Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2010

Reunião aberta para a iniciativa Limpar Portugal (Grupo de Águeda)

Dia 4 de Março no Salão Nobre da Câmara Municipal

Realiza-se no próximo dia 4 de Março, quinta-feira, às 18 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Águeda, uma reunião aberta a toda a população, tendo por tema a iniciativa Limpar Portugal.

A reunião tem por objectivo estruturar a acção que se desenvolverá localmente: Limpar o concelho de Águeda e estimular à participação de tod@s no projecto. É desta forma que a autarquia lança o convite à participação de todos nesta reunião de preparação da iniciativa.

O projecto Limpar Portugal é um movimento cívico que tem como principal objectivo, no dia 20 de Março de 2010, remover todo o lixo depositado indevidamente nos nossos espaços verdes. Numa iniciativa apoiada pela autarquia de Águeda, pretende-se, através da participação cívica, promover a comunicação e a reflexão sobre a problemática dos resíduos, do desperdício, do ciclo dos materiais e do crescimento sustentável.

A iniciativa, realizada na Estónia em 3 de Maio de 2008, reuniu 50 mil voluntários e recolheu 10 mil toneladas de lixo em cinco horas.

 

Grupo de Águeda já conta com vários adeptos

A menos de um mês do “Dia L – Dia do Limpar Portugal”, o grupo de Águeda (AGD) tem vindo a reunir mais adeptos esperando a organização que, “muitos mais venham a voluntariar-se nas diferentes freguesias”. Esta é uma prova também à nossa vontade de mudar e melhorar o mundo que nos rodeia. Espera-se assim, uma colaboração activa de cidadãos a título individual, movimentos e grupos de cidadãos, escuteiros, empresas, instituições, escolas, bombeiros, Juntas de Freguesia, Cruz Vermelha, associações desportivas, IPSS, entre tantas outras que poderão colaborar para que a iniciativa seja um êxito no Município de Águeda.

A participação dos voluntários no dia 20 de Março passa por colaborar na limpeza dos espaços identificados para o efeito, mas também na identificação dos locais a limpar, na organização do grupo na sua freguesia, na divulgação do projecto, na consultadoria técnica, na cedência de meios de transporte para resíduos (“pick-up”, tractor, atrelados, outros), material vário como sacos, luvas, águas, entre outros.

Toda a participação terá que ser voluntária ou com a cedência de bens e/ou serviços, não se aceitando contrapartidas monetárias.

Quem estiver interessado em participar no Projecto Limpar Portugal, basta registar-se no grupo de Águeda – AGD – em http://limparportugal.ning.com/ ou contactar a Câmara Municipal de Águeda: presencialmente, nos serviços camarários, ou por e-mail ou telefone, deixando o nome, morada, contacto telefónico e e-mail (se tiver).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:37

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 2 de Dezembro de 2009

Conservatório Artes e Comunicação Filarmónica União Oliveira do Bairro inaugurado

Equipamento abre as portas 12 anos depois das obras terem começado

Mário João Oliveira, presidente da Câmara de Oliveira do Bairro e o Comendador Almeida Roque inauguraram, dia 27 de Novembro, o Conservatório Artes e Comunicação Filarmónica União Oliveira do Bairro (FUOB). Uma obra que contempla a sede social e a Escola de Música, que teve o seu início no ano de 1997 e fica agora concluída, representando um custo total no valor de 850 mil euros.

Após a visita às modernas instalações, foi a vez da sessão solene, com os discursos. Miguel Ramiro, presidente da Direcção da FUOB, disse que a inauguração simboliza o início de mais um ciclo. E não se esqueceu de agradecer a Joaquim Santos, que disponibilizou um espaço à FUOB entre 2000 e 2009, sem pagar renda: “Ceder 300 metros quadrados de espaço gratuitamente é obra! E com solicitações para aluguer”, frisou o dirigente, que ofereceu uma lembrança ao também vereador.

A FUOB, instituição que remonta ao ano de 1867, foi reconhecida como Instituição de Utilidade Pública Administrativa em Janeiro de 1980.

Miguel Ramiro, que assumiu os destinos da FUOB em 1992, deparou-se com uma “situação muito difícil”. Nesse ano inscreve-se no Registo Nacional de Associações Juvenis (RNAJ) e na Federação das Associações Juvenis do Distrito de Aveiro (FAJDA). E em 1994 na Federação Nacional de Associações Juvenis (FNAJ).

“Havia a necessidade de arranjar outro espaço que pudesse oferecer melhores condições. Com esse espírito expus as minhas ideias ao arquitecto Walter Rossa para a criação de um equipamento que servisse a instituição e oferecesse à população do concelho e região condições lúdicas e de lazer, até então inexistentes na zona centro do país”, explicou Ramiro.

A obra avançou em 1997. E após vários contratempos, os números são os seguintes, em termos de apoios: PIDDAC - 339.258,00 euros; Instituto Português da Juventude (IPJ) - 102.500,00 euros; Câmara Municipal de Oliveira do Bairro - 151.347,00 euros e Junta de Freguesia de Oliveira do Bairro - 25 mil euros, o que perfaz o total de 618.105,00 euros.

Miguel Ramiro lembra que o custo total da obra é de 850 mil euros, tendo a FUOB pago 150 mil de IVA. “Foi um percurso com grandes dificuldades mas acima de tudo reconheço que este equipamento é mais que uma simples sede de uma instituição”.

Miguel Nascimento, director regional do Centro do IPJ, lembrou que o IPJ esteve sempre “ao lado da vossa instituição e do vosso esforço, desta grande sede. É um edifício extraordinário, que pode encher-se de vida”.

Já Almeida Roque disse sentir-se um devedor e que o credor era Miguel Ramiro: “Dei um subsídio muito pequeno. Até me sinto envergonhado perante uma obra destas”, finalizando que está disponível para continuar a apoiar. Mário João Oliveira enalteceu a “persistência e dedicação ao longo de quase 18 anos, culminando com este momento” e mostrou disponibilidade da parte da autarquia para continuar a ajudar a FUOB.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:48

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 9 de Novembro de 2009

Biblioteca Itinerante “Bibliomealhada” presente no 1º Encontro de Literacia Familiar

Iniciativa realiza-se em Coimbra nos dias 13 e 14 de Novembro

A Biblioteca móvel da Mealhada, mais conhecida por “Bibliomealhada”, vai estar presente na Escola Superior de Educação de Coimbra (ESEC), nos próximos dias 13 e 14 de Novembro, onde  decorre o 1º Encontro Internacional de Literacia Familiar, subordinado ao tema “Implicações da família no sucesso escolar”.

A “Biobliomealhada” é um autocarro transformado em biblioteca, que leva, regularmente, livros, jornais, revistas, CD’s, DVD’s e Internet a todas as povoações do concelho da Mealhada, promovendo, assim, a igualdade de oportunidades no acesso à cultura e a inclusão na sociedade da informação.

O espaço “Bibliomealhada” resultou da adaptação de um autocarro de 50 lugares, transformado pelos funcionários da autarquia (que idealizaram o projecto) numa biblioteca móvel, que percorre as oito freguesias do concelho, com o propósito de levar a todo o lado obras e alguns serviços da Biblioteca Municipal da Mealhada.

A “Bibliomealhada” conta com uma zona para ler e ouvir música, um pequeno anfiteatro, para se assistir a um filme ou documentário, e uma área equipada com computadores e acesso gratuito à Internet.

Além de promover a leitura junto dos munícipes de diferentes faixas etárias, a “Bibliomealhada” possibilita ainda a aprendizagem das novas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:52

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 5 de Novembro de 2009

Brilho e solidariedade marcam arranque da CADES

Associação faz jantar de apresentação na Mealhada

“Nasceu a CADES. Um grito de esperança, um grito da alma. Um grito para o outro. Não falo de pobres, ricos, infelizes, indefesos, coitadinhos. Falo de pessoas. Pessoas que querem viver melhor”. Foi desta forma que Janine de Oliveira, presidente da Direcção da Cooperação Artística, Desportiva, Educativa e Social (CADES), se dirigiu a mais de centena e meia de pessoas, presentes durante o jantar de apresentação da associação - fundada a 2 de Setembro último -, que teve lugar na noite do dia 28 de Outubro, no Conjunto Turístico Quinta dos Três Pinheiros, na Mealhada.

“A CADES quer ser um sorriso, um gesto de ternura, uma voz, um ouvido, um cumprimento, um abraço, um beijo, um mimo. Não vamos mudar o mundo, mas vamos certamente colorir o mundo de Alguém”, dizia Janine de Oliveira, que dava assim a conhecer o objectivo principal da associação que lidera: pôr em prática o exercício da solidariedade e a promoção do desenvolvimento comunitário através da arte, do desporto, da vertente educativa e social. Uma associação de e para a Bairrada, mas que ambiciona voar mais alto e chegar a todo o país.

A forma de actuação da CADES, para promover a solidariedade, será através de seis núcleos de intervenção: Social/Saúde, Artístico, Educação/Formação, Fitness/Desporto, Gastronómico e Comunicação. “Somos muitos para existir para os outros”, sublinhou a presidente, visto o corpo técnico da CADES contar já com mais de 50 elementos e a breve trecho ver este número crescer, com o nascimento de um sétimo núcleo, de Artes Orientais, “que terá como objectivo a promoção, formação e intervenção nas áreas das artes orientais, sejam elas marciais, terapêuticas ou meramente culturais”, conforme explicou Janine de Oliveira.

O jantar ficou marcado pela dinâmica que a apresentação singular de cada núcleo gerou ao longo da noite. Os Núcleos Gastronómico e de Fitness/Desporto exibiram um vídeo; o Social/Saúde apresentou um momento em palco com a declamação de um poema ao som de violino e piano e com sombras chinesas; o Núcleo Educação/Formação subiu ao palco para contar uma história onde foi apresentado o seu plano de actividades para 2010; o Artístico trouxe teatro e o Núcleo de Comunicação entregou uma brochura com a constituição dos seis núcleos e os órgãos sociais da CADES.

 

“O Desporto é de todos”

Relativamente às actividades que vão ser desenvolvidas pelos núcleos, Janine de Oliveira deu a conhecer algumas delas. O projecto “O Desporto é de todos” - do Núcleo de Fitness/Desporto - vai proporcionar a todos os que não têm possibilidades a prática de actividade física e desportiva. Mas é o Núcleo Social/Saúde que terá como função sinalizar a população alvo e encaminhar para as diversas modalidades. A Sociedade Hoteleira Pedro dos Leitões e a empresa “JB Pires Construções, Lda.” vão ser parceiros neste projecto: “Numa primeira fase, a ter início em Janeiro de 2010, cinco crianças vão ser contempladas”, revelou a presidente da CADES.

O Núcleo de Educação/Formação criou uma “Bolsa de Incentivo Escolar”. Este apoio consistirá na compra de livros, material escolar e informático, sendo o Grupo Leya, maior grupo editorial português, o parceiro neste projecto.

“Estes são apenas alguns exemplos do que pretendemos fazer. Mas temos muitos outros projectos que a curto prazo se irão concretizar. Projectos estes que ainda estão órfãos e que precisam de pais”, disse Janine de Oliveira, deixando o apelo a todos os presentes para que “nos ajudem a existir para os outros”, justificando o lema da equipa CADES: “Existimos para si!”.

 

Leilões ajudam a CADES a crescer

“Estamos a nascer, faça-nos crescer!”. Esta foi a frase que se ouviu mais vezes durante a noite do dia 28 de Outubro e que motivou a realização de três leilões, que contaram com Luís Simões, vice-presidente da CADES, como licitador.

O primeiro apresentou uma série de três livros - “Memória de Elefante” e “Os Cus de Judas”, de António Lobo Antunes e “Caim”, de José Saramago -, estando os dois primeiros autografados pelo autor e sendo os três de edição numerada, oferecidos pelo Grupo Leya. José Alfredo, da empresa “Certoma”, na Mealhada, foi quem deu mais.

Foi também leiloada uma camisola do Sporting Clube de Portugal, autografada pelo plantel e oferecida pela equipa técnica do clube, que foi comprada por João Pires, da empresa “JB Pires Construções, Lda.”, que entretanto voltou a oferecer a camisola à CADES, que voltou a leiloar, acabando por ficar a camisola com Amílcar Maia Henriques, empresário de Águeda.

A Casa do Benfica da Bairrada ofereceu uma camisola do Sport Lisboa e Benfica (SLB) à CADES, autografada pelo plantel, vindo a comprá-la no leilão com uma delegação da equipa de Futsal do SLB presente no jantar - constituída pelo treinador André Lima, pelo jogador Ricardinho e pelo secretário técnico João Pedro Ferreira -, voltando a oferecer a mesma camisola à CADES, que acabou por ser adquirida por Janine de Oliveira.

A camisola da Académica de Coimbra OAF, oferecida e autografada pelo plantel, foi comprada por Nuno Pires, presidente do Conselho Fiscal da CADES. A do Paços de Ferreira, também oferecida pelo plantel e autografada, foi adquirida por Cláudio Pires, presidente da Assembleia Geral da CADES. A última camisola, do Vitória de Guimarães, ficou com José Mendes, presidente do Sporting da Covilhã. Esta camisola estava autografada por todo o plantel, que fez a oferta.

O último leilão foi feito com um quadro do ceramista mealhadense Paulo Júlio, sendo comprado pelo presidente da Direcção da Associação Comercial e Industrial da Mealhada (ACIM), Carlos Pinheiro.

De referir que entre os convidados da noite estiveram figuras do futebol português - como Paulo Sérgio (treinador do Guimarães); Vítor Pontes (treinador); João Tomás (jogador do Rio Ave); Orlando, Sougou e Bruno Amaro (da Académica de Coimbra OAF) e o director da formação, Pedro Roma, entre outros -, que não ficaram indiferentes ao convite feito pela associação, manifestando a sua solidariedade ao apadrinhar a CADES em dia de apresentação à comunidade.

Presentes estiveram também o presidente da Câmara da Mealhada, Carlos Cabral e a vice-presidente, Filomena Pinheiro; Teresa Belém e Jorge Sampaio, vice-presidente e vereador, respectivamente, da Câmara de Anadia; Catarina Rodrigues, directora regional do Instituto do Desporto de Portugal (IDP) - Centro; assim como Ana Covas, coordenadora da equipa de apoio às escolas de Aveiro e Fernando Trindade, director da Escola Secundária da Mealhada, entre outras entidades, de várias áreas e empresários.

 

publicado por quiosquedasletras às 08:28

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 27 de Outubro de 2009

Chegaram os Prémios Sapo 2009

Inscrições para a 9ª edição já estão abertas

As inscrições para a 9ª edição dos Prémios Sapo já estão abertas. Este ano sob a temática da Grande Feira da Criatividade, os Prémios Sapo trazem grandes novidades: novas categorias, novos prémios e pela primeira vez, a participação de Angola e Cabo Verde no concurso.

A crescente diversidade de formatos e meios associados a campanhas publicitárias de produtos e ou serviços, trouxe muitas novidades à edição de 2009 dos Prémios Sapo. As inscrições já estão abertas e terminam a 6 de Novembro. Esta iniciativa constitui uma excelente oportunidade para as agências apresentarem ao mercado e aos profissionais do sector os melhores trabalhos divulgados no meio digital.

Os prémios Sapo 2009 têm como principal objectivo premiar a criatividade e a adaptação das campanhas publicitárias aos novos paradigmas tecnológicos. Será premiada a criatividade e a diversidade de meios utilizados pelas agências, o Marketing Relacional e o Social Media.

As inscrições para a 9ª edição terminam a 6 de Novembro e podem ser feitas por agência ou cliente/anunciante. Serão considerados válidos os trabalhos e as campanhas divulgados entre 1 de Setembro de 2008 e 31 de Agosto de 2009.

 

Participação de Angola e Cabo Verde

Tal como aconteceu em anos anteriores, nesta edição vão haver grandes novidades. Vão ser premiados não só os trabalhos realizados em Portugal, mas também em Angola e Cabo Verde, tornando os Prémios Sapo numa referência lusófona. Vão também haver dois novos prémios:

 - Prémio de Melhor Campanha Social Media – atribuído pela primeira vez, este prémio vem premiar uma nova tendência no meio, em que se distingue pela utilização das plataformas de redes sociais para comunicar junto do consumidor no sentido de gerar mais tráfego, captação e profile do consumidor, bem como desenvolver uma relação mais próxima com as marcas.

- Prémio de Melhor Programa de Marketing Relacional – estão incluídas neste grupo as campanhas cujo principal canal é a Internet e que parte da   comunicação é feita com recurso aos meios digitais.

 

Inscrições online

As inscrições são efectuadas somente online através do site oficial dos prémios em http://premios.sapo.pt. Os trabalhos devem ser submetidos apenas em formato digital no momento da inscrição.

Os prémios atribuídos este ano são:

- Prémios Sectoriais – são atribuídos prémios de ouro, prata e bronze nas dez categorias sectoriais;

- Prémios Especiais – Melhor Blog, Melhor Campanha Multiplataforma, Melhor Campanha Social Media;

- Prémio Mobile – Mobile Direct (Comunicação por sms ou mms), Mobile Advertise  (Comunicação por banner);

- Prémio IPTV – IPTV Interactivo, Spots IPTV;

- Prémio Melhor Programa de Marketing Relacional;

- Prémio Agência de Meios;

- Prémios de Reconhecimento (atribuídos pelos elementos de Júri) – Agência do Ano, Anunciante do Ano, Agência de Meios do Ano;

- Grandes Prémios – Grande Prémio Utilizadores Sapo, Grande Prémio Sapo Angola, Grande Prémio Sapo Cabo Verde e Grande Prémio Sapo do Júri.

Em 2008, os Prémios Sapo de Publicidade registaram um crescimento de 42% em termos de inscrições, e o número de campanhas publicitárias a concurso também aumentou, tendo sido apresentados 319 trabalhos, um crescimento de 14%.

Os Prémios serão entregues no dia 26 de Novembro (quinta-feira), em local a indicar.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:29

link do post | comentar | favorito
Sábado, 24 de Outubro de 2009

Correios de Anadia vão à escola para dinamizar e incentivar a escrita nas crianças

Projecto “CTT na Escola” foi colocado em prática na EB1 de Anadia

A Estação de Correios de Anadia promoveu uma acção pioneira, única no país, que decorreu na Escola do 1º Ciclo do Ensino Básico de Anadia. O projecto “CTT na Escola” teve como principal objectivo dinamizar e incentivar a escrita nas crianças.

O aparato era mais que muito na manhã do dia 15, na EB1 de Anadia. “A acção correspondeu ao envio de cartas pela Estação de Correios da Escola, através de um Centro de Distribuição Postal. As crianças foram convidadas a desempenhar as funções dos funcionários dos CTT, havendo também carteiros que procederam à distribuição das cartas”, explicou Alberto Rocha, chefe da Estação de Correios de Anadia.

A EB1 de Anadia foi assim transformada numa “Cidade Escolar”, estando envolvidas cerca de 220 crianças, do pólo escolar de Anadia, todas do 1º Ciclo do Ensino Básico. A escola, ao funcionar como uma cidade, levou os seus habitantes - alunos, professores e também os encarregados de educação - a trocarem correspondências entre si.

 

Um carimbo único

Para a acção “CTT na Escola” foi criado um carimbo comemorativo, único a nível mundial, especialmente produzido para o efeito, com as seguintes inscrições: “Correio Escolar/Escola do 1º CEB/CTT Anadia 2009-10-15”.

Todas as crianças viram as suas cartas serem carimbadas com esse carimbo, no balcão de atendimento, onde com um sorriso a Maria Miguel, de sete anos e o David Afonso, nove anos, estavam no interior desse balcão móvel a carimbar todas as cartas dos colegas, pais e docentes, que aguardavam em fila, alguns deles impacientes, pelo carimbo que marcaria a efeméride, na carta de cada um, previamente escrita.

 

Actividades paralelas

O dia 15 foi o principal dia da acção, marcando o seu arranque. Mas até dia 20 foram desenvolvidas outras actividades, através do “Espaço Criação” - onde foi possível as crianças fazerem desenhos alusivos aos temas, um deles a República - e o “Espaço Inovação”, onde foram feitas projecções de filmes relativos aos Correios.

Em virtude das comemorações do centenário da Implantação da República Portuguesa, que acontecem em 2010, este foi um dos temas escolhidos para a acção.

Desta forma, as ruas da “Cidade Escolar” tinham os nomes das figuras da República. A própria Estação móvel dos CTT dava pelo nome de Ana de Castro Osório, escritora, feminista e activista republicana.

De acordo com Alberto Rocha, o projecto nasceu na Estação de Correios de Anadia, sendo único a nível nacional. “Todo o circuito operativo dos CTT foi trazido para a escola, sendo uma maneira diferente de estarmos junto das crianças e dinamizarmos a escrita”, explicou o chefe.

O selo usado nas cartas das crianças foi realizado no ano passado por uma escola da Figueira da Foz, sendo um trabalho seleccionado e que agora circula por todo o mundo.

A vice-presidente da Câmara Municipal de Anadia, Teresa Belém, enalteceu a acção dos CTT de Anadia, que considerou “muito importante, sobretudo numa altura em que se esquecem os Correios, que permitem comunicar de uma forma diferente”.

Para a vereadora há outros meios para comunicar, “mas este (CTT) é sempre importante e deve-se incentivar. Espero que com acções como esta se continue a motivar esta forma de comunicação”.

Também Graça Matos, em representação do Agrupamento de Escolas de Anadia, elogiou a actividade, agradecendo a Alberto Rocha, que desde que ocupa a chefia da Estação de Correios de Anadia “têm sido muitas as suas iniciativas na área da educação, assim como as parcerias com as escolas”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 10:01

link do post | comentar | favorito
Domingo, 27 de Setembro de 2009

Junta de Freguesia de Sangalhos, concelho de Anadia, apresenta site

Evento realiza-se no âmbito do 24º aniversário da elevação a vila

Aproveitando o 24º aniversário da elevação de Sangalhos a vila, a Junta de Freguesia de Sangalhos fez a apresentação pública do site - www.freguesiadesangalhos.eu -, ontem, dia 26 de Setembro, no seu auditório.

Convidados todos os membros da Assembleia de Freguesia e representantes das várias instituições, associações, clubes e outras colectividades, foi possível ouvir uma breve explicação do conteúdo actual do site da freguesia de Sangalhos, por Luís Guerra.

Esteve ainda presente um casal de emigrantes naturais de Sangalhos e radicados há muitos anos nos Estados Unidos da América.

Na primeira página está uma breve introdução, com uma mensagem do presidente da Junta de Freguesia, Sérgio Aidos, que refere que “embora já há anos fazendo parte dos nossos projectos a criação de um ‘sítio’ na Internet, só agora se reuniram as condições para tal”.

De acordo com o autarca, a história, a cultura e o património, os costumes, a agricultura, o comércio, a indústria e o turismo passam agora a “estar agregados num espaço, para o domínio público”.

De seguida foi servido um lanche, onde entre outras iguarias se apreciou o ex-líbris da Bairrada - o seu leitão assado - e o refrescante espumante e vinho maduro, tão apreciados na região.

Fica desta forma aberta mais uma porta de comunicação, não só à freguesia de Sangalhos, mas também ao mundo inteiro. “Ficamos a aguardar que rapidamente o site seja objecto de muita curiosidade e participação, para que um maior conhecimento seja uma realidade e faça parte do nosso saber”, terminou Sérgio Aidos.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:19

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 20 de Agosto de 2009

Workshop “Planificação e organização de exposições. O papel do curador”

Iniciativa realiza-se no Museu da Cidade de Aveiro

O Museu da Cidade de Aveiro vai acolher o workshop “Planificação e organização de exposições. O papel do curador” nos próximos dias 12 e 13 de Setembro, com sessões entre as 10 e as 19 horas.

As inscrições podem ser efectuadas directamente com a organização da iniciativa, através da sua página web www.antiframe.wordpress.comonde também se encontra disponível para consulta o programa pormenorizado do workshop.

As sessões, a decorrer entre as 10 - 13 horas e as 14 - 19 horas, têm um cariz teórico-prático e estão organizadas em torno de quatro temáticas: “O trabalho do curador”; “Como se cria um projecto de exposição”; “Como se organiza uma exposição” e “Como se divulga uma exposição” explorando, segundo a organização, “os mais recentes desenvolvimentos do discurso crítico respeitante à prática curatorial, analisando-se ainda as metodologias subjacentes à implementação de projectos”.

Abordando, em particular, a função do curador, esta iniciativa centra-se na temática das exposições de arte contemporânea, dada a sua relevância no panorama da dinamização cultural actual. Neste contexto, o seu público-alvo são os estudantes de artes, cultura e comunicação, os artistas, os produtores e os agentes culturais.

A orientação/direcção do workshop é da responsabilidade de Cláudia Camacho, curadora independente e comissária de diversas exposições internacionais, doutoranda em História de Arte na Facultad de Bellas Artes da Universidad Complutense (Madrid) e coordenadora do projecto internacional AntiFrame Independent Curating Project.

Como seu convidado estará presente José Luís Neto, vencedor do Prémio BesPhoto 05, cuja formação se dividiu entre Lisboa (Plano Completo de Fotografia no Ar.Co) e Londres (projecto individual Ideia de Luz no Royal College of Art).

 

publicado por quiosquedasletras às 09:49

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 14 de Agosto de 2009

Câmara da Mealhada dá apoio ao empreendedorismo das mulheres

Candidaturas abertas até ao dia 24 de Agosto

O Gabinete de Inserção Profissional da Câmara Municipal da Mealhada tem abertas, até 24 de Agosto, as candidaturas para a acção “Apoio ao Empreendedorismo, Associativismo e Criação de Redes Empresarias de Actividades Económicas geridas por mulheres” - Tipologia nº 7.6, Eixo nº 7, “Igualdade de Género”, do Programa Operacional Potencial Humano (POPH).

O objectivo da intervenção é promover estratégias de apoio ao empreendedorismo das mulheres, incentivar o associativismo e a criação de redes, favorecendo o auto-emprego e a sua capacidade de participação na vida activa.

São elegíveis acções de formação nos domínios da igualdade de género, da gestão, das relações interpessoais, da liderança e das tecnologias de informação e comunicação, acções de tutorial/consultoria com vista ao desenvolvimento de um plano de negócios e atribuição de um prémio de arranque para as empresas e acções de suporte à criação de redes inter-empresas que facilitem o acesso à informação e divulgação, preferencialmente por via electrónica, sobre formação, mercados, oportunidades de financiamento e negócio, bem como outras matérias relevantes.

Os destinatários destas acções são as mulheres que pretendam criar o próprio posto de trabalho, independentemente da sua situação face ao emprego, e as entidades beneficiárias/promotoras, associações de mulheres empresárias, associações empresarias, comercias e/ou industriais, agências e sociedades de desenvolvimento regional sem fins lucrativos, cooperativas e outras entidades de economia social, desde que desenvolvam projectos relacionados com as respectivas áreas de actividade.

A taxa de financiamento é de 100% para as entidades promotoras.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:37

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 30 de Maio de 2009

Concurso de Vestidos de Chita em Anadia

18ª Edição realiza-se no dia 6 de Junho

O Concurso de Vestidos de Chita vai voltar a animar a cidade de Anadia, decorrendo a sua 18º edição no próximo dia 6 de Junho (sábado), a partir das 21.30 horas, no Pavilhão Municipal dos Desportos de Anadia (Complexo Desportivo).

O certame, organizado pela Câmara Municipal de Anadia, conta este ano com a colaboração da Associação de Apoio Social de Vila Nova de Monsarros e da comissão organizadora que habitualmente se associa a esta iniciativa.

De acordo com o figurino, o concurso contará com dois desfiles: um de crianças com idades compreendidas entre os seis e os 12 anos – categoria A, e outro para jovens de idade igual ou superior a 13 anos – categoria B.

Este ano participam no concurso 23 concorrentes (10 na categoria A e 13 na categoria B).

À semelhança da edição anterior, serão ainda entregues os prémios Fotogenia, da responsabilidade dos Órgãos de Comunicação Social presentes no certame e o prémio Costureira, da responsabilidade do Júri do concurso.

A animação estará a cargo da APPACDM de Avelãs de Caminho; do CADI, da Santa Casa da Misericórdia de Anadia e do Dance Fusion, do Clube de Ancas.

O espaço será ainda complementado com “O Cantinho da Criança”, e com uma mostra dos trabalhos realizados pelos utentes da Associação de Apoio Social de Vila Nova de Monsarros.

 

publicado por quiosquedasletras às 08:47

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Reunião aberta para a ini...

Conservatório Artes e Com...

Biblioteca Itinerante “Bi...

Brilho e solidariedade ma...

Chegaram os Prémios Sapo ...

Correios de Anadia vão à ...

Junta de Freguesia de San...

Workshop “Planificação e ...

Câmara da Mealhada dá apo...

Concurso de Vestidos de C...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds