Segunda-feira, 8 de Fevereiro de 2010

Curia Tecnoparque recebe lançamento do número 36 da revista Aqua Nativa

Nova edição dedicada à freguesia de Tamengos, Anadia

Uma reflexão e análise históricas sobre um espaço carregado de memórias. Assim poderia definir-se a sessão de lançamento do número 36 da Revista de Cultura e História Local Aqua Nativa, edição dedicada a Tamengos, que juntou no auditório do Curia Tecnoparque, em Tamengos, alunos da Universidade Sénior da Curia (USC) e também muitos habitantes da localidade homenageada.

Nuno Rosmaninho, docente do Departamento de Línguas e Cultura da Universidade de Aveiro, proporcionou uma verdadeira aula de História Local a todos quantos puderam assistir ao lançamento de “Dossiê Tamengos”, cuja leitura permitirá uma “viagem pelo espaço, pelas pessoas e por quotidianos totalmente diferentes” dos que se conhecem hoje e que dizem respeito à realidade daquela freguesia do concelho de Anadia, até há 50 anos atrás.

O autor e investigador explicou que esta é uma temática com grandes “virtudes cívicas”, uma vez que poderá fazer “entender melhor e lutar por um lugar”. E como “o que há ainda para fazer é imenso”, este “Dossiê Tamengos” pode também ajudar a mostrar temas que funcionam como exemplos para quem quer investigar e fazer História Local, até porque “no concelho de Anadia poucas povoações têm estudos sistemáticos feitos”.

O investigador dá o exemplo da preservação do património das igrejas, que ainda não está estudado, e que é urgente “fotografar, medir e pesar”. O autor terminou deixando uma sugestão: a criação de uma “Carta Concelhia do Património”.

Para Alice Godinho, professora de Estruturas Socioculturais da USC, a revista Aqua Nativa - e este número em concreto, dedicado a Tamengos - vêm desempenhar um “importante papel na construção histórica”, revelando-se um “valioso instrumento de trabalho e investigação”.

O dossiê sobre Tamengos reúne um conjunto de realidades já passadas, permitindo também satisfazer a curiosidade dos habitantes de hoje.

Carlos Alegre, director e coordenador da Revista Aqua Nativa, descreveu a publicação como um “espaço de memórias, de histórias de vida”, convidando todos os que gostam de História Local a escrever, “porque realmente têm muito para dizer”.

Esta edição, que completa o 19º aniversário da revista, apresenta um conjunto de artigos e estudos sobre Tamengos ao longo da História, um trabalho de vários autores, que traça um perfil da localidade em cerca de metade da revista.

Está já a ser preparado o número 37 da Aqua Nativa, que incluirá um dossiê de estudos sobre Ancas.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:04

link do post | comentar | favorito
Sábado, 26 de Dezembro de 2009

AHBVA comemora 76 anos com dificuldades materiais

Necessidade de um quartel novo continua a ser a preocupação número um da associação

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Anadia (AHBVA) festejou o 76º aniversário no último domingo, dia 20. A sessão solene ficou marcada pelas condecorações e promoções a alguns dos bombeiros, assim como pela lembrança às entidades presentes das dificuldades de natureza material que esta corporação de bombeiros vem atravessando.

A AHBVA entendeu atribuir o Crachá de Ouro às irmãs Maria do Carmo e Margarida, da Congregação de São Vicente de Paulo. Como a irmã Maria do Carmo, por impedimento profissional inadiável, não esteve presente, a Direcção da associação entendeu que João Dias Coimbra, comandante do Quadro de Honra dos Bombeiros Voluntários de Anadia (BVA), será o fiel depositário da medalha para entrega posterior.

Carlos Alegre, presidente da Assembleia Geral da AHBVA, abriu a cerimónia dirigindo-se aos bombeiros, “que com a sua abnegação e o seu voluntarismo deixam tudo em nome desta nobre missão e lema que os move: Vida Por Vida”.

Coube ao comandante dos BVA dar seguimento à sessão solene, sublinhando que “face às alterações legislativas somos conscientes de mais e maiores responsabilidades e não menos conhecedores de que cada vez mais as dificuldades são e serão maiores”. Contudo, Eduardo Matos está certo que essas alterações não constituem obstáculo, tendo em conta que “os BVA foram sujeitos à solução do problema e a não fazer parte dele, actuando sempre com grande competência e profissionalismo”.

 

Aumento de serviço dos BVA

O comandante falou do aumento significativo de serviço, destacando a maior incidência na área da saúde: “Uma vez que o Ministério da Saúde determinou o encerramento do Serviço de Urgência do Hospital José Luciano de Castro em Janeiro de 2008, obriga-nos a que para qualquer pedido de socorro, o mesmo seja encaminhado para os Hospitais da Universidade de Coimbra, Hospital Infante D. Pedro, em Aveiro e Hospital Conde de Sucena, em Águeda”. Estas deslocações, para o comandante dos BVA, dão origem a que os recursos quer humanos quer materiais estejam cativos e indisponíveis muito mais tempo, diminuindo a operacionalidade do corpo activo “momentaneamente, o que nos preocupa”.

Também Mário Teixeira, presidente da Direcção da AHBVA, fez referência a tempos difíceis e às contrariedades, sendo contudo a vontade do corpo dos BVA “incalculável”.

 

Dificuldades materiais

O dirigente falou das dificuldades de natureza material, desde as instalações desajustadas, às viaturas que necessitam de substituição pelo muito uso e idade, aos equipamentos de protecção individual, fardamentos e outros que faltam. Mas lembrou que os subsídios concedidos pela Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), Câmara Municipal de Anadia e outras entidades têm solucionado algumas dessas dificuldades.

Durante a cerimónia, Mário Teixeira deu a conhecer a oferta da Comissão de Festas da Moita, de uma verba no valor de 2.651,36 euros, destinada à aquisição de equipamentos. O presidente da Direcção deixou ainda o apelo aos associados que não contribuíram, por ainda não terem sido procurados, para ajudarem com a liquidação das quotas, “cujos valores nos estão a fazer muita falta”.

 

Protocolo para uma EIP

Mário Teixeira aproveitou a ocasião para dar a conhecer o protocolo assinado entre a ANPC, a Câmara Municipal e a AHBVA - por três anos -, que a partir de Janeiro de 2010 vai contar com uma Equipa de Intervenção Permanente (EIP), constituída por cinco elementos dos BVA, em alerta oito horas por dia, de segunda a sexta-feira, destinada a socorrer as populações em situações de catástrofe ou outras.

Teresa Belém, vice-presidente da Câmara de Anadia, em representação do presidente Litério Marques, disse que em 2010 a EIP contará com 50% de comparticipação da autarquia (30 mil euros), ficando a outra metade a cargo da ANPC. A autarca manifestou ainda a vontade da Câmara em vir a dar apoio na construção do novo quartel, através do QREN.

A sessão solene do 76º aniversário da AHBVA contou com promoções a bombeiros de terceira e de segunda. Foram também entregues medalhas por assiduidade grau cobre (pelos serviços prestados por cinco anos), grau prata (serviços prestados por 10 anos) e grau ouro (pelos 25 anos de serviço prestado).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:41

link do post | comentar | favorito
Sábado, 19 de Dezembro de 2009

Santa Casa da Misericórdia de Anadia festeja 101º aniversário

Efeméride marcada por homenagem a cinco funcionárias

A Santa Casa da Misericórdia de Anadia (SCMA) comemorou o 101º aniversário. Cerimónia simples, mas com alto valor histórico/social, marcada pela grandeza de 24 ilustres Homens de Anadia, que traçaram o destino da instituição. A data foi marcada pela inauguração de uma exposição e pela homenagem a cinco funcionárias, pelos 20 anos de serviço cumpridos.

Foi celebrada Missa na Capela do Palacete Seabra de Castro, pelo Padre Daniel, do Colégio Salesiano de Mogofores, que na homilia evocou o aniversário da SCMA, enaltecendo os fundadores e deixando uma palavra de “justiça” para a actual Mesa Administrativa.

Seguiu-se a abertura da exposição “Menino Deus”, um conjunto de figuras alusivas ao Menino Jesus, que preencheu o dia de aniversário na sala temática do Museu José Luciano de Castro. Uma mostra que ficará patente durante três meses.

São figuras em madeira, porcelana e cerâmica referentes aos séculos XVII, XVIII e XIX, que vão dar brilho àquele Museu, numa valiosa exposição, sinal demonstrado pelo empenho dos responsáveis, que tentam manter posição de destaque para o bom nome cultural da cidade de Anadia. A SCMA aceitou o desafio, porque desde 1980, aquando da inauguração, mantém aberto ao público um espaço museológico que prima em expor seleccionadas colecções.

O Salão Nobre foi ainda palco da Sessão Solene e da entrega de Placas Comemorativas a cinco funcionárias com mais de 20 anos de serviço. São elas Isabel Pereira, Carla Carvalho, Rosa Simões, Maria Júlia Ribeiro e Maria Teresa Alves.

O provedor Carlos Matos deixou entre os funcionários o espírito de união, compromisso assumido de carácter social em manter as melhores relações e sobretudo uma chamada ao bom senso, para que sejam o arauto em proporcionar qualidade de vida àqueles que ainda dentro dos lares da instituição constituem um leque na sociedade.

Reforçou o desempenho às respostas sociais, todas elas superadas pela expectativa e falou do investimento feito nos dois lares, com a remodelação das instalações. Carlos Matos realçou também a aprovação do Projecto CADI por mais três anos, um projecto que ficou em primeiro lugar na zona Centro.

O almoço foi servido com pompa e circunstância e salutar convívio. Reinou um espírito de boa disposição e expressiva amizade. Diálogos em que todos se envolveram, aliando-se em criar um clima de confiança, superando o grande patamar, que coloca o bom nome da instituição na lista de bem-fazer.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:37

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 19 de Novembro de 2009

Exposição comemorativa do centenário do Colégio da Mealhada

Patente no Cine-Teatro Municipal Messias até ao final do mês

Está patente ao público, até ao próximo dia 30, no Cine-Teatro Municipal Messias, uma exposição comemorativa do centenário do extinto Colégio da Mealhada
(actual Escola Secundária).

A exposição consta, maioritariamente, de fotografias e materiais de uso escolar, desde mapas a livros, passando por cadernos diários, livros de sumários e de testes, réguas, esquadros, lápis, borrachas e canetas.

O centenário do Colégio da Mealhada, recorda-se, foi solenemente assinalado no passado dia 24 de Outubro.

A exposição pode ser visitada às segundas, quintas, sextas-feiras e sábados, das 20 às 23 horas e aos domingos, das 15 às 17 horas e das 20 às 23 horas.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:23

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 17 de Novembro de 2009

Espectáculo evocativo de José Luís Iglésias

Cine-Teatro de Anadia presta tributo no dia 27

O Cine-Teatro Municipal de Anadia vai receber um espectáculo evocativo do 85º Aniversário de José Luís Iglésias, na sexta-feira, dia 27 de Novembro, pelas 21.30 horas.

Este espectáculo, organizado pelo “Grupo de Amigos de José Luís Iglésias” será apresentado por diversas associações culturais do município que, directa ou indirectamente, surgiram pela mão desta personalidade marcante da cultura anadiense.

Desta forma, participam neste evento a Associação de Dadores Benévolos de Sangue de Mogofores (ADABEM); a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Anadia, em Avelãs de Caminho; o Grupo de Amigos de José Luís Iglésias; o Grupo Lar São Martinho, Ouca; Laços de Coimbra; Mónica Dias; Musicanto; Nuno Moura; O Baluarte; Os Rouxinóis; Otília Silva; Grupo de Teatro Raízes Verde Pinho (do Centro Social, Cultural e Recreativo da Freguesia de Avelãs de Cima) e Sons de Avelãs (Avelãs de Caminho).

De referir que José Luís Iglésias criou o Grupo de Reis denominado “Trupe dos Rouxinóis de Anadia”, do qual era ensaiador.

Este grupo cantou os Reis, pela primeira vez, em Janeiro de 1950. Daqui nasceu o Grupo Artístico e Cultural “Os Rouxinóis” de Anadia, no final do ano de 1949, do qual também foi encenador.

 

José Iglésias coloca Anadia no panorama cultural do país

Na segunda metade do século XX, José Luís Iglésias colocou Anadia no panorama cultural do país. Foram anos de consecutivos sucessos por ele encenados.

Cenógrafo, actor, dançarino, desenhador, pintor e excelente músico, José Luís Lhano Iglésias foi um grande impulsionador da cultura em Anadia.

Os bilhetes (2,5 euros) podem ser adquiridos nos seguintes horários: sextas-feiras, das 18 às 22 horas e sábados, das 18 às 22 horas. No dia de espectáculo a bilheteira abrirá às 14 horas.

As reservas podem ser efectuadas na Câmara Municipal de Anadia até três dias antes do espectáculo e os bilhetes levantados, impreterivelmente, até pelo menos duas horas antes do mesmo.

A receita da bilheteira deste espectáculo reverterá para o Fundo Social criado pela Câmara Municipal de Anadia.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:37

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 21 de Setembro de 2009

Espumante Bairrada volta a ser Rei

Aveiro recebe segunda edição da Gala do Espumante Bairrada

A cidade de Aveiro homenageou o espumante Bairrada em duas iniciativas de promoção: os Momentos Bairrada e a Gala do Espumante.

Os Momentos Bairrada decorreram no espaço acolhedor do edifício da antiga Capitania de Aveiro, num ambiente descontraído, onde a nova Bairrada deu a conhecer o que de melhor a região tem para oferecer.

Os associados do sector vitivinícola deram a provar os seus espumantes, numa mostra que evidenciou o melhor da Bairrada. De salientar algumas novidades de espumantes como Aliança Particular, da Aliança Vinho de Portugal; o Elpídio 70, das Caves do Solar de São Domingos; o Formal, de Luís Pato; Quinta do Poço do Lobo, das Caves São João; Bical Chardonnay, das Caves Primavera; Borga, da Adega Campolargo; o Branco e Rosé da Quinta da Mata Fidalga; Branco Bruto Natural da Quinta de Baixo; Quinta do Ortigão Reserva Branco e Encontro Branco Bruto.

Presentes estiveram ainda os associados da hotelaria, que deram a conhecer aos convidados destes Momentos as unidades de alojamento e actividades da região (Hotéis Alexandre Almeida, Hotel Cabecinho, Hotel Paraíso e Hotel Moliceiro).

 

Segunda Gala do Espumante

A Gala do Espumante Bairrada teve início com um “welcome drink” no mesmo edifício da Antiga Capitania, tendo sido o Moliceiro o transporte usado para levar os convidados até ao Centro Cultural e de Congressos de Aveiro. Os convidados foram recebidos ao som do violino.

Dedicada exclusivamente aos espumantes associados da Rota da Bairrada, a Gala contou com diversos momentos ao longo da noite, nomeadamente um cocktail ao som de violoncelo e de um momento de dança promovido pela Companhia de Dança de Aveiro. Um jantar de Gala com a apresentação das novidades de espumantes e uma ementa cujo mote foi também o espumante terão sido os momentos altos da noite, bem como o reconhecimento dos novos associados e um espectáculo musical a cargo da fadista Joana Costa, com o “Recado”.

Trataram-se de duas iniciativas da Asoociação Rota da Bairrada, que juntaram o espumante e as pessoas, na Bairrada do futuro. (Galeria de fotos: Leiam a Imagem)

 

publicado por quiosquedasletras às 07:12

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 13 de Agosto de 2009

Gala do Espumante Bairrada 2009 vai ser em Aveiro

Segunda edição realiza-se a 12 de Setembro no Centro Cultural de Congressos

A Associação Rota da Bairrada, numa co-organização com o município de Aveiro e a Turismo Centro de Portugal, vem anunciar a 2ª edição da Gala do Espumante Bairrada 2009, que este ano será acolhida pela cidade de Aveiro, no Centro Cultural de Congressos, dia 12 de Setembro de 2009.

Aveiro, cidade dos canais e da inovação, inigualável na sua luz, cor e animação, orgulhosamente recebe a Gala do Espumante Bairrada 2009. Os canais unem a cidade transformando o seu tecido urbano numa encruzilhada de paisagens únicas, proporcionando encontros singulares com a história e com a riqueza arquitectónica.

Envoltos por um braço de mar, sentados a um parapeito de cerâmica e surpreendidos por uma ementa fabulosa, os participantes poderão sentir uma “borbulhante cidade de Aveiro”, numa noite em que os paladares da Bairrada serão dominantes.

O testemunho deixado pelo “protagonista” desta gala, “o Espumante Bairrada”, enaltecerá a riqueza do território e honrará os convidados presentes.

Durante a tarde, a cidade de Aveiro vai homenagear ainda o espumante e a Bairrada, numa iniciativa aberta ao público em geral, convidando a conhecer o território, num singular Momento Bairrada com a presença dos associados, numa prova de espumantes e mostra de produtos.

 

Inscrições abertas

Para a Gala do Espumante Bairrada 2009 – com Cocktail, Música ao vivo, Jantar de Gala e Espectáculo Musical – o Acess Card é de 50 euros por pessoa.

Para quaisquer esclarecimentos e inscrições, contactar a Associação Rota da Bairrada (Cristina Azevedo: 96 400 06 57).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:38

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 23 de Julho de 2009

Câmara Aberta discute toponímia da rede viária da cidade de Águeda

Última sessão realiza-se sexta-feira no Salão Nobre da Câmara Municipal

“Venha ajudar a dar o nome às ruas da sua Cidade” foi o mote para a segunda sessão da iniciativa Câmara Aberta, realizada no dia 17 de Julho, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Águeda, onde foi apresentada e discutida a Toponímia da Cidade de Águeda.

A ocasião contou com a presença do presidente da Câmara, Gil Nadais, do vereador João Clemente e de dois dos técnicos da autarquia que se encontram a trabalhar no processo, Miguel Tavares e Sofia Costa, sendo que esta última fez uma pequena apresentação relativa à Toponímia da Cidade.

A sessão veio ao encontro da discussão pública da toponímia da rede viária, realizada em Janeiro último, à qual a população foi convidada a participar e a dar a sua contribuição, quer no sítio electrónico da autarquia, como no Gabinete de Atendimento ao Munícipe (GAM). No entanto, as sugestões apresentadas foram insuficientes para atribuir nomes a todas as ruas, praças, largos e travessas da cidade. Assim, a autarquia encontrou outro meio para poder conhecer as sugestões dos aguedenses e convidou, mais uma vez, os munícipes a participar, desta feita na iniciativa Câmara Aberta.

No passado dia 17 de Julho, os munícipes presentes na sessão foram bastante participativos e deram mais sugestões, obrigatoriamente fundamentadas, que geraram alguma discussão e troca de ideias.

Estas foram diferentes formas da autarquia conhecer e dar voz ao cidadão, com o objectivo de clarificar e dar por concluída a toponímia da cidade, bem como dar sequência ao processo de atribuição de números de polícia.

 

Um trabalho que é fundamental

Este trabalho de identificação é fundamental, por tratarem-se de elementos de orientação e de localização geográfica e desta forma ficarem reunidas as condições necessárias para que, por exemplo, as moradas das pessoas sejam unívocas.

Assim, a Câmara apelou à colaboração de todos, com o intuito de ajudarem na atribuição de nomes que identifiquem os locais em causa, que homenageiem pessoas ilustres do concelho, datas históricas importantes, geminação entre cidades, entre outras questões que se entendam relevantes.

A autarquia agradece toda a colaboração e participação dos aguedenses. O apoio de todos foi fundamental para clarificar a toponímia viária e para que esta seja uma mais-valia para todos.

Esta sessão foi a segunda de três a serem desenvolvidas no âmbito da iniciativa Câmara Aberta. A última é já na sexta-feira, dia 24 de Julho, às 17.30 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Águeda, onde será apresentado e discutido o projecto da Barragem da Redonda.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:18

link do post | comentar | favorito
Domingo, 12 de Julho de 2009

Câmara Municipal de Aveiro promove “Pé d’Água - Desfile de Moda”

Evento decorre no Canal dos Botirões no dia 18 de Julho (sábado)

A Câmara Municipal de Aveiro vai realizar o “Pé d’Água - Desfile de Moda”, no próximo dia 18 de Julho, pelas 23.30 horas, no Canal dos Botirões, em Aveiro.

No âmbito do programa “Aveiro Criativo” e inserido na programação da Festa da Ria “Aveiro 250 Anos” vai realizar-se no dia 18 de Julho (sábado), pelas 23.30 horas, o Desfile de Moda “Pé d’Água” que vai reunir três estilistas aveirenses: Celsus, Joel Reigota e Luís Onofre. Para desfilar foram convidados dois manequins e actores: Cláudia Vieira e Pedro Teixeira.

“Pé d’Água” é um desfile de moda que visa promover o design e a moda de três estilistas aveirenses: Joel Reigota, Celsus e Luís Onofre, proporcionando um momento de glamour, tendo como cenário o bairro típico da Beira-Mar e a Ria de Aveiro.

O desfile acontecerá numa plataforma flutuante segura por barcos moliceiros num dos canais urbanos da Ria: o Cais dos Botirões.

Cada estilista foi desafiado a apresentar algumas peças relacionadas com as Comemorações dos 250 Anos e a Ourivesaria Vieira também irá apresentar uma colecção.

Através deste evento, “a autarquia ambiciona que a actividade enriqueça, ainda mais, o programa de comemorações dos 250 anos de elevação a cidade. Por essa razão, um dos principais objectivos a atingir é homenagear a cidade de Aveiro, através da roupa e dos adereços de moda, procurando que a colecção a apresentar (ou parte dela) exiba algumas das marcas aveirenses, da sua natureza, do seu património, da sua história, enfim, que reflicta, de alguma forma, os elementos naturais que identificam Aveiro ou o espírito da nossa localidade. Creio ser um bom desafio neste ano da cidadania aveirense”, atesta o presidente da Câmara Municipal de Aveiro, Élio Maia.

Outro dos objectivos desta proposta é o de “fomentar a criatividade. Que seja mais um estímulo para os criadores aveirenses prosseguirem o excelente trabalho que os valoriza pessoalmente e que engrandece o nome de Aveiro”, acrescentou o autarca.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:46

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 3 de Julho de 2009

III Cruzeiro Internacional Arcachon - Galiza - Aveiro

Largada da regata acontece hoje em Arcachon

Vai realizar-se o III Cruzeiro Internacional Arcachon - Galiza - Aveiro, com partida da regata hoje, dia 3, de Arcachon e o regresso a Aveiro dia 12 de Julho.

Em parceria com a AVELA e a Região de Turismo do Centro, a Câmara Municipal de Aveiro organiza o III Cruzeiro Internacional Arcachon - Galiza - Aveiro, de 3 a 12 de Julho. O vereador do pelouro do Desporto, Gonçalo Caetano Alves, vai representar o município de Aveiro no momento da largada da regata, em Arcachon, que acontecerá hoje, pelas 15 horas. Ontem (dia 2), os elementos da comitiva do município de Aveiro foram recebidos a convite do presidente da Câmara Municipal de Arcachon, Yves Foulon, nos Paços do Concelho da edilidade francesa.

O ano em curso reveste-se de grande simbolismo para a amizade que une os municípios de Aveiro e Arcachon (França), uma vez que se comemora o 20º aniversário da assinatura do Protocolo de Geminação que subscreveram em 1989.

No âmbito dos objectivos comuns de conhecimento e cooperação mútuos de intercâmbio social e cultural e de estreitamento de laços entre comunidades, muitos foram os contactos e iniciativas desenvolvidas ao longo destas duas décadas de geminação, não só entre os respectivos municípios, a nível institucional, mas pelas diversas entidades que integram a comunidade.

Assim, destacam-se os intercâmbios promovidos com as Corporações de Bombeiros Aveirenses, o Rotary Club de Aveiro, o Lions Santa Joana e a AVELA, cujas actividades são reveladoras do espírito de interculturalidade e abertura presentes na sociedade aveirense.

Confirmando que a união das cidades de Aveiro e de Arcachon não se esgotou nas primeiras relações estabelecidas, mas perpetuou-se ao longo dos anos, Aveiro acolhe orgulhosamente o III Cruzeiro Internacional Arcachon - Galiza - Aveiro, que se inicia em Arcachon, hoje, e chega a Aveiro a 12 de Julho.

 

Realização de cruzeiro é marco histórico

A realização deste cruzeiro é um marco histórico na aproximação destas cidades, com características comuns e interesses partilhados, que além de recordar e homenagear a história da união de duas comunidades distantes, reforça os laços de amizade existentes, criando novos projectos de interacção.

A segunda etapa da regata tem uma paragem técnica em Baiona, Galiza e a terceira etapa e chegada a Aveiro está prevista para o dia 11 de Julho, sábado, a partir da madrugada. No entanto, durante todo o dia é possível assistir à chegada dos veleiros e visitá-los.

Os veleiros e a recepção aos velejadores vão decorrer em frente às instalações da AVELA, próximo da marinha da Troncalhada. Vai haver muita animação, barraquinhas e esplanadas. Haverá também a oportunidade para conhecer os veleiros participantes da regata por dentro. No dia 12 de Julho, as entidades oficiais e velejadores vão ser recebidos oficialmente no Welcome Center de Aveiro. A entrega de prémios está prevista para as 15 horas, no grande auditório do CCCA.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:07

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Curia Tecnoparque recebe ...

AHBVA comemora 76 anos co...

Santa Casa da Misericórdi...

Exposição comemorativa do...

Espectáculo evocativo de ...

Espumante Bairrada volta ...

Gala do Espumante Bairrad...

Câmara Aberta discute top...

Câmara Municipal de Aveir...

III Cruzeiro Internaciona...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds