Quinta-feira, 11 de Junho de 2009

“Escolíadas 2009” – 20ª Edição

Gala de Entrega de Prémios encerra “Escolíadas 2009”

O Centro Cultural de Ílhavo (CCI) recebeu na noite de sexta-feira, dia 5 de Junho, a Gala de Entrega de Prémios das “Escolíadas 2009”, encerrando a 20ª edição do concurso que colocou à prova 17 estabelecimentos de ensino secundário da região centro do país. Cerca de 500 pessoas assistiram às provas mais pontuadas durante as seis sessões de apuramento, assim como à revelação dos melhores intérpretes das “Escolíadas 2009” e à atribuição de prémios a todos os participantes do concurso.

A noite ficou marcada pelas emoções partilhadas entre as escolas concorrentes e pelo firme desejo de continuidade das “Escolíadas”, “para ser dada oportunidade aos jovens para mostrarem os seus talentos”, como disse Mariana Sá, aluna da Escola Secundária Dom Dinis de Coimbra, que ganhou o “Prémio Juventude 2009”. Sendo uma das responsáveis pela petição que a breve trecho será entregue na Assembleia da República – para que haja mais apoios por parte das entidades para as “Escolíadas” prosseguirem –, Mariana Sá mostrou-se determinada a continuar a fazer o que estiver ao seu alcance para não deixar a iniciativa morrer.

 

Provas mais pontuadas foram revistas

A prova de Teatro da Escola Secundária de Oliveira do Bairro (ESOB) foi a primeira a subir ao palco do CCI. Com o tema “O Amor – Pares Românticos”, a ESOB trouxe uma prova onde foi retratado o amor de D. Pedro I e D. Inês de Castro, um amor que apesar de trágico foi representado pela escola através de uma vertente cómica.

A gala foi conduzida por Fernando Alvim e por Cláudio Pires, da “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural”, que foram chamando ao palco as escolas que participaram no concurso, para receber as medalhas e troféus correspondentes. A escola da casa – Secundária Dr. João Carlos Celestino Gomes, de Ílhavo – foi a primeira a vir ao palco receber os prémios das mãos de Ribau Esteves, presidente da Câmara Municipal de Ílhavo.

“É com grande gosto que a Câmara Municipal recebe a gala das ‘Escolíadas’. Este é um espaço jovem, com um ano e três meses de vida, e que tal como todos estes jovens que estão aqui hoje quer crescer e trabalhar”, disse o autarca.

Seguiu-se a prova de Música da Escola Secundária Homem Cristo de Aveiro, que trouxe a “Canção de Embalar”, de Zeca Afonso, pela voz de Raquel Garcia. E depois foi a vez da Secundária de Montemor-o-Velho trazer a prova de Dança, em torno do tema que escolheram: “Jogos Olímpicos”. Além do Teatro da ESOB, o público presente em Ílhavo pôde também rever a prova de Teatro da Secundária da Mealhada.

A Secundária Dr. Mário Sacramento de Aveiro trouxe ao palco do CCI a prova de Dança intitulada “Gestos Nossos”. A prova de Música e Dança foi apresentada pela Escola Secundária Dr. Jaime Magalhães Lima de Esgueira e pela Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos (EPAV). O Colégio de Albergaria-a-Velha, grande vencedor das “Escolíadas 2009”, foi o último a actuar no CCI, com a prova de Música.

O “Prémio Melhor Pintura” foi para a Escola Secundária Dr. João Lopes de Morais, de Mortágua e para a Secundária Dom Dinis de Coimbra. O “Prémio Melhor Claque” foi atribuído à EPAV e também ao Colégio de Albergaria-a-Velha.

Recorde-se que na classificação da 20ª edição das “Escolíadas 2009” o Colégio de Albergaria-a-Velha ficou em primeiro lugar, com 287 pontos, em segundo lugar a EPAV, com 267 e a terceira posição foi para a Secundária Dom Dinis de Coimbra, com 266 pontos.

 

Os melhores intérpretes

Durante a Gala de Entrega de Prémios das “Escolíadas 2009” foram anunciados os melhores intérpretes nas quatro categorias definidas pela “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural”: Teatro, Dança, Música e Voz. Cláudio Pires deu nota de que a votação teve de ser cancelada por o número real de visitantes ser bastante inferior ao número de votações.

O prémio “Melhor Intérprete de Teatro” foi para Miguel Pereira, da Escola Secundária da Mealhada; O prémio “Melhor Intérprete de Dança” foi para Gabriela Cruz, da ESOB; O prémio “Melhor Intérprete de Música” foi entregue a Edgar Silva, do Colégio de Albergaria-a-Velha e o prémio “Melhor Voz” foi atribuído a Raquel Garcia, da Escola Secundária Homem Cristo de Aveiro.

 

Daniel Conde Matos é o vencedor do PEP

Também foi revelado na gala o vencedor do Prémio Escolíadas de Poesia (PEP)/Jornal da Bairrada. Com o pseudónimo “Poeticamente”, Daniel Conde Matos, da Escola Secundária Dr. João Lopes de Morais, de Mortágua, foi o vencedor deste prémio. Mas não estando presente na gala para o receber – um computador portátil –, Fernando Alvim entendeu que seria justo Daniel Matos saber que era o vencedor do PEP. Assim, o apresentador tratou de o informar, por telemóvel, sendo este um dos momentos que marcou esta noite de gala que teve lugar no CCI.

De referir que todos os participantes no PEP receberam quatro livros, oferecidos por um dos patrocinadores das “Escolíadas”, o Jornal de Notícias, que deu 1227 livros à “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural”. Estes livros estão a ser distribuídos por todos os estabelecimentos de ensino secundário que participaram na 20ª edição do concurso.

Helena Libório, directora regional adjunta da Direcção Regional de Educação do Centro (DREC), felicitou todos os participantes e a organização das “Escolíadas”, “que proporcionou este maravilhoso espectáculo”. Cláudio Pires aproveitou a oportunidade para agradecer o apoio da DREC, que forneceu todas as refeições durante o evento.

Após ser entregue o último troféu, ao vencedor das “Escolíadas 2009” – o Colégio de Albergaria – José Gabriel, professor neste estabelecimento de ensino, lembrou que “as ‘Escolíadas’ são muito mais do que uma aula, porque muitas coisas estão envolvidas. São transmitidos valores, os alunos fora das aulas vão-se revelando e há outra oportunidade para os conhecermos, porque eles têm talento”. O apelo final foi para a continuidade da iniciativa e para as entidades responsáveis apoiarem o evento.

Fernando Alvim classificou a gala com uma palavra: “Foi ‘Escolestástica’. Uma mistura de ‘Escolíadas’ com fantástica”. E Cláudio Pires, emocionado, disse: “Devo muito o que sou hoje a todos vocês”. A “foto de família”, com todos os participantes desta edição no palco, encerrou a noite com chave de ouro.

 

publicado por quiosquedasletras às 07:12

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Junho de 2009

“Escolíadas 2009” – 20ª Edição

Gala de Entrega de Prémios realiza-se dia 5 no Centro Cultural de Ílhavo

A Gala de Entrega de Prémios das “Escolíadas 2009” realiza-se no dia 5 de Junho, sexta-feira, no Centro Cultural de Ílhavo, junto ao edifício da Câmara Municipal. O evento vai fazer regressar ao palco as provas mais pontuadas durante as seis sessões de apuramento da 20ª edição do concurso. A par disto serão entregues prémios a todos os participantes das “Escolíadas 2009” e ainda vão ser premiados os melhores intérpretes do concurso.

Teatro, Música, Dança e Música e Dança são as provas que vão ser revistas na noite do dia 5. De acordo com Cláudio Pires, da “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural”, “levar o número máximo de escolas ao palco, para voltar a dar aos alunos e professores a oportunidade de o pisar é o grande objectivo da gala. Esta é também uma forma de proporcionar a todos os participantes das ‘Escolíadas’ outras condições, numa sala de espectáculos diferente”.

Para garantir que vai à gala o maior número de escolas, se uma tiver duas provas das mais pontuadas, só leva a mais pontuada de todas. Assim, quem assistir a este espectáculo, com acesso livre, vai voltar a ver, no Teatro, as provas da Escola Secundária da Mealhada e da Secundária de Oliveira do Bairro. Na Música voltam ao palco as provas do Colégio de Albergaria-a-Velha e da Secundária Homem Cristo (Aveiro).

A prova de Dança traz ao palco do Centro Cultural de Ílhavo a Escola de Montemor-o-Velho e a Secundária Dr. Mário Sacramento, de Aveiro. A prova de Música e Dança também vai levar duas provas até Ílhavo: da Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos (EPAV) e da Secundária Dr. Jaime Magalhães Lima de Esgueira.

No que diz respeito à atribuição de prémios aos melhores intérpretes, nas diversas provas, a “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural” divide a “responsabilidade” da decisão. Assim, a escolha do júri conta 35%; da organização outros 35% e do público 30%. O público, através do site oficial - www.escoliadas.com - pode votar até ao dia que antecede a Gala de Entrega de Prémios, ou seja, até 4 de Junho, quinta-feira.

A “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural” está a distribuir mais de 1200 livros - por todos os estabelecimentos de ensino secundário que participaram nas “Escolíadas 2009” -, num valor superior a 7 mil euros, oferecidos por um dos patrocinadores do concurso, o Jornal de Notícias.

 

Vencedor do PEP é conhecido na gala

O Prémio Escolíadas de Poesia (PEP)/Jornal da Bairrada, uma das novidades da 20ª edição das “Escolíadas”, contou com a participação de 10 escolas, sendo que nem todas participaram nesta edição das “Escolíadas”, que lançaram o desafio do PEP aos alunos de todas as escolas que já participaram no concurso.

Os resultados vão ser comunicados durante a Gala de Entrega de Prémios, dia 5 de Junho, animada pelo irreverente Fernando Alvim.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:07

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 15 de Maio de 2009

“Escolíadas 2009” – 20ª Edição

Três escolas que vão à final são conhecidas amanhã

A quinta e sexta sessões de apuramento das “Escolíadas 2009” realizam-se hoje e amanhã, dias 15 e 16 de Maio, na discoteca “Outro Mundo”, no Complexo Turístico Quinta dos Três Pinheiros, na Mealhada. As provas - Teatro, Dança, Música, Pintura, Claques e Cultura Geral - têm início marcado para as 23 horas.

Recorde-se que hoje, dia 15, vão prestar provas as seguintes três escolas: Escola Secundária Dom Dinis de Coimbra; Secundária de Vagos e Escola Secundária José Estêvão de Aveiro.

Já no dia 16, amanhã, sobem ao palco mais três escolas: Secundária Dr. Jaime Magalhães Lima de Esgueira; Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos e Escola Secundária da Mealhada.

A “ESCOLÍADAS - Associação Recreativo-Cultural” aproveita para relembrar que estas serão as duas últimas sessões de apuramento. Assim, no final da sessão de amanhã já será possível saber quais são os três estabelecimentos de ensino secundário mais pontuados durante esta fase e que vão disputar a final, que terá lugar dia 22 de Maio, na discoteca “Outro Mundo”.

Depois da final, realiza-se a Gala de Entrega de Prémios, no dia 5 de Junho no Centro Cultural de Ílhavo, onde voltarão ao palco as provas mais pontuadas durante as seis sessões de apuramento das “Escolíadas 2009”.

 

Actual tabela de classificações gerais

O Colégio de Albergaria-a-Velha está na liderança da classificação provisória das “Escolíadas 2009”, com 287 pontos e a segunda posição é ocupada pela Secundária de Montemor-o-Velho, com 262 pontos. A Escola Secundária Dr. Mário Sacramento de Aveiro, com 258 pontos, ocupa o terceiro lugar.

 

PEP a decorrer até dia 22 de Maio

O Prémio Escolíadas de Poesia (PEP)/Jornal da Bairrada, uma das novidades da 20ª edição das “Escolíadas”, continua a decorrer. A data limite de entrega dos trabalhos é 22 de Maio, dia da final das “Escolíadas 2009”, sendo o resultado comunicado na Gala de Entrega de Prémios, dia 5 de Junho, no Centro Cultural de Ílhavo. Para consultar o regulamento basta aceder à página das “Escolíadas” em www.escoliadas.com.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:55

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 11 de Maio de 2009

“Escolíadas 2009” – 20ª Edição

Secundária Dr. Mário Sacramento, de Aveiro, vence quarta sessão de apuramento e ocupa terceiro lugar da classificação geral

A Escola Secundária Dr. Mário Sacramento, de Aveiro, foi a vencedora da quarta sessão de apuramento da 20ª edição das “Escolíadas 2009”, com 258 pontos, passando a ocupar o terceiro lugar da tabela provisória de classificações. Na sessão que teve lugar na noite de sexta-feira, dia 8 de Maio, no Complexo Turístico Quinta dos Três Pinheiros, na Mealhada, também prestaram provas a Secundária de Oliveira do Bairro (ESOB), que somou 247 pontos e a Escola Secundária de Carregal do Sal, que totalizou 220 pontos.

“Coisas Nossas” foi o tema escolhido pela escola vencedora, referindo-se ao património geológico e cultural. A prova de Teatro, como também as outras, centrou a sua acção no Barreiro da Fábrica de Cerâmica de Jerónimo Pereira Campos, onde os alunos alertaram, através de um texto original, para a sua riqueza e para os riscos que este património corre em se perder.

A ESOB escolheu, para apresentar na 20ª edição das “Escolíadas”, o tema “O Amor - Pares Românticos”, baseando-se no povo português, que por natureza é romântico. A prova de Teatro retratou o amor de D. Pedro I e D. Inês de Castro, onde o carácter cómico prevaleceu, merecendo o elogio do júri.

A Secundária de Carregal do Sal trouxe para o palco das “Escolíadas” o tema “As Barreiras Sociais”, pretendendo a escola demonstrar porque é que o mundo não tem medidas perfeitas. A desmistificação do preconceito, do racismo e da deficiência, entre outros conceitos sociais foram alguns dos apelos deixados pelos alunos, e que o júri considerou “muito importantes para os dias de hoje”.

Luciana Oleastro, professora de Electrónica na Secundária Dr. Mário Sacramento, diz ter havido um trabalho árduo da escola, “porque levamos as ‘Escolíadas’ muito a sério. Este foi o nosso 13º ano de concurso e o ano mais difícil para preparar as provas, por termos dificuldade em arranjar tempo, devido às questões da Educação, que nos obrigam a perder muito tempo com outras coisas”.

A Secundária Dr. Mário Sacramento participa desde 1996 nas “Escolíadas” ininterruptamente. “Nunca falhámos. Ganhámos a final em 2002, conseguimos o segundo lugar em 2003 e em 2008 e o terceiro lugar em 2006”, recordou Luciana Oleastro. O único prémio que a escola não ganhou foi a prova de Teatro. Já por duas vezes “vencemos o ‘Prémio Escolíadas de Poesia (PEP)’, o que para nós é motivo de orgulho, por não sermos das Humanidades. Somos uma ex-escola industrial, mais técnica”, reforçou a professora.

Luciana Oleastro deixou um recado: “É lamentável as entidades culturais do nosso país não darem valor às ‘Escolíadas’, que deviam ser institucionalizadas. Todas as escolas deviam ter ‘Escolíadas’ por ser um tipo de actividade diferente. Faremos o que estiver ao nosso alcance para continuar a haver este concurso”.

Cláudio Pires, da “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural”, disse que a sessão de 8 de Maio teve alguns problemas técnicos, o que está relacionado com dificuldades nos ensaios, por “nem todos os elementos estarem a horas. Podia ter corrido melhor, porque as provas não eram muito difíceis”.

Cláudio Pires lamentou a desistência de três escolas - Secundária Avelar Brotero, de Coimbra; Secundária de Oliveira do Hospital e a Secundária de Penacova -, porque quando uma “desiste impede outra de participar. Abrimos o sorteio para 20, estas inscreveram-se primeiro e as outras já não vão. As pessoas têm de ponderar melhor”.

Se em 2010 houver nova edição de “Escolíadas”, as três desistentes deste ano não vão poder participar, porque o regulamento impede.

 

Actual tabela de classificações gerais

Terminada a quarta sessão de apuramento, no que diz respeito às classificações gerais provisórias, apenas o terceiro lugar sofreu alteração.

O Colégio de Albergaria-a-Velha continua na liderança da classificação provisória das “Escolíadas 2009”, com 287 pontos e a segunda posição também se mantém igual, sendo ocupada pela Secundária de Montemor-o-Velho, com 262 pontos. A Escola Secundária Dr. Mário Sacramento de Aveiro, com 258 pontos, “tirou” o terceiro lugar à Secundária da Gafanha da Nazaré, que com menos três pontos viu agora afastada a possibilidade de ir à final.

 

“Escolíadas 2009” prosseguem dias 15 e 16 de Maio, sexta-feira e sábado, respectivamente

A quinta e sexta sessões de apuramento das “Escolíadas 2009” realizam-se no próximo fim-de-semana, sexta-feira e sábado, dias 15 e 16 de Maio, na discoteca “Outro Mundo”, no Complexo Turístico Quinta dos Três Pinheiros, na Mealhada. As provas têm início marcado para as 23 horas.

No dia 15 vão prestar provas as seguintes três escolas: Escola Secundária Dom Dinis de Coimbra; Secundária de Vagos e Escola Secundária José Estêvão de Aveiro.

No dia 16, sábado, sobem ao palco mais três escolas: Secundária Dr. Jaime Magalhães Lima de Esgueira; Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos e Escola Secundária da Mealhada.

Estas serão as duas últimas sessões de apuramento, que vão assim ditar quais são os três estabelecimentos de ensino secundário mais pontuados durante esta fase e que vão disputar a final, que terá lugar dia 22 de Maio, na discoteca “Outro Mundo”, no Complexo Turístico Quinta dos Três Pinheiros, na Mealhada.

 

publicado por quiosquedasletras às 08:20

link do post | comentar | favorito
Sábado, 2 de Maio de 2009

“Escolíadas 2009” – 20ª Edição

Secundária da Gafanha da Nazaré atira Mira para segundo lugar da classificação geral

A Escola Secundária da Gafanha da Nazaré foi a que somou mais pontos, 255, na segunda sessão de apuramento da 20ª edição do concurso “Escolíadas”, que decorreu na noite de 30 de Abril, no Complexo Turístico Quinta dos Três Pinheiros, na Mealhada. Este resultado colocou a escola em primeiro lugar no quadro da classificação geral, passando Mira, que tinha conseguido 248 pontos na sessão inaugural, de 24 de Abril, para a segunda posição.

A segunda sessão de apuramento contou ainda com a participação da Secundária Dr. João Lopes de Morais, de Mortágua, que totalizou 239 pontos. A noite de ontem ficou marcada pela ausência da Escola Secundária de Avelar Brotero, de Coimbra.

Em carta dirigida à “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural”, entidade que promove anualmente esta competição entre escolas, a presidente do Conselho Executivo, Ana Cristina Feio, informou lamentar da “não participação da Escola Secundária de Avelar Brotero na edição das ‘Escolíadas 2009’. Tornou-se inviável a preparação dos alunos nas diferentes prestações, de modo a resultar uma presença de qualidade, representativa do empenho dos nossos alunos e do bom nome da nossa escola”.

Desta forma, o “duelo” - nas provas de Teatro, Dança, Música, Pintura, Claques e Cultura Geral - foi travado apenas entre a Escola da Gafanha da Nazaré e a Secundária Dr. João Lopes de Morais, de Mortágua, ambas com participações “jurássicas” nas “Escolíadas”, visto serem participantes desde 1997.

“Poesia, na Rota do Tempo” foi o tema que deu a vitória à Secundária da Gafanha da Nazaré, incidindo nos poetas de várias eras como Bocage, António Gedeão, Fernando Pessoa, Florbela Espanca, Luís de Camões, Miguel Torga ou Natália Correia. O júri, na apreciação da prova de Teatro, que somou 63 pontos, considerou “interessante trazer para o espaço do teatro a palavra poética”.

A Secundária de Mortágua escolheu “Culturas de Rua” como temática a apresentar na discoteca “Outro Mundo”, a sala/palco das “Escolíadas”. De acordo com Célia Abreu, professora de Português e apresentadora da escola, “temida por alguns, desconsiderada por outros, responsabilizada por muitos, amada por tantos outros, a rua tem um fascínio muito próprio, que lhe confere uma aura de mistério”, sendo sobretudo os jovens “que se sentem aliciados pelo chamamento da rua, tornando-os susceptíveis a tantos perigos”. Um tema que o júri entendeu ser actual, felicitando por isso a escola, que recebeu 52 pontos na prova de Teatro.

Muito satisfeito com a vitória estava João Roque, professor de Biologia na Secundária da Gafanha da Nazaré: “Esta é uma escola de tradições nas ‘Escolíadas’, não podemos baixar o nosso nível. De qualquer forma não correu tão bem como gostaríamos, porque houve pequenas falhas a melhorar”.

O ano passado a escola que venceu a segunda sessão de apuramento ficou em terceiro lugar na classificação geral, tendo já conseguido dois segundos lugares, mas nunca tendo ganho nenhuma final, havendo agora esperanças de que a vitória possa acontecer nesta edição de 2009.  

Um homem das ciências mas também das artes, visto ter encarnado a personagem de Miguel Torga na prova de Teatro e também ter participado na de Pintura e na de Música, João Roque admitiu que este ano os ensaios e toda a preparação da escola iniciou mais tarde, “também porque havia a indefinição da continuidade das ‘Escolíadas’. Se tivéssemos tido mais tempo teria sido melhor”. O professor de Biologia não terminou sem antes sublinhar um aspecto que considera muito importante: “As ‘Escolíadas’ na nossa escola têm envolvido cada vez maior número de professores, o que motiva muito os alunos, criando-se outro tipo de ligação”.

Cláudio Pires, da “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural”, entende que a segunda sessão de apuramento correu ainda melhor do que a anterior. “Temos pena de não ter estado a Avelar Brotero, porque é uma escola que tem crescido muito e porque esta seria a única sessão desta edição que iria juntar os três distritos participantes este ano: Aveiro, Coimbra e Viseu”.

 

Actual tabela de classificações gerais

Nesta altura, a Escola Secundária da Gafanha da Nazaré assume a liderança da classificação provisória das “Escolíadas 2009”, com 255 pontos, destronando a Secundária Dr.ª Maria Cândida de Mira, com 248 pontos, que agora ocupa o segundo lugar da geral. Na terceira posição da tabela classificativa está a Secundária Homem Cristo, de Aveiro, com 242 pontos. A Secundária de Mortágua, com 239 pontos, perdeu assim a esperança de estar na final das “Escolíadas 2009”.

Convém referir, no entanto, que tudo está em aberto, visto o concurso estar numa fase inicial de apuramento, faltando ainda disputar cinco sessões, com a prestação de mais 14 escolas.

 

PEP lançado esta semana

O Prémio Escolíadas de Poesia (PEP)/Jornal da Bairrada, uma das novidades da 20ª edição das “Escolíadas”, foi lançado esta semana aos alunos de todas as escolas que já participaram no concurso. “Desafiámos 32 escolas. Este concurso de poesia procura um poeta, não um poema, sendo que cada aluno deve concorrer com o mínimo de dois poemas e o máximo de quatro”, explicou Cláudio Pires.

A data limite de entrega dos trabalhos é 22 de Maio, dia da final das “Escolíadas 2009”, sendo o resultado comunicado na Gala de Entrega de Prémios, dia 5 de Junho, no Centro Cultural de Ílhavo. Para consultar o regulamento basta aceder à página das “Escolíadas” em www.escoliadas.com.

 

“Escolíadas 2009” prosseguem hoje, dia 2 de Maio

A terceira sessão de apuramento das “Escolíadas 2009” prossegue hoje, dia 2 de Maio, na discoteca “Outro Mundo”, no Complexo Turístico Quinta dos Três Pinheiros, na Mealhada. As provas iniciam às 23 horas e em palco vão estar três escolas: Escola Profissional de Aveiro; Colégio de Albergaria-a-Velha e Escola Secundária de Montemor-o-Velho.

 

publicado por quiosquedasletras às 08:40

link do post | comentar | favorito
Sábado, 25 de Abril de 2009

Comemorações do 35º aniversário do 25 de Abril, a Revolução dos Cravos

Programa recheado em Anadia

O 35º aniversário do 25 de Abril tem no concelho de Anadia um vasto programa de comemorações.

Assim sendo, a manhã de hoje, dia 25, vai começar na Praça do Município, com a recepção às entidades e convidados pelas 10 horas, bem como os cumprimentos à Guarda de Honra, pelas 10.30 horas.

Pelas 10.35 horas vai acontecer o Hastear das Bandeiras e execução do Hino Nacional, seguindo-se uma solta de pombos. Momentos depois, pelas 10.45 horas, actua a Banda de Música de Anadia.

De acordo com o programa estabelecido, vai haver a declamação de poemas alusivos à temática, nomeadamente “Ar livre”, de Miguel Torga e “As portas que Abril abriu”, de Ary dos Santos.

Os declamadores são alunos do Colégio Nossa Senhora da Assunção, de Famalicão e são eles: Carlos Miguel Santos, do 9º ano e Gonçalo Maia, do 5º ano. Para terminar o momento com “chave de ouro”, Albano Jorge, do grupo ADABEM e “O Baluarte”, vai declamar um poema de Sophia de Mello Breyner.

Vão haver, ainda, dois momentos coreográficos, realizados também por alunas do Colégio de Famalicão: Ana Sofia Semedo, Daniela Dinis, Inês Barreto, Francisca Salgado, Ana Carolina Costa, Sara, Maria Francisca Monteiro, Marta Campos e Cláudia Maia.

Após estes momentos culturais terá lugar o desfile apeado e motorizado do Corpo de Bombeiros, Guarda Nacional Republicana e bandeiras/estandartes das Juntas de Freguesia do concelho.

 

Assembleia Municipal em Anadia

Já no interior do edifício dos Paços do Município, no Salão Nobre, vai ter lugar, cerca das 11.20 horas, a sessão extraordinária solene e comemorativa do 35º aniversário da Revolução de Abril da Assembleia Municipal de Anadia.

Recorde-se que na Escola Básica 2/3 de Anadia está a decorrer uma exposição sobre “O 25 de Abril, o passado, o durante e o futuro”, com trabalhos efectuados pelos alunos sob a orientação dos docentes.

Também na Escola Secundária de Anadia (ESA) decorre uma exposição sobre a temática 25 de Abril.

De salientar ainda a intervenção de docentes da ESA, devidamente organizados, no espectáculo “Tributo a Zeca Afonso”, a ter lugar no Cine-Teatro de Anadia, pelas 21.30 horas de hoje, por associações culturais do concelho de Anadia (ver post do dia 20 de Abril).

 

Comemorações em Oliveira do Bairro

A Câmara Municipal e a Assembleia Municipal de Oliveira do Bairro também assinalam os 35 anos do 25 de Abril, numa sessão solene comemorativa, a realizar hoje, com início pelas 10 horas.

Com muito orgulho pela democracia que vivemos, é com grande alegria que o município de Oliveira do Bairro se associa às comemorações levadas a cabo por todo o país. Reconhecendo o valor e a importância desta data, a autarquia não quer deixar passar em branco este 25 de Abril, marcando-o com o lançamento do livro “Arlindo Vicente e a Oposição”, da autoria de Miguel Dias Santos e inaugurando uma exposição dedicada a Arlindo Vicente, residente no Troviscal.

Arlindo Vicente, ligado à política e às artes, foi uma voz activa aquando do 25 de Abril, lutando pelos direitos que hoje qualquer cidadão usufrui, mas que na altura eram limitados.

Estes dois eventos serão acrescidos à sessão solene da Assembleia Municipal Comemorativa do 25 de Abril, pela pertinência da obra a ser lançada e da exposição a ser inaugurada.

O programa de hoje será o seguinte: pelas 10 horas, participação da Banda Filarmónica do Troviscal. Às 10.15 horas, Hastear das Bandeiras. Cerca das 10.30 horas, cerimónia junto do Monumento aos Combatentes do Ultramar a cargo da Liga dos Combatentes – Núcleo de Oliveira do Bairro. E às 10.45 horas, sessão solene da Assembleia Municipal, no Salão Nobre da Câmara Municipal. Pelas 11.45 horas terá lugar o lançamento do livro “Arlindo Vicente e a Oposição”, da autoria de Miguel Dias Santos e às 12.30 horas, abertura de exposição dedicada a Arlindo Vicente.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:01

link do post | comentar | favorito
Sábado, 18 de Abril de 2009

Cine-Teatro Municipal Messias

Mealhada comemora o 25 de Abril com tributo a Zeca Afonso

O Cine-Teatro Municipal Messias vai ser palco, na noite de sexta-feira dia 24 de Abril, pelas 21.30 horas, de um espectáculo de homenagem ao célebre músico Zeca Afonso, como forma de assinalar os 35 anos da Revolução dos Cravos. “20 Canções para Zeca Afonso” é o nome do projecto musical que reflecte o olhar da geração mais jovem sobre a música e as palavras deste cantor de Abril.

Este é um projecto musical que desafia os demais a uma reflexão sobre a obra poética e musical desta figura ímpar da cultura portuguesa. “20 Canções para Zeca Afonso” surge em 2007, duas décadas depois do desaparecimento do músico, e é um espectáculo que pretende recriar a raiz popular da música de Zeca Afonso num contexto inovador, que concilia as melodias das canções (vozes), os timbres jazzísticos do trio de Jazz (guitarra, baixo e bateria) que acompanham os instrumentos solistas (saxofone e piano) e a ambiência subtil do quarteto de cordas, numa fusão única de universos musicais.

O repertório seleccionado inclui temas muito popularizados e outros menos divulgados entre um público mais generalista. Um espectáculo de 90 minutos, que se revela uma alternativa original e requintada de prestar homenagem a Zeca Afonso, “procurando o equilíbrio entre uma mensagem emocional clara, pelas palavras e temas musicais, e a leveza fraterna e optimista própria da sua música”, divulga a produtora, numa nota sobre o projecto.

Na noite de sexta-feira, dia 24 de Abril, quem marcar presença no Cine-Teatro Municipal Messias poderá ouvir temas tão conhecidos como “Traz outro amigo também”, “A morte saiu à rua” ou “Venham mais cinco”, ou outros como “Tenho barcos”, “Menino do bairro negro”, “Canção de embalar”, “Maria Faia”, “Cantigas de Maio”, “Senhor Arcanjo”, “Coro da Primavera”, “Fui à beira mar”, “Adeus, ó Serra da Lapa”, “Redondo Vocábulo”, “O homem voltou”, “Os índios da meia-praia”, “Não é meu bem”, “Senhora que o velho”, “Verdade é Mentira”, “Eu dizia”, “Benditos” e “À proa”.

As reservas para o espectáculo podem ser efectuadas através do telefone 231 209 870 e 231 200 980. Os bilhetes, que já se encontram à venda, podem ser ainda adquiridos, e levantados, na bilheteira do Cine-Teatro Municipal Messias, das 20 às 22 horas, de quinta-feira a segunda-feira, ou das 15 às 18 horas de domingo.

 

Comemorações prosseguem no dia 25 de Abril

As comemorações dos 35 anos do 25 de Abril de 1974 prosseguem no sábado, dia 25 de Abril, logo pelas 10 horas. Está, então, marcado, para essa hora, o Hastear da Bandeira Nacional nos Paços do Município, a Guarda de Honra pelos Bombeiros de Mealhada e de Pampilhosa, o Hino Nacional executado pela Filarmónica Lyra Barcoucense 10 de Agosto, a Largada de Pombos pelo Grupo Columbófilo da Mealhada e a Deposição de uma coroa de flores junto ao monumento aos mortos em combate do concelho da Mealhada.

A habitual sessão solene da Assembleia Municipal da Mealhada está marcada para as 10.10 horas no Salão Nobre dos Paços do Concelho. O programa de comemorações termina da parte da tarde, no Jardim Municipal da Mealhada, com as actuações do Rancho Folclórico São João de Casal Comba e o Rancho Folclórico e Grupo Etnográfico da Pampilhosa.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:37

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 14 de Abril de 2009

“Escolíadas 2009” - 20ª Edição

“Fórum Escolíadas” realiza-se na sexta-feira

Na próxima sexta-feira, dia 17 de Abril, o Complexo Turístico Quinta dos Três Pinheiros, na Mealhada, vai receber o primeiro “Fórum Escolíadas”, para assim comemorar a 20ª edição do concurso “Escolíadas”, que arranca uma semana depois (dia 24 de Abril) com a primeira sessão eliminatória.

O “Fórum Escolíadas” vai consistir num jantar/convívio - marcado para as 20.30 horas, na sala de música ao vivo do restaurante da Quinta dos Três Pinheiros - entre todos aqueles que “já se envolveram e viveram o evento”, conforme explicou Cláudio Pires, da “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural”, que pretende reunir participantes das “Escolíadas” de várias gerações, sendo que o ideal seria “trazer gente da primeira edição, que se realizou em 1990”, afirmou.

Partilhar experiências entre todos aqueles que já participaram neste concurso - que coloca à prova as qualidades e capacidades artísticas dos jovens estudantes e professores do ensino secundário – ou que de alguma forma continuam a ele ligados, foi o objectivo que moveu a “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural” para esta realização.

Durante o jantar serão feitas diversas projecções em simultâneo de fotos e vídeos dos 19 anos de “Escolíadas”, para que todos possam recordar e partilhar as suas experiências, seja qual for o ano em que participaram no evento. Vai estar à disposição um microfone aberto e um palco preparado para receber qualquer tipo de manifestação artística.

A noite só vai terminar na discoteca “Outro Mundo”, a sala/palco onde as “Escolíadas” ganham corpo, que estará também preparada para receber a actuação de quem assim desejar.

De referir que as inscrições para o “Fórum Escolíadas” ainda estão a decorrer. O preço por pessoa é de 16 euros, incluindo jantar e o acesso à discoteca. No “Fórum Escolíadas”, “A Arte tem várias faces! Venha ‘rever’ a da juventude!”.

 

Prémio Escolíadas de Poesia (PEP)/Jornal da Bairrada

Nós não somos do século de inventar as palavras. As palavras já foram inventadas. Nós somos do século de inventar outra vez as palavras que já foram inventadas”.

É com esta frase de Almada Negreiros que a “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural” lança o desafio para reinventar as palavras, através de uma das novidades desta 20ª edição, o concurso de poesia intitulado “Prémio Escolíadas de Poesia (PEP)/Jornal da Bairrada”.

Decorrendo o Ano Internacional do Planeta Terra , com o apoio institucional da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) e da União Internacional das Ciências Geológicas (IUGS), e tendo consciência que é fundamental sensibilizar a sociedade para a importância do desenvolvimento ao serviço do bem-estar comum e para um mundo sustentável, a “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural” propõe que esta seja a temática obrigatória deste concurso.

Cada potencial poeta deverá concorrer com o mínimo de dois textos e o máximo de quatro. A poesia pode ser uma resposta aos desafios que se colocam à geração de hoje e às gerações futuras, procurando a associação o poeta que vai marcar a mudança.

Pretende-se, com a temática escolhida, associar as “Escolíadas” às diversas actividades que, a nível mundial, se têm vindo a desenvolver nesta Década das Nações Unidas da Educação para o Desenvolvimento Sustentável (2005-2014). Para consultar o regulamento basta aceder à página das “Escolíadas” em www.escoliadas.com.

 

Primeira eliminatória “Escolíadas” no dia 24

Falta pouco mais de uma semana para que aconteça a primeira sessão eliminatória da 20ª edição do concurso “Escolíadas”. É já no dia 24 de Abril, sexta-feira, que vão prestar provas a Escola Secundária Dr. João Carlos Celestino Gomes, de Ílhavo; a Secundária Dr.ª Maria Cândida de Mira e a Escola Secundária Homem Cristo de Aveiro. A sessão tem início marcado para as 23 horas, na discoteca “Outro Mundo”, no Complexo Turístico Quinta dos Três Pinheiros, na Mealhada.

As sessões de apuramento decorrem entre 24 de Abril e 16 de Maio, sendo no total sete. Este ano são 20 estabelecimentos de ensino secundário que vão a concurso, dos distritos de Aveiro, Coimbra e Viseu, num total de 2000 mil concorrentes, entre alunos e professores, que vão participar em provas de Teatro, Dança, Música, Pintura e Claques, complementadas com provas de Cultura Geral.

 

Parcerias e apoios “Escolíadas 2009”

As “Escolíadas” contam para a 20ª edição com a parceria efectiva de entidades públicas como o Ministério da Cultura, através da atribuição da declaração de “Manifeste Interesse Cultural” que concede Mecenato ao evento; a Direcção Regional de Educação do Centro (DREC), que vai oferecer as mil refeições servidas no decorrer das sessões e assumir mais de 3000 euros dos custos de produção. O Júri é também da responsabilidade deste organismo estatal; o Instituto Português da Juventude (IPJ), com apoio financeiro através do programa PAJ e apoio logístico na produção das “Escolíadas” e do seu “Plano de Actividades II”; a Escola Superior de Educação de Coimbra (ESEC), com apoio logístico na preparação das escolas e na constituição do Júri das “Escolíadas”; a Câmara Municipal de Ílhavo, com a cedência gratuita do Centro Cultural de Ílhavo e a Câmara Municipal da Mealhada, que vai assumir a despesa das medalhas oferecidas aos participantes.

No que diz respeito às associações, as “Escolíadas” vão poder contar com a Associação Activarte, de Aveiro, que terá por missão o suporte técnico da prestação dos concorrentes.

Os órgãos de comunicação social também vão apoiar na divulgação do evento. Nos diários são três: Jornal de Notícias, Diário de Coimbra e Diário de Aveiro. Relativamente aos semanários, são seis: Jornal da Bairrada, Jornal Mealhada Moderna, Jornal Litoral Centro, Jornal da Mealhada, O Aveiro e o Jornal do Centro. As “Escolíadas” contam ainda com a divulgação de duas rádios locais: a Rádio Terra Nova e a RCPfm Mealhada.

Existem duas empresas que também vão colaborar com o evento. O Best Western Quinta dos Três Pinheiros e a Sumol + Compal, ambas através de apoio financeiro e logístico.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:33

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 13 de Abril de 2009

Mercado de Objectos Usados, Víveres e Artesanato

MOUVA na Praça da Palhaça no dia 26 de Abril

A ideia chama-se MOUVA - Mercado de Objectos Usados, Víveres e Artesanato - e a primeira edição acontece já no próximo dia 26 de Abril, na Palhaça, Oliveira do Bairro. O evento assenta arraiais na Praça de São Pedro, a sala de visitas da simpática vila da Palhaça, concelho de Oliveira do Bairro. O MOUVA tem data marcada nos últimos domingos de cada mês, de Abril a Setembro, entre as 10 horas da manhã e as 15 horas. Será normal que este horário se estenda, em função da vontade de vendedores e visitantes. O MOUVA é o programa indicado para quem gosta de passear, deixar-se ficar, conversar, ideal para qualquer comprador e/ou amante de cultura, convívio e ar livre.

Em construção, este projecto - idealizado por elementos do blog Palhaça Cívica (http://palhacacivica.blogspot.com), mas a materializar pela população da vila e dos arredores disponível para um desafio - tem como móbil a dinamização regular de um jardim público da Palhaça, assente numa proposta de sustentabilidade económica, cultural e ecológica, sem descurar outros valores como a responsabilidade social e cívica, o convívio saudável e a diversidade.

As inscrições para a participação na venda podem ser efectuadas até 21 de Abril e podem chegar por e-mail ou serem entregues na Junta de Freguesia. O MOUVA teve um acolhimento entusiasmado na população em geral. Até ao momento, cerca de 20 vendedores, da Palhaça e localidades próximas, manifestaram já vontade de participar, sendo que estão assegurados expositores com livros, revistas de BD, peças de loiça, roupa, discos, malas, colares, sapatos, calçado, peças de artesanato, produtos agrícolas frescos, pão de fabrico caseiro, entre outros, para troca ou venda.

Além de comércio, o MOUVA oferece ainda um cardápio cultural, variável de edição para edição. Na primeira, a celebrar Abril e a Primavera, a poesia vai andar à solta na boca de um louco, um violino far-se-á ouvir “quando menos esperar”, uma oficina de Origamis em Flor desabrochará no Coreto, contos infantis baloiçarão os ouvidos dos mais novos, junto dos baloiços e mais não é revelável porque o inesperado pode sempre acontecer numa Praça!

O MOUVA é especialmente destinado a vendedores amadores e não comerciantes. Comerciantes profissionais podem participar desde que vendendo produtos listados no regulamento. E para qualquer comprador e/ou amante de cultura, convívio e ar livre.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:42

link do post | comentar | favorito
Sábado, 7 de Março de 2009

Primeira mulher a concorrer à Câmara Municipal de Anadia

Maria do Céu Castelo-Branco é a candidata CDS-PP

A Concelhia do CDS-PP de Anadia decidiu que a sua candidata à Câmara Municipal de Anadia é Maria do Céu Anjos Simões Hall Castelo-Branco.

Mais comunica que será realizada, brevemente, uma Assembleia Concelhia para informação, aprovação e apresentação da candidatura.

A candidata tem 56 anos, vive na Póvoa do Pereiro, freguesia da Moita, município de Anadia, região de onde é oriunda a sua família materna e parte da sua família paterna. Tem três filhos: João Tiago, Pedro Nuno e Joana Rita. É militante do CDS-PP desde 1986.

 

Um completo currículo

É professora de Educação Especial; doutora em Ciências da Educação, pela Universidade de Aveiro; mestre em Activação do Desenvolvimento Psicológico, pela Universidade de Aveiro.

Tem o diploma de Estudos Superiores Especializados em Educação Especial; um curso em Educação de Infância; é professora convidada e coordenadora científica do Curso de Formação Especializada em Educação Especial, na Universidade Lusíada de Lisboa; investigadora integrada no Centro de Investigação em Educação e Ciências do Comportamento (CIECC), Departamento das Ciências da Educação da Universidade de Aveiro; conselheira da Associação Nacional de Professores; membro do Conselho para a Promoção da Ordem dos Professores; tem publicações científicas em revistas nacionais e internacionais.

É também docente voluntária na Universidade Sénior da Curia e presidente da Direcção da Associação de Moradores da Póvoa do Pereiro (recentemente criada). Tem dois livros publicados de poesia e como actividades de lazer tem a pintura, a escrita, a jardinagem e ver o mar, sempre que possível.

Ao ser questionada sobre a razão da sua candidatura, referiu: “Motiva-me uma prática de seriedade e transparência, uma vontade de intervir de forma laboriosa e solidária, um imperativo de consciência, vectores fundamentais no exercício político. Nos últimos anos enraizaram-se na prática política hábitos que põem em causa a credibilidade de quem nos governa, prejudicando e defraudando, seriamente, a qualidade de vida dos cidadãos e a confiança nas instituições que deveriam ser o garante de segurança e de bem-estar de todos. A mudança implica a proximidade com os munícipes e o envolvimento destes na participação das decisões que se entendam necessárias e adequadas ao nosso concelho”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:56

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

“Escolíadas 2009” – 20ª E...

“Escolíadas 2009” – 20ª E...

“Escolíadas 2009” – 20ª E...

“Escolíadas 2009” – 20ª E...

“Escolíadas 2009” – 20ª E...

Comemorações do 35º anive...

Cine-Teatro Municipal Mes...

“Escolíadas 2009” - 20ª E...

Mercado de Objectos Usado...

Primeira mulher a concorr...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds