Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2009

Portal Sapo tem nova homepage com maior usabilidade e destaque para conteúdos

Mais de 80 milhões de páginas vistas por mês e 900 mil visitantes únicos por dia

A página principal do portal líder em Portugal tem uma “cara nova”, para facilitar a vida aos mais de 900 mil utilizadores que, diariamente, acedem ao Sapo em www.sapo.pt

Há dois anos atrás a homepage do Sapo deu um dos maiores saltos qualitativos de sempre ao romper com o passado e ao apostar numa metodologia profissional de análise e construção do projecto e ferramentas de estatística.

Hoje, depois de quase um ano de projecto, que envolveu estudos de usabilidade, inquéritos aos utilizadores, análise de estatísticas, levantamento dos requisitos editoriais e comerciais, elaboração de wireframes e testes múltiplos com focus-groups e equipamentos de eye-tracking, o Sapo voltou a renovar a sua imagem e a apresentar a sua proposta ao público.

A versão beta do portal líder em Portugal esteve disponível online durante três semanas e teve mais de 200 mil acessos, recebendo os inputs finais dos utilizadores.

O enfoque nos conteúdos noticiosos que têm feito do Sapo uma referência entre os portais portugueses, assim como uma melhor experiência de usabilidade, um maior destaque para conteúdos de entretenimento, da comunidade e das grandes áreas temáticas, como por exemplo a área Mulher, Kids, Humor ou Tecnologia, são algumas das novidades da nova homepage. Para além da área de Pesquisa ter um novo interface gráfico e permitir obter resultados de conteúdos publicados no Twitter.

A nova homepage do Sapo assenta nas novas tecnologias e nas principais tendências para o mercado da Internet, e pretende manter os níveis de inovação, irreverência e qualidade a que tem habituado os seus utilizadores.

 

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:15

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 13 de Outubro de 2009

Incubadora da WRC completa hoje três anos

Já são oito as empresas instaladas no Curia Tecnoparque, em Tamengos (Anadia)

Em Outubro de 2006, precisamente hoje, dia 13, Castro Guerra, secretário de Estado adjunto da Indústria e da Inovação; João Vasco Ribeiro, então presidente do Conselho de Administração da WRC e Litério Marques, presidente da Câmara Municipal de Anadia, inauguravam a Incubadora de Empresas da WRC - Web para a Região Centro, Agência de Desenvolvimento Regional, SA, situada no Curia Tecnoparque, na Quinta dos Cabrais, na Curia, freguesia de Tamengos, concelho de Anadia.

Volvidos três anos desde a abertura do espaço, Pedro Maranha, adminsitrador da WRC, afirma que “tem sido cumprida a sua função de potenciador de desenvolvimento económico local e regional”.

Desde 2006, a Incubadora tem conseguido também cumprir com a sua filosofia da “porta aberta”, promovendo em conjunto com as empresas incubadas reuniões quadrimestrais para avaliação de dificuldades e discussão de novas ideias. “Da mesma forma tem conseguido colocar a rede de contactos e accionistas da WRC ao serviço destas empresas, sempre na perspectiva de geração de oportunidades de mercado”, garantiu o administrador.

 

Rede de Incubadoras

A criação de uma Rede de Incubadoras de Empresas na Região Centro, um dos projectos pioneiros da WRC, é já uma realidade, “congregando todas as incubadoras em actividade na zona centro. Mantém-se ainda o objectivo de criar a INCUBE - Associação Nacional de Incubadoras de Empresas, que merecerá discussão no II ENI - Encontro Nacional de Incubadoras de Empresas, agendado para o próximo mês de Novembro, no Curia Tecnoparque”, revelou Pedro Maranha.

 

Oito empresas incubadas

Actualmente são oito as empresas que se encontram sedeadas na Incubadora de Empresas do Curia Tecnoparque. Os primeiros quatro projectos empresariais estão ali instalados desde 2007 - Sigyn - Consultoria de Marketing e Implementação de Sistemas de Informação Lda;  Lanik Portuguesa - Fabrico e Comércio de Estruturas de Madeira e Projectos de Engenharia, Lda; AAS - Sociedade Portuguesa de Inovação Ambiental, Lda e Enodestinos - Produção e Organização de Eventos - sendo os restantes mais recentes.

Esta configuração leva à quase lotação da incubadora, se se exceptuar o terceiro piso, onde se mantém a vontade de encontrar uma empresa ou entidade de referência que ali se queira instalar. “Todavia, esta ambição de atrair um projecto âncora, não invalida que sejam ainda instaladas novas pequenas empresas no Curia Tecnoparque”, conforme explicou Pedro Maranha.

Além das já mencionadasdas quatro empresas estão ainda incubadas na WRC a CBL - Qualidade, Ambiente e Segurança, Unipessoal, Lda; SAFESPACE - Soluções de Segurança e Domótica Lda; IDEIASOFT - Engenharia de Sistemas, Lda e Click Mental - Sistemas de Informação, Lda.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:07

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 15 de Setembro de 2009

Autarquia aguedense e DREC assinam acordo para dar novas instalações à EB2/3 Fernando Caldeira

Obra vai ser adjudicada em Outubro e em Dezembro arrancam demolições

No passado dia 9 de Setembro foi celebrado, entre a Câmara Municipal de Águeda e a Direcção Regional de Educação do Centro (DREC), o acordo de colaboração para a requalificação da EB 2/3 Fernando Caldeira, que tem por objectivo requalificar e substituir as actuais instalações daquela Escola Básica de Águeda.

A cerimónia contou com a presença da directora regional de Educação do Centro, Engrácia Castro; do presidente da Câmara Municipal, Gil Nadais; da vereadora da Educação, Elsa Corga e do presidente do Agrupamento de Escolas de Águeda, Carlos Coelho.

Engrácia Castro demonstrou satisfação “em saber que estão a ser proporcionadas condições absolutamente incomparáveis à escola actual”, relembrando que “este edifício já teve o seu tempo. No seu momento respondeu a um desafio, na sua época foi uma escola ideal, contudo os anos passam e é preciso acompanhar as inovações”.

A nova escola será contemplada com espaços dinâmicos e agradáveis “não só para os alunos, pois são os que mais nos preocupam, mas também para os professores, para os pais, assim como para acolher toda a comunidade”, adiantou Engrácia Castro. Para a directora regional de Educação do Centro, “um espaço destes vai proporcionar melhores condições físicas, que serão fundamentais para a aprendizagem e o bem-estar dos nossos alunos”. Para finalizar, referiu ainda que “estão reunidas as condições para que a nova escola possa trazer uma lufada de ar fresco à comunidade educativa da Escola Fernando Caldeira”.

 

Fernando Caldeira pretende ser escola modelo

Já o presidente da Câmara Municipal lembrou que “foram várias as batalhas que tivemos de vencer para chegar até aqui, mas vamos conseguir que a Fernando Caldeira seja uma escola modelo”. Gil Nadais realçou o facto de este projecto ter “sido elaborado pelos arquitectos da Câmara, em diálogo com a escola e com a DREC”, acrescentado que “só assim foi possível ir melhorando até se criar um bom local de ensino e de aprendizagem”.

A Educação sempre foi uma aposta deste Executivo camarário, porque “estamos numa sociedade cada vez mais competitiva, onde os pais vão competir para colocar os filhos nas melhores escolas, as que lhes dão melhores condições e as que têm os melhores professores”, referiu Gil Nadais. Para o presidente da Câmara, “é este o caminho que queremos fazer”.

O autarca aguedense adiantou ainda que “no próximo mês de Outubro a obra será adjudicada e em Dezembro arrancam as demolições”, acrescentado que “esperamos ter dentro de dois anos uma escola modelo, que responda ao que pretendemos para o concelho, que é estar na primeira linha e estarmos entre os melhores”.

“Para isso também contamos com todos vocês, porque só em conjunto teremos uma escola modelo”, referiu Gil Nadais, dirigindo-se aos professores e ao pessoal não-docente presente na cerimónia.

O presidente do Agrupamento de Escolas de Águeda, Carlos Coelho, não escondeu a alegria, pois “há muitos anos que tínhamos a necessidade de ver este espaço renovado”. Carlos Coelho vê esta intervenção como a oportunidade “de ter uma escola preparada para o século XXI”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:09

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 3 de Agosto de 2009

Águeda integra Águas da Região de Aveiro

Parceria envolve nove municípios

O Ministro do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional, Nunes Correia, deslocou-se, no dia 29 de Julho, a Aveiro, para presidir à cerimónia de assinatura do Contrato de Parceria Pública entre o Estado e os Municípios da Região de Aveiro para a gestão integrada dos serviços de abastecimento de água para consumo público e de saneamento de águas residuais urbanas.

A parceria envolve nove municípios: Águeda, Albergaria-a-Velha, Aveiro, Estarreja, Ílhavo, Murtosa, Oliveira do Bairro, Sever do Vouga e Vagos. O presidente da Câmara Municipal de Águeda, Gil Nadais, deslocou-se a Aveiro para voltar a fazer do concelho pioneiro. Desta forma, Águeda é um dos nove municípios que vai fazer parte da futura empresa Águas da Região de Aveiro (ARA), empresa esta que será a primeira a operar na área da água e do saneamento resultante de uma parceria entre Estado e autarquias.

 

Ministro vê acção como pioneira no país

O Ministro do Ambiente, na sua deslocação a Aveiro, fez um discurso de agradecimento aos presidentes de Câmara presentes pelo espírito de inovação que assumiram. “Este é um caso pioneiro no sector”, disse, acrescentado: “Estou certo que outros virão”.

Para o representante do Governo, este “é o melhor passo a dar para o país”, garantindo que “as populações dos nove municípios que aderiram à nova empresa pública ARA vão ter um serviço ao nível do melhor que existe na Europa”.

A empresa arranca com a participação de nove municípios, o que totaliza cerca de 290 mil habitantes. Deverá ser constituída nos próximos dois meses e instalada nos seis meses seguintes.

A Águas de Portugal terá 51% do capital social, enquanto os restantes 49% ficarão nas mãos das Câmaras Municipais. A ARA é assim a primeira empresa a operar na área da água e do saneamento resultante de uma parceria entre Estado e autarquias, sendo que irá vigorar por um período de 50 anos.

A parceria tem por objectivo garantir a qualidade, a continuidade e a eficiência dos serviços públicos de abastecimento de água e de saneamento de águas residuais, no sentido da protecção da saúde pública, do bem-estar das populações, da protecção do ambiente e da sustentabilidade económico-financeira do sector, contribuindo ainda para o desenvolvimento regional e para o ordenamento do território.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:37

link do post | comentar | favorito
Domingo, 26 de Julho de 2009

Lançamento do novo SAPO Emprego

SAPO reforça principal referência online na oferta e procura de emprego

Reconhecido como uma referência na procura e oferta de emprego através da Internet, o SAPO Emprego apresenta agora uma nova imagem e funcionalidades mais avançadas, quer para quem procura emprego, quer para quem o disponibiliza.

Quem clicar neste momento em http://emprego.sapo.pt encontra um SAPO Emprego com um novo layout, mais clean, user-friendly e intuitivo na navegação. Também ao nível da pesquisa foram introduzidas alterações, visto que agora qualquer informação sobre emprego pode ser procurada através de texto livre. Os candidatos a um novo emprego passam ainda a poder criar e gerir múltiplos CVs, com vista a viabilizar uma resposta rápida e objectiva, à medida das ofertas de emprego existentes. As ofertas e os candidatos, nas áreas “Geral” e “Executivo”, passam nesta nova versão do SAPO Emprego a estar segmentados de acordo com o respectivo perfil. 

Para as empresas, a principal inovação está relacionada com um novo produto, o CPE (Custo Por Entrevista), que permite a inserção de anúncios de forma gratuita, bem como a recepção e análise dos CVs dos candidatos que respondem à oferta de emprego. A empresa apenas terá de investir no caso de pretender aceder ao nome e aos contactos pessoais dos candidatos que desejar entrevistar.

Desde o seu lançamento, em 2000, o SAPO Emprego constitui uma plataforma online extremamente atractiva para quem quer estar por dentro das últimas novidades sobre as áreas de emprego e formação, deseja disponibilizar o seu CV online ou pretende receber orientação profissional para uma melhor gestão da sua carreira.

Ao longo de nove anos de existência, registaram-se no SAPO Emprego mais de 15 mil empresas e, mensalmente, foram publicadas cerca de 500 ofertas de emprego. Actualmente, o SAPO Emprego regista em cada mês mais de 2 milhões de páginas vistas e mais de 350 mil visitantes únicos.

Depois de em Abril deste ano ter reforçado a sua oferta na área do emprego com o lançamento do canal “Procuro Emprego” – um serviço único e pioneiro de aproximação entre a oferta e a procura de trabalho, disponível em http://procuroemprego.sapo.pt, o SAPO consolida agora a sua liderança em Portugal ao reposicionar o SAPO Emprego, através do qual proporciona um encontro mais célere e eficaz entre empregadores e candidatos a emprego na Internet.     

 

Sobre o SAPO

O portal SAPO é líder de audiências em Portugal, com 900 mil utilizadores diários e 500 milhões de pageviews mensais, estando também presente em Cabo Verde, Angola e Moçambique. Agrega horizontalmente uma vasta gama de conteúdos em diversos canais e um conjunto de serviços como: Pesquisa, Vídeos, Blogs, Fotos, Messenger, E-mail, Classificados e Notícias, numa lógica multiplataforma (Internet, telemóvel e televisão).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:10

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 13 de Julho de 2009

FIACOBA e Feira do Cavalo inauguradas em Oliveira do Bairro

Certame dura até dia 19, próximo domingo

A 23ª edição da Feira Industrial, Agrícola e Comercial da Bairrada (FIACOBA) e a II Feira do Cavalo da Bairrada, dois eventos realizados em simultâneo no Espaço Inovação, na Zona Industrial de Vila Verde, e organizados pela Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, foram inaugurados na passada sexta-feira (dia 10), pelo presidente da Assembleia Municipal, António Dias Cardoso, e pelo presidente da Câmara, Mário João Oliveira.

António Dias Cardoso, na sessão solene, fez questão de lembrar o falecido Alípio Sol, primeiro presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro após o 25 de Abril de 1974, que foi quem deu início à realização da FIACOBA.

Mário João Oliveira, presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, por seu turno, também relembrou Alípio Sol e esclareceu as apostas da autarquia para os dois certames que ocupam o Espaço Inovação até ao próximo domingo, dia 19 de Julho.

O autarca falou da nova imagem da FIACOBA, com a criação de um novo logótipo, que, segundo a sua opinião, “é uma imagem de marca para durar por muitos anos”.

O presidente da Câmara Municipal teceu ainda rasgados elogios ao trabalho desenvolvido pelos técnicos camarários, coordenados pelo vice-presidente Joaquim Santos (FIACOBA), pelo vereador António Mota (Feira do Cavalo da Bairrada) e Laura Pires (vereadora responsável pela imagem), que, segundo afirmou “conseguiram colocar de pé dois grandes eventos em simultâneo”.

Mário João Oliveira falou ainda na junção da FIACOBA com a II Feira do Cavalo da Bairrada, que considerou uma “mais-valia, porque permite juntar dois dos grandes eventos do município num só, rentabilizando o espaço e os recursos humanos”, realizando aquele que é considerado o maior evento do concelho até hoje.

 

Grande adesão nos primeiros dias

O primeiro fim-de-semana da 23ª FIACOBA e a II Feira do Cavalo da Bairrada foi de grande adesão por parte dos bairradinos e não só. Como exemplo, durante o dia de sábado, a organização estima que terão passado pelo Espaço Inovação cerca de cinco mil pessoas, alargando-se o número no dia seguinte: “Pensamos que a adesão do público está dentro das nossas expectativas e esperamos bater todos os recordes”, afirmou o vice-presidente Joaquim Santos, coordenador de toda a equipa organizadora dos eventos.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 10:28

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 7 de Julho de 2009

Excelência e Inovação no centro das II Jornadas de Modernização Administrativa

Hoje e amanhã em Águeda

A Câmara Municipal de Águeda vai realizar, hoje e amanhã, as II Jornadas de Modernização Administrativa, este ano com a temática Excelência e Inovação.

Após o êxito alcançado na edição de 2008, com mais de 400 participantes, a autarquia volta a apostar na iniciativa, que surge como uma oportunidade para a Câmara Municipal de Águeda e outras entidades darem a conhecer aos participantes e, em particular, à Administração Pública presente, os novos procedimentos que têm vindo a desenvolver e a implementar, inovando, facilitando e modernizando a sua acção junto de todos os cidadãos.

Estes dois dias permitirão também a troca de experiências entre os presentes e certamente ajudarão a traçar novos rumos para a melhoria das respostas aos utentes dos serviços públicos.

 

Segunda edição das Jornadas apresenta novidades

O presidente da Câmara Municipal, Gil Nadais, em conferência de Imprensa apresentou as novidades destas segundas Jornadas. Este ano as Jornadas destinam-se também ao público em geral e vão contar com participações internacionais. Serão ainda sorteados um PDA e uma placa de acesso à Internet. A organização decidiu alargar mais a tipologia da formação dada com as Jornadas a não “mostrar apenas o que se faz em Águeda, mas também em outras autarquias nacionais”, referiu o edil aguedense.

A explicação detalhada da iniciativa ficou a cargo de Pedro Alves, técnico da autarquia e um dos organizadores da iniciativa, que focou o facto “de as Jornadas, este ano, estarem abertas ao público em geral” referindo ser “importante que os aguedenses, e não só, vejam o nosso trabalho e o que fazemos”. À semelhança do ano anterior, “vamos contar com o testemunho experiente de quem trabalha no município”, mas “vamos também trazer até cá alguns gurus nacionais e internacionais, nomeadamente no painel dedicado ao Opensource”, explicou.

 

Detalhes das Jornadas

O arranque das Jornadas, hoje, vai contar com a participação da secretária de Estado da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques. Já a sessão de encerramento, amanhã, terá a participação do Ministro da Presidência, Pedro Silva Pereira, presenças que constituem indicadores do interesse e projecção que estas Jornadas voltam a merecer, nomeadamente junto da Administração Central.

As Jornadas de Modernização Administrativa funcionarão em três espaços. No que se refere às sessões teóricas, estas decorrerão no Cine-Teatro São Pedro, onde serão apresentados os principais temas das Jornadas.

Hoje serão abordados: Os novos desafios da transparência: contratação pública electrónica e da contabilidade analítica; Ambientes Opensource; Inovar no comunicar: uma exigência mais do que um desafio. Amanhã, dia 8 de Julho, vão ser reflectidos os seguintes temas: Desmaterialização: Tendências de evolução; Soluções informáticas integradas; Inovar e modernizar: mais que um desafio um caminho a percorrer.

Para Gil Nadais, o objectivo das II Jornadas “é ultrapassar o número de participantes do ano passado, caso contrário manter a mesma fasquia, tanto no número de participantes, como no sucesso alcançado”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:23

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 29 de Junho de 2009

FIACOBA regressa a Oliveira do Bairro para a 23ª edição

Mostra de potencialidades do concelho de 10 a 19 de Julho no Espaço Inovação

A 23ª edição da Feira Industrial, Agrícola e Comercial da Bairrada (FIACOBA) e a 2ª Feira do Cavalo da Bairrada, dois eventos realizados em simultâneo no Espaço Inovação, na Zona Industrial de Vila Verde, têm início no próximo dia 10 de Julho, com um programa repleto de novidades e com uma aposta, na área cultural, em artistas nacionais, como sinal do reconhecimento da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, pela qualidade musical made in Portugal.

A adicionar à festa está também uma aposta regional na forte divulgação dos grupos tradicionais, como se comprova com a actuação dos vários grupos de cantares e pelo festival de folclore.

“Com uma nova imagem associada ao certame, pretendemos mostrar os produtos de excelência que temos no concelho de Oliveira do Bairro, nomeadamente indústria, comércio e serviços, bem como o vinho, o kiwi e a produção de leite, aproveitando para mostrar e dinamizar o artesanato regional”, refere o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, garantindo que a autarquia também pretende “promover o hipismo da região da Bairrada, que se está a afirmar como região de eleição para a prática desta modalidade”.

Inovação para este ano vai ser o concurso de vacas leiteiras da raça Holstein. Até porque “num concelho com dezenas de pessoas ligadas ao sector primário, com empresas de pequena e média dimensão, é justo apostar nesta mostra”, diz Mário João Oliveira.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, “a gastronomia também será um bom motivo para visitar a FIACOBA e a Feira do Cavalo da Bairrada. Ao longo dos 10 dias e nove noites da feira são muitos os eventos que se realizarão no Espaço Inovação, em Vila Verde”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:28

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 25 de Junho de 2009

Exposição de Pintura “Dissonância Surreal” de Luís Athouguia

Mostra patente de 27 de Junho a 19 de Julho na Galeria da Capitania em Aveiro

Vai estar patente, de 27 de Junho a 19 de Julho, na Galeria da Capitania, a Exposição de Pintura “Dissonância Surreal”, de Luís Athouguia.

A mostra “Dissonância Surreal” será inaugurada no dia 27 de Junho, sábado, pelas 18 horas, na Galeria da Capitania, ficando patente até 19 de Julho, podendo ser visitada de terça-feira a domingo, das 14 às 19 horas. Tem entrada livre.

Um espaço onde o tempo não importa, onde as moléculas que formam a trama pictórica, matéria, massa, densidade, são susceptíveis de transformação pela energia, indo para além da realidade física, viajando com a força da luz, desintegrando-se e voltando a integrar-se, impactando numa dimensão nova, sugestiva, plena de matizes e leituras infinitas, num trajecto de genuína inovação que se reflecte e amplia na pintura de Luís Athouguia.

Como disse Cruzeiro Seixas, as suas pinturas são “…pedaços de sonho, jardins para os nossos olhos passearem, lembranças obscuras, iluminações intermitentes, palavras tresmalhadas, janelas da sua alma, a sua natural respiração.

A pintura do Luís é encontro e desencontro, é uma certa dose de solidão, é um eco, uma ténue ponte, a luz da madrugada, o discreto marulhar da água na secura da paisagem, a fronteira entre o ontem e o hoje, um projecto de viagem”.

Luís Athouguia é natural de Cascais, diplomado pelo IADE - Instituto Superior de Design de Lisboa, participou em relevantes exposições internacionais, Bienais de Arte, encontros de Arte Postal e integrou diversos grupos multi-disciplinares e plurinacionais de artistas. Desde 1983 realizou mais de duas centenas de exposições em Portugal, Espanha, França, Alemanha, Itália. Está representado em museus, instituições e importantes colecções nacionais e estrangeiras e foi premiado em certames de arte nacionais e internacionais.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:05

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 6 de Abril de 2009

No Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, até dia 31 de Maio

“Porkarte” inaugura com 95 leitões cheios de graça

Quase uma centena de porquinhos vão estar em exposição, no Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, até ao dia 31 de Maio, numa original mostra que dá pelo nome de “Porkarte”. A inauguração teve lugar no dia 28 de Março, estando inserida no “Salão dos Artistas” - Artesanato e Mostra Gastronómica, que estava a decorrer naquele espaço museológico.

Artur Costa, professor de Educação Visual e mentor da iniciativa, explicou que são 95 os trabalhos que estão espalhados um pouco por todo o Museu do Vinho Bairrada.

“A ideia surgiu há anos, com a ‘Cowparade’. Pretendia-se fazer algo de semelhante, mas com a temática do Leitão da Bairrada. Acabou por demorar algum tempo até concretizar a ideia, porque houve todo um processo de procura do leitão ideal”, explicou Artur Costa.

As bases foram todas feitas em fábrica. Foi encontrado um modelo que se adequou ao que era pretendido e a partir daí “foi dada a liberdade total aos alunos”, afirmou o professor de Educação Visual.

Artur Costa referiu que os leitões foram trabalhados pelos alunos da Escola Secundária de Anadia (ESA), do 8º e 9º anos, durante este período escolar, que agora terminou, ou seja, entre os meses de Janeiro e Fevereiro.

“Foi um trabalho muito criativo, com um excelente balanço. A oportunidade que foi dada para expor no Museu do Vinho foi ‘ouro sobre o azul’, sem dúvidas”, sublinhou o professor, que acredita que pelo facto de tratar-se de uma mostra inédita, uma “Leitãoparede”, terá merecido o apoio de Pedro Dias, director daquele espaço museológico.

“Houve uma adesão total da parte dos alunos, que desenvolveram os trabalhos apenas nas aulas e sem ajuda exterior”, garantiu.

 

Alunos muito satisfeitos

Com idades compreendidas entre os 12 e os 14 anos, os autores das “obras de arte” tinham no rosto estampada uma grande satisfação.

João Maia, com 14 anos, de Anadia, frequenta o 9º ano. Com um sorriso diz que o seu leitão tem o nome de “O Chocolate”. Explica que a ideia foi em parceria com o professor: “Tentei fazer a tablete de chocolate e também usei os papéis de prata do chocolate”.

Admitiu que a experiência além de ser gratificante para si próprio também o foi “para a escola, para o município e para a região”.

Ana Cláudia Santos, 13 anos, também de Anadia, fez um porquinho a que deu o nome de “Abelha”. Aluna do 8º ano de escolaridade, confessa que o mais difícil de concretizar foram as asas, mas que a iniciativa foi “muito interessante, principalmente porque em termos de criatividade foi livre. Não tínhamos de nos guiar sempre pelo professor”.

Quem também estava bastante orgulhoso e satisfeito era o presidente do Conselho Executivo da ESA, Luís Santos, que felicitou a iniciativa, “inédita e com visibilidade. Mas os professores Artur Costa e Fátima Lourenço já nos habituaram a isso mesmo”. Luís Santos admitiu que ao realizar-se a exposição no museu, “o projecto ganhou outra dimensão. Estamos habituados a fazer para dentro, apenas na e para a escola”.

O presidente do Conselho Executivo da ESA lembrou que tudo foi possível “graças ao apoio dos pais, porque a escola não tem capacidade orçamental. Se assim não fosse, o projecto seria apenas interno e a escola precisa destas iniciativas”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:37

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Portal Sapo tem nova home...

Incubadora da WRC complet...

Autarquia aguedense e DRE...

Águeda integra Águas da R...

Lançamento do novo SAPO E...

FIACOBA e Feira do Cavalo...

Excelência e Inovação no ...

FIACOBA regressa a Olivei...

Exposição de Pintura “Dis...

No Museu do Vinho Bairrad...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub