarquia de Tamengos, mas sob orientação e coordenação da Assembleia de Freguesia.

Ao contrário do ano passado, em que se optou por colocar presépios integralmente elaborados com materiais reciclados/recicláveis, no presente ano o Executivo da Junta chamou a si a responsabilidade financeira, adquirindo bonitas imagens de marfinite e de barro pintado.

O presépio da “Rotunda” foi elaborado com produtos naturais, alguns materiais reciclados e tecidos.

Entretanto foi colocado um quarto presépio, na Igreja Matriz da Paróquia. Este conjunto votivo, da responsabilidade das Mordomas de São Pedro, foi elaborado aproveitando imagens e materiais dos presépios do ano passado.

Resta lamentar que, nem uma semana depois de expostos, um dos presépios já ter visto ser furtada uma imagem, exactamente a do Menino Jesus.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:06

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Actividade de Educação Am...

Iniciativa inédita da aut...

Até dia 6 de Janeiro

Presépios de Natal em Ana...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds