Sábado, 6 de Fevereiro de 2010

Júlio Pereira sobe ao palco das “Sextas Culturais Águeda 2010”

Dia 12 de Fevereiro no Cine-Teatro São Pedro

Depois do êxito do primeiro concerto, as “Sextas Culturais 2010” - uma iniciativa inserida na programação cultural da Câmara Municipal de Águeda - prosseguem com Júlio Pereira, que pela primeira vez se desloca até Águeda. O segundo concerto das “Sextas Culturais 2010”, com Júlio Pereira, será já a 12 de Fevereiro, pelas 21.30 horas, no Cine-Teatro São Pedro.

Com mais de 30 anos de carreira, a visita de Júlio Pereira ao palco de Águeda tem motivado um crescendo de expectativa em torno deste espectáculo. Com o instrumento que o acompanha desde infância, o bandolim, e acompanhado pelos músicos Sofia Vitória e Miguel Veras, Júlio Pereira irá certamente propiciar um concerto autêntico e vivo.

Este vai ser outro espectáculo a não perder. Os bilhetes para os concertos das “Sextas Culturais Águeda 2010” podem ser comprados em diversos postos de venda em Águeda e Aveiro. Os bilhetes para o concerto de Júlio Pereira têm o custo de 10 euros no dia do concerto (no local do espectáculo), mas podem ser adquiridos por 5 euros se pré-comprados até à véspera.

A programação para 2010 é uma aposta na consolidação do evento, com base na fidelidade de público das “Sextas Culturais”, construída ao longo das anteriores edições. Apresentando uma programação não necessariamente óbvia, mais voltada para o crescimento cultural do público que para o crescimento do público cultural - esse já diz presente -, investe-se numa enorme oportunidade de evolução dos hábitos culturais da cidade, com um decisivo passo em frente na qualificação do consumo cultural de Águeda e da sua própria afirmação cultural no seio da região.

 

Bilhetes e preços

- 10 euros (no próprio dia/apenas na bilheteira do Cine-Teatro São Pedro)

- 5 euros (pré-venda)

 

Pontos de venda:

Águeda – Galeria Municipal, Fórum da Juventude, Biblioteca Municipal, Piscinas Municipais, Espaço d’Orfeu, Posto de Turismo, Cine-Teatro São Pedro;

Aveiro – Oficina de Música de Aveiro, Loja de Música Wah Wah no Mercado Negro, Loja de Discos Disco Preto no Centro Comercial Oita.

 

http://www.juliopereira.pt/

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:39

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 4 de Fevereiro de 2010

Amanhã é o lançamento da obra “Ecomuseu do Salgado de Aveiro”

Inauguração da exposição monográfica sobre o Salgado de Aveiro no mesmo dia

Amanhã, dia 5 de Fevereiro, às 18 horas vai ter lugar a cerimónia de lançamento da obra “Ecomuseu do Salgado de Aveiro”, da autoria de Énio Semêdo, nos Paços do Concelho, seguida da inauguração da exposição monográfica sobre o Salgado de Aveiro, na Galeria Municipal.

A cerimónia conta com a presença do presidente da Câmara Municipal de Aveiro, Élio Maia e da vereadora do pelouro da Cultura, Maria da Luz Nolasco.

A obra “Ecomuseu do Salgado de Aveiro” pretende ser um contributo para a promoção e preservação da actividade secular salícola da região de Aveiro.

A exposição monográfica sobre o Salgado de Aveiro estará patente ao público, das 14 às 19 horas, na Galeria Municipal, entre os dias 5 de Fevereiro e 7 de Março.

Esta exposição projecta de forma tridimensional os propósitos da obra, com o objectivo de traçar um desenvolvimento integrado e sustentável do património cultural e natural do salgado e da história e cultura salícolas, projectando-o na memória colectiva futura.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:55

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 1 de Fevereiro de 2010

Peças de porcelana para o bicentenário de José Estêvão

Câmara de Aveiro cria peças em virtude da efeméride

A Câmara Municipal de Aveiro, no âmbito das comemorações do Bicentenário do nascimento de José Estêvão, criou duas peças em porcelana alusivas à efeméride.

Estas peças, produzidas com a marca Vista Alegre, são um copo porta-lápis e uma caixa modelo Regaleira, encontrando-se disponíveis para venda ao público na Biblioteca Municipal, na Galeria da Antiga Capitania de Aveiro e no posto de turismo municipal Welcome Center.

O valor do copo porta-lápis é de 16 euros e o da caixa Regaleira de 19 euros.

Esta iniciativa pretende ser um complemento à exposição “José Estêvão: Revolução e Liberdade (1809-1832)”, inserida nas comemorações do bicentenário do nascimento do parlamentar aveirense, patente até 26 de Fevereiro, na Galeria da Antiga Capitania de Aveiro.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:54

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 3 de Novembro de 2009

Concurso fotográfico “Um Concelho em Mil Imagens” em Águeda

Abertura da exposição e entrega dos prémios

No próximo dia 6 de Novembro, sexta-feira, pelas 19 horas, abre ao público, na Galeria da Câmara Municipal de Águeda, a exposição dos trabalhos submetidos à II edição do Concurso de FotografiaUm Concelho em Mil Imagens”, promovido pela autarquia.

A segunda edição do concurso de fotografia de Águeda pretendeu, à semelhança da edição de 2006, levar à descoberta de Águeda, um concelho de cores e contrastes, onde o sol nasce numa paisagem sulcada por rios e ribeiros que modelam a serra e onde se encontram caminhos e trilhos outrora galgados por gente da lida, povo que esculpiu a pedra e cultivou a encosta! Hoje, alguns destes lugares, há muito abandonados, ganham uma nova vida, novas gentes... Águeda, de quem o sol se despede mergulhando na Pateira, numa palete de cores que deixam adivinhar a noite, um novo dia… um momento… um flash! 

O tema desta edição recaiu sobre “Um Concelho em Mil Imagens”, onde os participantes foram desafiados a descobrir Águeda nos sub-temas “Ambiente e Turismo” e “Flashes de Águeda”. Concorrentes de diversos pontos do país submeteram a concurso trabalhos que revelam Águeda como um município multifacetado, com potencial natural e turístico de destaque na região, tendo o júri deliberado não só pela atribuição dos prémios correspondentes, como também pela atribuição de duas menções honrosas.

A abertura da exposição e entrega de prémios está prevista para sexta-feira, 6 de Novembro, às 19 horas, ficando a mostra aberta ao público na Galeria Municipal todos os dias úteis, das 9 às 18 horas, e no próximo domingo, dia 8 de Novembro, das 10 às 17 horas.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 10:39

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 23 de Outubro de 2009

Visitantes da “IX Bienal Internacional de Cerâmica Artística de Aveiro” já ultrapassam número da anterior edição

Mostra termina dia 15 de Novembro

Desde a sua abertura, 3 de Outubro, o número de visitantes à exposição da nova edição “Bienal Internacional de Cerâmica Artística de Aveiro”, até à data de segunda-feira, 19 de Outubro, foi de 1285. Este é um número que já ultrapassa a quantidade de visitantes da edição anterior, revelando que “a aposta em colocar a exposição no núcleo urbano da cidade foi certeira. Esperamos que, até 15 de Novembro, a mostra receba muitos mais visitantes, assim como as restantes, patentes na Galeria da Capitania, Galeria dos Paços do Concelho e Museu da Cidade de Aveiro e montras do comércio aveirense”, destacou o vereador do pelouro dos Assuntos Culturais, Miguel Capão Filipe.

Recorde-se que a exposição da “IX Bienal Internacional de Cerâmica Artística de Aveiro” tem patente 101 obras, de 89 artistas nacionais e internacionais e que se encontra patente no Museu de Aveiro, de terça-feira a domingo, das 10 às 17 horas, com entrada livre, até dia 15 de Novembro.

 

Informações complementares

Os vencedores são os seguintes: primeiro prémio - “Teaset #1”, de Karen Gunderman, dos Estados Unidos da América; segundo prémio - “Corpos Marcados” e “Fragmentos”, de Sílvia Tagusagawa, do Brasil; terceiro prémio - “Medusa”, de Ana Cruz, de Portugal. As menções honrosas foram atribuídas a “Objeckt, aufplatzend” e “2-shãriges Objekt mit Innenkugel”, de Tonkunst, da Alemanha; “Whisper”, de Momchil Mirchev, da Bulgária; “Hemisfério Norte e Hemisfério Sul”, de Alberto Miranda, de Portugal; “Quarts”, de C. Vives, de Espanha; Cela de los recuerdos”, de Maria Oriza, de Espanha e “O que nos perpassa nos constitui”, de Betânia Silveira, do Brasil.

O júri - constituído por Pedro Matos Fortuna, Francisco Laranjo e João Labrincha -, das 260 obras de 160 diferentes artistas, enviadas a concurso, apurou nas triagens efectuadas durante as duas reuniões 101 obras de 89 artistas, algumas delas oriundas de 16 países estrangeiros, nomeadamente Alemanha, Argentina, Áustria, Bélgica, Brasil, Bulgária, Eslovénia, Espanha, Estados Unidos da América, França, Israel, Itália, Japão, Polónia, Roménia e Ucrânia.

Além da exposição nuclear do evento, decorrem três mostras: a exposição “Sabores da terra/Sabores de la tierra” 15º Certamen San Agustín de Cerâmica, na Galeria da Capitania, que reúne 96 pratos em cerâmica de 24 ceramistas portugueses e 24 espanhóis. Cada um dos artistas apresenta duas obras. São 48 visões, distintas, como não poderia ser de outra forma, do que se pode fazer - ou tentar fazer-se - para cozinhar tão “saborosamente” com pratos atractivos. Pode ser visitada até 15 de Novembro, de terça-feira a domingo, das 14 às 18 horas.

 

“Bienal de Cerâmica - 20 anos - retrospectiva”

O Museu da Cidade recebe a “Bienal de Cerâmica - 20 anos - retrospectiva”, que integra obras que concorreram em edições anteriores da Bienal, trabalhos estes pertencentes ao espólio municipal. Aberta também até 15 de Novembro, recebe visitantes de terça-feira a domingo, das 10 às 12 horas e das 14.30 às 18 horas.

Por último, a Galeria dos Paços do Concelho tem patente a mostra “Figuras Tradicionais da Região de Aveiro” - Cerâmica de Alberta. Esta é uma exposição individual de cerâmica sobre figuras características da região, nomeadamente, as profissões relativas à ria (como o marnoto, a salineira, o apanhador de moliço, o pescador, a peixeira, entre outras). De forma metódica e criativa, estas figuras representam as profissões mais significativas no que diz respeito ao desenvolvimento da região. As figuras são peças únicas, em cerâmica vidrada com dimensões variáveis (dos 20 aos 50 cm). Aberta de terça a domingo, das 14 às 18 horas.

Ainda no âmbito da “Bienal Internacional de Cerâmica Artística de Aveiro”, a Câmara Municipal de Aveiro e a Associação Comercial de Aveiro convidaram os comerciantes a associarem-se à realização deste evento. Com a iniciativa, os lojistas participam, de forma activa, na exposição da Bienal, através da colocação de uma peça de edições anteriores e de uma bandeira identificativa cedidas pelo município de Aveiro. Comerciantes aderentes: Mercantil Aveirense, Ergovisão, Galerias do Vestuário, Sapataria Azuleto, Sapataria Antoine, Ourivesaria Matias, Oxigénio, Riaburger, Isabel Castro Cabeleireiros, Versátil, O Farrapo e António’s.

Recorde-se que a “Bienal Internacional de Cerâmica Artística de Aveiro” é um dos mais importantes concursos dedicados à cerâmica artística que se realiza em Portugal, sendo reconhecido internacionalmente como uma relevante mostra de novas técnicas e linguagens utilizadas na criação de cerâmica artística.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:22

link do post | comentar | favorito
Domingo, 31 de Maio de 2009

AgitÁgueda 2009

1ª Feira de Artesanato Urbano leva criatividade ao Largo 1º de Maio

A Câmara Municipal de Águeda vai promover a 1ª Feira de Artesanato Urbano, no Largo 1º de Maio, fazendo parte do cartaz cultural do evento Agitágueda.

A 1ª Feira de Artesanato Urbano vai ter lugar aos fins-de-semana, nos dias 4 e 5, 11 e 12, 18 e 19 e 25 e 26 de Julho, ao longo das margens do rio Águeda.

O objectivo desta feira é promover a originalidade, criatividade e dinamismo dos criadores portugueses. Durante o evento serão propostos vários workshops gratuitos relacionados com a temática, abertos a todos os que queiram participar.

Todos os artesãos interessados têm três formas de fazer chegar a sua inscrição: 1) Fazer a inscrição na Galeria Municipal; 2) Recortar a ficha de inscrição dos jornais e enviá-la devidamente preenchida para: Câmara Municipal de Águeda - A/C 1ª Feira de Artesanato Urbano, Praça do Município, 3754-500 ÁGUEDA, ou entregá-la na Galeria Municipal; 3) Descarregar a ficha de inscrição no site da Câmara Municipal de Águeda e depois de preenchida enviar para agitagueda@cm-agueda.pt.

As inscrições são gratuitas. A organização está a cargo da Câmara Municipal de Águeda.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:59

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 24 de Abril de 2009

“Sextas Culturais Águeda 2009”

Galegos Luar na Lubre remam da Corunha para Águeda no dia 8 de Maio

O Cine-Teatro São Pedro prepara-se para receber, no dia 8 de Maio, às 22 horas, a voz portuguesa de Sara Vidal, no grupo galego Luar na Lubre, naquele que será o penúltimo espectáculo das “Sextas Culturais Águeda 2009”.

Da cidade portuária da Corunha para o mundo: música celta galega!

A voz do grupo é da cantora portuguesa Sara Vidal, cujas ligações familiares a Águeda darão especial emoção ao concerto dos Luar na Lubre nas “Sextas Culturais”.

Luar na Lubre é um dos mais importantes grupos folk galegos, com uma carreira internacional recheada de êxitos, discos e reconhecimentos. O grupo difunde por todo o planeta a música da nossa irmã Galiza, estreitando laços culturais entre países e culturas, numa relação também muito especial com a música e os músicos portugueses.

A formação do grupo remonta a 1986. Desde a sua estreia o grupo habitou-se aos prémios e às críticas positivas. Luar na Lubre já conta com alguns discos de ouro, que correspondem também a um sucesso comercial assinalável.

Este é mais um espectáculo a não perder. Os bilhetes para os concertos das “Sextas Culturais 2009” podem ser comprados em diversos postos de venda em Águeda, Aveiro e Porto. Os bilhetes para o concerto de Luar na Lubre têm o custo de 8 euros no dia do concerto, mas podem ser adquiridos por 4 euros se pré-comprados até à véspera.

Depois do êxito da edição de 2008, as “Sextas Culturais Águeda 2009” confirmam a aposta da Câmara Municipal de Águeda na promoção de espectáculos que afirmem o concelho como destino cultural de qualidade.

 

Bilhetes e preços

- 8 euros (no próprio dia/apenas na bilheteira do Cine-Teatro São Pedro)

- 4 euros (pré-venda)

 

Pontos de venda:

Águeda - Galeria Municipal, Fórum da Juventude, Biblioteca Municipal, Piscinas Municipais, Posto de Turismo, Espaço d’Orfeu, Cine-Teatro São Pedro;

Aveiro - Oficina de Música de Aveiro, Loja de Música Wah Wah no Mercado Negro, Loja de Discos Disco Preto no Centro Comercial Oita;

Porto - Contagiarte.

 

http://www.luarnalubre.com

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:36

link do post | comentar | favorito
Domingo, 19 de Abril de 2009

Mealhada assinala Dia Mundial da Dança no Cine-Teatro Municipal Messias

Dia 29 de Abril traz exposição pedagógica e espectáculo de dança ao palco

O Cine-Teatro Municipal Messias vai comemorar o Dia Mundial da Dança, a 29 de Abril, com uma exposição pedagógica e um espectáculo de dança. A mostra intitula-se “Uma Carta Coreográfica” e pode ser vista na galeria desse espaço cultural do concelho. Já o espectáculo de dança tem início marcado para as 21.30 horas e promete muita animação, com Dance Fusion, o grupo Drama & Dance e as Danças Latinas e o Ballet do Hóquei Clube da Mealhada.

Com o nome “Uma Carta Coreográfica”, a mostra integra pinturas, desenhos e fotografias de conceituados profissionais e procura explorar de uma forma interactiva o tema Movimento, Corpo, Dança. A mostra desenvolve-se em duas estações intitu­ladas “O corpo como adivinha”, que fala do corpo, e “A dança como fábula”, que se centra mais sobre o movimen­to do corpo. O carácter interpretativo da exposição é comple­mentado com uma “Pequena Carta Coreográfica”, desdobrável que permite aos mais no­vos brincarem com o movimento da dança, e com um “Jogo de 52 Cartas Coreográficas”, desdobrá­vel que possibilita cinco jogos diferen­tes para pessoas de todas as idades.

A noite é também dedicada à arte da dança. A sala de espectáculos do Cine-Teatro Municipal Messias vai encher-se de cor e movimento, com interpretações nas mais diversas modalidades, desde as danças modernas ao clássico ballet, e com a actuação de três grupos distintos de dança do concelho da Mealhada. A iniciativa conta com a actuação das alunas da modalidade de Dance Fusion, sob a orientação da professora Janine de Oliveira, com o grupo Drama & Dance e com as Danças Latinas e o Ballet do Hóquei Clube da Mealhada.

Uma noite bem animada, em que o objectivo é apenas um: dançar.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:54

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 7 de Abril de 2009

“Sextas Culturais Águeda 2009”

TGB trazem jazz e improvisação ao Cine-Teatro São Pedro esta sexta-feira

As “Sextas Culturais Águeda 2009”, iniciativa da Câmara Municipal de Águeda, continuam em força trazendo a Águeda o concerto de um dos mais singulares, imprevisíveis e fascinantes grupos do jazz nacional: os TGB.

O concerto de 10 de Abril, sexta-feira, deste invulgar trio constituído por Sérgio Carolino (tuba), Mário Delgado (guitarra) e Alexandre Frazão (bateria) integra-se nas “Sextas Culturais Águeda 2009” e terá lugar às 21.45 horas, no Cine-Teatro São Pedro, em Águeda.

O nome TGB representa as iniciais de tuba, guitarra e bateria, os instrumentos que constituem este trio, formação pouco usual em termos instrumentais, quer pelo tipo de combinação, quer pelo lugar móvel que estes ocupam na pirâmide tímbrica. Tamanha audácia num projecto musical só poderia contar com a excelência de grandes músicos: Sérgio Carolino, além das colaborações com a Orquestra Sinfónica Portuguesa, Orquestra Gulbenkian, é actualmente tuba principal na Orquestra Nacional do Porto; Mário Delgado é um guitarrista de reconhecidos méritos, quer seja no trio de Carlos Barreto ou nas incontáveis colaborações que já teve com meio mundo musical português; por fim, Alexandre Frazão é um dos bateristas centrais da música nacional, com um rol de participações em todas as áreas, do jazz (Bernardo Sassetti) à música tradicional (Júlio Pereira), ou da pop (Rui Veloso).

O som TGB move-se num terreno próximo de formações clássicas inusitadas da história do Jazz e da música improvisada. O repertório viaja pelos próprios projectos paralelos dos três músicos, bem como por diversos outros compositores pragmáticos, cujo relevo melódico/rítmico é tão abrangente que permite as mais audaciosas inversões instrumentais, viajando do rock ao pop. Na verdade, mais do que um grupo jazz, os TGB assumem-se como um trio de improvisadores sujeitos a variadíssimas influências.

Os bilhetes do concerto dos TGB, bem como dos demais concertos das “Sextas Culturais Águeda 2009”, podem ser comprados em diversos postos de venda em Águeda, Aveiro e Porto. Os bilhetes para o concerto dos TGB têm o custo de 10 euros no dia do concerto, mas podem ser adquiridos por 5 euros se pré-comprados até à véspera.

As “Sextas Culturais”, iniciativa da Câmara Municipal de Águeda e programação da d’Orfeu Associação Cultural, continuam a marcar o calendário cultural da região, desta vez com o som inconfundível dos TGB.

 

Masterclasse destinada a músicos

A passagem dos TGB por Águeda fica ainda marcada por uma Masterclasse destinada a músicos, orientada pelos três gurus (Sérgio Carolino, Mário Delgado e Alexandre Frazão) na véspera do concerto, dia 9 de Abril, quinta-feira, entre as 17 e as 21 horas. As inscrições são limitadas (para mais informações contactar dorfeu@dorfeu.com ou 234 603 164). A presença dos TGB, não só em palco mas também no contacto formativo, será uma oportunidade única para os músicos da região.

Na noite de 10 de Abril, palco à sinergia sublime de uma tuba veloz, uma guitarra viajante e uma bateria experiente. Quem já os conhece, já sabe: cada concerto dos TGB é único e irrepetível.

 

Bilhetes e preços

- 10 euros (no próprio dia/apenas na bilheteira do Cine-Teatro São Pedro)

- 5 euros (pré-venda)

 

Pontos de venda:

Águeda - Galeria Municipal, Fórum da Juventude, Biblioteca Municipal, Piscinas Municipais, Espaço d’Orfeu, Posto de Turismo, Cine-Teatro São Pedro;

Aveiro - Oficina de Música de Aveiro, Loja de Música Wah Wah no Mercado Negro, Loja de Discos Disco Preto no Centro Comercial Oita;

Porto - Contagiarte.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:09

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Março de 2009

Lançamento de livro em Águeda

“A Rambóia: 140 anos de História” documenta percurso da Banda Marcial de Fermentelos

No próximo dia 20 de Março, sexta-feira, pelas 18 horas, o Salão Nobre da Câmara Municipal de Águeda vai voltar a ser o palco de mais um laçamento com história. A Banda Marcial de Fermentelos, a mais antiga associação do concelho de Águeda, prepara-se para a apresentação pública do livro “A Rambóia: 140 anos de História”.

Há muito tempo que havia o desejo de colocar em livro a história duma associação que representa um marco cultural da freguesia de Fermentelos e consequentemente do concelho de Águeda. A Banda Marcial teve como grande empreendedor o saudoso Adolfo Roque, presidente da Assembleia-geral da instituição, que moveu as vontades para levar a iniciativa a bom porto.

A obra que agora será lançada contou com a colaboração de Adaíl Pires da Rosa, na busca de informações, na recolha e organização de documentos, coadjuvando a autoria do jornalista e escritor Alfredo Barbosa. Desta forma, este livro é claro e rigoroso, atributos que o colocarão certamente na posição de um dos mais importantes documentos da história da cultura local e regional.

Numa apresentação que prima por ser sucinta, mas precisa, apelativa e humana, desfilam os músicos e maestros, as direcções e os simpatizantes, os momentos de altos e baixos, marcos possíveis de serem apurados e documentados ao longo de quase século e meio, desde a longínqua fundação da Banda Marcial em 1868.

Num grafismo elegante, esta edição de luxo vai conter também as imagens da banda ao longo dos tempos. Na simplicidade ou complexidade das vidas e dos sentimentos, que por esta associação passaram, na obra vão ser apresentados os testemunhos de várias personalidades que acompanharam, geriram, tocaram ou regeram a banda.

O lançamento do livro está prestes a tornar-se uma realidade, e com ele vem o agradecimento a todos quantos criaram, mantiveram e mantêm em actividade a instituição. Representa, de igual modo, um esforço financeiro, um árduo trabalho para todos quantos se empenharam na tarefa de o trazer à luz, desde a Direcção da banda, à Câmara Municipal de Águeda, mas também dos inúmeros simpatizantes individuais ou empresas amigas que se prestaram ao apoio e se solidarizaram com a iniciativa, sem os quais a sua realização seria certamente impossível.

 

Inauguração de exposição com espólio da colectividade

No dia de apresentação da obra “A Rambóia: 140 anos de História” vai ser simultaneamente inaugurada uma exposição com o vasto espólio da colectividade, que vai ter lugar na Galeria Municipal, onde vai permanecer até dia 31 de Março. Estes dois eventos contam ainda com a presença da Aliança Vinhos de Portugal, que dará o seu contributo para o brinde aos 140 anos da associação.

No dia seguinte, sábado (21), haverá um concerto pela Banda Marcial de Fermentelos, seguido de nova apresentação da obra, na sede da instituição, pelas 21 horas.

 

Historial da Banda Marcial Fermentelos

A Banda Marcial de Fermentelos, Banda Velha ou Rambóia, foi fundada em 1868, mantendo actividade ininterrupta até à actualidade. Com sede na freguesia de Fermentelos, concelho de Águeda, faz em média três dezenas de actuações por ano, divididas entre festas populares de cariz religioso e concertos temáticos em recinto fechado.

O seu repertório espelha a extrema versatilidade do agrupamento e assenta em marchas de desfile, marchas de concerto, transcrições de repertório sinfónico dos séculos XIX e XX, obras solísticas, música popular ou ligeira, música tradicional, bandas sonoras de filmes e música contemporânea. Actualmente segue uma estratégia de valorização de repertório de autores portugueses, muitas vezes composto ou adaptado propositadamente para esta banda.

Efectuou digressões a Espanha e França onde recolheu as melhores impressões do público. Participou no I Concurso Ateneu Artístico Vilafranquense (2006), onde, entre 36 bandas participantes - portuguesas, espanholas e italianas -, arrecadou o 3º lugar, justificando a opinião generalizada entre o público de ser uma das melhores bandas no panorama nacional.

Foi seleccionada para participar no Ciclo de Concertos I, II e III nas mais prestigiadas salas e auditórios da zona centro, intitulado “Bandas em Concertos”, organizado pela Delegação Regional de Cultura do Centro, com concertos na Casa da Cultura de Santa Comba Dão, Cine-Teatro São Pedro, CAE – Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz e Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria, bem como foi a primeira banda filarmónica civil a actuar na Casa da Música do Porto, integrada nos concertos “Ao meio dia”.

Para isto contribui o interesse e a qualidade das camadas jovens que compõem a banda, que partindo da sua escola de música procuraram outra formação em Conservatórios, Escolas Profissionais e Universidades nacionais e estrangeiras, tendo daí surgido dezenas de músicos profissionais, que hoje servem escolas de música por todo o país como docentes; Orquestras Sinfónicas, Bandas Militares, sendo rara a que não incorpora elementos desta banda; e toda uma vasta gama de agrupamentos musicais de elevado nível com os quais colaboram.

Do historial da Banda Marcial de Fermentelos constam já quatro registos discográficos, intitulados “Banda Velha”, “Rambóia”, “Marcial de Fermentelos” e “The Music Of Luís Cardoso”, datados de 1999, 2000, 2005 e 2007, respectivamente, sendo o último editado pela prestigiada editora holandesa Molenaar Edition BV.

Possui ainda uma Orquestra Ligeira, a OLBAMA, com formação de Big Band, que executa repertório de carácter ligeiro e jazz.

Actualmente, a Banda Marcial de Fermentelos é composta por cerca de 70 elementos, sendo seu director artístico o maestro Carlos Marques.

A autarquia alia-se a mais um momento de interesse cultural, pelo que convida todos os aguedenses e simpatizantes da Banda Marcial de Fermentelos a comparecerem e a conhecerem um pouco mais da sua história.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:31

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Receba o Quiosque

Insira o seu endereço de e-mail:

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Júlio Pereira sobe ao pal...

Amanhã é o lançamento da ...

Peças de porcelana para o...

Concurso fotográfico “Um ...

Visitantes da “IX Bienal ...

AgitÁgueda 2009

“Sextas Culturais Águeda ...

Mealhada assinala Dia Mun...

“Sextas Culturais Águeda ...

Lançamento de livro em Ág...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Rostos SAPO Local

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds