Segunda-feira, 1 de Fevereiro de 2010

Peças de porcelana para o bicentenário de José Estêvão

Câmara de Aveiro cria peças em virtude da efeméride

A Câmara Municipal de Aveiro, no âmbito das comemorações do Bicentenário do nascimento de José Estêvão, criou duas peças em porcelana alusivas à efeméride.

Estas peças, produzidas com a marca Vista Alegre, são um copo porta-lápis e uma caixa modelo Regaleira, encontrando-se disponíveis para venda ao público na Biblioteca Municipal, na Galeria da Antiga Capitania de Aveiro e no posto de turismo municipal Welcome Center.

O valor do copo porta-lápis é de 16 euros e o da caixa Regaleira de 19 euros.

Esta iniciativa pretende ser um complemento à exposição “José Estêvão: Revolução e Liberdade (1809-1832)”, inserida nas comemorações do bicentenário do nascimento do parlamentar aveirense, patente até 26 de Fevereiro, na Galeria da Antiga Capitania de Aveiro.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:54

link do post | comentar | favorito
Sábado, 19 de Dezembro de 2009

Santa Casa da Misericórdia de Anadia festeja 101º aniversário

Efeméride marcada por homenagem a cinco funcionárias

A Santa Casa da Misericórdia de Anadia (SCMA) comemorou o 101º aniversário. Cerimónia simples, mas com alto valor histórico/social, marcada pela grandeza de 24 ilustres Homens de Anadia, que traçaram o destino da instituição. A data foi marcada pela inauguração de uma exposição e pela homenagem a cinco funcionárias, pelos 20 anos de serviço cumpridos.

Foi celebrada Missa na Capela do Palacete Seabra de Castro, pelo Padre Daniel, do Colégio Salesiano de Mogofores, que na homilia evocou o aniversário da SCMA, enaltecendo os fundadores e deixando uma palavra de “justiça” para a actual Mesa Administrativa.

Seguiu-se a abertura da exposição “Menino Deus”, um conjunto de figuras alusivas ao Menino Jesus, que preencheu o dia de aniversário na sala temática do Museu José Luciano de Castro. Uma mostra que ficará patente durante três meses.

São figuras em madeira, porcelana e cerâmica referentes aos séculos XVII, XVIII e XIX, que vão dar brilho àquele Museu, numa valiosa exposição, sinal demonstrado pelo empenho dos responsáveis, que tentam manter posição de destaque para o bom nome cultural da cidade de Anadia. A SCMA aceitou o desafio, porque desde 1980, aquando da inauguração, mantém aberto ao público um espaço museológico que prima em expor seleccionadas colecções.

O Salão Nobre foi ainda palco da Sessão Solene e da entrega de Placas Comemorativas a cinco funcionárias com mais de 20 anos de serviço. São elas Isabel Pereira, Carla Carvalho, Rosa Simões, Maria Júlia Ribeiro e Maria Teresa Alves.

O provedor Carlos Matos deixou entre os funcionários o espírito de união, compromisso assumido de carácter social em manter as melhores relações e sobretudo uma chamada ao bom senso, para que sejam o arauto em proporcionar qualidade de vida àqueles que ainda dentro dos lares da instituição constituem um leque na sociedade.

Reforçou o desempenho às respostas sociais, todas elas superadas pela expectativa e falou do investimento feito nos dois lares, com a remodelação das instalações. Carlos Matos realçou também a aprovação do Projecto CADI por mais três anos, um projecto que ficou em primeiro lugar na zona Centro.

O almoço foi servido com pompa e circunstância e salutar convívio. Reinou um espírito de boa disposição e expressiva amizade. Diálogos em que todos se envolveram, aliando-se em criar um clima de confiança, superando o grande patamar, que coloca o bom nome da instituição na lista de bem-fazer.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:37

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 19 de Novembro de 2009

Exposição comemorativa do centenário do Colégio da Mealhada

Patente no Cine-Teatro Municipal Messias até ao final do mês

Está patente ao público, até ao próximo dia 30, no Cine-Teatro Municipal Messias, uma exposição comemorativa do centenário do extinto Colégio da Mealhada
(actual Escola Secundária).

A exposição consta, maioritariamente, de fotografias e materiais de uso escolar, desde mapas a livros, passando por cadernos diários, livros de sumários e de testes, réguas, esquadros, lápis, borrachas e canetas.

O centenário do Colégio da Mealhada, recorda-se, foi solenemente assinalado no passado dia 24 de Outubro.

A exposição pode ser visitada às segundas, quintas, sextas-feiras e sábados, das 20 às 23 horas e aos domingos, das 15 às 17 horas e das 20 às 23 horas.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:23

link do post | comentar | favorito
Sábado, 24 de Outubro de 2009

Correios de Anadia vão à escola para dinamizar e incentivar a escrita nas crianças

Projecto “CTT na Escola” foi colocado em prática na EB1 de Anadia

A Estação de Correios de Anadia promoveu uma acção pioneira, única no país, que decorreu na Escola do 1º Ciclo do Ensino Básico de Anadia. O projecto “CTT na Escola” teve como principal objectivo dinamizar e incentivar a escrita nas crianças.

O aparato era mais que muito na manhã do dia 15, na EB1 de Anadia. “A acção correspondeu ao envio de cartas pela Estação de Correios da Escola, através de um Centro de Distribuição Postal. As crianças foram convidadas a desempenhar as funções dos funcionários dos CTT, havendo também carteiros que procederam à distribuição das cartas”, explicou Alberto Rocha, chefe da Estação de Correios de Anadia.

A EB1 de Anadia foi assim transformada numa “Cidade Escolar”, estando envolvidas cerca de 220 crianças, do pólo escolar de Anadia, todas do 1º Ciclo do Ensino Básico. A escola, ao funcionar como uma cidade, levou os seus habitantes - alunos, professores e também os encarregados de educação - a trocarem correspondências entre si.

 

Um carimbo único

Para a acção “CTT na Escola” foi criado um carimbo comemorativo, único a nível mundial, especialmente produzido para o efeito, com as seguintes inscrições: “Correio Escolar/Escola do 1º CEB/CTT Anadia 2009-10-15”.

Todas as crianças viram as suas cartas serem carimbadas com esse carimbo, no balcão de atendimento, onde com um sorriso a Maria Miguel, de sete anos e o David Afonso, nove anos, estavam no interior desse balcão móvel a carimbar todas as cartas dos colegas, pais e docentes, que aguardavam em fila, alguns deles impacientes, pelo carimbo que marcaria a efeméride, na carta de cada um, previamente escrita.

 

Actividades paralelas

O dia 15 foi o principal dia da acção, marcando o seu arranque. Mas até dia 20 foram desenvolvidas outras actividades, através do “Espaço Criação” - onde foi possível as crianças fazerem desenhos alusivos aos temas, um deles a República - e o “Espaço Inovação”, onde foram feitas projecções de filmes relativos aos Correios.

Em virtude das comemorações do centenário da Implantação da República Portuguesa, que acontecem em 2010, este foi um dos temas escolhidos para a acção.

Desta forma, as ruas da “Cidade Escolar” tinham os nomes das figuras da República. A própria Estação móvel dos CTT dava pelo nome de Ana de Castro Osório, escritora, feminista e activista republicana.

De acordo com Alberto Rocha, o projecto nasceu na Estação de Correios de Anadia, sendo único a nível nacional. “Todo o circuito operativo dos CTT foi trazido para a escola, sendo uma maneira diferente de estarmos junto das crianças e dinamizarmos a escrita”, explicou o chefe.

O selo usado nas cartas das crianças foi realizado no ano passado por uma escola da Figueira da Foz, sendo um trabalho seleccionado e que agora circula por todo o mundo.

A vice-presidente da Câmara Municipal de Anadia, Teresa Belém, enalteceu a acção dos CTT de Anadia, que considerou “muito importante, sobretudo numa altura em que se esquecem os Correios, que permitem comunicar de uma forma diferente”.

Para a vereadora há outros meios para comunicar, “mas este (CTT) é sempre importante e deve-se incentivar. Espero que com acções como esta se continue a motivar esta forma de comunicação”.

Também Graça Matos, em representação do Agrupamento de Escolas de Anadia, elogiou a actividade, agradecendo a Alberto Rocha, que desde que ocupa a chefia da Estação de Correios de Anadia “têm sido muitas as suas iniciativas na área da educação, assim como as parcerias com as escolas”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 10:01

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 1 de Setembro de 2009

Primeira reunião da Requalificação da Linha do Vale do Vouga já aconteceu

Edifício do Paços do Concelho de Aveiro recebe encontro

Realizou-se a primeira reunião da equipa de trabalho para a Requalificação da Linha do Vale do Vouga, na passada sexta-feira, dia 28 de Agosto, no edifício dos Paços do Concelho em Aveiro, onde estiveram presentes os representantes dos municípios de Aveiro e de Águeda, da Refer e da CP.

A reunião contou com o vereador do pelouro da Mobilidade da Câmara Municipal de Aveiro, Miguel Capão Filipe; com a coordenadora do Gabinete de Mobilidade desta autarquia, Arminda Soares; o vereador do pelouro da Mobilidade da Câmara Municipal de Águeda, Jorge Almeida; a técnica de Mobilidade do município de Águeda, Joana Pires; a representante da REFER, Ana Seara e o representante da CP, Carlos Mendes.

No fórum comemorativo do centenário da Linha do Vouga - desenvolvido pela autarquia aveirense -, a REFER, a CP e a Câmara Municipal de Águeda manifestaram a sua vontade e disponibilidade institucional para, numa primeira fase, iniciar o estudo da procura e, numa segunda, o projecto técnico para a requalificação tanto da Linha do Vale do Vouga, como das estações e apeadeiros, incluindo novo material circulante com a finalidade de implementar um sistema do tipo “comboio frequente”.

Neste sentido, depois da Câmara Municipal de Aveiro, em sede de reunião camarária no passado dia 16 de Junho, ter deliberado encetar as diligências necessárias para a projecção dessa importante medida de desenvolvimento regional e de mobilidade sustentável que assenta na reabilitação e recuperação da Linha do Vale do Vouga, realizou-se em Aveiro, a 28 de Agosto, a primeira reunião da equipa de trabalho, promovida pelo município de Aveiro, perspectivando a viabilidade de uma candidatura conjunta ao QREN após assinatura de protocolo de intenções.

Neste encontro foram delineadas três fases metodológicas para a análise da viabilidade da Linha do Vale do Vouga: fase 1 - “Elaboração de um Estudo de Procura para a Viabilidade de um novo serviço de passageiros” (que decorrerá até ao final do ano de 2009), em que será remetida à REFER toda a informação que as Câmara Municipais de Aveiro e Águeda tenham disponível para que a Ferbritas elabore um primeiro relatório com a caracterização e identificação do potencial da Procura; a fase 2 contemplará a “Análise de vários Cenários de Exploração”; e a fase 3 incidirá sobre o “Modelo de Negócio e a criação de parcerias”.

A próxima reunião desta equipa de trabalho decorrerá no próximo dia 18 de Setembro de 2009.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:10

link do post | comentar | favorito
Sábado, 14 de Março de 2009

Património exposto em Águeda

Inaugurada Exposição Comemorativa do Centenário da Linha do Vale do Vouga

A Exposição Comemorativa do Centenário da Linha do Vale do Vouga já chegou a Águeda. A inauguração realizou-se no dia 10 de Março, no átrio do Salão Nobre do edifício dos Paços do Concelho.

Na cerimónia de abertura da exposição, o presidente da Câmara Municipal de Águeda, Gil Nadais, referiu que “a exposição é de elevada qualidade. Com ela recordamos e revivemos o passado”. Para Gil Nadais, Águeda deve muito ao “Vouguinha”, pois sem ele “este concelho não seria o que é hoje, o comboio foi um dos meios de desenvolvimento”, esclarece. Estas iniciativas “servem para continuar a preservar o nosso património”, reconheceu o edil aguedense.

No âmbito das comemorações do centenário da inauguração da Linha do Vale do Vouga, a CP mantém uma exposição itinerante com um núcleo central constituído por fotos que documentam a construção, infra-estrutura, material circulante e profissões ferroviárias.

Por cada concelho que passa, a exposição é enriquecida com os vários contributos do município visitado, que desta forma mostra o seu tecido produtivo e o seu desenvolvimento regional, através de diversas actividades. O caminho-de-ferro teve um papel fundamental neste desenvolvimento, transportando passageiros e mercadorias e traçando novas acessibilidades.

A exposição partiu de Santa Maria da Feira e vai estar “estacionada” no átrio do Salão Nobre durante o mês de Março. Depois segue viagem para Albergaria-a-Velha.

Assim, Águeda foi o terceiro concelho a receber a exposição itinerante relativa às comemorações do centenário da Linha do Vale do Vouga. A mostra está patente nos Paços do Concelho, de segunda-feira a sexta-feira, das 9 às 18 horas.

Na mesa de honra da inauguração estiveram presentes o presidente da Câmara Municipal, Gil Nadais; o vice-presidente, Jorge Almeida; o vereador da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Albino Martins; a representante da Fundação Museu Nacional Ferroviário, Rita Pereira; o director da Unidade Operacional Norte da REFER, Mário Rodrigues e o coordenador do grupo de trabalho das comemorações da CP, Reis Nascimento.

A cerimónia de abertura das comemorações contou ainda com a presença dos elementos do grupo de trabalho constituído por dois representantes da CP e dos sete municípios. São eles: gestor das Linhas do Minho, Douro e Vouga, Ricardo Teixeira e secretária-geral, Ana Sousa; representante da Câmara Municipal (CM) de Águeda, Manuela Almeida; representante da CM de Albergaria-a-Velha, Margaret Santos; CM de Aveiro, Margarida Ribeiro; representantes da CM de Espinho, Armando Ribeiro; representante da CM de Oliveira de Azeméis, Paulo Oliveira; representante da CM de Santa Maria da Feira, José Cardoso; representante da CM de São João da Madeira, Vanda Cardoso.

A exposição itinerante começou em Oliveira de Azeméis, já passou por Santa Maria da Feira, está agora em Águeda, de seguida parte para Albergaria-a-Velha (Abril, coincidindo com a chegada do comboio ao município), Aveiro (Maio, coincidindo com as festas da cidade), Espinho (Junho e Julho) e, por último, São João da Madeira (Outubro).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 10:00

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 9 de Março de 2009

Juiz Conselheiro Jubilado Nuno Salgado e APPACDM - Centro de Casal Comba

Lions Clube de Mealhada distingue “Cidadão do Ano” e “Instituição do Ano”

O Lions Clube de Mealhada (LCM) vai, pelo segundo ano consecutivo, atribuir os galardões “Personalidade do Ano” e “Instituição do Ano”, no decorrer de um jantar/homenagem, marcado para o próximo dia 28 de Março, às 20 horas, na Quinta dos Três Pinheiros, na Mealhada.

Depois de distinguir no ano passado o Padre Abílio Simões (a título póstumo) e a Associação Jovens Cristãos do Luso, o clube mealhadense decidiu atribuir este ano o galardão “Personalidade do Ano” ao Juiz Conselheiro Jubilado Nuno Salgado e distinguir a APPACDM de Anadia pela acção que desenvolve no Centro de Casal Comba como “Instituição do Ano”.

A decisão foi tomada após análise e votação interna, efectuada em assembleia do LCM.

Com esta iniciativa, o clube pretende homenagear o “Cidadão” e “Instituição” que, em cada ano, se tenham distinguido em qualquer área de serviço prestado desinteressadamente à comunidade mealhadense.

“O seu percurso profissional é notável, mas com esta distinção quisemos sobretudo reconhecer o que o Dr. Nuno Salgado tem feito ao nível da dinâmica cultural da Mealhada”, sublinhou Isabel Moreira presidente do LCM, explicando as razões da escolha.

Em relação à “Instituição do Ano”, acrescenta a presidente do clube, “não poderíamos deixar de enaltecer uma associação que, embora não tenha a sua sede no concelho, construiu uma obra em Casal Comba, que desenvolve um trabalho único, contribuindo para o bem-estar de muitos jovens e adultos com deficiência, ajudando-os a vencer as suas limitações, contribuindo assim para a sua melhor integração”.

Os interessados em participar nesta homenagem deverão formalizar a sua inscrição na Quinta dos Três Pinheiros ou junto de qualquer companheiro Lion da Mealhada, ou ainda pelo telefone 91 487 41 97 ou pelo e-mail lionsclubemealhada@gmail.com.  

 

MAIS SOBRE OS HOMENAGEADOS:

 

Nuno Salgado

Nuno da Silva Salgado nasceu em Ventosa do Bairro (Mealhada) e licenciou-se em Direito, na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, em 1965. Exerceu funções de Delegado do Procurador da República e de Juiz de Direito em várias comarcas do país, foi director da cadeia regional de Setúbal. Exerceu ainda funções de Procurador-Geral Adjunto, Inspector do Ministério Público e instrutor e relator final em inquéritos relacionados com vários casos mediáticos no país.

Foi ainda Inspector-Geral da Administração Interna, Inspector-Geral da Administração do Território, tendo sido condecorado com o grau de “Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique”, pelo presidente da República. Foi também nomeado em comissão de serviço Juiz do Tribunal Superior de Justiça de Macau.

De regresso a Portugal continuou a exercer as funções de Juiz Conselheiro do Supremo Tribunal Administrativo, lugar de que se jubilou em Julho de 2001.

Em 2003, integrou a comissão comemorativa do 1º. Centenário da morte do mealhadense Prof. Doutor António Augusto da Costa Simões, tendo elaborado a sua biografia, que verteu para a obra publicada pela Imprensa da Universidade de Coimbra, sob a designação de “O Prof. Doutor Costa Simões, o passado como exemplo no futuro”. No mesmo ano, elaborou a “Monografia da Freguesia de Ventosa do Bairro”. Ainda nesse ano fundou a Oficina de Teatro do Cértima da Mealhada.

Em 2004 organizou o I Encontro Internacional de Coros da Mealhada e, em 2005, presidiu à comissão organizadora das Primeiras Jornadas Culturais do Concelho da Mealhada. Mais recentemente presidiu à comissão organizadora do cortejo dos Reis e de oferendas, cujas receitas reverteram para as associações das freguesias onde se realizou o evento.

 

APPACDM - Centro de Casal Comba

Em Julho de 2007, a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Anadia inaugurou em Casal Comba o Centro Santo Amaro, que substituiu as instalações alugadas e exíguas onde funcionava o Centro de Actividades Ocupacionais.

A obra tem capacidade para albergar 30 jovens em Centro de Actividades Ocupacionais e 15 jovens/adultos em Lar Residencial, todos eles privados de condições para residir com a família biológica.

A obra, orçada em 1.250.000,00 euros, obrigou a instituição a recorrer a um crédito financeiro na ordem dos 300.000,00 euros.

Dar resposta aos cidadãos com deficiência promovendo a sua edução e valorização pessoal, bem como a sua integração psico-social, profissional e económica é o objectivo da APPACDM.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:01

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 4 de Março de 2009

Centenário da Linha do Vale do Vouga

Comemorações da Linha do “Vouguinha” chegam a Águeda

A Exposição Comemorativa do Centenário da Linha do Vale do Vouga está prestes a chegar a Águeda, estando a inauguração agendada para 10 de Março, terça-feira, às 17 horas, no átrio do Salão Nobre do edifício dos Paços do Concelho.

As comemorações em Águeda arrancam já no próximo dia 10 de Março, no âmbito das quais será promovido um vasto programa de actividades que se prolongam durante um ano, com prevalência durante o mês de Março.

Este evento, no qual a autarquia se empenhou desde logo, conta com a parceria da CP, da Fundação Museu Nacional Ferroviário, da REFER e dos sete municípios atravessados pela Linha do Vale do Vouga (Águeda, Albergaria-a-Velha, Aveiro, Espinho, Oliveira de Azeméis, Santa Maria da Feira e São João da Madeira).

As comemorações do centenario da Linha do Vale do Vouga arrancaram em Espinho, no passado dia 23 de Novembro de 2008, e chegam finalmente ao concelho de Águeda.

 

Programação:

A iniciativa, inserida nas comemorações do centenário da Linha do Vale do Vouga, integra um vasto programa de actividades. Entre elas:

Exposição Itinerante - Exposição comemorativa do Centenário da Linha do Vale do Vouga patente a partir de 10 de Março, de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas, no átrio do Salão Nobre dos Paços do Concelho;

Concurso de Trabalhos Reinventar a História do Vale do Vouga - Elaboração de trabalhos pelos alunos, relacionados com o tema central das comemorações, nomeadamente fotografia, narrativa, poemas, desenhos que serão submetidos a um Júri, composto pelos sete concelhos envolvidos (Águeda, Albergaria-a-Velha, Aveiro, Espinho, Oliveira de Azeméis, Santa Maria da Feira e São João da Madeira), CP, REFER, Fundação Museu Nacional Ferroviário. Os trabalhos deverão ser enviados para o Serviço de Arquivo da Câmara Municipal de Águeda, através do seguinte endereço de correio-electrónico manuela.almeida@cm-agueda.pt, até ao final do ano lectivo. Aos vencedores serão atribuídos prémios em viagens, entregues pela CP no final das comemorações (Outubro/Novembro);

Visitas a Museus - Da Carroça... ao TGV (3 euros por pessoa), com a realização de diversas acções relacionas com o tema da Linha do Vale do Vouga, tentando recriar a história da evolução dos transportes. A deslocação será garantida pela Câmara Municipal e estará dependente do número de inscrições;

Maquinistas por um dia - Visitas gratuitas ao Museu Ferroviário de Macinhata do Vouga, permitindo contactar de perto com a realidade da função diária de um maquinista. O transporte será feito de automotora e será oferecido pela Câmara e pela CP, dependendo do número de inscrições;

Projecção de filmes (no município ou no Museu Ferroviário de Macinhata do Vouga, das 9 às 13 horas e das 14 às 17 horas), que de algum modo estejam relacionados com as comemorações. As datas, bem como as horas de exibição, estão dependentes do número de inscrições.

Estas comemorações podem vir a ser um prenúncio de iniciativas futuras, nomeadamente a 8 de Setembro de 2011, quando se assinalam os 100 anos da inauguração do Ramal de Águeda. Para esta altura está prevista a assinatura de um protocolo de colaboração entre o municipio e a Fundação Museu Nacional Ferroviário - Armando Ginestal Machado (Núcleo Museológico de Macinhata do Vouga), com a finalidade de assegurar o funcionamento daquele espaço museológico de acordo com os desejos da população, promovendo a sua imensa riqueza cultural e histórica.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:16

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Peças de porcelana para o...

Santa Casa da Misericórdi...

Exposição comemorativa do...

Correios de Anadia vão à ...

Primeira reunião da Requa...

Património exposto em Águ...

Juiz Conselheiro Jubilado...

Centenário da Linha do Va...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds