Sábado, 30 de Janeiro de 2010

Projecto “Escola Electrão” em Vilarinho do Bairro (Anadia)

Dia 4 de Fevereiro é a data para recolha dos materiais

Está já a decorrer o projecto “Escola Electrão” na Escola Básica nº 2 de Vilarinho do Bairro. O projecto consta da recolha de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos (EEE), cuja duração de vida terminou, tendo por isso passado à situação de Resíduos (REEE).

Estes equipamentos obedecem a um escalonamento em 10 categorias, a saber: grandes electrodomésticos (frigoríficos, máquinas de lavar, etc); pequenos electrodomésticos (aspiradores, ferros de engomar); equipamentos informáticos e de telecomunicações; equipamentos de consumo (televisores, rádios, leitores de MP3); equipamentos de iluminação (todo o tipo de lâmpadas, à excepção das incandescentes); ferramentas eléctricas e electrónicas; brinquedos e equipamentos de desporto e lazer; aparelhos médicos; instrumentos de monitorização (detectores de fumo, reguladores de aquecimento); e distribuidores automáticos, isto é, má-quinas de distribuição de produtos.

No caso de Vilarinho ser uma das escolas que consiga recolher mais materiais, esses prémios serão bem interessantes, desde um simples computador e impressora até conjuntos de equipamentos bem completos.

O projecto iniciou no passado dia 15, terminando dia 4 de Fevereiro, data de recolha dos materiais. Dia 1 de Fevereiro, segunda-feira, a escola receberá a visita do Ponto Electrão, contentor concebido pela Amb3E para recolha destes materiais.

 

publicado por quiosquedasletras às 09:12

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 26 de Janeiro de 2010

Vandalismo no Parque da Cidade da Mealhada

Prejuízos cifram-se já em mais de 5 mil euros

O Parque Urbano da Mealhada tem sido alvo de actos de vandalismo durante os últimos quinze dias. Um poste de luz partido, dois caixotes do lixo arrancados, bebedores estragados, luminárias dos candeeiros partidas e mais de 40 loureiros e 20 medronheiros desenraizados é o balanço dos estragos. Os prejuízos causados cifram-se já em mais de 5 mil euros.

O Parque da Cidade tem sido o mais recente local escolhido para a prática de actos de vandalismo na Mealhada. Durante os últimos quinze dias já partiram um poste de luz, situado junto ao campo de basquetebol; arrancaram dois caixotes do lixo, um dos quais foi atirado ao lago; estragaram vários bebedores; partiram as luminárias de, pelo menos, dois candeeiros e arrancaram 40 loureiros e 20 medronheiros. As primeiras estimativas apontam para prejuízos acima dos 5 mil euros.

Recorde-se que cerca de meia centena de sinais de trânsito do concelho foram, há mais de um mês, alvo de actos de vandalismo e que as rotundas do município têm sido também vandalizadas, através do furto de plantas e mais recentemente de pedra ornamental. A Câmara Municipal da Mealhada tem comunicado sempre o sucedido às autoridades municipais, tendo já sido identificado pelo menos um autor de furto. 

O presidente da Câmara da Mealhada lamenta tais “actos de puro vandalismo” e reitera o apelo ao “civismo dos cidadãos”, solicitando a contribuição e vigilância de todos para a preservação do espaço público. Carlos Cabral recorda que estas práticas lesivas do património público custam muito dinheiro à autarquia, dinheiro este proveniente dos impostos e, por conseguinte, dinheiro que é de todos os contribuintes do concelho.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:38

link do post | comentar | favorito
Sábado, 12 de Dezembro de 2009

Iluminações de Natal arrancaram ontem

Principais artérias da cidade de Aveiro já estão iluminadas

Ontem, dia 11 de Dezembro, foi dado início às iluminações de Natal nas principais artérias da cidade de Aveiro.

Estão iluminadas desde ontem as ruas da cidade, tais como, as artérias principais do Centro e junto à Praça da República. Será colocado um tecto de luz nas Praças 14 de Julho e Joaquim Melo Freitas. No total serão investidos cerca de 15 mil euros, cabendo à Associação Comercial de Aveiro a sensibilização para o envolvimento suplementar dos comerciantes.

De referir que a iluminação é toda em LED (diodo emissor de luz), o que visa a redução do consumo energético e eficiência energética. No total estão instaladas cerca de 135 mil micro lâmpadas em LED.

Do programa de animação de Natal que vai decorrer até 6 de Janeiro, a Câmara Municipal de Aveiro destaca o Cantar das Janeiras, mas inclui a Passagem de Ano que será assinalada com um espectáculo de fogo de artifício.

O Município de Aveiro já procedeu à colocação das iluminações de Natal nos edifícios mais emblemáticos da cidade, nomeadamente o edifício da Antiga Capitania, dos Paços do Concelho e do Teatro Aveirense. Também o Canal Central e o Canal de São Roque, bem como dois moliceiros e o palheiro da Salina da Troncalhada estão devidamente decorados.

 

publicado por quiosquedasletras às 09:19

link do post | comentar | favorito
Domingo, 6 de Dezembro de 2009

Câmara Municipal de Águeda reforça iluminação pública

Luminárias vão ser colocadas na variante de Recardães/Barrô

A Câmara Municipal de Águeda adjudicou à Electricidade de Portugal (EDP) a colocação de iluminação pública na variante de Recardães/Barrô, entre o supermercado Merkante e a firma Malheiro - Caixilharias Metálicas.

Esta colocação tem como finalidade implementar uma rede aérea numa extensão de cerca de 1200 metros, com a instalação de 28 apoios, cabos e respectivas luminárias.

A autarquia pretende dotar aquele troço com iluminação pública e contribuir para uma maior segurança das muitas pessoas que circulam naquela via.

 

publicado por quiosquedasletras às 09:50

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 14 de Julho de 2009

Desenvolvimento económico em Águeda

Lighting Living Lab elege Órgãos Sociais e debate iniciativas

No passado dia 9 de Julho decorreu na Câmara Municipal de Águeda a primeira Assembleia Geral do Lighting Living Lab (LLL), associação sem fins lucrativos criada a 4 de Maio de 2009, que reúne a Câmara Municipal de Águeda, a Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda, a Universidade de Aveiro e oito empresas da área da iluminação.

O Lighting Living Lab pretende promover e apoiar a co-criação de novas tecnologias e aplicações no domínio da iluminação, sustentadas na participação activa do utilizador final, enquanto base para alcançar uma maior eficiência energética e impulsionar uma mudança de paradigma, em que a iluminação deixe de ser vista apenas como uma utilidade, para ser considerada como fundamental na definição de ambientes, personalização de espaços e melhoria de conforto.

A primeira Assembleia Geral do LLL elegeu a Direcção, o Conselho Fiscal e a Mesa da Assembleia para o primeiro mandato de três anos. A Direcção tem como presidente Estima de Oliveira, director da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda, e como vogais José Sucena, da Climar, SA; José Mota, da Lightenjin; Albano Fernandes, da Artinox, SA e Carlos Alves da Globaltronic, Lda.

O Conselho Fiscal é presidido por Fernando Silva, da Indelague, SA e tem como vogais Rosa Maria, da Exporlux, SA e a vereadora Elsa Corga, da Câmara Municipal de Águeda.

A Mesa da Assembleia tem como presidente Gil Nadais, presidente da Câmara Municipal de Águeda e como vogais Paula Cardoso, da Revigrés, Lda e Carlos Oliveira, da Soltráfego, SA.

A primeira Assembleia Geral debateu ainda questões relativas ao funcionamento do Lighting Living Lab e, na sua sequência, decorreu a primeira reunião da Direcção, onde foram discutidas iniciativas e projectos a apresentar e a desenvolver pela Comissão Instaladora.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:03

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 24 de Março de 2009

Ambiente

Em Águeda também se apagam as luzes por uma hora

Cerca de 550 cidades, em 75 países por todo o mundo, aderiram à iniciativa “Hora do Planeta 2009”, comprometendo-se a apagar as suas luzes durante 60 minutos no dia 28 de Março, próximo sábado, a partir das 20.30 horas. Águeda é um dos municípios aderentes.

O objectivo da “Hora do Planeta” é o de reconciliar e unir povos em torno de uma causa comum. Em todo o mundo as pessoas vão unir-se a uma mensagem global através de um simples gesto: desligar o interruptor contra as mudanças climáticas.

Serão apagadas as luzes de ícones a Oriente - como o Merlion, em Singapura; a Symphony of Lights, em Hong Kong e a New World Tower, em Xangai - e a Ocidente - Torre Eiffel, em Paris; Cristo Redentor, no Rio de Janeiro; a Ópera, em Sidney; a CN Tower, em Toronto e MGM Grand Casino, em Las Vegas.

Em Águeda serão apagadas as luzes exteriores do edifício da Câmara Municipal, bem como das Piscinas Municipais, do Fórum Municipal da Juventude e do Mercado Municipal. O restaurante Papa Tudo, situado em Alagoa, Águeda, considerado o maior restaurante do país, também se associa a esta iniciativa, visto que nesse dia o jantar é servido à luz de velas.

Todos os cidadãos de Águeda podem participar na “Hora do Planeta 2009”. Basta apagar as luzes no dia 28 de Março, entre as 20.30 e as 21.30 horas.

A organização a nível mundial é do Fundo Mundial para a Vida Selvagem/World Wildlife Fund (WWF) e espera atingir os mil milhões de pessoas que desliguem as suas luzes a favor de medidas mitigadoras das alterações climáticas, no dia 28 de Março.

 

A “Hora do Planeta”

A “Hora do Planeta” tem como objectivo encorajar empresas, comunidades e indivíduos a desligar as luzes por uma hora no dia 28 de Março de 2009, às 20.30 horas, visando reduzir as emissões de gases de efeito de estufa.

A “Hora do Planeta” começou em 2007, por iniciativa da WWF-Austrália, que envolveu apenas a cidade de Sidney, onde 2 milhões de pessoas desligaram as suas luzes. A expectativa inicial era de reduzir 5% do consumo de energia eléctrica da cidade durante os 60 minutos do evento. O resultado, porém, foi o dobro do esperado: 10,2% de redução no consumo.

Em 2008, mais de 50 milhões de pessoas em todo o mundo participaram na “Hora do Planeta”. Em 2009, a “Hora do Planeta” espera envolver os mil milhões de pessoas em mil cidades.

Mais informações em http://www.cm-agueda.pt.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:32

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 3 de Março de 2009

Desenvolvimento económico em Águeda

Inaugurada exposição de Produtos e Soluções ao abrigo do projecto RICÁgueda

No dia 23 de Fevereiro, o presidente da Câmara Municipal de Águeda, Gil Nadais, abriu oficialmente a Exposição de Resultados de Projectos Empresariais e de Produtos e Soluções Inovadoras das Empresas de Águeda, promovida pela autarquia aguedense em colaboração com os parceiros do Projecto RICÁgueda – Rede de Inovação e Competitividade de Águeda, e enquadrada na 1ª Semana Europeia das PME 2009. A mostra está patente ao púbico no átrio da Câmara Municipal de Águeda, junto ao Gabinete de Atendimento ao Munícipe (GAM).

O objectivo é valorizar a inovação e a nova filosofia empresarial emergentes no concelho.

Na ocasião, Gil Nadais explicou que está a ser “aproveitado este espaço, porque é visitado diariamente por muitas pessoas, devido à sua proximidade com o GAM”. Para o autarca a exposição é importante, porque “mostramos e promovemos o que de melhor se faz em Águeda”. Gil Nadais aproveitou também para agradecer a presença das empresas aguedenses presentes na exposição.

A mostra está patente ao púbico por um período de tempo que se estima entre um a dois meses. No local, o visitante encontrará soluções inovadoras de 10 empresas do concelho, que manifestaram interesse em colaborar.

Participam na exposição as empresas: Almas d’Areosa; Artinox - Fábrica de Iluminação; ATZ - Automatizadora; Climar - Indústria de Iluminação SA; Exporlux - Iluminação Decorativa; Globaltronic - Electrónica e Telecomunicações; HFA – Henrique, Fernando & Alves SA; Metalfer; Rall - Mobiliário e Soluções para Escritório e Vitrafip - Vitrais e Perfis.

É mais uma iniciativa que revela a vontade das empresas de Águeda em se envolverem em acções de carácter colaborativo. Revela, também, que as empresas de Águeda querem ser parte activa no processo de desenvolvimento do tecido empresarial aguedense ao nível da inovação, seja ela tecnológica, de processo, de design ou outra.

 

Informações:

RICÁgueda – Câmara Municipal de Águeda, Praça do Município, 3750-500 Águeda

Telefone: 234 610 070 (extensão 412) / 93 432 10 92 (Maria José Marques)

Correio-electrónico: ricageda@gmail.com

Sítio na Internet: www.cm-agueda.pt/ricagueda.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:51

link do post | comentar | favorito
Sábado, 27 de Dezembro de 2008

Até dia 6 de Janeiro

Mais de 33 mil lâmpadas iluminam vivenda e jardim em Chipar de Cima (Vilarinho do Bairro, Anadia)

A casa de Armando Ferreira, no lugar de Chipar de Cima, freguesia de Vilarinho do Bairro, Anadia, é durante o mês de Dezembro um dos ex-líbris da região, visitado por pequenos e graúdos, de toda a região e fora dela. O motivo é único: mais de 33 mil lâmpadas são colocadas pelo emigrante em torno da vivenda e pelo jardim, tradição que cumpre, quase religiosamente, de dois em dois anos.

“É a quinta vez que o faço aqui em Chipar de Cima. Sou emigrante nos Estados Unidos da América (EUA), no Estado de Nova Iorque e foi lá que ganhei este gosto, porque era muito gratificante ver a alegria dos meus filhos quando colocava as iluminações de Natal”, recorda.

Para levar a cabo esta “missão natalícia” - que acontece de dois em dois anos porque um Natal é passado em Anadia, outro nos EUA - Armando Ferreira põe mãos à obra no início de Outubro. Diz ser necessária muita paciência, porque todos os cabos têm de ser experimentados antes de serem colocados, para verificar se há lâmpadas fundidas.

“Tenho brio nisto. E se é necessário reparar cabos tem de se fazer, passando cabo por cabo, para todas as lâmpadas ficarem acesas. Posto isto é pelo telhado que começo”, explica, com entusiasmo.

Após os fios estarem todos espalhados, Armando Ferreira, 65 anos, começa a fazer as ligações. “São mais de 33 mil lâmpadas e mais de 300 metros de fio de distribuição para as luzes”, afirma, satisfeito. As luzes das janelas, portas e da árvore de Natal (um lindo azevinho) são de cor. As restantes são brancas.

 

Iluminação até dia 6 de Janeiro

Este ano cumpre-se o feito. E no passado dia 6 a casa e o jardim, situados em frente ao Lago de Santa Marinha, iluminaram-se pela primeira vez. Entre as 18 e as 24 horas é possível contemplar a iluminação de Armando Ferreira, até dia 6 de Janeiro. As suas luzes são já consideradas uma atracção nas redondezas e não só, chegando a fazer deslocar excursões de diversos pontos do país, como foi o caso de Portimão, há dois anos.

Armando Ferreira conta que os carros chegam como se de uma romaria se tratasse. E da varanda, o emigrante espreita para os carros que estão estacionados junto ao lago, vendo-se apenas os flashes das máquinas fotográficas a disparar.

Além da sua casa, em Chipar de Cima, também em Aguada de Cima (Águeda) há uma casa com iluminação de Natal peculiar.

Este ano o presépio de Armando Ferreira ocupa outro lugar, estando no topo da escadaria, com um Pai Natal ao lado, que dá as boas-vindas. O emigrante apela a que quem vier e apanhar o portão fechado “toque à campainha para entrar e verem de perto. Delicio-me ao ver as crianças felizes com as renas do jardim ou com o insuflável e também com o Pai Natal, que canta e dança”.

 

Solidariedade não é esquecida

Armando Ferreira nunca fez contas à electricidade que gasta quando ilumina a sua casa durante o mês de Dezembro. Mas já houve quem quisesse deixar donativos. O facto de não aceitar levou-o a realizar uma campanha de angariação de fundos, que começou há dois anos e continua agora, revertendo para a “Obra do Frei Gil”, na Praia de Mira, para crianças carenciadas. “O ano passado enchemos a caixinha. No total foram arrecadados 629 euros”, diz o emigrante, que espera somar este ano, pelo menos, a mesma quantia. (Foto: Davide Silva)

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:22

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Receba o Quiosque

Insira o seu endereço de e-mail:

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Projecto “Escola Electrão...

Vandalismo no Parque da C...

Iluminações de Natal arra...

Câmara Municipal de Águed...

Desenvolvimento económico...

Ambiente

Desenvolvimento económico...

Até dia 6 de Janeiro

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Rostos SAPO Local

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds