Segunda-feira, 22 de Junho de 2009

Abertas inscrições do Voluntariado Jovem para as Florestas

Iniciativa do IPJ coordenada pela Câmara de Águeda

Já estão abertas as inscrições do Programa Voluntariado Jovem para as Florestas.

A Câmara Municipal de Águeda tem como objectivo incentivar a participação dos jovens neste grande desafio, que é a preservação da floresta, reduzindo o flagelo dos incêndios através de acções de prevenção, vigilância e sensibilização, que vão decorrer nos meses de Julho e Agosto.

O Programa Voluntariado Jovem para as Florestas é uma iniciativa do Instituto Português da Juventude (IPJ), coordenada localmente pela Câmara Municipal através do Gabinete Técnico Florestal.

 

Autarquia lança o desafio

Tens entre 18 e 30 anos e estás disponível nas férias de Verão? Gostas do contacto com a natureza, praticar actividades ao ar livre e preocupas-te com os problemas ligados à preservação das florestas? Então junta-te a nós! Colabora com o Gabinete Técnico Florestal (GTF) da Câmara Municipal de Águeda e com o IPJ, como voluntário do Programa Voluntariado Jovem para as Florestas.

Para mais informações contacta o Gabinete Técnico Florestal – Eliana Bento, pelo telefone 234 610 070 (extensão 425) ou pelo telemóvel 96 170 82 91.

Inscreve-te já! Porque cuidar da floresta é garantir o futuro. Colabora!

 

 

publicado por quiosquedasletras às 06:59

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 22 de Abril de 2009

Simulacro de incêndio testa plano de evacuação de escola

EB1 de Paredes do Bairro com incêndio extinto em nove minutos

A EB1 de Paredes do Bairro, concelho de Anadia, foi o estabelecimento de ensino escolhido pela Câmara Municipal para a realização de um simulacro de incêndio, que se realizou ao início da tarde do dia 17, última sexta-feira.

O exercício a ser testado foi o de incêndio, sendo realizado na sala de aula do 1º piso do edifício mais recente desta escola (cerca de 45 anos), edifício com três salas de aula. Na EB1 de Paredes do Bairro, que faz parte do Agrupamento de Escolas de Vilarinho do Bairro, existe um outro edifício, plano centenário, com apenas uma sala de aula, onde concluído o simulacro decorreu o briefing final.

A iniciativa teve como objectivo avaliar os Planos de Prevenção e Emergência dos estabelecimentos de ensino do 1.º Ciclo e Jardins-de-Infância do concelho. A organização esteve a cargo da Câmara Municipal de Anadia, em colaboração com os Bombeiros Voluntários de Anadia (BVA), a Guarda Nacional Republicana (GNR) e a Junta de Freguesia de Paredes do Bairro.

De acordo com Eduardo Simões, vice-presidente do Conselho Executivo do Agrupamento de Escolas de Vilarinho do Bairro, todos os jardins-de-infância e EB1 do concelho de Anadia têm plano de evacuação, com o patrocínio da autarquia, sendo “cada plano ajustado à especificidade do edifício”.

 

Exercício com balanço positivo

Judite do Céu, coordenadora da EB1 de Paredes do Bairro, fez um balanço positivo do simulacro, “óptimo para as crianças, visto ter sido uma boa oportunidade de colocar em prática os conceitos que damos na teoria. Não tenho falhas a apontar”.

Este foi o primeiro simulacro nesta escola, que conta com 53 alunos e três professores.

Também Litério Marques, presidente da Câmara de Anadia, frisou que mesmo sendo uma “acção de faz de conta, é necessário colocá-la em prática, para sabermos que estamos preparados para o pior”.

Carlos Pinheiro, comandante operacional da acção, referiu que tudo correu dentro da normalidade, “estando o pessoal preparado”. Mas apontou uma falha: “Ficou determinado que as vítimas saíam pela porta de trás do edifício, onde estavam as ambulâncias, mas saíram pela frente”. Contudo, a parte da segurança “correspondeu ao pretendido”.

Do incêndio resultaram duas vítimas - um aluno e uma professora, que afirmou ter tido “um socorrismo óptimo” - às quais foi prestado socorro. No local estiveram 14 elementos (sete da GNR) e cinco viaturas dos BVA: duas ambulâncias (ABSC); uma VUCI; uma VETA e uma UVCOT.

O alerta foi dado às 14 horas, tendo os BVA chegado ao local às 14.09 horas e terminado o exercício pelas 14.18 horas.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:54

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 25 de Março de 2009

Secretário de Estado do Desenvolvimento Rural e das Florestas presidiu à cerimónia

Comissão Distrital de Defesa da Floresta de Aveiro empossada na sexta-feira

Teve lugar no dia 20 de Março, no Salão Nobre do Governo Civil de Aveiro, a cerimónia de instalação da Comissão Distrital de Defesa da Floresta de Aveiro, a qual foi presidida pelo secretário de Estado do Desenvolvimento Rural e das Florestas, Ascenso Simões.

A Comissão Distrital de Defesa da Floresta é um organismo criado pelo Decreto-Lei nº 17/2009, de 14 de Janeiro, presidido pelo Governador Civil, que será o responsável pela definição do nível de planeamento e coordenação distrital de defesa da floresta.

A Comissão Distrital de Defesa da Floresta tem como funções: articular a actuação dos organismos com competências em matéria de defesa da floresta, no âmbito da sua área geográfica; elaborar um plano de defesa da floresta contra incêndios que defina as medidas necessárias para o efeito e que inclua a previsão e planeamento integrado das intervenções das diferentes entidades perante a ocorrência de incêndios, nomeadamente a localização de infra-estruturas florestais de combate a incêndios, em consonância com o Plano Nacional de Defesa da Floresta contra Incêndios (PNDFCI) e com o respectivo plano regional de ordenamento florestal (PROF); promover e acompanhar o desenvolvimento das acções de defesa da floresta ao nível distrital; colaborar na divulgação de avisos às populações; colaborar nos programas de sensibilização.

Deste novo organismo fazem parte representantes de diversas entidades e sectores, como o Governador Civil, que preside; o director regional de florestas; os gestores florestais das áreas territoriais integrantes do distrito; os presidentes das Câmaras Municipais ou seus representantes; o comandante operacional distrital da Autoridade Nacional de Protecção Civil; o comandante do comando territorial respectivo da Guarda Nacional Republicana (GNR); um representante do Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade, I. P., nos concelhos que integram áreas protegidas; um representante das Forças Armadas; um representante da Autoridade Marítima, nos distritos onde esta tem jurisdição; um representante da Polícia de Segurança Pública; um representante da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional territorialmente competente; dois representantes das organizações de produtores florestais; um representante dos conselhos directivos de baldios e um representante da Liga dos Bombeiros Portugueses.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:34

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 1 de Janeiro de 2009

Reunião de Câmara de Oliveira do Bairro

Concurso para exploração do estacionamento público subterrâneo em Oiã aprovado por unanimidade

A reunião de Câmara do dia 22 de Dezembro foi a última deste ano. Nesta reunião do Executivo, um dos pontos aprovados por unanimidade incidiu na abertura do concurso destinado à concessão de exploração do estacionamento público subterrâneo, no Largo do Cruzeiro em Oiã.

A Câmara Municipal construiu o parque de estacionamento subterrâneo, tendo sido a obra concluída em 2004. Este Executivo mandou elaborar projectos de especialidades com vista à execução da segunda fase – dotar a infra-estrutura de condições que permitam a sua entrada em funcionamento. Neste momento, já estão executados vários projectos como: eléctrico, detecção de monóxido de carbono, segurança contra incêndio, intrusão e cctv, som, ventilação e defumagem, electromecânico para elevador, ited, assim como os mapas de medição de cada um destes projectos. Trata-se de um investimento de 200 mil euros e impõe a concretização de todas estas especialidades.

Como esta zona de Oiã assume grande relevância na satisfação das necessidades da população, foi aprovada a abertura do procedimento para a concessão de exploração deste espaço, sendo da responsabilidade do concessionário todos os custos inerentes à adaptabilidade do espaço, em consonância com a legislação em vigor e nos termos das minutas do programa de procedimentos e caderno de encargos.

Nesta reunião de Câmara foi, também, dada informação referente ao Banco Local de Voluntariado de Oliveira do Bairro.

De acordo com o relatório, em 2007 (primeiro ano do Banco Local), estiveram inscritos 33 voluntários, sendo que oito estiveram integrados em seis instituições - Centro Social São Pedro da Palhaça, Biblioteca Municipal, Associação Fermentelense, SOLSIL, Santa Casa da Misericórdia e Centro de Saúde - e 25 disponíveis.

Em 2008, estiveram 15 voluntários em cinco instituições promotoras - Centro Social São Pedro da Palhaça, Biblioteca Municipal, Associação Fermentelense, SOLSIL e Santa Casa da Misericórdia - (mais dois no Centro de Saúde) e inscreveram-se mais 13 pessoas no Banco Local de Voluntariado, perfazendo um total de 45 pessoas.

Este projecto está a crescer e a amadurecer gradualmente. Contudo, é essencial que as instituições acolhedoras estejam disponíveis e motivadas para receber e acompanhar estes voluntários.

Outro ponto discutido na ordem de trabalhos diz respeito à atribuição das bolsas de estudo e outros apoios aos alunos frequentadores do ensino superior, para o ano lectivo 2008/2009.

A Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, de acordo com o seu regulamento para atribuição de bolsas de estudo e outros apoios ao ensino superior, atribui anualmente um máximo de cinco bolsas de estudo aos alunos de grau de licenciatura, três para o grau de mestrado, e prevê outros apoios a estudantes do grau de doutoramento, desde que os candidatos cumpram os requisitos previstos.

O total do encargo anual com a atribuição das Bolsas de Estudo para este ano lectivo é de 27.334 euros, sendo que o valor mensal máximo a atribuir a cada bolsa é de 426 euros. Este ponto foi também aprovado por unanimidade.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:53

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Dezembro de 2008

“Concerto Natal Solidário” dia 20 de Dezembro

Câmara Municipal de Águeda promove espectáculo

A Câmara Municipal de Águeda promove, no próximo dia 20 de Dezembro, pelas 21.30 horas, um espectáculo intitulado “Concerto Natal Solidário”, que conta com a participação dos Coros e Grupos Musicais do Conservatório de Música de Águeda.

Durante o ano de 2008, a Câmara Municipal de Águeda, com o objectivo de proporcionar a todos os munícipes do concelho o acesso a um vasto programa cultural, desenvolveu diversas iniciativas. O último espectáculo do calendário cultural de 2008 é o “Concerto Natal Solidário”, que se vai realizar no Auditório do Centro Social e Paroquial de Recardães.

Para este concerto, a Câmara Municipal conta com a colaboração dos Coros e Grupos Musicais do Conservatório de Música de Águeda.

O concerto, mais do que um momento cultural, constitui um momento solidário, em que todos os envolvidos, desde os espectadores aos elementos dos grupos participantes, são convidados a juntar-se a esta causa, doando roupas e brinquedos, que a Câmara Municipal vai distribuir pelos mais carenciados do concelho de Águeda.

 

Vamos fazer renascer uma habitação?

Neste Natal vamos ser duplamente solidários ao ajudar a reconstruir a casa de duas crianças do concelho de Águeda, que foi destruída por um incêndio.

Esta campanha pretende angariar materiais de construção e outras ajudas, para ajudar esta família, no restauro da sua habitação. Assim, imbuídos por um verdadeiro Espírito Natalício apela-se a que todos colaborem com a contribuição de diversos materiais de construção como: telhas, cimento, tijolo, azulejos, tintas, louças sanitárias, portas, janelas, entre outros materiais.

A autarquia associa-se a esta iniciativa, nomeadamente ao apoiar na recolha e encaminhamento dos donativos. Para mais informações e entrega de donativos contactar a Divisão de Acção Social da Câmara Municipal, para os seguintes números: 234 180 111 ou 234 180 112.

Desde já agradece-se a todos aqueles que colaboram com as suas ofertas!

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:01

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 26 de Agosto de 2008

Aeródromo Municipal do Casarão, Águeda

Comandante Operacional Nacional da ANPC visita instalações

O Comandante Operacional Nacional da Autoridade Nacional da Protecção Civil (ANPC) visitou o Aeródromo Municipal do Casarão e o Centro de Meios Aéreos ali instalado, em Águeda.

O Comandante Operacional Nacional da ANPC, Gil Martins, visitou o Centro de Meios Aéreos de Águeda. A visita contou ainda com a presença do Comandante Distrital de Aveiro, António Machado, do Comandante dos Bombeiros Voluntários de Águeda, e do vice-presidente da Câmara Municipal de Águeda, Jorge Almeida.

Esta visita serviu para mostrar as óptimas condições oferecidas pelo Aeródromo Municipal do Casarão, que alberga o Centro de Meios Aéreos de combate a incêndios.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:26

link do post | comentar | favorito
Domingo, 24 de Agosto de 2008

Defesa da floresta contra incêndios em Águeda

Apresentada nova equipa de Sapadores Florestais

Foi apresentada a nova equipa de Sapadores Florestais, em Águeda, constituída por cinco elementos recrutados num recente concurso levado a efeito pela autarquia e onde foi dada preferência a candidatos com experiência de bombeiros voluntários. A eles vem juntar-se a uma outra equipa que a Câmara Municipal já tinha em funcionamento e que foi equipada com uma nova viatura no ano de 2007.

Esta equipa de Sapadores Florestais surge de uma parceria entre a Câmara Municipal de Águeda e a Direcção-Geral dos Recursos Florestais (DGRF). Estes sapadores desenvolverão acções de luta e prevenção de incêndios florestais, tais como trabalhos de silvicultura preventiva e de vigilância, primeira intervenção, apoio ao combate a incêndios, rescaldo e vigilância pós-incêndios.

A DGRF forneceu uma viatura todo-o-terreno apta a realizar trabalhos de vigilância e primeira intervenção, assim como o fardamento e restante equipamento utilizado por esta equipa.

Esta Brigada de Sapadores já realizou seis dias de formação, na Lousã, na área da gestão de combustíveis, fogo controlado, aplicação de contra-fogos, utilização, distribuição e gestão de maquinaria pesada para contenção e supressão de incêndios florestais.

Segundo referiu o vice-presidente da Câmara Municipal de Águeda, Jorge Almeida, a apresentação desta equipa demonstra o esforço que a autarquia vem desenvolvendo na prevenção e preservação do tecido florestal do concelho.

 

Único município do distrito contemplado com mais uma equipa

Refira-se que Águeda é o único município do distrito de Aveiro a ser contemplado com mais uma equipa de Sapadores Florestais. Neste momento, Águeda está numa posição privilegiada, pois dispõe de dois helicópteros de ataque a incêndios, facto que assegura uma pronta e rápida resposta, numa vasta área da zona centro do país.

O empenho da autarquia em levar por diante um ambicioso Plano Municipal da Defesa da Floresta Contra Incêndios, especialmente centrado em acções de prevenção e primeira intervenção, é de realçar.

Para tal foram construídos e/ou intervencionados, já em 2008, mais de 45 quilómetros de caminhos florestais, nas freguesias de Agadão, Castanheira do Vouga, Préstimo, Macieira de Alcôba, Valongo do Vouga, Belazaima do Chão, e Águeda. O alargamento e a construção destes novos acessos florestais permite um maior e mais eficaz combate aos incêndios.

Foram já este ano construídos dois tanques com capacidade para 170 mil litros de água cada, no lugar da Chousinha, no Préstimo e Serra de Cima, em Castanheira do Vouga, ao mesmo tempo que se estabeleceu um acesso capaz ao lago de Rio Covo, aproveitando este recurso natural onde é já possível o abastecimento de viaturas de bombeiros e helicópteros.

No Aeródromo Municipal do Casarão foram colocados três tanques, com capacidade para mais de 300 mil litros de água, que permitem ali abastecer aviões de combate a incêndios sem recurso a outros meios de abastecimento.

De acordo com Jorge Almeida, “a autarquia abraçou este desafio e ano após ano tem vindo a valorizar significativamente os meios de protecção à floresta e a reforçar um conjunto de melhores condições para o combate a incêndios. É preciso não esquecer que mais de 70% da área do concelho é florestal”.

A autarquia colabora desta forma para uma gestão sustentável e mais eficaz dos recursos naturais, o que possibilita o enriquecimento do seu património ambiental, social e económico, fortalecendo áreas mais susceptíveis aos incêndios florestais.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:15

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 20 de Agosto de 2008

Projecto “Mealhada Vigilante”

Jovens reduzem risco de incêndios no concelho

O município da Mealhada candidatou-se, mais um ano, ao Programa Voluntariado Jovem para as Florestas, promovido pelo Instituto Português da Juventude. Desde 1 de Julho e até 15 de Setembro, o concelho está a contar com a colaboração de dezenas de jovens, que têm como principais funções vigiarem zonas de risco e procederem a acções de sensibilização e prevenção junto dos munícipes.

O projecto, intitulado “Mealhada Vigilante”, pretende, sobretudo, estimular a participação dos jovens na preservação da Natureza e da Floresta. A iniciativa voltou a ter bastante adesão e, durante os meses de Verão, dezenas de jovens estão a assumir a missão de reduzir o risco de incêndios no concelho, nomeadamente vigiando zonas de maior perigo como a Mata Nacional do Buçaco e a sua envolvente.

Os voluntários operam em equipas de cinco, durante uma quinzena, escolhendo um dos dois turnos possíveis, o da manhã ou da tarde.

A Câmara Municipal da Mealhada está ainda a contar com a colaboração de mais de seis dezenas de jovens do Programa de Ocupação de Tempos Livres de curta duração e longa duração, financiado igualmente pelo Instituto Português da Juventude.

Os voluntários operam em áreas como Desporto, Inclusão Social, Cultura e Património e Ciência e Tecnologia. Este ano a autarquia fez um novo pedido aos voluntários: uma reflexão crítica sobre os pontos fortes e fracos dentro de cada uma das áreas temáticas.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:03

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Receba o Quiosque

Insira o seu endereço de e-mail:

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Abertas inscrições do Vol...

Simulacro de incêndio tes...

Secretário de Estado do D...

Reunião de Câmara de Oliv...

“Concerto Natal Solidário...

Aeródromo Municipal do Ca...

Defesa da floresta contra...

Projecto “Mealhada Vigila...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Rostos SAPO Local

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds