Sábado, 19 de Dezembro de 2009

Santa Casa da Misericórdia de Anadia festeja 101º aniversário

Efeméride marcada por homenagem a cinco funcionárias

A Santa Casa da Misericórdia de Anadia (SCMA) comemorou o 101º aniversário. Cerimónia simples, mas com alto valor histórico/social, marcada pela grandeza de 24 ilustres Homens de Anadia, que traçaram o destino da instituição. A data foi marcada pela inauguração de uma exposição e pela homenagem a cinco funcionárias, pelos 20 anos de serviço cumpridos.

Foi celebrada Missa na Capela do Palacete Seabra de Castro, pelo Padre Daniel, do Colégio Salesiano de Mogofores, que na homilia evocou o aniversário da SCMA, enaltecendo os fundadores e deixando uma palavra de “justiça” para a actual Mesa Administrativa.

Seguiu-se a abertura da exposição “Menino Deus”, um conjunto de figuras alusivas ao Menino Jesus, que preencheu o dia de aniversário na sala temática do Museu José Luciano de Castro. Uma mostra que ficará patente durante três meses.

São figuras em madeira, porcelana e cerâmica referentes aos séculos XVII, XVIII e XIX, que vão dar brilho àquele Museu, numa valiosa exposição, sinal demonstrado pelo empenho dos responsáveis, que tentam manter posição de destaque para o bom nome cultural da cidade de Anadia. A SCMA aceitou o desafio, porque desde 1980, aquando da inauguração, mantém aberto ao público um espaço museológico que prima em expor seleccionadas colecções.

O Salão Nobre foi ainda palco da Sessão Solene e da entrega de Placas Comemorativas a cinco funcionárias com mais de 20 anos de serviço. São elas Isabel Pereira, Carla Carvalho, Rosa Simões, Maria Júlia Ribeiro e Maria Teresa Alves.

O provedor Carlos Matos deixou entre os funcionários o espírito de união, compromisso assumido de carácter social em manter as melhores relações e sobretudo uma chamada ao bom senso, para que sejam o arauto em proporcionar qualidade de vida àqueles que ainda dentro dos lares da instituição constituem um leque na sociedade.

Reforçou o desempenho às respostas sociais, todas elas superadas pela expectativa e falou do investimento feito nos dois lares, com a remodelação das instalações. Carlos Matos realçou também a aprovação do Projecto CADI por mais três anos, um projecto que ficou em primeiro lugar na zona Centro.

O almoço foi servido com pompa e circunstância e salutar convívio. Reinou um espírito de boa disposição e expressiva amizade. Diálogos em que todos se envolveram, aliando-se em criar um clima de confiança, superando o grande patamar, que coloca o bom nome da instituição na lista de bem-fazer.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:37

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 24 de Novembro de 2009

Surto de gastroenterite afecta centenas em Anadia

Origem do problema pode estar na água da rede pública

Mais de uma centena de crianças de vários estabelecimentos de ensino do concelho de Anadia, assim como adultos, foram atingidos, entre quinta e sexta-feira, por um surto de gastroenterite, que levou a uma afluência fora do normal da Consulta Aberta (CA) do Centro de Saúde de Anadia. Os sintomas de vómitos e diarreias foram comuns, chegando a desconfiar-se que a água da rede pública poderia estar na origem deste problema.

E a dúvida ainda não está dissipada, pelo menos até chegarem os resultados conclusivos das análises à água que foram pedidos ao Instituto Ricardo Jorge (IRJ), pela Câmara Municipal, devendo chegar entre hoje, quarta-feira ou amanhã. Para já, a CA retomou a normalidade.

 

Colégio de Mogofores dá alarme

O alarme foi dado pelo Colégio Salesiano de São João Bosco, em Mogofores, na manhã de quinta-feira, dia 19, quando os docentes chegaram e se aperceberam da ausência de um número significativo de alunos.

Dário Tavares, director do Colégio de Mogofores, diz ter ficado a saber, por via da delegada de saúde, que o problema podia estar relacionado com a água da rede pública. “Também constatámos que não era um problema exclusivo da nossa escola, mas sim de muitas outras”, adiantou o responsável.

O sucedido motivou a Câmara Municipal de Anadia, em parceria com a Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC), através do Centro de Saúde de Anadia, a emitir um comunicado ainda na quinta-feira, dia considerado mais crítico em termos de ocorrências registadas na CA. Litério Marques, presidente da Câmara Municipal de Anadia, lembrou que ambas as entidades estariam a “envidar todos os esforços no sentido de controlar o surto e identificar a sua causa”. No comunicado podia ler-se que o surto, pelas características, era “típico de uma gastroenterite aguda de origem viral característica deste período do ano”.

Litério Marques recusou desde o início qualquer ligação entre a água da rede pública e o surto, alegando que as últimas análises, que tinham sido realizadas no dia 17, atestavam a “boa qualidade da água”.

No entanto, a autarquia decidiu reforçar as medidas de desinfecção da água e solicitou ao IRJ a realização de novas análises para avaliar a qualidade da água para consumo público.

 

Retomada a normalidade

Dário Tavares, contactado ontem, dia 23, pelo Quiosque das Letras, diz que no Colégio de Mogofores “continuamos sem dar água às crianças”, apesar de agora ter “tudo voltado à normalidade. Mas continuamos com dúvidas sobre a água e se podemos bebê-la ou não”.

Litério Marques também fala em “normalização da situação”, dizendo estar convencido de que está tudo bem com a água e aguardando os resultados do IRJ. Também a ARSC afirmou que a CA retomou a sua normalidade nos últimos dias.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:52

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 17 de Novembro de 2009

Espectáculo evocativo de José Luís Iglésias

Cine-Teatro de Anadia presta tributo no dia 27

O Cine-Teatro Municipal de Anadia vai receber um espectáculo evocativo do 85º Aniversário de José Luís Iglésias, na sexta-feira, dia 27 de Novembro, pelas 21.30 horas.

Este espectáculo, organizado pelo “Grupo de Amigos de José Luís Iglésias” será apresentado por diversas associações culturais do município que, directa ou indirectamente, surgiram pela mão desta personalidade marcante da cultura anadiense.

Desta forma, participam neste evento a Associação de Dadores Benévolos de Sangue de Mogofores (ADABEM); a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Anadia, em Avelãs de Caminho; o Grupo de Amigos de José Luís Iglésias; o Grupo Lar São Martinho, Ouca; Laços de Coimbra; Mónica Dias; Musicanto; Nuno Moura; O Baluarte; Os Rouxinóis; Otília Silva; Grupo de Teatro Raízes Verde Pinho (do Centro Social, Cultural e Recreativo da Freguesia de Avelãs de Cima) e Sons de Avelãs (Avelãs de Caminho).

De referir que José Luís Iglésias criou o Grupo de Reis denominado “Trupe dos Rouxinóis de Anadia”, do qual era ensaiador.

Este grupo cantou os Reis, pela primeira vez, em Janeiro de 1950. Daqui nasceu o Grupo Artístico e Cultural “Os Rouxinóis” de Anadia, no final do ano de 1949, do qual também foi encenador.

 

José Iglésias coloca Anadia no panorama cultural do país

Na segunda metade do século XX, José Luís Iglésias colocou Anadia no panorama cultural do país. Foram anos de consecutivos sucessos por ele encenados.

Cenógrafo, actor, dançarino, desenhador, pintor e excelente músico, José Luís Lhano Iglésias foi um grande impulsionador da cultura em Anadia.

Os bilhetes (2,5 euros) podem ser adquiridos nos seguintes horários: sextas-feiras, das 18 às 22 horas e sábados, das 18 às 22 horas. No dia de espectáculo a bilheteira abrirá às 14 horas.

As reservas podem ser efectuadas na Câmara Municipal de Anadia até três dias antes do espectáculo e os bilhetes levantados, impreterivelmente, até pelo menos duas horas antes do mesmo.

A receita da bilheteira deste espectáculo reverterá para o Fundo Social criado pela Câmara Municipal de Anadia.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:37

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 12 de Outubro de 2009

Desilusão do PS Anadia contrasta com a satisfação do CDS e CDU locais

CDS-PP Anadia é o partido com maior crescimento no concelho

“É um resultado que fica muito aquém das nossas expectativas”. Foi desta forma que Lino Pintado, cabeça de lista à Câmara Municipal de Anadia pelo PS, fez o balanço das autárquicas 2009. Mesmo “mantendo a percentagem de há quatro anos, na casa dos 25%, não é um bom resultado”, reforçou.

Lino Pintado referiu que apesar de ter aumentado o número de votos, também aumentou o de votantes, mantendo-se as percentagens.

“Tinha uma ambição de termos resultados completamente diferentes. Mas há que respeitar a decisão do eleitorado do concelho”, admitiu o candidato socialista.

Comparando os resultados agora obtidos com os de há quatro anos, o PS Anadia conquistou mais uma freguesia, a de Aguim, “que nunca tinha sido PS. Mantivemos também o número de deputados municipais, seis, passando para oito com o presidente da Junta de Freguesia de Aguim e o de Mogofores, que já era socialista”.

A assinalar as subidas nas freguesias de Avelãs de Cima, Arcos e Aguim, na votação para a Câmara Municipal e a “descida muito significativa em Sangalhos, merecendo uma análise com todo o cuidado para tentarmos chegar a conclusões”.

 

CDS tem o maior crescimento

Por outro lado, O CDS-PP foi o partido que mais cresceu no concelho de Anadia: elegeu dois deputados municipais - Sidónio Simões e João Tiago Castelo-Branco -, retirando um deputado municipal ao PSD e, por uma pequena margem de votos, não obteve um vereador. Está representado com um deputado em cinco Juntas de Freguesia, nomeadamente por Ana Maria Alegre, em Arcos; António Pimentel, em Tamengos; António Augusto Marques da Silva, em Amoreira da Gândara; Jorge Matos, na Moita e António Oliveira, em Mogofores e com dois deputados na freguesia de Vilarinho do Bairro, Nuno Seabra e Hélder Santos.

De referir que esta última freguesia foi a que registou a maior subida dos populares, tornando-se o CDS a segunda força política, logo a seguir ao PSD.

Segundo Maria do Céu Castelo-Branco, candidata à Câmara Municipal, “se compararmos os resultados das autárquicas 2005 aos obtidos este ano, percebemos que o CDS-PP Anadia duplicou as suas próprias percentagens e apresentou valores mais elevados do que o PSD e o PS, quer para a Câmara, quer para a Assembleia Municipal”.

Para a popular, “os objectivos superaram as nossas expectativas e tal só aconteceu porque houve uma equipa de trabalho coesa a par de um esforço persistente e um contacto directo com a população nas diferentes freguesias do concelho. Lançámos as sementes, o trabalho vai continuar e a colheita virá de certeza. Estamos convictos de que nas próximas eleições o CDS estará em condições de se afirmar como a alternativa certa para o concelho de Anadia”.

 

“É uma vitória para a CDU”

Também o cabeça de lista à Câmara de Anadia pela CDU, José Paixão, estava muito satisfeito com os resultados das autárquicas 2009: “É uma vitória para a CDU, porque conseguimos os melhores resultados de sempre no concelho”.

Contudo, Paixão lembrou que “não atingimos os nossos propósitos, que eram chegar aos mil votos em cada órgão a que concorremos, o que ofusca a nossa vitória. Mas subimos cerca de 200 votos nos diversos órgãos aos quais concorremos”.

Mais votos, mais percentagem e os mesmos mandatos de há quatro anos. É este o balanço feito pelo candidato da CDU à Câmara. “Tínhamos dois eleitos na Assembleia de Freguesia de Sangalhos, passámos para três. Em Mogofores é que perdemos o que tínhamos”, explicou.

Quanto à Assembleia Municipal, é João Morais que vai continuar como deputado pela CDU, “saindo a sua votação reforçada, ultrapassando os mil votos. Mas ainda ficámos longe de conseguir um segundo mandato neste órgão”, disse Paixão, que terminou referindo estar triste “por não ter conseguido a perda da maioria absoluta de Litério Marques”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:56

link do post | comentar | favorito
Domingo, 11 de Outubro de 2009

Litério Marques obtém nova maioria absoluta pelo PSD em Anadia

Autarca vai cumprir o quarto mandato consecutivo na Câmara Municipal de Anadia

Litério Augusto Marques volta a conquistar a Câmara Municipal de Anadia, e de novo com maioria absoluta, cumprindo o quarto mandato consecutivo pelo PSD. Sendo objectivo do autarca reeleito ganhar as 15 Juntas de Freguesia do concelho, as autárquicas 2009 ficam marcadas pela perda da Junta de Aguim para o PS, por uma diferença mínima de 44 votos.

A já socialista Junta de Freguesia de Mogofores - a única há quatro anos sem ser PSD - assim continuou, e com uma margem bem expressiva, visto que o PS obteve 348 votos face aos 99 a favor do PSD.

Os social-democratas conquistaram assim, em Anadia, 13 Juntas de Freguesia, ficando duas do lado do PS local. Contudo, “este resultado ultrapassou as minhas expectativas, porque houve alguns imponderáveis. E nestas circunstâncias não podíamos ter tido melhor resultado”, disse Litério Marques, em euforia, à porta do edifício da Câmara Municipal, após ter conhecimento dos resultados finais. O autarca referia-se à “perseguição” que diz ter sentido por parte do “PSD 2 de Anadia à minha candidatura” e que ao suceder só poderia “ter acontecido num partido doente”, rematou, numa clara alusão à Comissão Política de Secção (CPS) de Anadia do PSD, liderada por José Manuel Ribeiro.

Litério Marques, em 2005, venceu a Câmara de Anadia com 61,39% dos votos, alcançando a maioria absoluta, com cinco mandatos. Por seu turno, este ano o autarca reeleito voltou a conquistar a maioria absoluta, novamente com cinco mandatos, mas 57,02% dos votos. Ao perder quatro pontos percentuais face aos resultados de há quatro anos, Litério Marques perde um deputado na Assembleia Municipal. Neste órgão serão 12 os deputados municipais eleitos, mais 13 presidentes de Junta de Freguesia - excluem-se Mogofores e Aguim - perfazendo o total de 25 deputados social-democratas.

 

Luís Santos presidente da Assembleia Municipal de Anadia

Luís Santos, PSD, é o novo presidente da Assembleia Municipal de Anadia.

“O resultado é óptimo. Tenho a maioria absoluta e ganhei nas 15 freguesias, embora perdendo mais uma (Aguim). Esta vitória prova a aceitação total do concelho à figura do presidente. Sabemos que seria difícil recuperar a Junta de Mogofores, porque José Maria Ribeiro foi um presidente que cumpriu e ao recandidatar-se estávamos conscientes de que havia fortes possibilidades de lá permanecer este autarca, o que acabou por verificar-se”, realçou Litério Marques.

 

Sangalhos recupera maioria social-democrata

Litério Marques sublinhou também o “regresso à maioria absoluta na freguesia de Sangalhos, o que é “extraordinariamente importante para quem ganhou, porque permite fazer obra”.

Óis do Bairro foi outra das freguesias com a maioria absoluta do PSD, acabando por “roubar” um deputado ao PS, que passa agora a contar apenas com um membro na Assembleia de Freguesia. Vilarinho do Bairro também tem a maioria PSD.

No caso de Amoreira da Gândara e Tamengos, estas foram duas freguesias que perderam a maioria PSD, quebras que Litério atribui à CPS.

Sobre Aguim, o edil anadiense disse respeitar a decisão do povo, mas “não entendi. Foi uma das Juntas de Freguesia que mais trabalhou, sendo um resultado injusto na minha opinião. Mas a vida continua e Aguim não sairá prejudicada, porque não o fiz com Mogofores, também não o farei com esta freguesia”, garantiu.

 

“CPS de Anadia não existe”

Litério Marques, questionado sobre a ausência da CPS de Anadia do PSD, assim como da JSD, disse que a “CPS de Anadia provavelmente não existe. Desde a minha nomeação à reeleição não dei conta de ninguém”.

O autarca repetiu ter obtido uma “vitória extraordinária”, por ter lutado contra “o PS, o CDS, a CDU e o PSD 2”, deixando como nota final que nem a CPS do PSD, nem a JSD se empenharam “na minha eleição ou de qualquer outra lista do PSD”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:52

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 18 de Setembro de 2009

Paixão diz que Anadia “parou no tempo” e promete “mais e melhor”

CDU Anadia apresenta cabeças de lista às autárquicas 2009

A CDU Anadia apresentou os cabeças de lista às eleições autárquicas de 11 de Outubro em Sangalhos, no dia 11. O candidato à presidência da Câmara Municipal, José Paixão, deu a conhecer os primeiros traços do programa eleitoral, “que ainda não está fechado”, disse que o concelho de “Anadia parou no tempo” e que com “empenho e vontade é possível fazer mais e melhor”.

Paixão, que também se candidata à Junta de Freguesia de Mogofores, explicou que o facto do seu nome ter sido indicado para a Câmara Municipal “resulta em grande parte por ter sido a cara do movimento ‘Unidos pela Saúde’, que contestou o fecho das Urgências. É um grande desafio que tenho pela frente e é para ganhar a Câmara. Neste momento o resultado está 0-0”.

O cabeça de lista da CDU à autarquia anadiense diz ter certeza de uma coisa: “Tem havido um ciclo de mudança neste concelho. Se muitas situações forem alteradas, já fico satisfeito. A CDU tem uma orientação e valores essenciais, somos uma força criativa e não queremos rótulos”.

José Paixão falou da necessidade de ter “coragem” para ser candidato pela CDU e louvou o facto de este ano terem conseguido mais uma freguesia: Avelãs de Cima. Desta forma, a CDU Anadia apresenta nestas autárquicas candidatos a cinco Juntas de Freguesia do concelho.

 

Programa eleitoral ainda em aberto

Ao referir-se a Anadia como sendo um concelho com “amarras”, o cabeça de lista à Câmara deu o exemplo de Sangalhos, que era um “cartão de visita” e tudo perdeu. Dar mais qualidade de vida às pessoas é uma das bandeiras da CDU Anadia. “Não é a construir Zonas Industriais que se resolvem os problemas do concelho”, disse, sugerindo a criação de brigadas rápidas, que circulem pelas ruas do concelho, para tapar os incómodos buracos que sempre aparecem.

A criação de mais Parques Infantis, “porque só uma ou outra freguesia têm” é outro dos desafios da CDU Anadia, assim como trazer mais ecopontos para o concelho. Paixão propõe ainda a criação de “um ecocentro, um espaço coberto onde qualquer cidadão possa ir depositar os seus lixos”. Terminar com a construção de pólos escolares, para evitar o encerramento das EB1, é outra das proposta da CDU Anadia.

Paixão felicitou ainda Joaquim Mota, anfitrião do jantar, candidato à Junta de Sangalhos, por ter reunido uma equipa “muito boa, forte e empenhada, pessoas que gostam da sua terra”.

E Mota estava visivelmente satisfeito por ter conseguido juntar “mais de 50 pessoas em Sangalhos. Pela primeira vez tivemos dificuldade em encaixar as pessoas, porque tivemos muita gente a fazer parte da lista”.

O candidato à Junta sangalhense contou com a presença “de um amigo de Sangalhos”, Manuel Campos, presidente da Junta de Espinhel (Águeda) no jantar e frisou que “este ano é difícil. Só com muito trabalho. Mas temos a possibilidade de dar a Sangalhos outro rumo. Porque se não for este ano, nunca mais conseguimos”, rematou, lembrando que por fazer parte do actual Executivo conhece os problemas “muito bem”.

 

Cabeças de lista a cinco Juntas

A CDU Anadia conta com os seguintes cabeças de lista às Juntas de Freguesia: Maria de Fátima Flores (Arcos); Sandra Catarina Almeida Rodrigues (Avelãs de Caminho); António Carlos de Oliveira Costa (Avelãs de Cima); José Francisco Paixão Correia (Mogofores) e Joaquim Alfredo Pereira da Mota (Sangalhos). (Foto: Quiosque das Letras. Pós-produção: Leiam a Imagem)

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:29

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 30 de Julho de 2009

CDS-PP de Anadia “renovado” apresenta candidatos

Maria do Céu Castelo-Branco e Sidónio Simões não perdoam críticas ao actual Executivo PSD

O CDS-PP de Anadia apresentou os candidatos aos órgãos autárquicos. Maria do Céu Castelo-Branco, candidata à Câmara Municipal de Anadia, era o único nome conhecido. Mas no dia 25, João Tiago Castelo Branco, presidente da Concelhia, deu a conhecer um “CDS renovado”, apresentando Sidónio Simões como cabeça de lista à Assembleia Municipal, 10 candidatos às Juntas de Freguesia e o mandatário da lista, Adelino Ferreira da Silva.

Militante activo do CDS-PP, o mandatário foi o 39º presidente da Câmara de Anadia, tendo exercido funções entre 1963 e 1974. Disse ter aceite o convite pelo seu percurso de militante centrista, considerando-o um “prémio” pelo serviço que sempre prestou ao partido.

Sidónio Simões, engenheiro civil, é o candidato à presidência da Mesa da Assembleia Municipal pelo partido. Apontou como principal razão para ter aceitado o convite poder vir a “contribuir para mudar as práticas”, porque considera que aos munícipes deve ser dita a verdade, “tão clara como a fonte e como o dia”, devendo estes estar sempre envolvidos num processo participativo na tomada de decisões relevantes.

 

Sidónio Simões critica Executivo de Litério Marques

“O município de Anadia carece, há anos, de uma gestão urbana planeada, programada a longo prazo e divulgada. Os centros estão desertificados, fruto de uma utilização preferencial do comércio terciário na cidade e do abandono de imóveis localizados em áreas centrais dos vários aglomerados urbanos das freguesias, situação que urge inverter”, defendeu o engenheiro.

Sidónio Simões não poupou as críticas ao actual Executivo liderado por Litério Marques, enumerando situações como “um sem número de construções clandestinas dos ‘amigos do poder’, que à partida parece terem facilitado a ‘vida’ aos proprietários, mas que a curto prazo terão custos elevadíssimos de legalização, se esta for possível”. A demolição indiferenciada de património edificado também mereceu a atenção do candidato.

Por seu turno, a candidata à Câmara, Maria do Céu Castelo-Branco, evidenciou que os candidatos que integram as listas autárquicas dos populares de Anadia aceitaram o desafio porque entendem que “as políticas governativas actuais não têm resolvido os problemas essenciais do concelho e dos seus munícipes”.

“Não sou política. Sou uma cidadã que se preocupa com o seu concelho e que quer boas práticas políticas de rigor e transparência”, disse.

 

Candidatos às Juntas de Freguesia

João Tiago Castelo Branco apresentou 10 candidatos às Juntas de Freguesia do concelho de Anadia, revelando que os cinco em falta estão ainda a ser procurados, sendo que dois deles já estão quase definidos.

Para a Junta de Mogofores os populares escolheram António Oliveira, contabilista, para cabeça de lista. Amoreira da Gândara conta com António Augusto Marques da Silva, avicultor, para candidato à Junta de Freguesia pelo CDS-PP.

O cabeça de lista na freguesia de Avelãs de Cima é Hernâni Rodrigues, ex-secretário da Junta de Freguesia pelo PSD, que recentemente pediu demissão. Trajano Martins é o candidato escolhido pelo CSD-PP para a Junta de Freguesia de Sangalhos.

Anselmo Rodrigues das Neves é o cabeça de lista em São Lourenço do Bairro e Nuno Seabra em Vilarinho do Bairro. O candidato popular apresentado para Tamengos é António Ribeiro Pimentel. Para a Junta de Freguesia de Aguim o eleito pelo CDS local é João Dias de Castro.

O presidente da Concelhia indicou mais dois nomes: José Baptista Gomes, para a Junta de Arcos e Jorge Matos para a Freguesia da Moita.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:28

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 13 de Maio de 2009

Junta de Freguesia de Mogofores (Anadia)

José Maria Ribeiro recandidata-se pelo PS

José Maria Ribeiro vai recandidatar-se pelo PS à Junta de Freguesia de Mogofores.

De acordo com Lino Pintado, vereador do PS na Câmara Municipal de Anadia e candidato à sua presidência, “o José Maria Ribeiro confirmou a boa aposta que o PS Anadia fez aquando da sua primeira candidatura. Foi um excelente presidente de Junta, promovendo várias obras de melhoramentos da sua freguesia e sempre focalizado nos problemas concretos das pessoas”.

Para Lino Pintado, José Maria conseguiu também ser o elo de ligação ideal entre a população e o poder central da autarquia: “Mogofores está melhor depois de José Maria Ribeiro ser presidente da Junta, mas ainda há trabalho a realizar. E ele precisa de pelo menos mais um mandato para concretizar o bom trabalho que iniciou. Estamos certos que o povo de Mogofores o vai reconhecer”.

 

publicado por quiosquedasletras às 07:27

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 23 de Abril de 2009

“XVII Jogos Nacionais Salesianos” – 30 de Abril a 3 de Maio

Anadia recebe mais de 1200 alunos de todo o país

De 30 de Abril a 3 de Maio vão decorrer em Anadia os “XVII Jogos Nacionais Salesianos”. A organização vai estar a cargo do Colégio Salesiano de São João Bosco de Mogofores, em parceria com a Sportis e com o apoio da Câmara Municipal de Anadia.

A iniciativa vai envolver cerca de 1200 alunos, de 21 colégios a nível nacional, sendo já uma referência na área desportiva/cultural no país e que para Litério Marques, presidente da Câmara Municipal de Anadia, representa “uma honra o concelho ser palco destes jogos”.

O autarca revelou, na conferência de Imprensa do dia 17, que a maioria dos jogos vai realizar-se no Complexo Desportivo de Anadia. E para que “quem utiliza as instalações não prejudique esta realização, a Câmara encontrou uma solução intermédia para evitar atropelos”.

Por seu turno, João de Brito Carvalho, padre Provincial do Movimento Salesiano em Portugal, explicou que os jogos salesianos têm já uma tradição de 17 edições, tendo a primeira delas, “curiosamente, começado em Mogofores. Estamos a voltar ao local da origem, mas agora com outras dimensões”.

João de Brito Carvalho referiu que os Jogos Nacionais Salesianos (JNS) são o maior encontro desportivo salesiano anual, recorrendo a uma metodologia de educação activa, “onde se procura estimular o participante para a autonomia, valorização pessoal e auto-estima, assim como para a vida em sociedade”. No desporto salesiano há uma “demagogia de fundo que vem de São João Bosco, o nosso santo fundador”, frisou.

De uma forma desportiva, lúdica, educativa e inovadora desenvolve-se em cada actividade um Programa Pedagógico onde estão presentes os ingredientes de lazer, aventura, descoberta de capacidades, criatividade, enriquecimento de conhecimentos e trabalho em equipa.

“Os JNS proporcionam aos seus participantes uma competição saudável, possibilitando-lhes uma vivência de grupo”, rematou o padre.

Basquetebol, futebol de 5 ou 7, voleibol, natação, ténis de mesa e xadrez são modalidades que fazem parte dos JNS, que são destinados a crianças e jovens dos 10 aos 18 anos, de centros educativos salesianos mistos (envolve escolas, paróquias e centros juvenis).

 

Programa das actividades

No dia 30 de Abril, pelas 21.30 horas, no Colégio Salesiano de São João Bosco de Mogofores vai ter lugar a cerimónia de abertura dos JNS, com apresentações das diversas comitivas.

No dia 1 de Maio, pelas 9 horas, junto aos Paços do Município de Anadia, vai realizar-se a “Caminhada pela Paz e Justiça Social”, através da realização de uma caminhada, aberta à população, onde o objectivo será o da divulgação de uma mensagem de Paz e Justiça Social.

No dia 3 de Maio (domingo), às 10 horas, vai celebrar-se a Eucaristia, no Colégio Salesiano de São João Bosco de Mogofores, com a presença de D. Ximenes Belo e transmissão televisiva em directo na RTP1, correspondendo ao encerramento dos “XVII Jogos Nacionais Salesianos”.

Refira-se que no dia 1 e 2 de Maio, a partir das 9 horas, vai haver “Boscolíadas” (actuações artísticas das diversas comitivas); actividades radicais e Cyber-espaço (nos tempos livres).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:06

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2009

Terceira idade em festa nos Três Pinheiros

Cerca de 400 idosos celebram o Carnaval na discoteca

O Best Western Quinta dos Três Pinheiros, na Mealhada, acolheu gratuitamente, na tarde do dia 18, algumas iniciativas que tinham como grande objectivo fazer respirar o ar carnavalesco entre diferentes instituições.

O Baile de Carnaval Inter-Institucional foi uma delas, contando com a presença de Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) e Misericórdias do distrito de Aveiro, sendo em maior número as do concelho de Anadia.

Foram cerca de 400 utentes, oriundos das seguintes instituições: APPACDM de Anadia, Associação Social de Avelãs de Caminho, Centro Social de Aguim, Avelãs de Cima, Paredes do Bairro, Poutena, Casa do Povo de Amoreira da Gândara, Clube de Ancas, Centro Social de Mogofores, Vila Nova de Monsarros, Centro Paroquial de Esgueira (Aveiro), Paraíso Social de Aguada de Baixo (Águeda), Santa Casa da Misericórdia da Mealhada, Anadia, Sangalhos, Aveiro e Lar de Antes.

Nesta tarde, onde se viveu uma verdadeira festa de Carnaval, esteve também presente o director do Centro Distrital de Segurança Social de Aveiro, Celestino de Almeida, afirmando o gosto que sentia em apoiar a iniciativa, “de louvar, pelos objectivos cumpridos que sustenta”.

Foi solicitada pela organização do evento a presença da “Escola de Samba Juventude de Paquetá”, da Mealhada, para a abertura do baile na discoteca principal dos Três Pinheiros. Segundo Fátima Silva, presidente da escola, foi e é com muito gosto que participam neste tipo de iniciativas.

De acordo com a organização do evento, o motor da iniciativa é o convívio entre as instituições e, nesta tarde foi possível sentir essa união e alegria de relembrar os bons momentos.

Pelo êxito que este tipo de iniciativas tem demonstrado anualmente, esta unidade hoteleira tem continuado a apoiá-las gratuitamente, com muito entusiasmo.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:52

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Santa Casa da Misericórdi...

Surto de gastroenterite a...

Espectáculo evocativo de ...

Desilusão do PS Anadia co...

Litério Marques obtém nov...

Paixão diz que Anadia “pa...

CDS-PP de Anadia “renovad...

Junta de Freguesia de Mog...

“XVII Jogos Nacionais Sal...

Terceira idade em festa n...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds