Quinta-feira, 11 de Fevereiro de 2010

Mealhada recebe “Clube de Comédia”

Dia 27 de Fevereiro no Cine-Teatro Messias

O Cine-Teatro Municipal Messias vai receber, no próximo dia 27 de Fevereiro, às 21.30 horas, o espectáculo humorístico que tem dado que falar em Portugal: “Clube de Comédia”, produzido pela UAU, que junta os melhores da Stand-up Comedy nacional.

O que acontece quando Aldo Lima, Bruno Nogueira, Eduardo Madeira, Francisco Menezes, Nilton e Óscar Branco se juntam em palco? A comédia é garantida. No próximo dia 27 de Fevereiro, às 21.30 horas, estes seis humoristas portugueses vão subir ao palco do Cine-Teatro Municipal Messias com total liberdade e um humor sem regras que promete fazer rir o mais sisudo dos espectadores.

Depois de uma temporada de sucesso no Maxime, o “Clube de Comédia” foi para a estrada e passa agora na Mealhada com este “hilariante, demente, libertário e moderno espectáculo de humor”, tal como refere uma nota da produção. Seis nomes sonantes da comédia portuguesa que garantem uma noite de gargalhada a quem passar pelo Cine-Teatro Municipal Messias.

As reservas para o espectáculo podem ser efectuadas através do telefone 231 209 870 e 231 200 980. Os bilhetes, que já se encontram à venda, podem ser adquiridos, e levantados, na bilheteira do Cine-Teatro Municipal Messias, das 20 às 22 horas, de quinta a segunda-feira, ou das 15 às 18 horas de domingo.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:21

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2010

Carlos Queiroz eleito Personalidade Desportiva do Ano na Gala da Mealhada

IV edição do evento realiza-se no dia 25, no Cine-Teatro Messias

O seleccionador nacional de futebol, professor Carlos Queiroz, é a Personalidade Desportiva do Ano, de acordo com a deliberação do júri da IV Gala Desportiva do Município da Mealhada 2010, que terá lugar no próximo dia 25 de Janeiro, no Cine-Teatro Municipal Messias, a partir das 21.30 horas.

À semelhança de anos anteriores, a Câmara Municipal da Mealhada volta a distinguir o mérito, enaltecer o trabalho e premiar o esforço daqueles que foram os melhores, a nível desportivo, na área do concelho da Mealhada, durante 2009, ou contribuíram, de alguma forma, para o desenvolvimento do Desporto no concelho e para a projecção do Município além das suas fronteiras.

Clube do Ano, Dirigente do Ano, Atleta do Ano, Equipa do Ano, Treinador do Ano, Personalidade do Ano. Prémio Revelação, Prémio Mérito Desportivo, Prémio Incentivo e Alto Prestígio são, apenas, alguns dos troféus cuja atribuição está prevista no regulamento.

Os nomeados (eleitos por um júri independente) serão anunciados durante esta semana.

Como já foi noticiado, Sérgio Godinho é o “cabeça de cartaz” desta 4ª Gala Desportiva do Município da Mealhada, que será apresentada pelo humorista Francisco Menezes.

Além das cantigas de Sérgio Godinho, o programa promete vários números de dança, pela Companhia de Dança Contemporânea Staccato (de Leiria), uma coreografia especialmente preparada para este serão pela CADES e pelo Drama & Dance (da Mealhada), e a actuação de um grupo de dança contemporânea constituído por crianças do concelho da Mealhada.

E, porque se pretende proporcionar um serão alegre, cheio de boa disposição, também o Núcleo Artístico da CADES (Mealhada) apresentará um sketch humorístico.

 

publicado por quiosquedasletras às 09:25

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 13 de Janeiro de 2010

Sérgio Godinho e Francisco Menezes animam 4ª Gala Desportiva do Município da Mealhada

Dia 25, no Cine-Teatro Municipal Messias, às 21.30 horas

Sérgio Godinho é o “cabeça de cartaz” da 4ª Gala Desportiva do Município da Mealhada, que terá lugar já no próximo dia 25, às 21.30 horas, no Cine-Teatro Municipal Messias, e será apresentada pelo humorista Francisco Menezes.

Além das cantigas de Sérgio Godinho, o programa do espectáculo anuncia vários números de dança, pela Companhia de Dança Contemporânea Staccato (de Leiria), uma coreografia especialmente preparada para este serão pela CADES e pelo Drama & Dance (da Mealhada) e a actuação de um grupo de dança contemporânea constituído por crianças do concelho da Mealhada.

E, porque se pretende proporcionar um serão alegre, cheio de boa disposição, também o Núcleo Artístico da CADES (Mealhada) apresentará um sketch humorístico.

Com esta 4ª Gala Desportiva, a Câmara Municipal da Mealhada insiste em distinguir o mérito, enaltecer o trabalho e premiar o esforço daqueles que foram os melhores, a nível desportivo, na área do concelho da Mealhada, durante 2009, ou contribuíram, de alguma forma, para o desenvolvimento do Desporto no concelho.

Clube do Ano, Dirigente do Ano, Atleta do Ano, Equipa do Ano, Treinador do Ano, Personalidade do Ano. Prémio Revelação, Prémio Mérito Desportivo, Prémio Incentivo, Alto Prestígio. Estes são apenas alguns dos troféus, previstos no regulamento, cujos vencedores (eleitos por um júri independente) serão anunciados durante a próxima semana.

 

publicado por quiosquedasletras às 10:30

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 22 de Maio de 2009

“Deolinda” actuam na Mealhada

Dia 30 de Maio no Cine-Teatro Municipal Messias

Os “Deolinda” vão actuar no sábado, dia 30 de Maio, pelas 21.30 horas, no Cine-Teatro Municipal Messias, na Mealhada. Um novo conceito, singular e arrojado, de música popular portuguesa, inspirado pelo fado e pelas raízes tradicionais da canção portuguesa. Os autores de “Fon Fon Fon” prometem deixar ao rubro o público mealhadense e provar porque receberam o prémio “Melhor Revelação do Ano” na 14ª edição dos Globos de Ouro.

Os “Deolinda” apresentam uma nova forma, original e divertida, de cantar o fado, sem a tradicional guitarra portuguesa e sem o habitual ar sisudo, sério e fatalista dos fadistas. Um fado diferente, um fado que não é triste, que não é amargo, um fado que se dança e que irradia felicidade, um fado colorido até pelas roupas da vocalista, Ana Bacalhau, e pelas letras, de humor fino e mordaz, de Pedro da Silva Martins, também guitarrista do grupo.

Uma mistura sonora que vai da música popular portuguesa de Zeca Afonso e Sérgio Godinho, ao fado de Amália Rodrigues e Alfredo Marceneiro, passando pela música grega e pela ranchera mexicana, pelo samba e pela música havaiana, pelo jazz e pelo pop numa união pouco habitual de géneros musicais que, com os “Deolinda”, fazem todo o sentido.   

As reservas para o espectáculo podem ser efectuadas através do telefone 231 209 870 e 231 200 980. Os bilhetes podem ser ainda adquiridos, e levantados, na bilheteira do Cine-Teatro Municipal Messias, das 20 às 22 horas, de quinta-feira a segunda-feira, ou das 15 às 18 horas de domingo.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:47

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 10 de Março de 2009

Estreia nacional este fim-de-semana em Oliveira do Bairro

“Rapariga(S)!” no Centro Cultural Prof. Élio Martins

O Centro Cultural Prof. Élio Martins, no Silveiro, lugar da freguesia de Oiã, Oliveira do Bairro, acolherá, nos dias 14 e 15 de Março, a estreia nacional da peça de teatro “Rapariga(S)!”.

Na conferência de Imprensa sobre a estreia desta peça, estiveram presentes: Paulo Martins, presidente da associação, Mário João Oliveira, presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro e Almeno Gonçalves, encenador da peça, defendendo todos a aposta na descentralização das estreias nacionais dos grandes centros.

Apesar de ser um risco assumido, Mário João Oliveira acredita na aposta deste tipo de iniciativas e nos espectáculos de qualidade reconhecida em termos nacionais, como um avivar da cultura no concelho de Oliveira do Bairro.

Como a Casa da Cultura de Oliveira do Bairro apenas estará pronta daqui a dois anos, o Centro Cultural Prof. Élio Martins tem sido o palco escolhido pelo concelho para este tipo de iniciativas, por ser o espaço com mais condições para receber espectáculos, sendo esta a primeira estreia nacional da associação e do concelho.

Em “Rapariga(S)!” o elenco forma-se com a actuação de André Nunes, Ana Brandão, Jéssica Athayde, Marta Melro e Núria Madruga.

Uma peça do autor Neil Labute, esta é uma comédia que reflecte sobre os infindáveis receios da plena entrega de um sedutor/predador e jovem escritor face à eminência do casamento.

Em vésperas de casamento ele parte numa viagem, procurando quatro das suas anteriores namoradas, em busca da absolvição em conflitos passados e ao mesmo tempo da recolha interesseira de tema para as suas histórias. Esta viagem acaba por ser simultaneamente um mergulho nas suas emoções e afectividades onde acaba por ter de encarar as consequências do seu “terrorismo emocional”.

A acção decorre em quatro quartos de hotel muito semelhantes, em cidades diferentes. Nos quatro diálogos as emoções, mas também as questões de género assumem um destaque fundamental, levando-nos de uma forma simultaneamente humorística e séria a pensar sobre os limites e a complexidade dos afectos.

A não perder no dia 14 de Março, sábado, às 21.30 horas e no domingo, dia 15 de Março, às 16 horas.

Na sexta-feira, dia 13, venha ver passar as actrizes e actores nacionais que vêm de propósito para a ante-estreia. Nomes como André Nunes, Ana Brandão, Jéssica Athayde, Marta Melro e Núria Madruga vão desfilar como convidados.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:50

link do post | comentar | favorito
Sábado, 21 de Fevereiro de 2009

Estreia nacional em Oliveira do Bairro

Centro Cultural Prof. Élio Martins recebe a comédia “Rapariga(S)!”

O Centro Cultural Prof. Élio Martins, no Silveiro, freguesia de Oiã, Oliveira do Bairro, acolherá, nos dias 14 e 15 de Março a estreia nacional da peça de teatro “Rapariga(S)!”.

No dia 7 de Fevereiro teve lugar a conferência de Imprensa sobre a estreia da peça, com a presença de Paulo Martins, presidente da associação, de Mário João Oliveira, presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro e de Almeno Gonçalves, encenador da peça, e que defende e aposta na descentralização das estreias nacionais dos grandes centros.

Apesar de ser um risco assumido, Mário João Oliveira acredita na aposta deste tipo de iniciativas e nos espectáculos de qualidade reconhecida em termos nacionais, como um avivar da cultura no concelho de Oliveira do Bairro.

Como a Casa da Cultura de Oliveira do Bairro apenas estará pronta daqui a dois anos, o Centro Cultural Prof. Élio Martins tem sido o palco escolhido pelo concelho para este tipo de iniciativas, por ser o espaço com mais condições para receber espectáculos, sendo esta a primeira estreia nacional da associação e do concelho.

Em “Rapariga(S)!” o elenco forma-se com a actuação de André Nunes, Ana Brandão, Jéssica Athayde, Marta Melro e Núria Madruga.

Uma peça do autor Neil Labute, esta é uma comédia que reflecte sobre os infindáveis receios da plena entrega de um sedutor/predador e jovem escritor face à eminência do casamento. Em vésperas de casamento ele parte numa viagem, procurando quatro das suas anteriores namoradas, em busca da absolvição em conflitos passados e ao mesmo tempo da recolha interesseira de tema para as suas histórias.

Esta viagem acaba por ser simultaneamente um mergulho nas suas emoções e afectividades onde acaba por ter de encarar as consequências do seu “terrorismo emocional”. A acção decorre em quatro quartos de hotel muito semelhantes, em cidades diferentes. Nos quatro diálogos as emoções, mas também as questões de género, assumem destaque fundamental, levando-nos de uma forma simultaneamente humorística e séria a pensar sobre os limites e a complexidade dos afectos.

A não perder no dia 14 de Março, às 21.30 horas e no dia 15 de Março, às 16 horas.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:18

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 19 de Fevereiro de 2009

Colecção particular de António Simões Estima

Inaugurada exposição de caricaturas da autoria de Rafael Bordalo Pinheiro

Foi inaugurada no dia 7 de Fevereiro a exposição de uma colecção particular de caricaturas da autoria de Rafael Bordalo Pinheiro, na Galeria Municipal.

A mostra, composta por 66 caricaturas, vai estar patente até ao dia 27 de Fevereiro. A exposição aborda a faceta satírica deste artista do século XIX, e inclui desenhos jocosos de personagens da monarquia, políticos, escritores, poetas, actores, e outras figuras célebres que marcaram a época da vida de Rafael Bordalo Pinheiro, que viveu entre 1846 e 1905.

A colecção agora patente na Galeria Municipal é propriedade do coleccionador de caricaturas António Simões Estima, natural de Valongo do Vouga, tendo o seu interesse pela caricatura saída da mão de Bordalo Pinheiro surgido enquanto residiu em Lisboa.

 

Sobre Rafael Bordalo Pinheiro

Este mestre do século XIX nasceu a 21 de Março de 1846, em Lisboa, vindo a ser pintor, escultor, ceramista, jornalista e criador do genial “Zé Povinho”.

Apaixonado pela vida boémia de Lisboa, Rafael Bordalo Pinheiro matriculou-se, por várias vezes, na Academia Superior de Belas Artes, no Curso Superior de Letras e na Escola de Arte Dramática, para logo de seguida desistir. No entanto, estreou-se como actor no Teatro Garrett e no Teatro Thalia, no Costa do Castelo.

Bordalo Pinheiro começou a fazer caricatura por brincadeira e foi a partir do êxito alcançado pel’”O Dente da Baronesa” (1870), tratando-se de uma folha de propaganda a uma comédia em três actos de Teixeira de Vasconcelos, que se estreou para o humorismo gráfico. Aí “comecei a sentir um formigueiro nas mãos e vai pus-me a fazer caricaturas”, pois o propósito das “caricaturas é estragar o estuque de cada um com protesto do senhorio”.

O “Zé Povinho” conseguiu projectar a imagem do povo português de uma forma singela, mas, ao mesmo tempo, genial, atribuindo um rosto ao país, uma vez que o mesmo “Zé Povinho” é ainda hoje utilizado por diversos caricaturistas para revelar de uma forma humorística os podres da sociedade.

Como ceramista, chefiando o sector artístico da Fábrica da Faiança das Caldas da Rainha, em 1884, dedicou-se à produção de peças de estilo barroco e decorativas. Deste modo, a par das esculturas que modelou para as capelas do Buçaco, representando 52 figuras da Via Sacra, Bordalo apostou novamente na figura em cerâmica do “Zé Povinho” (em inúmeras atitudes), na “Maria Paciência”, na ama das Caldas, no Polícia, no Padre tomando rapé e no sacristão de incensório nas mãos, entre muitas.

Como guardiães da sua memória existem actualmente o Museu Bordalo Pinheiro, em Lisboa e a Casa Museu do Mestre, nas Caldas da Rainha.

 

Horário de visitas à exposição

Dias úteis, das 9.30 às 18 horas, na Galeria Municipal de Águeda.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:08

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2009

3ª Gala do Desporto da Mealhada

Hóquei Clube da Mealhada foi o grande vencedor

O Cine-Teatro Municipal Messias lotou, na segunda-feira à noite, para a terceira edição da Gala do Desporto da Mealhada. Os lugares foram todos ocupados e houve mesmo quem não se importasse de assistir de pé ao evento que distinguiu, mais uma vez, todos os que estão ligados ao desenvolvimento do desporto no concelho da Mealhada. O Hóquei Clube da Mealhada foi o grande vencedor desta terceira edição, conquistando três dos principais galardões.

A cada ano que passa, a Gala do Desporto da Mealhada tem crescido e ganho simpatizantes no concelho e na região. Nesta terceira edição, a iniciativa apresentou-se mais madura e, a ver pela quantidade de pessoas que foram assistir ao evento – dezenas ficaram mesmo de pé –, provou a sua consolidação. O grande vencedor da noite foi o Hóquei Clube da Mealhada, que conquistou três dos prémios mais importantes: o de Dirigente do Ano, que foi entregue a Gonçalo Louzada; o de Treinador do Ano, entregue a Vasco Vaz e o de Atleta do Ano, conquistado pela Neuza Pebre, vice-campeã mundial de Hóquei em Patins.

O Grupo Desportivo da Mealhada levou para casa o prémio de Associação Desportiva do Ano, enquanto a equipa sénior do Futebol Clube da Pampilhosa recebeu o galardão de Equipa do Ano. Já o prémio Revelação do Ano foi entregue a Janine de Oliveira, responsável pela dinamização do Fitness – mais concretamente da modalidade Dance Fusion – no concelho da Mealhada.

“Obrigada à Câmara por apostar tanto no Desporto. Eu lancei o desafio do Fitness em 2008 e logo nesse ano houve uma Convenção de Fitness no concelho. É formidável!”, afirmou Janine de Oliveira, ao receber o prémio.

A apresentação do evento foi, sem dúvida, uma boa aposta, assim como os momentos culturais desta terceira edição. O público gostou de Tânia Ribas de Oliveira, que conduziu a gala com distinção e humor, sendo definitivamente conquistado pela música de André Sardet. Mal o cantor conimbricense começou o espectáculo, conseguiu colocar toda a plateia a cantar as letras das suas músicas mais conhecidas. A actuação do grupo Drama & Dance, da violinista Nadiya Shtoyts e das alunas de Dance Fusion de Janine de Oliveira também mereceram muitas palmas.

Aliás, as palmas não faltaram na noite do dia 26, sobretudo na entrega do prémio Personalidade do Ano a Cristiano Ronaldo e também no importante momento da entregue do prémio Alto Prestígio a João Duarte Sousa Saraiva. Kátia Aveiro subiu ao palco para receber o galardão do irmão e agradeceu a todos o “carinho” com que foi recebida no concelho, enquanto Mário Saraiva foi, comovido, receber o prémio do seu pai, que lhe foi entregue pelo presidente da Câmara da Mealhada.

A noite terminou precisamente com uma palavra do presidente da Câmara Municipal da Mealhada. Carlos Cabral felicitou todos os desportistas do concelho e deixou uma saudação especial aos galardoados. “O meu grande reconhecimento vai para as pessoas, os dirigentes, os treinadores, os atletas que fazem pelo desporto neste concelho e todos os que hoje viram aqui reconhecido o seu mérito”, afirmou. “Este é um reconhecimento simples, mas muito sentido da Câmara Municipal da Mealhada”, concluiu.

 

Categorias e vencedores

Associação Desportiva do Ano – Grupo Desportivo da Mealhada

Equipa do Ano – Equipa Sénior do Futebol Clube da Pampilhosa

Dirigente do Ano – Gonçalo Louzada (Hóquei Clube da Mealhada)

Treinador do Ano – Vasco Vaz (Hóquei Clube da Mealhada)

Atleta do Ano – Neuza Pebre (Hóquei Clube da Mealhada)

Revelação do Ano – Janine de Oliveira (Modalidade Dance Fusion)

Personalidade Desportiva do Ano – Cristiano Ronaldo

Alto Prestígio – João Duarte Sousa Saraiva

Prémio Carreira – Herculano de Oliveira e Joaquim Pires Branco

Prémio Incentivo – Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação da Mealhada

 

Mérito Desportivo

Dina Tavares (Hóquei Clube da Mealhada)

Ângela Gameiro (Hóquei Clube da Mealhada)

Ana Júlia Lopes (Hóquei Clube da Mealhada)

Neuza Pebre (Hóquei Clube da Mealhada)

Filipe Vaz (Hóquei Clube da Mealhada)

Pedro Coelho (Hóquei Clube da Mealhada)

Francisco Louzada (Hóquei Clube da Mealhada)

Equipa Sénior Masculina (Hóquei Clube da Mealhada)

Equipa Júnior Masculina (Hóquei Clube da Mealhada)

Tiago Ferraz (Gulpilhares)

Tiago Sousa (Oliveirense)

André Loureiro (Hóquei em Patins)

Equipa Sénior Masculina (Futebol Clube de Pampilhosa)

Luís Toscano (Enduro)

Jorge Martins (Karaté Shukokai - Pampigym)

Ricardo Freitas dos Santos (Hipismo)

Ana Martins (Grupo Desportivo de Mealhada – Futebol)

Leonardo Santos (Associação Desportiva Pescadores de Pampilhosa)

Sónia Campos (BTT).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:09

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Dezembro de 2008

No próximo sábado, dia 6 de Dezembro

Comédia “O Dia do Pai” sobe ao palco do Cine-Teatro Messias, na Mealhada

O Cine-Teatro Municipal Messias recebe no sábado, dia 6 de Dezembro, pelas 21.30 horas, a peça de teatro “O Dia do Pai”, uma adaptação portuguesa da comédia espanhola assinada por Ana Graciani e Gabriel Olivares. A peça, que conta a história de três homens “convocados” para possíveis pais, é encenada por Almeno Gonçalves, produzida pela Sola do Sapato, e conta com interpretações de Almeno Gonçalves, André Nunes, Fernando Ferrão e Pedro Teixeira.

Três homens completamente diferentes uns dos outros são chamados a comparecer numa clínica de reprodução assistida. Nenhum conhece o motivo da intimação, mas todos suspeitam tratar-se de um teste de paternidade. É então que, já na clínica, os três homens acabam por perceber, com a ajuda do funcionário, que todos tiveram uma relação com a mesma mulher que agora, decidida a ser mãe solteira, lhes preparou um teste de paternidade, elegendo-os como possíveis pais para o seu bebé.

A mulher quer que os três decidam qual será o dador que irá realizar o seu sonho. Já os três homens, com diferentes personalidades, profissões e valores, começam a disputa pela paternidade. A situação origina uma hilariante discussão sobre a paternidade, uma verdadeira e caricata luta de espermatozóides à conquista de um óvulo! Em suma, os três homens debatem-se para atingir o mesmo fim e, durante a trama, vai-se esclarecendo o cerne da questão: afinal porque querem estes homens ser pais?

Uma comédia hilariante, que conta com um brilhante elenco, composto por Almeno Gonçalves, André Nunes, Fernando Ferrão e Pedro Teixeira. Uma peça a não perder, que se estreia na Mealhada, no dia 6 de Dezembro, no Cine-Teatro Messias. As reservas para o espectáculo podem ser efectuadas através do telefone 231 209 870 e os ingressos podem ser ainda adquiridos, e levantados, na bilheteira do Cine-Teatro, das 20 às 22 horas, de quinta-feira a segunda-feira, ou das 15 às 18 horas de domingo.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:55

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 19 de Setembro de 2008

Festival “O Gesto Orelhudo” – 3 a 10 de Outubro

Música com Humor regressa a Águeda

Avizinha-se o dia de estreia do Festival “O Gesto Orelhudo” 2008, um evento único à escala nacional e que coloca Águeda na mira do clã cultural. Este festival é uma iniciativa conjunta da d’Orfeu e da Câmara Municipal de Águeda, que se realiza entre 3 e 10 de Outubro, com um cartaz de se “tirar o chapéu”.

O presidente da Câmara Municipal de Águeda, Gil Nadais, e a vereadora da Cultura, Elsa Corga, participaram na apresentação do programa para este ano. Para o autarca aguedense, a iniciativa faz já parte do calendário cultural da cidade e do concelho, pois “já nos habitou à qualidade”, salientou, afirmando ser importante “dar asas à d’Orfeu, porque quando a d’Orfeu voa o nome de Águeda vai atrás”.

“O Gesto Orelhudo” é um festival que marca as suas escolhas pelo mais insólito e invulgar humor músico-teatral.

Gil Nadais terminou com um pedido: “Queremos o êxito de sempre. E se possível um pouco mais”.

 

Cartaz com estreias e novos serviços

O cartaz da edição deste ano conta com uma multiplicidade cultural a que já habituou: alemães, espanhóis, italianos, cubanos, equatorianos, argentinos, franceses, australianos e, claro está, portugueses.

A grande novidade é o cantor-actor de tango argentino, Daniel Melingo, e o comediante australiano Joel Salom, com o espectáculo “Gadgets”, que fazem a sua estreia em Portugal, sendo que Águeda será o palco de estreia na Europa para Salom, o comediante que combina malabarismo, acrobacia e humor.

A abertura do festival, a 3 de Outubro, fica a cargo do espectáculo alemão “Pás par Tout”, um trio que faz da rua o seu palco. O riso é o propósito das suas animações músico-teatrais cheias de momentos burlescos. Esta noite será também presenteada com o espectáculo “Dúmbala Canalla”, grupo de Barcelona. Este concerto é uma espécie de banda nómada, que vai resultar num grande fim de noite na tenda.

 

Dia 4 com mais dois espectáculos

Para sábado, dia 4, estão também programados dois espectáculos. O primeiro a entrar em cena é da italiana “Microband”. Como o nome indica, é a orquestra sinfónica mais pequena do mundo. Não se esgota a originalidade e criatividade dos “Microband”, uma referência mundial da música cómica. O espectáculo “O menino é lindo” é uma pequena fanfarra de Lisboa, inspirada na tradição dos grupos de sopros que acompanham as marchas populares.

“Lost Locos” é o espectáculo agendado para segunda-feira, dia 6 de Outubro. Quem se lembra de Paul Morocco & Olé!, lembra-se seguramente de um dos mais extravagantes espectáculos de sempre no Festival “O Gesto Orelhudo”. O cómico guitarrista inglês, no registo que o deixou célebre, concebeu este novo espectáculo “Lost Locos”, dando azo à sua saudável loucura, ao juntar três guitarristas escolhidos a dedo na Alemanha: o argentino Juan Portela, o equatoriano Ruben Alvear e o cubano Carlos Chavez. Só pela amostra, é o mais internacional dos espectáculos desta edição de “O Gesto Orelhudo”.

É indescritível o que acontece às guitarras flamengas dos três “machos” latinos apaixonados por si próprios, que competem entre si, julgando-se verdadeiros ídolos. As armas são as suas guitarras, altamente artilhadas. Um espectáculo louco de sedução, comédia e música a um ritmo alucinante.

 

Dia 7 espectáculo “Melingo”

Para terça-feira, dia 7, aguarda-se um dos momentos altos do programa, com o espectáculo “Melingo”. Daniel Melingo é magnífico. Cantor-actor de tango, “tout court”. Melingo estropia as entranhas à canção urbana de Buenos Aires e entrega-a amanhada ao público, numa obsessão musical pelas raízes mais mundanas do tango. Impertinente, o nosso homem é requinte. Goelas de boémia de um velho canalha do tango cantado e vivido, a sedutora malícia do tango na voz grave e quente de um artista de corpo inteiro.

Daniel Melingo desmonta os códigos do tango, perverte-o, subverte-o, canta-o como ninguém. As canções na voz de Melingo são, todas elas, peças raras. Última coisa: é absolutamente necessário vê-lo em palco, no seu acto soberbo de cantar com todos os sentidos. Um equilíbrio assaz precário sem ordem no jogo cénico, uma mímica simbiótica que arranca risos mas que, às páginas tantas, incomoda. Uma postura trágico-cómica a cantar cada história. Melingo vai para onde o tango o leva.

Dia 8 de Outubro traz-nos “Vaguement la Jungle”, quatro músicos extraordinários que se conheceram a tocar nas ruas. Desde esse improvável encontro, este grupo de quarentões vem obtendo, na cena internacional, uma crescente notoriedade. Destilam uma música generosa com um espírito cáustico e libertário. Esta trupe de músicos aventureiros chega aos palcos e faz-se rapidamente adoptar pelo público, instalando a festa e a saudável loucura. O universo musical do grupo é uma deliciosa mistura sem fronteiras, um caldeirão borbulhante de estilos musicais, em que nenhuma influência dos quatro músicos é desperdiçada. A fusão é incontornável, pois não sabem fazer música de outra maneira. O resultado é um banho de energia em cada concerto, um verdadeiro remédio contra o tédio. Música altamente positiva para uma das grandes noites de “O Gesto Orelhudo”.

 

“Gadgets”, pelo australiano Joel Salom

No dia 9, o espectáculo “Gadgets”, com o comediante australiano Joel Salom, combina malabarismo, acrobacia e humor, num dos mais fascinantes espectáculos desta edição. É um artista excepcional, um prodígio de técnica e um refinado humorista. Joel recorre ainda à tecnologia para fazer do espectáculo uma experiência única que inclui raios laser, percussão electrónica com bolas num interface digital e mais uns quantos truques e engenhocas. A acompanhá-lo, dois fantásticos multi-instrumentistas, Jim Dunlop e Marko Simec, os musicómicos de serviço, numa partitura original que divaga pela pop, clássica, metal e jazz.

O membro mais acutilante do grupo é o pequeno e satírico Erik, o cão-robot, um ‘terrier’ de lata controlado à distância que é o alter-ego inconveniente de Joel Salom. “Gadgets” é um êxito retumbante por toda a Austrália e Nova Zelândia e chega agora a Portugal através do Festival “O Gesto Orelhudo”.

 

Toques do Caramulo & Galandum Galundaina

A noite de encerramento do Festival, a 10 de Outubro, também merece uma atenção especial ou não fosse a noite “100% made in Portugal”. Para esta noite está reservado um espectáculo único, no Cine-Teatro São Pedro, com os Toques do Caramulo & Galandum Galundaina.

O espectáculo contará com as participações especiais dos Pauliteiros de Miranda, Caretos de Podence, Orfeão de Águeda, Os Serranos, Coro Jovem da ARCEL e Coro Infantil EMtrad’.

A fechar o festival entra em palco a Tuna Rastafari, trazendo consigo uma descarga de energia dançante para a abertura do Outonalidades, programa de eventos musicais que estreia este ano a edição simultânea em Portugal e Galiza.

 

Serviços gratuitos de “Babysitting” e “Bluetooth”

Este ano a d’Orfeu vai disponibilizar novos serviços a quem se vem deslumbrar com os magníficos espectáculos. Assim, para os espectáculos para maiores de seis anos (assinalados maiores de seis anos) haverá um serviço gratuito de “Babysitting”, a funcionar na d’Orfeu. Contudo terá de ser feita a prévia inscrição para o endereço electrónico dorfeu@dorfeu.com ou pelo telefone 234 603 164.

A outra grande novidade é o serviço de “Bluetooth”, uma parceria com a empresa B.Link de Aveiro, onde se vai poder ter acesso, no telemóvel, a toda a informação do festival de uma forma prática e cómoda.

 

Bilhetes à venda no local dos espectáculos e locais habituais

Os bilhetes estarão à venda no local dos espectáculos, 45 minutos antes do seu início. Estes podem, também, ser encontrados nos locais já habituais em Águeda, Aveiro, Coimbra, Viseu, Porto e outras localidades da região. As noites para o fim-de-semana custam quatro euros cada e os bilhetes para cada noite da semana custam três euros. À semelhança dos anos anteriores, a organização vai disponibilizar um “passe orelhudo”, válido para todos os espectáculos do festival, no valor de 12 euros.

Tem a certeza que vai ficar em casa?!!!

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:27

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Mealhada recebe “Clube de...

Carlos Queiroz eleito Per...

Sérgio Godinho e Francisc...

“Deolinda” actuam na Meal...

Estreia nacional este fim...

Estreia nacional em Olive...

Colecção particular de An...

3ª Gala do Desporto da Me...

No próximo sábado, dia 6 ...

Festival “O Gesto Orelhud...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds