Sexta-feira, 7 de Novembro de 2008

Universidade Sénior da Curia

Ano lectivo inicia com mais de uma centena de alunos

A Universidade Sénior da Curia (USC), que funciona no Curia Tecnoparque, na freguesia de Tamengos, Anadia, teve a sua abertura solene no dia 30 de Outubro. O auditório do edifício da WRC foi pequeno para receber os cerca de 120 alunos, que não deixaram de estar presentes na sessão que marcou o início das actividades curriculares do ano lectivo de 2008/2009.

Aparentemente satisfeito, Litério Marques, presidente da Câmara Municipal de Anadia e do Conselho de Administração da WRC, não deixou de mencionar a “extraordinária participação de todos”, referindo que “a USC pretendeu criar condições mínimas, mas também suficientes, para aqueles que têm conhecimentos a adquirir”, classificando a iniciativa de “maravilhosa”, sendo claramente merecedora de apoio.

“Aproveito para referir que a Câmara de Anadia está convosco, disponível para apoiar os vossos projectos”, disse, dirigindo-se aos alunos. Litério Marques afirmou que a autarquia que lidera “não gosta de arrumar as pessoas a um canto”, porque muitas delas estão ainda activas. Enalteceu também o trabalho dos professores, que de forma voluntária se dirigem à USC para transmitir os seus conhecimentos.

 

Mais de 100 inscrições este ano

No ano passado, Litério Marques lembrou que foram mais de 100 as inscrições feitas na USC, tendo terminado 90 pessoas, reflectindo assim bastante interesse na iniciativa, porque “não podemos esquecer que estamos num meio rural. Mas a USC não parou por aqui! Este ano já temos pelo menos 117 inscrições, o que mostra um sinónimo de crença e de vontade”.

Por seu turno, João Vasco Ribeiro, fundador da USC, não escondeu o orgulho em estar a abrir os trabalhos que marcaram o início de mais um ano lectivo, como fez no ano anterior.

“O êxito da USC deve-se ao facto de estar assente numa visão de futuro. A questão da classificação sénior é apenas uma maneira de ir catalogando a forma como estamos”, explicou, recordando que esta camada, das pessoas com mais de 50 anos, tem crescido em termos sociais. Trata-se de uma camada que “faz uma transição, que tem a ver com a sabedoria e a experiência para o futuro”.

 

“Universidade de Afectos”

João Vasco Ribeiro explicou que a palavra universidade remete para universal. E que o principal propósito da USC é transformá-la num centro de afectos, numa espécie de “Universidade de Afectos”, funcionando como uma “religião, para ligar e unir as pessoas”, defendeu.

O fundador da USC afirmou ser grande objectivo da USC trazer as pessoas para um espaço de afectos, para terem o seu espaço de socialização e continuarem a aprender, “a procurar novos talentos. Queremos criar espaços de tolerância e maior empenhamento social”.

Para João Vasco Ribeiro, a USC pretende “dar vida aos nossos anos”, o que considera ser o lema para esta universidade da WRC.

O fundador lembrou ainda que com bem-estar e empenhamento social, a qualidade de vida acontece, sendo necessário criar amenidades, como um serviço de saúde próximo, escolas para deixar os netos ou qualidade ambiental.

“Os serviços são proporcionados para as pessoas sentirem que as necessidades básicas estão satisfeitas. E o acesso à cultura é agora uma delas, cabendo a esta camada sénior um grande espaço de futuro”, referiu.

De seguida teve lugar a primeira aula deste ano curricular, com a “Apresentação do Ano Internacional do Planeta Terra (AIPT)”, que será o tema da USC para este ano lectivo. Foi Helena Henriques, professora do Departamento de Ciências da Terra da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra e coordenadora da Comissão Executiva do AIPT que deu a aula.

A docente começou por explicar que este ano se celebra o AIPT, proclamado pelas Nações Unidas, e que as questões ambientais conduzem a riscos e diminuição da qualidade de vida. “Descobrir novos recursos naturais é um dos objectivos do porquê de um AIPT”, afiançou.

 

Alunos com expectativas

Maria Clarinda Coleta é natural de Tamengos mas reside na Mealhada. Tem 58 anos e é catequista com a amiga Judite Martins, também residente na Mealhada e igualmente com 58 anos.

Desafiaram-se uma à outra para se inscreverem na USC. Clarinda diz estar entusiasmada, porque as disciplinas são interessantes e a amizade que se vai criar com os outros alunos cativa-a. Já Judite está cheia de expectativas: “Para a nossa idade interessa a amizade e solidariedade que se vai criar. A USC também vai proporcionar o reencontro de outras pessoas”.

Clarinda está reformada desde Julho e diz que se sentia perdida. Com a USC acredita que vai sentir-se melhor. (Foto: Davide Silva)

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:35

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 30 de Outubro de 2008

Cerimónia solene de abertura realiza-se hoje

Aulas da Universidade Sénior da Curia iniciam esta semana

Arranca esta semana o segundo ano lectivo da Universidade Sénior da Curia (USC). A cerimónia solene de abertura está agendada para hoje, dia 30, pelas 15 horas, no auditório do Curia Tecnoparque, e contará com a presença de alunos, professores e parceiros da instituição. Durante a sessão será ainda apresentada a temática “Ano Internacional do Planeta Terra”, que irá nortear as actividades da USC durante o próximo ano lectivo.

Prestes a iniciar a sua actividade curricular, a USC conta já com mais de uma centena de alunos inscritos, distribuídos por cerca de 20 disciplinas teóricas e práticas. Quanto às actividades mais procuradas, mantém-se a tendência já verificada no ano anterior, com Inglês e Introdução à Informática a liderar o ranking das disciplinas com maior número de inscritos.

A área do desporto é outra em que a USC já não possui vagas para novos alunos, com as turmas de Hidroginástica, Aeróbica e Dance Fusion lotadas.

De entre as disciplinas com mais procura encontram-se ainda História Local, Saúde e Bem-estar, Introdução ao Italiano e Introdução ao Espanhol, praticamente sem lugar para novos alunos. Esta tendência mantém-se ainda nas disciplinas de Teatro em Psicologia e Introdução à Pintura, que vão arrancar também com o número máximo de alunos preenchido.

Paralelamente à USC, e também direccionado ao público sénior, o Curia Tecnoparque encontra-se a desenvolver novos projectos inovadores que tenderão a transformá-lo num espaço “no age limit to innovation”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:55

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Universidade Sénior da Cu...

Cerimónia solene de abert...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds