Sábado, 13 de Fevereiro de 2010

“Escolíadas 2010” – 21ª Edição

Evento vai sair da Mealhada pela primeira vez

As “Escolíadas 2010” estão próximas do arranque, que acontece no dia 16 de Abril, no concelho de Ílhavo. São 21 as escolas que aceitaram participar nesta edição que será um novo desafio para todos os envolvidos. A 21ª edição das “Escolíadas” vai decorrer em vários espaços, havendo a partir deste ano sempre um ou dois pólos.

Cada pólo terá sessões e finais, seguindo-se uma finalíssima e a rematar a “Gala de Entrega de Prémios das Escolíadas”, que todos os anos serve para reapresentar os melhores momentos das sessões e promover um convívio entre todos.

 

Primeira sessão no dia 16 de Abril em Ílhavo

Dia 16 de Abril será a primeira sessão das “Escolíadas”, e é logo nesse dia que algo de inédito vai acontecer: o evento não terá início na Mealhada, mas sim no Centro Cultural de Ílhavo, que receberá o Pólo 1 das “Escolíadas”. Ali vão apresentar a sua arte nove escolas dos concelhos de Aveiro, Ílhavo e Vagos. A final deste pólo será na mesma sala, no dia 30 de Abril.

Em 7 de Maio arranca o segundo pólo das “Escolíadas 2010”, que receberá 12 escolas de oito concelhos. O local para este pólo ainda está por definir, mas deverá ser em Coimbra ou na Mealhada.

Por definir está também o espaço que receberá a finalíssima das “Escolíadas 2010”, que vai receber as duas melhores escolas de cada pólo. A “Gala de Entrega de Prémios das Escolíadas 2010” será, à semelhança do que aconteceu na edição anterior, no “Centro Cultural de Ílhavo”.

 

Mais de dois mil alunos e professores envolvidos 

No total serão mais de dois mil alunos e professores envolvidos nas provas do evento, que já tem a confirmação do apoio da Direcção Regional de Educação do Centro (DREC), do Instituto Português da Juventude (IPJ), das Câmaras Municipais de Ílhavo e de Coimbra. Serão 11 noites repletas de Arte e Juventude, numa edição marcada pela descentralização das “Escolíadas”.

 

Calendário “Escolíadas 2010”

 

PÓLO 1 (Centro Cultural de Ílhavo)

1ª Sessão – Sexta-feira, dia 16 de Abril

- Escola Secundária Homem Cristo – Aveiro

- Escola Secundária José Estêvão – Aveiro

- Escola Secundária Dr. Mário Sacramento – Aveiro

 

2ª Sessão – Sábado, dia 17 de Abril

- Escola Secundária Dr. Jaime Magalhães Lima – Esgueira

- Escola Secundária Dr. João Carlos Celestino Gomes – Ílhavo

- Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos

 

3ª Sessão – Sexta-feira, dia 23 de Abril

- Escola Profissional de Aveiro – Aveiro

- Escola Secundária com 3º ciclo da Gafanha da Nazaré

- Escola Secundária de Vagos

 

Final – Sexta-feira, dia 30 de Abril

 

2º PÓLO – Coimbra ou Mealhada (ainda por definir)

1ª Sessão – Sexta-feira, dia 7 de Maio

- Escola Secundária de Montemor-o-Velho

- Escola Secundária Drª. Maria Cândida de Mira

- Escola Secundária de Carregal do Sal

 

2ª Sessão – Sábado, dia 8 de Maio

- Escola Secundária Dr. João Lopes de Morais – Mortágua

- Colégio de Albergaria-a-Velha

 

3ª Sessão – Sexta-feira, dia 14 de Maio

- ADA – Associação Diogo Azambuja – Montemor-o-Velho

- Escola Secundária Dom Dinis – Coimbra

- Escola Secundária de Albergaria-a-Velha

 

4ª Sessão – Sábado, dia 15 de Maio

- Escola Secundária de Mealhada

- Escola Secundária de Oliveira do Bairro

- Escola Secundária Avelar Brotero – Coimbra

 

Final – Sexta-feira, dia 21 de Maio

 

Finalíssima – Sexta-feira, dia 28 de Maio

 

“Gala de Entrega de Prémios das Escolíadas” – Sexta-feira, dia 4 de Junho, no Centro Cultural de Ílhavo, em Ílhavo.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:01

link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Domingo, 31 de Janeiro de 2010

Cerca de 250 pessoas no registo de dadores de medula óssea promovido pela CADES

Solidariedade move população da Bairrada

Cerca de 250 pessoas - dos concelhos da Mealhada e Anadia mas não só - estiveram ontem, dia 30 de Janeiro, na Escola Secundária da Mealhada, na cidade da Mealhada, para participar na recolha de registo de dadores de medula óssea, uma iniciativa organizada pelo Núcleo de Saúde da Associação CADES – Cooperação Artística, Desportiva, Educativa e Social, em parceria com o Centro de Histocompatibilidade do Centro (CHC), que se deslocou ao local com uma brigada.

Pela Teresa, pelo Afonso, pela Sofia, pela Cármen. Por todos. Foram estas crianças e tantos outros que necessitam de transplante de medula óssea que mobilizaram mais de duas centenas de pessoas para marcar presença na Secundária da Mealhada e inscreverem-se no “Registo Português de Dadores de Medula Óssea”.

Elsa Corga, vereadora da Câmara Municipal de Águeda, também se associou à causa, por já há algum tempo ter intenção de se registar como dadora: “Faltava apenas surgir a oportunidade. Esta causa diz-me alguma coisa. Quando temos casos na família, ficamos sempre mais sensíveis”, disse, frisando que o facto da recolha ter-se realizado num concelho que não o seu “não foi de todo impeditivo para vir. É um dever que temos, independentemente de ser fora de Águeda”.

Para a autarca aguedense, “em todos os municípios deve realizar-se esta acção. Dou os parabéns à CADES por tão nobre iniciativa”, referiu. Janine de Oliveira, presidente da Direcção da CADES, acabaria por assumir à vereadora que a associação “disponibiliza-se para promover a mesma iniciativa no concelho de Águeda”.

Também Júlio Penetra, vereador da Câmara Municipal da Mealhada, veio testemunhar a acção da CADES, defendendo ser “fundamental que se criem estas oportunidades e pretextos para que as pessoas participem nestas ajudas. É este o mérito da CADES”. O autarca realçou ainda a “adesão à acção, com números extraordinários, o que prova que temos um concelho solidário”.

Leonor Lopes, também vereadora da Câmara Municipal da Mealhada, esteve presente para dar o seu contributo, louvando a acção da CADES, que “com tão pouco tempo de existência já dinamiza este tipo de acções”. Margarida Arede, familiar do pequeno Afonso, esteve também na Secundária da Mealhada, sendo responsável pela vinda de várias pessoas à acção da CADES.

 

Balanço muito positivo

A técnica superior de Serviço Social do CHC, Fátima Pires, fez um balanço muito positivo desta acção conjunta com a CADES, que “superou todas as expectativas. As pessoas mobilizaram-se em grande número. Em nome de todos os doentes, o CHC agradece a colaboração à CADES, por ter promovido a iniciativa”.

“Hoje (ontem, dia 30) foi, sem dúvida, um dia de orgulho para a CADES! Actividades como esta revelam com muita humildade que ‘existimos para o outro’. Sinto-me orgulhosa por todos os intervenientes no processo, desde os elementos do Núcleo de Saúde e Comunicação da CADES, aos profissionais que fizeram questão de apoiar a causa, bem como pela forte adesão da comunidade”, referiu Janine de Oliveira.

Para Joana Fernandes e Carole de Oliveira, coordenadoras do Núcleo de Saúde da CADES, a recolha “ultrapassou as expectativas. As pessoas têm de continuar a acreditar neste tipo de causas, porque precisamos todos uns dos outros”.

 

Nova recolha no dia 13 de Fevereiro

Dia 13 de Fevereiro, das 9 às 17 horas, o CHC, situado dentro da cerca dos Hospitais da Universidade de Coimbra, no edifício São Jerónimo, 4º piso, a pedido dos familiares da Sofia vai realizar nova recolha. Quem estiver interessado em inscrever-se pode fazê-lo nesse dia.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:33

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 19 de Janeiro de 2010

Cine-Teatro de Anadia recebe estreia da digressão nacional de “A Boba”

Espectáculo realiza-se no âmbito das comemorações do primeiro aniversário do equipamento cultural

No âmbito das comemorações do seu primeiro aniversário, o Cine-Teatro de Anadia vai receber a estreia da digressão nacional do espectáculo “A Boba”, com a actriz Maria Vieira, no próximo dia 6 de Fevereiro (sábado), pelas 21.30 horas.

“A Boba” é um espectáculo com encenação de Carlos Avilez, realização plástica de Fernando Alvarez e canções originais de Luís Pedro Fonseca. Com um texto de Maria Estela Guedes, Maria Vieira interpreta “A Boba”, uma peça que destrói o mito medieval de Pedro e Inês.

Dividida em três actos, satiriza-se sobre a natureza do amor e a forma diferente como homens e mulheres amam e vivem esse sentimento. Para contar e mostrar o mito da história de Pedro e Inês recorre-se a diversos autores, desde Agustina Bessa Luís até Camões ou Bocage. Fala-se dos ciúmes de D. Afonso IV pelo filho; do medo que Pedro tinha do pai violento; da pedofilia e homossexualidade de D. Afonso IV; das mentiras e infidelidades de Pedro e da sua cobardia, que o levou a fugir de Coimbra para não presenciar a morte da sua amada Inês.

Os bilhetes já estão à venda e podem ser adquiridos às sextas-feiras e sábados, das 20 às 22 horas.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:55

link do post | comentar | favorito
Sábado, 26 de Dezembro de 2009

AHBVA comemora 76 anos com dificuldades materiais

Necessidade de um quartel novo continua a ser a preocupação número um da associação

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Anadia (AHBVA) festejou o 76º aniversário no último domingo, dia 20. A sessão solene ficou marcada pelas condecorações e promoções a alguns dos bombeiros, assim como pela lembrança às entidades presentes das dificuldades de natureza material que esta corporação de bombeiros vem atravessando.

A AHBVA entendeu atribuir o Crachá de Ouro às irmãs Maria do Carmo e Margarida, da Congregação de São Vicente de Paulo. Como a irmã Maria do Carmo, por impedimento profissional inadiável, não esteve presente, a Direcção da associação entendeu que João Dias Coimbra, comandante do Quadro de Honra dos Bombeiros Voluntários de Anadia (BVA), será o fiel depositário da medalha para entrega posterior.

Carlos Alegre, presidente da Assembleia Geral da AHBVA, abriu a cerimónia dirigindo-se aos bombeiros, “que com a sua abnegação e o seu voluntarismo deixam tudo em nome desta nobre missão e lema que os move: Vida Por Vida”.

Coube ao comandante dos BVA dar seguimento à sessão solene, sublinhando que “face às alterações legislativas somos conscientes de mais e maiores responsabilidades e não menos conhecedores de que cada vez mais as dificuldades são e serão maiores”. Contudo, Eduardo Matos está certo que essas alterações não constituem obstáculo, tendo em conta que “os BVA foram sujeitos à solução do problema e a não fazer parte dele, actuando sempre com grande competência e profissionalismo”.

 

Aumento de serviço dos BVA

O comandante falou do aumento significativo de serviço, destacando a maior incidência na área da saúde: “Uma vez que o Ministério da Saúde determinou o encerramento do Serviço de Urgência do Hospital José Luciano de Castro em Janeiro de 2008, obriga-nos a que para qualquer pedido de socorro, o mesmo seja encaminhado para os Hospitais da Universidade de Coimbra, Hospital Infante D. Pedro, em Aveiro e Hospital Conde de Sucena, em Águeda”. Estas deslocações, para o comandante dos BVA, dão origem a que os recursos quer humanos quer materiais estejam cativos e indisponíveis muito mais tempo, diminuindo a operacionalidade do corpo activo “momentaneamente, o que nos preocupa”.

Também Mário Teixeira, presidente da Direcção da AHBVA, fez referência a tempos difíceis e às contrariedades, sendo contudo a vontade do corpo dos BVA “incalculável”.

 

Dificuldades materiais

O dirigente falou das dificuldades de natureza material, desde as instalações desajustadas, às viaturas que necessitam de substituição pelo muito uso e idade, aos equipamentos de protecção individual, fardamentos e outros que faltam. Mas lembrou que os subsídios concedidos pela Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), Câmara Municipal de Anadia e outras entidades têm solucionado algumas dessas dificuldades.

Durante a cerimónia, Mário Teixeira deu a conhecer a oferta da Comissão de Festas da Moita, de uma verba no valor de 2.651,36 euros, destinada à aquisição de equipamentos. O presidente da Direcção deixou ainda o apelo aos associados que não contribuíram, por ainda não terem sido procurados, para ajudarem com a liquidação das quotas, “cujos valores nos estão a fazer muita falta”.

 

Protocolo para uma EIP

Mário Teixeira aproveitou a ocasião para dar a conhecer o protocolo assinado entre a ANPC, a Câmara Municipal e a AHBVA - por três anos -, que a partir de Janeiro de 2010 vai contar com uma Equipa de Intervenção Permanente (EIP), constituída por cinco elementos dos BVA, em alerta oito horas por dia, de segunda a sexta-feira, destinada a socorrer as populações em situações de catástrofe ou outras.

Teresa Belém, vice-presidente da Câmara de Anadia, em representação do presidente Litério Marques, disse que em 2010 a EIP contará com 50% de comparticipação da autarquia (30 mil euros), ficando a outra metade a cargo da ANPC. A autarca manifestou ainda a vontade da Câmara em vir a dar apoio na construção do novo quartel, através do QREN.

A sessão solene do 76º aniversário da AHBVA contou com promoções a bombeiros de terceira e de segunda. Foram também entregues medalhas por assiduidade grau cobre (pelos serviços prestados por cinco anos), grau prata (serviços prestados por 10 anos) e grau ouro (pelos 25 anos de serviço prestado).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:41

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 20 de Novembro de 2009

Parque da Cidade da Mealhada dá a conhecer espécies

Iniciativa acontece no Dia da Floresta Autóctone a 23 de Novembro

A Câmara Municipal da Mealhada vai realizar uma visita guiada ao Parque da Cidade (antigos Viveiros Florestais), na próxima segunda-feira, dia 23 de Novembro, no âmbito das comemorações do Dia da Floresta Autóctone.

O objectivo é observar e dar a conhecer as espécies, nomeadamente algumas espécies autóctones existentes no parque da cidade, recentemente inaugurado.

A iniciativa, embora seja especialmente destinada a professores e outras profissões directa ou indirectamente ligadas ao ambiente, a associações ambientalistas e demais organizações preocupadas com a natureza, é aberta ao público em geral.

A visita será orientada pelo engenheiro Pedro Bingre, docente da Escola Superior Agrária de Coimbra e, no final, os participantes poderão participar na plantação simbólica de várias espécies autóctones.

 

Ponto de Encontro: Entrada Sul do Parque da Cidade da Mealhada (junto à EN 234 - Estrada do Luso), às 14 horas.

A visita terá uma duração de duas horas, aproximadamente.

Por razões de natureza logística, os interessados deverão fazer a sua inscrição através do endereço ambiente@cm-mealhada.pt, ou do telefone 231 200 980 (a/c de Carla Marques, Drª; ou Anabela Bem-Haja, Engª).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:48

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 10 de Novembro de 2009

Escolas do concelho da Mealhada apresentaram uma centena de trabalhos em Banda Desenhada

Concurso “A água também se lava”

As escolas do concelho da Mealhada candidataram 92 trabalhos em BD (Banda Desenhada) ao concurso “A água também se lava”, que está a ser promovido pela empresa Águas do Mondego, no âmbito das comemorações do Dia Nacional da Água.

No início de Outubro, cerca de 800 alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico estiveram no Cine-Teatro Municipal Messias, para participar numa jornada de sensibilização ambiental.

As crianças assistiram a uma peça de teatro - “A Água também se lava” -, que aborda o ciclo urbano da água, e participaram noutras actividades subordinadas ao mesmo tema.

Depois de terem visto a peça, desenvolvida pelo Veto Teatro Oficina de Santarém, as crianças foram convidadas a conceber uma banda desenhada, a propósito do que aprenderam sobre o ciclo da água.

Na Mealhada, as escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico apresentaram a concurso 92 trabalhos, entre individuais e de grupo.

O vencedor do concurso, a nível concelhio, terá como prémio a possibilidade de levar a sua turma ao Museu da Água, em Coimbra, com transporte gratuito.

 

publicado por quiosquedasletras às 09:29

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 9 de Novembro de 2009

Biblioteca Itinerante “Bibliomealhada” presente no 1º Encontro de Literacia Familiar

Iniciativa realiza-se em Coimbra nos dias 13 e 14 de Novembro

A Biblioteca móvel da Mealhada, mais conhecida por “Bibliomealhada”, vai estar presente na Escola Superior de Educação de Coimbra (ESEC), nos próximos dias 13 e 14 de Novembro, onde  decorre o 1º Encontro Internacional de Literacia Familiar, subordinado ao tema “Implicações da família no sucesso escolar”.

A “Biobliomealhada” é um autocarro transformado em biblioteca, que leva, regularmente, livros, jornais, revistas, CD’s, DVD’s e Internet a todas as povoações do concelho da Mealhada, promovendo, assim, a igualdade de oportunidades no acesso à cultura e a inclusão na sociedade da informação.

O espaço “Bibliomealhada” resultou da adaptação de um autocarro de 50 lugares, transformado pelos funcionários da autarquia (que idealizaram o projecto) numa biblioteca móvel, que percorre as oito freguesias do concelho, com o propósito de levar a todo o lado obras e alguns serviços da Biblioteca Municipal da Mealhada.

A “Bibliomealhada” conta com uma zona para ler e ouvir música, um pequeno anfiteatro, para se assistir a um filme ou documentário, e uma área equipada com computadores e acesso gratuito à Internet.

Além de promover a leitura junto dos munícipes de diferentes faixas etárias, a “Bibliomealhada” possibilita ainda a aprendizagem das novas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:52

link do post | comentar | favorito
Domingo, 6 de Setembro de 2009

Parque Urbano da cidade da Mealhada

Câmara Municipal considera bom e adequado o piso da pista pedonal/ciclovia aplicado pelo empreiteiro

A Câmara Municipal da Mealhada decidiu aceitar como bom e ajustado ao fim a que se destina o piso da pista pedonal/ciclovia do Parque Urbano (antigos Viveiros Florestais), aplicado pelo empreiteiro em substituição daquele que constava do caderno de encargos.

A decisão foi tomada na última reunião de Câmara, por maioria (cinco votos a favor e um contra), depois de um estudo encomendado à Universidade de Aveiro/Departamento de Engenharia Civil, ter concluído, com base na análise de amostras colhidas no local (caroteamento), que o piso aplicado pelo construtor não só não perspectiva diferenças de desempenho significativamente diferentes (quando comparado com o piso previsto no caderno de encargos da obra), como  é perfeitamente “adequado” aos objectivos do projecto.

A deliberação, votada favoravelmente pelos eleitos socialistas (presidente da Câmara, Carlos Cabral, e três vereadores) e pelo vereador Gonçalo Breda (eleito pelo PSD, mas, presentemente, sem  a confiança política do partido), teve o voto contra do vereador Carlos Marques, igualmente eleito pelo PSD e, actualmente, sem a confiança política do mesmo partido.

O vereador João Pires (PSD) não participou na deliberação, por se ter ausentado da reunião antes da votação.

Além dos resultados do estudo desenvolvido pelo Departamento de Engenharia Civil da Universidade de Aveiro, a Câmara teve, também, em conta a opinião do autor do projecto, que aprovou a alteração do piso, e o parecer técnico do Instituto de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico da Universidade Coimbra (ITecons), que apontou, até, algumas vantagens aos materiais efectivamente utilizados pelo empreiteiro.

Uma vez que a obra está praticamente concluída, a Câmara Municipal prevê que o Parque Urbano possa ser aberto ao público - e colocado à disposição da população - muito em breve.

A data da inauguração será anunciada em tempo oportuno.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:52

link do post | comentar | favorito
Sábado, 29 de Agosto de 2009

Mais duas empresas na Zona Industrial de Viadores, na Mealhada

“Certivias” e “Rodripal” são as últimas “transferências”

A “Certivias” já tem as instalações praticamente prontas, as da “Rodripal” estão, agora, no início. Estas duas empresas são as últimas “transferências” para a Zona Industrial de Viadores, no município da Mealhada.

A “Certivias”, firma que se dedica ao comércio de maquinaria pesada e obras públicas, procede de Trouxemil (Coimbra).

E a “Rodripal”, especializada no armazenamento, transporte e comercialização de paletes LPR, tem estado instalada, provisoriamente, na Malaposta (Anadia).

A Zona Industrial de Viadores, situada à margem do IC2 (antiga EN1), à saída para Coimbra, é uma das que está dotada por todas as infra-estruturas necessárias, que a Câmara Municipal da Mealhada tem vindo a construir, procurando, assim, tornar o concelho mais competitivo e atrair novas actividades económicas susceptíveis de reforçar o tecido empresarial local e criar postos de trabalho.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:06

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 25 de Agosto de 2009

Património e história em Lamas do Vouga, Águeda

Restauro da Ponte Medieval do Marnel praticamente concluído

As obras de restauro da Ponte Velha do Marnel ou Ponte Medieval, na freguesia de Lamas do Vouga, em Águeda, estão praticamente concluídas.

Durante longas décadas, a degradação desta ponte emblemática do concelho vinha a acentuar-se, onde ano após ano e dia após dia se assistia à queda de pedras ou mesmo de pedaços de muro. Para evitar a queda total deste marco histórico, a Câmara Municipal de Águeda decidiu colocar “mãos à obra” e proceder ao restauro deste precioso monumento.

Segundo Jorge Almeida, vice-presidente da autarquia, “há património que não podemos perder. Esta ponte é um monumento importante e emblemático do concelho, que a Câmara não podia deixar de recuperar”.

De momento, faltam apenas pequenos trabalhos de recuperação, nomeadamente a regularização dos arruamentos, a limpeza e o melhoramento do espaço envolvente. Para breve será a colocação da iluminação por parte da EDP, que vai projectar a beleza daquele quadro de enorme valor histórico, arquitectónico e paisagístico a todos os utentes que diariamente circulam na Estrada Nacional 1 (EN1)/Itinerário Complementar (IC2).

Para já foram recuperados os muros e reabilitada toda a estrutura da ponte, de forma a que aquele ex-líbris, a exemplo de muitos outros, não passe à história, mas continue a fazer parte dela.

A Ponte Medieval sobre o Rio Marnel constitui um forte motivo de atracção para quem deseja descobrir parte da história do concelho de Águeda, designadamente os aspectos arqueológicos das raízes culturais da região. Águeda é particularmente rica em vestígios arqueológicos, nomeadamente na zona do Vouga e do Marnel, importante local de passagem cujas origens remontam à época romana.

A Ponte Medieval, com a  Estação Arqueológica de Cabeço do Vouga - sítio da Mina (Imóvel de Interesse Público) -, fazem desta freguesia uma das mais visitadas por todos os turistas que acorrem ao concelho.

Considerado monumento de Interesse Municipal, a autarquia apostou na recuperação de restauro desta ponte de 120 metros - classificada como Imóvel de Interesse Público em 1956 -, para evitar a sua progressiva deterioração.

A Ponte Velha do Marnel integra o vasto património arquitectónico existente no concelho de Águeda.

 

Nota histórica

A fundação da Ponte Velha do Marnel ou Ponte Medieval, situada na freguesia de Lamas do Vouga, crê-se que remonte ao período romano, século II, acreditando-se que seria neste local que a via romana, no troço de Emínio (Coimbra) a Cale (Gaia/Porto), fazia a travessia.

Mais tarde foi substituída por uma Ponte Medieval que, por sua vez, foi reconstruída durante o reinado de D. João III (1552). Terá assim, eventualmente, existido uma Ponte Romana que foi substituída por uma Medieval durante o século XIV, da qual, após as obras de restauro do século XVI, reemerge com o aspecto que hoje lhe vemos.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:41

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

“Escolíadas 2010” – 21ª E...

Cerca de 250 pessoas no r...

Cine-Teatro de Anadia rec...

AHBVA comemora 76 anos co...

Parque da Cidade da Mealh...

Escolas do concelho da Me...

Biblioteca Itinerante “Bi...

Parque Urbano da cidade d...

Mais duas empresas na Zon...

Património e história em ...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds