Quarta-feira, 3 de Março de 2010

Aeróbica reuniu cerca de 80 pessoas no Pavilhão Municipal do Luso

Actividade foi promovida pela Câmara Municipal da Mealhada

A iniciativa Aeróbica para Todos reuniu, no domingo, dia 28 de Fevereiro, no Pavilhão Municipal do Luso, cerca de 80 pessoas, entre pais e alunos das escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico.

A actividade, promovida pelo programa Educação em Movimento, da Câmara Municipal da Mealhada, traduziu-se numa jornada desportiva - das 10 às 12 horas -, motivadora da actividade física e das relações interpessoais, vivida em contexto familiar.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:57

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 13 de Fevereiro de 2010

“Escolíadas 2010” – 21ª Edição

Evento vai sair da Mealhada pela primeira vez

As “Escolíadas 2010” estão próximas do arranque, que acontece no dia 16 de Abril, no concelho de Ílhavo. São 21 as escolas que aceitaram participar nesta edição que será um novo desafio para todos os envolvidos. A 21ª edição das “Escolíadas” vai decorrer em vários espaços, havendo a partir deste ano sempre um ou dois pólos.

Cada pólo terá sessões e finais, seguindo-se uma finalíssima e a rematar a “Gala de Entrega de Prémios das Escolíadas”, que todos os anos serve para reapresentar os melhores momentos das sessões e promover um convívio entre todos.

 

Primeira sessão no dia 16 de Abril em Ílhavo

Dia 16 de Abril será a primeira sessão das “Escolíadas”, e é logo nesse dia que algo de inédito vai acontecer: o evento não terá início na Mealhada, mas sim no Centro Cultural de Ílhavo, que receberá o Pólo 1 das “Escolíadas”. Ali vão apresentar a sua arte nove escolas dos concelhos de Aveiro, Ílhavo e Vagos. A final deste pólo será na mesma sala, no dia 30 de Abril.

Em 7 de Maio arranca o segundo pólo das “Escolíadas 2010”, que receberá 12 escolas de oito concelhos. O local para este pólo ainda está por definir, mas deverá ser em Coimbra ou na Mealhada.

Por definir está também o espaço que receberá a finalíssima das “Escolíadas 2010”, que vai receber as duas melhores escolas de cada pólo. A “Gala de Entrega de Prémios das Escolíadas 2010” será, à semelhança do que aconteceu na edição anterior, no “Centro Cultural de Ílhavo”.

 

Mais de dois mil alunos e professores envolvidos 

No total serão mais de dois mil alunos e professores envolvidos nas provas do evento, que já tem a confirmação do apoio da Direcção Regional de Educação do Centro (DREC), do Instituto Português da Juventude (IPJ), das Câmaras Municipais de Ílhavo e de Coimbra. Serão 11 noites repletas de Arte e Juventude, numa edição marcada pela descentralização das “Escolíadas”.

 

Calendário “Escolíadas 2010”

 

PÓLO 1 (Centro Cultural de Ílhavo)

1ª Sessão – Sexta-feira, dia 16 de Abril

- Escola Secundária Homem Cristo – Aveiro

- Escola Secundária José Estêvão – Aveiro

- Escola Secundária Dr. Mário Sacramento – Aveiro

 

2ª Sessão – Sábado, dia 17 de Abril

- Escola Secundária Dr. Jaime Magalhães Lima – Esgueira

- Escola Secundária Dr. João Carlos Celestino Gomes – Ílhavo

- Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos

 

3ª Sessão – Sexta-feira, dia 23 de Abril

- Escola Profissional de Aveiro – Aveiro

- Escola Secundária com 3º ciclo da Gafanha da Nazaré

- Escola Secundária de Vagos

 

Final – Sexta-feira, dia 30 de Abril

 

2º PÓLO – Coimbra ou Mealhada (ainda por definir)

1ª Sessão – Sexta-feira, dia 7 de Maio

- Escola Secundária de Montemor-o-Velho

- Escola Secundária Drª. Maria Cândida de Mira

- Escola Secundária de Carregal do Sal

 

2ª Sessão – Sábado, dia 8 de Maio

- Escola Secundária Dr. João Lopes de Morais – Mortágua

- Colégio de Albergaria-a-Velha

 

3ª Sessão – Sexta-feira, dia 14 de Maio

- ADA – Associação Diogo Azambuja – Montemor-o-Velho

- Escola Secundária Dom Dinis – Coimbra

- Escola Secundária de Albergaria-a-Velha

 

4ª Sessão – Sábado, dia 15 de Maio

- Escola Secundária de Mealhada

- Escola Secundária de Oliveira do Bairro

- Escola Secundária Avelar Brotero – Coimbra

 

Final – Sexta-feira, dia 21 de Maio

 

Finalíssima – Sexta-feira, dia 28 de Maio

 

“Gala de Entrega de Prémios das Escolíadas” – Sexta-feira, dia 4 de Junho, no Centro Cultural de Ílhavo, em Ílhavo.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:01

link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Domingo, 24 de Janeiro de 2010

Oficinas de Educação Ambiental na Mealhada

Ateliê ensina a reciclar vidro velho

A próxima Oficina de Educação Ambiental vai ensinar os participantes a reutilizar o vidro usado. Chama-se “Vidro Velho Vira Lindo!” e vai decorrer no próximo sábado, dia 30 de Janeiro, das 14.30 às 17 horas, na freguesia da Pampilhosa. Um ateliê que já se encontra lotado, estando por isso encerradas as inscrições.

A ideia é transformar pratos, frascos e garrafas de vidro velho em novas peças de arte recorrendo à decoração. A actividade, orientada por Leonor Matos, está marcada para as 14.30 horas do próximo sábado no Largo do Garoto ou, no caso das condições atmosféricas não serem as melhores, no antigo Jardim-de-Infância da Pampilhosa, junto aos Bombeiros.

Esta é a terceira actividade do programa Oficinas de Educação Ambiental 2009/2010. Uma aposta da Câmara Municipal da Mealhada, que vai já na sua quarta edição e que tem como objectivo sensibilizar a população, sejam crianças, jovens ou adultos, para as questões ambientais. As oficinas decorrem mensalmente, a um sábado, em cada uma das oito sedes de freguesia do concelho.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:46

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2010

Museu de Etnomúsica da Bairrada quer cativar outros públicos

Espaço museológico apresenta nova vertente com o serviço educativo e a newsletter mensal

O projecto educativo do Museu de Etnomúsica da Bairrada, no Troviscal (Oliveira do Bairro), oferece, a partir de 2010, um serviço de visitas guiadas ao espaço que podem ser complementadas com um menu de cinco ateliês lúdicos.

Através da colaboração com toda a comunidade escolar e sociedade civil - instituições, associações, grupos culturais -, o serviço educativo do museu pretende difundir a cultura bairradina entre os mais novos, despertando o gosto pela música tradicional e etnografia regional, com o auxílio de estratégias pedagógicas assentes em diversas expressões artísticas.

Os cinco ateliês disponíveis, nesta fase de arranque do serviço educativo, dirigem-se a crianças dos seis aos 12 anos, funcionam de terça a sexta-feira, de forma gratuita e por marcação.

Cada ateliê tem a duração de 60 minutos e as actividades oferecidas vão do peddy-paper, que parte à descoberta do espólio do museu, até ao contacto com instrumentos que integram a cultura musical bairradina.

Além das actividades dirigidas ao público escolar, o Museu de Etnomúsica da Bairrada oferece, de terça a domingo, visitas guiadas para o público em geral.

 

Ateliês disponíveis

“Tudo se Transforma” é um ateliê de criação e construção de instrumentos musicais com material reciclável (garrafas de plástico, caricas, latas e outros). Pretende-se incentivar a criatividade e simultaneamente sensibilizar os participantes para a necessidade da reutilização de materiais.

“Artista por um dia” é um ateliê de Karaoke onde se pretende que as crianças descubram a música através da interpretação de canções conhecidas. Todas as músicas serão gravadas e entregues aos participantes simulando, assim, a gravação de um disco.

“O meu Instrumento preferido” é um ateliê de pintura em tela de alguns dos instrumentos musicais presentes no museu. Através das artes plásticas o objectivo é familiarizar as crianças e jovens com alguns dos instrumentos mais importantes da música tradicional da Bairrada.

“Os segredos do Museu” é um peddy-paper que desafia os jovens a partirem num jogo de aventura à descoberta da história e do espólio presente no Museu de Etnomúsica da Bairrada.

“Brincar com a Música” é o quinto e último ateliê disponível. Trata-se de um conjunto de jogos infantis - desenhos para colorir, labirintos, palavras cruzadas ou sopas de letras -, que permitem aos participantes ir descobrindo informação relacionada com o Museu e com a região da Bairrada.

A partir deste mês, o museu passa a ter uma newsletter mensal. A primeira foi já distribuída e a partir de agora, notícias, serviços e agenda do museu passam a chegar em formato de revista electrónica à conta de email de todos os interessados. Com esta abordagem electrónica “a autarquia pretende cativar novas faixas etárias, reforçar a presença do museu fora do concelho e promover o serviço educativo junto de públicos diversificados”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 10:18

link do post | comentar | favorito
Sábado, 16 de Janeiro de 2010

Militantes pedem para Paulo Rangel ser candidato à liderança PSD

Eurodeputado dá conferência sobre Educação na Curia (Anadia)

Paulo Rangel, eurodeputado, esteve em Anadia para dar uma conferência com o tema “Educação, Professores e Alunos”. A sessão, que decorreu no Palace Hotel da Curia - dirigida aos militantes do PSD, mas também aberta a toda a comunidade -, viria a revelar-se numa noite de muitos elogios ao vencedor das eleições europeias, que ouviu o apelo de vários militantes, que encheram por completo a sala, para assumir as rédeas do partido e assim terminar com esta fase conturbada.

Foi o próprio José Manuel Ribeiro, presidente da Comissão Política de Secção de Anadia do PSD, que de forma emotiva considerou Paulo Rangel uma “pessoa bastante inteligente e genuína, sendo esta uma qualidade que em política não é normal e um dos políticos portugueses mais respeitados da actualidade”.

Também o eurodeputado falou da relação de amizade com José Manuel Ribeiro, seu vice-presidente na bancada do PSD na Assembleia da República, na anterior legislatura.

Rangel interveio durante cerca de 50 minutos, começando por dizer que além de se viver uma crise financeira ela também é política, sendo necessário fazer “rupturas”, não só com a política socialista, mas também “com a que em tempos o PSD fez, porque também precisa de rupturas”, afirmou - tal como o fizera a 17 de Dezembro no Instituto Sá Carneiro -, justificando desta forma a escolha do tema para o debate.

 

Um modelo conservador

“O PS conduziu a Educação a um estádio verdadeiramente lastimável. Foi-nos vendida a ideia de que o sistema de avaliação de professores era o principal problema e não”, disse Rangel, afirmando ser “crucial uma revolução conservadora na Educação em Portugal”, para colocar o país “no mapa”.

Para o eurodeputado, o grande problema reside no “facilitismo do ensino e na falta de rigor e exigência” numa área decisiva para o futuro do país. “Quando temos uma escola facilitista estamos a reproduzir e a ampliar as diferenças sociais”, defendeu.

Rangel também entende que é preciso reforçar a autoridade dos professores, “agentes do conhecimento”, porque “a escola está demasiado centrada nos alunos”.

 

Rangel evita falar dos pedidos

Seguiu-se o debate, onde o eurodeputado evitou falar dos pedidos feitos pelos militantes presentes para que seja candidato à liderança do PSD. Aos jornalistas contornou a questão, dizendo que “todos sabem que já falei sobre essa matéria. Agora estou apostado, isso sim, em contribuir para o debate de ideias do PSD”.

Hernâni Pereira foi o primeiro militante a questionar o deputado ao Parlamento Europeu sobre o futuro do PSD e a sua liderança, provocando-o ao dizer que as coisas a continuarem como estão, “o Dr. Paulo Rangel ou muda de profissão, ou muda de partido ou pega no PSD”. Mas como resposta apenas ouviu do eurodeputado que “em nome do rigor aqui vim apenas para falar de Educação”.

Também Lígia Seabra, militante, lembrou que foi naquele local que Sá Carneiro lançou as linhas mestras do PSD, apelando a Rangel para “refundar o partido, que tanto precisa de um líder carismático. O Dr. Paulo Rangel é um sinal de esperança, se comeu as papas Maizena, comeu-as muito bem. Está na altura de ser líder do nosso partido. Não fique com a ideia que é cedo porque quando chegar à altura já pode ser tarde demais”. Mas à semelhança de outros, também ficou sem resposta.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:47

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 15 de Janeiro de 2010

Henrique Fidalgo é o líder da JSD de Anadia

Novo presidente é de Vilarinho do Bairro e tem 25 anos

A JSD de Anadia foi a votos no sábado, dia 9. Henrique Fidalgo, 25 anos, natural da freguesia de Vilarinho do Bairro é o novo líder da Jota local - vindo suceder a Pedro Esteves, presidente nos dois anteriores mandatos e agora eleito para presidir a Mesa do Plenário -, afirmando estar preparado para assumir funções durante os próximos dois anos de mandato, visto que no último já integrava a Comissão Política de Secção (CPS) de Anadia, na qualidade de vice-presidente.

Ao acto eleitoral para os novos órgãos dirigentes da Secção de Anadia da JSD concorreu uma lista única, encabeçada por Henrique Fidalgo, para presidente da CPS de Anadia da JSD e por Pedro Esteves, para a Mesa do Plenário.

Da CPS de Anadia da JSD fazem parte Henrique Fidalgo (presidente); Edgar Bento (vice-presidente); Diogo Meira (secretário-geral); Fábio Almeida (coordenador do Ensino Secundário); Pedro Varandas, Maritza Cruz e Marco Santos (vogais); Júlia Alves e Catarina Santos (suplentes).

A Mesa do Plenário é constituída por Pedro Esteves (presidente); Filipe Saraiva (vice-presidente); Nelytza Moreira (secretária) e Sara Reis (suplente).

Henrique Fidalgo - trabalhador-estudante, com área de formação em Gestão - congratulou-se com a afluência às urnas e salientou alguns dos principais compromissos assumidos pela JSD para o mandato 2010/2012, para o concelho de Anadia, onde o maior enfoque “vai para algumas áreas que consideramos estruturantes para o concelho, nomeadamente a Educação, a Economia, o âmbito Social, o Associativismo e a Saúde, sendo que, como não podia deixar de ser, a Cultura e o Desporto são temáticas que igualmente consideramos importantes quando se fala em juventude”.

A lista vencedora defende uma ligação “estreita e concertada” à CPS do PSD de Anadia, visando a “unificação de esforços e actuações, mantendo sempre a respectiva autonomia de posições”.

Quanto à Câmara de Anadia, a JSD quer ter um papel de construção, contribuindo para a defesa dos interesses dos jovens junto da autarquia.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 10:00

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2010

CADES leva 15 crianças ao palco do Cine-Teatro Messias, na Gala do Desporto da Mealhada

Workshop de Dança Contemporânea é a primeira iniciativa da associação

Alegria e diversão era aquilo que se lia no rosto das 15 crianças que participaram no Workshop de Dança Contemporânea promovido pelo Núcleo de Desporto/Fitness da Associação CADES - Cooperação Artística, Desportiva, Educativa e Social e que vão agora subir ao palco do Cine-Teatro Messias. A iniciativa realizou-se no sábado, dia 9, no Grande Hotel de Luso, no Luso, concelho da Mealhada. Para Janine de Oliveira, presidente da Direcção, sendo este o primeiro evento da CADES foi já possível atingir o seu objectivo, “tendo em conta que trabalhámos num grupo onde estão inseridas crianças sem dificuldades financeiras, bem como outras que foram sinalizadas pelo Núcleo Social. Só por isso já valeu a pena a actividade”.

A dirigente referia-se às três crianças encaninhadas pelo Núcleo Social, conforme explicou Isabel Gaspar, da equipa técnica deste núcleo e membro da Direcção: “Além da comunidade específica que abrange o workshop foram incluídas três crianças pelas vagas sociais, que representam o espírito da CADES. Quer isto dizer que todas as actividades promovidas são abertas a todos. A falta de recursos financeiros por parte de alguns pais não constitui factor de impedimento para o acesso às nossas iniciativas”.

Quem também marcou presença no workshop da CADES foi Júlio Penetra, vereador do Desporto e da Acção Social da Câmara Municipal da Mealhada, que enalteceu a equipa desta jovem associação, dizendo que a sua maior expectativa centra-se nos projectos que a CADES propõe realizar, mais concretamente nas áreas do Desporto e Social.

O autarca disse ainda que este tipo de iniciativas “é excelente”, porque há muito espaço de interesse “para cobrir. Mas é preciso estabelecer comunicação com quem já está no terreno”, sublinhou, fazendo referência a outras associações, para assim evitar que “andem a calcar caminho uns aos outros, de forma a impedir sobreposições. Havendo diálogo entre as associações, penso que se consegue fazer muita coisa interessante”, advertiu.

Também Jorge Fonseca, director do Grande Hotel de Luso, lembrou que na altura do nascimento da CADES “fomos desafiados a ajudar a ‘criança’ a crescer. Desde esse momento, o Grande Hotel de Luso disponibilizou-se para apoiar as iniciativas sempre que tal se tornasse oportuno”. Agradecendo à Direcção da CADES por “proporcionar-nos a primeira oportunidade para sermos o anfitrião do workshop”, frisou ser “um gosto acolher o evento que, estamos certos, será o primeiro de muitos outros”.

 

Participantes da Mealhada e Anadia

Com um olhar meigo e doce, Maria Daniela Lebre, sete anos, da Mealhada, foi uma das participantes. Disse que já tinha andado nas danças latinas e que por gostar tanto de dançar, adorou fazer o workshop. Já a mãe, Raquel Espírito Santo, justificou a participação da filha por contribuir para o seu desenvolvimento e porque “ela é muito activa e precisa libertar energia”, louvando a realização deste tipo de iniciativas, tão “raras de acontecer na região”. Raquel ainda tornou a filha sócia da CADES por tratar-se de uma associação para “ajudar pessoas desfavorecidas. Aproveitei a campanha que dava acesso ao workshop e penso que, no futuro, poderá trazer outras mais-valias. O importante é que a Maria Daniela tenha a noção de que está a ajudar alguém e que ao mesmo tempo está a ser ajudada”.

De Tamengos, concelho de Anadia veio outra participante. A Patrícia Silva, com seis anos: “Gostei muito. Foi muito divertido. Nunca tinha participado numa coisa deste género”. O pai, Rui Silva, inscreveu-a pelo seu gosto na dança. A Patrícia também já é sócia da CADES, porque o pai entende que poderá trazer vantagens, quer em termos económicos, quer de prioridade no acesso às actividades. Além de que uma associação deste cariz deve ser “ajudada e apoiada”.

O Bernardo Vaz, oito anos, da Mealhada foi a única participação masculina. Não se mostrando nada inibido por isso, disse ter gostado muito daquela que foi a primeira experiência numa iniciativa como esta. Foi a mãe, Ana Vaz, que o acompanhou, dizendo que o desafio foi aceite pelo filho por gostar muito de dançar, realçando que iniciativas assim são “excelentes por contribuir muito para o desenvolvimento dele e são uma mais-valia para o seu crescimento. Ainda bem que a CADES existe, por estar a proporcionar-nos estes eventos. De outra forma teríamos de ir para cidades grandes, o que se tornava incomportável”.

Visivelmente satisfeita estava Cláudia Cardoso, professora de dança criativa e dança moderna/contemporânea, responsável pela coreografia. “O workshop correu muito bem. Superou as minhas expectativas. Tendo em conta que são crianças, conseguiram, neste espaço de tempo, adquirir as competências desejadas”. Sobre a CADES, a também directora da Companhia de Dança Staccato, de Leiria disse estar “bem impressionada”, principalmente por levar a cabo estas iniciativas “excelentes, na medida em que as crianças não têm muita oferta destas coisas. Hoje não se incentivam os jovens para estas actividades, estou sempre a remar contra a maré”.

As 15 crianças, com idades compreendidas entre os três e os 12 anos, vão agora participar com a coreografia ensinada por Cláudia Cardoso na quarta edição da Gala do Desporto da Mealhada, que vai ter lugar no dia 25 de Janeiro, pelas 21.30 horas, no Cine-Teatro Municipal Messias, na Mealhada.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:04

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2010

Paulo Rangel em Anadia para falar sobre Educação

Concelhia do PSD local organiza conferência no Palace Hotel da Curia

Paulo Rangel, a convite da Comissão Política de Secção do PSD de Anadia (PSD/Anadia), deslocar-se-á ao concelho para uma conferência subordinada à temática da Educação, a realizar no dia 8 de Janeiro (sexta-feira), pelas 21 horas, no Palace Hotel da Curia, na Curia, freguesia de Tamengos.

Paulo Rangel, jurista, ex-presidente do Grupo Parlamentar do PSD na Assembleia da República, foi o cabeça-de-lista pelo PSD às Eleições Europeias do ano passado, tendo sido o grande vencedor deste acto eleitoral.

Registou no passado recente uma ascensão meteórica no PSD, sendo nos dias de hoje uma figura incontornável do partido e um dos políticos portugueses mais respeitados da actualidade.

Com as posições genuínas e desassombradas de Paulo Rangel, por vezes polémicas, esta conferência promete ser uma “pedrada no charco” e marcar o início da agenda política nacional do ano de 2010.

Esta iniciativa, dirigida primordialmente aos militantes do PSD, está igualmente aberta aos simpatizantes e à sociedade civil, em geral.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:54

link do post | comentar | favorito
Domingo, 3 de Janeiro de 2010

Assembleia Municipal de Oliveira do Bairro viabiliza Orçamento de 37 milhões de euros

Maioria social-democrata vota favoravelmente os documentos para 2010

A sessão ordinária da Assembleia Municipal de Oliveira do Bairro - que se realizou em duas reuniões, nos dias 30 e 31 de Dezembro -, aprovou por maioria o Orçamento e as Opções do Plano do Município para o ano 2010. Foram 18 os votos a favor, houve oito abstenção das bancadas do CDS-PP e do PS e nenhum voto contra.

Esta foi a primeira sessão depois das autárquicas e a última de 2009, ficando marcada por cerca de oito horas de discussão e pelas mais de 70 intervenções dos deputados.

O ponto do Orçamento e das Opções do Plano - que passou para a segunda reunião, dado o avançar da hora na noite de 30 de Dezembro - foi o mais polémico e prolongado, mesmo depois da indicação do líder de bancada da Oposição CDS-PP, André Chambel, ter referido que os populares não iriam “inviabilizar o documento”.

Ainda antes, Mário João Oliveira, presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, lembrou que aquele era o documento “mais importante para quem gere os destinos do concelho”, por serem “as grandes balizas sobre as quais pretendemos prosseguir uma actividade. Cumpre-nos, enquanto Executivo, levar por diante tais iniciativas”.

O autarca sublinhou que este Orçamento é “abrangente, ambicioso e inovador”, sendo ainda o “maior de sempre”, por ultrapassar os 37 milhões de euros (37,230.608 euros).

Mário João Oliveira evidenciou que o valor estimado da receita corrente “ultrapassa largamente o da despesa corrente. É esse o caminho que vamos prosseguir”.

O autarca fez referência ao acréscimo de despesa corrente em mais de 800 mil euros devido à delegação de competências na área da Educação. Este acréscimo também se verifica pela adesão do Município à Águas da Região de Aveiro - ADRA, ficando assim os documentos condicionados por estes dois exemplos.

A aposta na Cultura, a requalificação urbana do concelho, o apoio às associações e aplicação de verbas em eventos são outras áreas contempladas no documento aprovado.

Nuno Barata, líder de bancada do PSD, falou da aposta continuada “na Educação e na formação, com uma evidente evolução na diversificação dos investimentos: quer em equipamentos (novos ou requalificados), quer em recursos humanos (docentes e discentes), quer em projectos vários de dinamização e desenvolvimento educativo”.

Contudo, Armando Humberto Pinto, líder de bancada do PS, disse que a análise do documento é um “exercício inútil, pois a diferença entre aquilo que é proposto e aquilo que é razoável esperar-se que seja executado é de tal ordem, que não é possível fazer qualquer análise séria tendo apenas por base este documento”, acrescentando que um ano depois, daquilo que é proposto agora será “executado metade, e estou a ser optimista”.

O líder socialista frisou: “Acho uma falsidade e irrazoável que tendo-se executado 16 milhões de euros anteriormente agora se apresente um orçamento de 37 milhões”.

Para o PS, os projectos prioritários são a conclusão dos oito pólos escolares; da Alameda; da Junta de Freguesia de Oiã e respectivo auditório e biblioteca e a Casa da Cultura. Mas “todos eles, com excepção porventura da Alameda, irão ter elevadas despesas de operação e manutenção”, apelando ao Executivo para a “razoabilidade”, afim de evitar custos elevados para todos.

Já Óscar Ribeiro, do CDS-PP, disse que o Orçamento está “empolado”, realçando, contudo, que algumas obras tinham origem no seu partido. “É um orçamento mais realista que no ano passado, permite contratos programa e segue as práticas do CDS que na altura foram tão criticadas”.

Também da bancada do CDS, Vítor Pinto disse que eram vários os projectos que o documento contempla, mas que “não vão passar do papel”, atirando que a “obsessão deste Executivo pela famigerada Alameda faz com que esqueça o que é verdadeiramente importante”.

Por tratar-se do primeiro Orçamento do novo mandato, André Chambel referiu que o CDS não o inviabilizaria, mas lembrou projectos - como o reforço de ecopontos ou o aproveitamento do Museu de Etnomúsica da Bairrada - que mesmo ali apresentados “nada indicam”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 10:01

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2009

Assembleia Municipal da Mealhada viabilizou Orçamento de 18,6 milhões de euros

Sessão ordinária prolongou-se pela madrugada dentro

A Assembleia Municipal da Mealhada aprovou, anteontem, dia 29, o Orçamento e as Opções do Plano do Município para o ano 2010. 

Os documentos foram aprovados em sessão ordinária, com 22 votos a favor, um voto contra e seis abstenções.

A Assembleia Municipal aprovou, também, na mesma sessão - que se estendeu pela madrugada dentro - o Regulamento e Tabela de Taxas do Município (com 18 votos a favor e 11 contra), o Regulamento Municipal da Urbanização e Edificação do Município (por unanimidade) e o mapa de pessoal da autarquia para 2010 (com 25 votos a favor e quatro abstenções), além de uma proposta de delegação de competências nas Juntas de Freguesia (também por unanimidade).

As Opções do Plano e o Orçamento para 2010 tinham sido aprovadas, a 10 Dezembro, em reunião de Câmara, com cinco votos a favor (da maioria PS) e duas abstenções (dos vereadores do PSD).

De acordo com os documentos, agora aprovados pela Assembleia Municipal, a despesa global (despesas correntes e de investimento) que o Município prevê realizar, durante o próximo ano, é da ordem dos 18,630.860 euros.

Educação, Ambiente, Habitação e Rede Viária destacam-se entre as áreas que, ao nível das despesas de investimento, terão maior impacto orçamental, no ano 2010.

A título meramente exemplificativo, a construção do Centro Educativo da Pampilhosa (em curso) tem uma dotação de 700 mil euros, à recuperação do Bairro Social de Canedo estão atribuídos 530 mil euros, ao Parque da Cidade (antigos Viveiros) 460 mil e para o arranjo da zona envolvente da Zona Desportiva da Mealhada estão orçamentados 369.700 euros.

Para abastecimento de água (remodelação e extensão de redes um pouco por todo o concelho) estão previstos 1,35 milhões de euros.

Por sua vez, o investimento na qualificação da rede viária concelhia (na construção de novos arruamentos, remodelações e beneficiações, abrangendo nas oito freguesias) deverá alcançar os 2,48 milhões de euros.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:52

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Aeróbica reuniu cerca de ...

“Escolíadas 2010” – 21ª E...

Oficinas de Educação Ambi...

Museu de Etnomúsica da Ba...

Militantes pedem para Pau...

Henrique Fidalgo é o líde...

CADES leva 15 crianças ao...

Paulo Rangel em Anadia pa...

Assembleia Municipal de O...

Assembleia Municipal da M...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds