Quarta-feira, 17 de Fevereiro de 2010

Frio e coragem marcam Carnaval da Mealhada

O Carnaval mais brasileiro de Portugal não se deixou intimidar pela vaga de frio

Coragem. Esta era a palavra que melhor definia o corso carnavalesco que desfilava no sambódromo Luís Marques, na Mealhada. E até o próprio rei, Alexandre Nero, Terêncio da novela da Globo “Paraíso”, constatava que “ver pessoas a encarar o frio com tão pouca roupa é muito corajoso!”.

Certo é que cinco escolas de samba voltaram a trazer as sonoridades brasileiras e todo um vasto conjunto de adereços, desde os fatos com muitas penas, cores alegres e pouco tecido, passando pelos carros alegóricos decorados a rigor para a ocasião.

É isto que mobiliza, a cada ano que passa, milhares e milhares de espectadores para assistir ao Carnaval considerado o mais brasileiro do país, o que, aliás, representou mais uma surpresa para o rei, que nunca pensou ter a presença do Carnaval brasileiro em terras onde as temperaturas são tão baixas nesta época.

Este ano, o sambódromo, mesmo não registando as enchentes de outros tempos, esteve composto.

A folia marcou presença, acompanhada pelos ritmos quentes do samba brasileiro. Temas como o Walt Disney, o Amor ou o Carnaval de Veneza saíram à rua pela mão das escolas de samba, que assim mobilizaram centenas de figurantes num corso que já acabou ao anoitecer.

A Mealhada voltou a parar mais uma vez, para gozar o Carnaval luso-brasileiro e já anseia pelo próximo ano, falando-se até em preparativos.

 

publicado por quiosquedasletras às 10:07

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 15 de Dezembro de 2009

Grupo Sete Lágrimas traz brilho ao Concerto de Natal da Câmara Municipal de Águeda

Sábado, no Cine-Teatro São Pedro, às 21.30 horas

Este ano, o Concerto de Natal da Câmara Municipal de Águeda será abrilhantado pelo grupo Sete Lágrimas, considerado um dos mais importantes grupos de música renascentista, barroca e contemporânea em Portugal. A actuação vai ter lugar no próximo dia 19 de Dezembro, sábado, no Cine-Teatro São Pedro, pelas 21.30 horas.

O grupo Sete Lágrimas, dirigido pelos tenores Filipe Faria e Sérgio Peixoto, é um misto de músicos especializados em música antiga (renascentista e barroca) e contemporânea que explora em cada programa a ténue fronteira entre a música erudita e as tradições seculares. A obra Diaspora.pt, nome do terceiro CD do grupo, será a base deste Concerto de Natal, que propõe uma riquíssima viagem no tempo e no espaço. Assim, este concerto promete levar o espectador a “viajar” desde o Brasil a Macau, da Índia a África, da Europa a Timor, cruzando diferentes épocas, instrumentos, linguagens e estilos musicais que demonstram a universalidade cultural que deu origem ao trabalho Diaspora.pt.

As críticas a este grupo não podiam ser mais favoráveis, sendo que na Imprensa nacional são descritos como um grupo português que “toma como ponto de partida o riquíssimo repertório ibérico da música antiga, predominantemente português, e parte para uma ilustração musical de Diáspora portuguesa à imagem do que têm feito outros ensembles estrangeiros de renome”. Para outros críticos, este “cruzamento de culturas e práticas musicais e o cuidado do projecto Sete Lágrimas, dos tenores Filipe Faria e Sérgio Peixoto, podem fazer deste disco um dos melhores exemplos da world music”.

Depois do sucesso já alcançado pelo grupo, o concelho de Águeda, através da organização da autarquia, vai receber este espectáculo visto pela crítica como de grande qualidade.

 

Bilhetes à venda

O bilhete tem o custo de 2,50 euros e pode ser adquirido nos seguintes locais: Gabinete de Apoio ao Munícipe (GAM); Piscinas Municipais; Posto de Turismo de Águeda; Fórum Municipal da Juventude; Biblioteca Municipal Manuel Alegre e Cine-Teatro São Pedro.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 10:36

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2009

Lotação esgotada nas Oficinas de Educação Ambiental da Mealhada

Miúdos e graúdos aprenderam a confeccionar Doces de Natal

Lotação esgotada, no último sábado, dia 12, em mais uma iniciativa das Oficinas de Educação Ambiental, desta vez dedicadas a ensinar a confeccionar doces tradicionais de Natal (de Portugal e do Brasil) e licores biológicos.

A actividade decorreu no Pavilhão Municipal do Luso e suscitou o interesse de mais de uma dezena e meia de participantes, com idades entre os nove e os 51 anos.

A inicitiva terminou com um lanche - convívio, que contou com a presença do vereador do pelouro do Ambiente, Júlio Penetra, e da vice-presidente da Câmara Municipal da Mealhada, Filomena Pinheiro.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:21

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 4 de Dezembro de 2009

Oficinas de Educação Ambiental já arrancaram na Mealhada

Vacariça recebeu a primeira actividade

O programa Oficinas de Educação Ambiental 2009/2010, da Câmara Municipal da Mealhada, arrancou este sábado, 28 de Novembro, na Vacariça, com uma actividade na qual participou uma dezena de crianças das escolas locais, dos cinco aos nove anos de idade.

As Oficinas de Educação Ambiental, este ano na quarta edição, são um programa de educação/formação/sensibilização para as questões ambientais, dirigido a crianças, jovens e adultos
As actividades, promovidas pela Câmara Municipal da Mealhada, no âmbito deste programa, têm lugar ao sábado, uma vez por mês e cada mês numa freguesia diferente

A primeira oficina deste ano, designada “Rolhas e Tampinhas em Movimento”, colocou uma dezena de alunos, com idades entre os cinco e os nove anos, a construir bonecos a partir de rolhas de cortiça recicladas.

De acordo com uma das monitoras, as crianças deram mostras de ter gostado da actividade e, em especial, do resultado final: os bonecos articulados, feitos de rolhas de cortiça usadas.

A próxima actividade do programa Oficinas de Educação Ambiental está marcada para 12 de Dezembro (14.30 - 17 horas), no pavilhão do Luso, e constará da confecção de doces típicos da época natalícia, do nosso país e do Brasil, da preparação de licores a partir de plantas aromáticas e da construção de embalagens personalizadas, a partir de materiais reutilizados.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:18

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 26 de Novembro de 2009

Águeda rendeu-se ao espectáculo “Solo Brasil”

Grupo brasileiro deu concerto no Cine-Teatro São Pedro

O grupo brasileiro “Solo Brasil” brilhou, no dia 21, no Cine-Teatro São Pedro, em Águeda, com um espectáculo apoiado pela Câmara Municipal, em parceria com a Missão do Brasil junta à Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP).

O espectáculo “Uma viagem através da música do Brasil”, criado e dirigido por Lauro Moreira, actual Embaixador do Brasil junto à CPLP, interpretado pelo Grupo “Solo Brasil”, levou cerca de duas centenas de aguedenses a viajarem pela história da música brasileira.

 

Depois do êxito em 16 países, agora em Portugal... e em Águeda

Durante praticamente duas horas, “Uma viagem através da música do Brasil” apresentou a Águeda, em mais de 50 canções, distribuídas em blocos cronológicos, contextualizados por breves comentários do narrador, Lauro Moreira, o panorama histórico da música popular brasileira.

Desde os primórdios até aos dias de hoje, do chorinho ao samba, da valsa à bossa nova, do frevo ao baião, além da música típica das regiões geográficas do país, todos os estilos desfilaram no Cine-Teatro São Pedro.

O espectáculo terminou de forma apoteótica, com a artista no meio do público e este já todo de pé a dançar ao ritmo de músicas bem conhecidas do público português, mas a diversão foi uma constante ao longo de todo o concerto.

Para comemorar os dez anos, o Grupo “Solo Brasil” está em digressão por dez cidades portuguesas, do Alentejo ao Minho, do Atlântico à Serra da Estrela, desde 15 de Novembro até 6 de Dezembro. Dia 21 de Novembro deu-se a passagem do grupo por Águeda. Este espectáculo está a cargo de um grupo de artistas altamente qualificados, tendo à frente a voz e a interpretação de Maria Eugênia.

Depois do sucesso obtido nos diferentes continentes, com o apoio da autarquia, Águeda recebeu este espectáculo de êxito internacional, que proporcionou um serão ao som da riquíssima música popular brasileira.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:41

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 22 de Setembro de 2008

Geminação entre Águeda e Rio Grande (Brasil)

Delegação Riograndina visita concelho de Águeda

O presidente da Câmara de Águeda, Gil Nadais, recebeu, no passado dia 15 de Setembro, no Salão Nobre do Município, uma delegação da cidade de Rio Grande, do Estado de Rio Grande do Sul, Brasil.

Gil Nadais deu as boas-vindas ao grupo, não tendo hesitado ao afirmar que “em Águeda vão sentir-se em casa e vão ser muito bem recebidos”. Na ausência do Prefeito de Rio Grande, Janir Branco, foi lida uma mensagem deste autarca onde afirmava o “desejo de estreitar, cada vez mais, os laços de amizade que unem os portugueses e brasileiros, nos campos culturais, artísticos e económicos”, tendo em seguida sido entregue uma lembrança que regista a passagem da comitiva em Águeda.

A acompanhar a delegação riograndina nas visitas, que também se estenderam fora do concelho, estiveram Fernando Saraiva e António Silva. Horácio Marçal e Joaquim da Silva Pinto também conviveram com a delegação em diversos momentos da sua passagem por Águeda, nomeadamente na recepção no Salão Nobre da autarquia e no almoço desse mesmo dia.

Águeda aproveitou a oportunidade para mostrar aos “irmãos” brasileiros as suas paisagens naturais e o que de melhor tem a nível cultural, para além de outros atractivos de um concelho que agrada quem o visita.

Todos os motivos e argumentos para esta geminação mostram tratar-se de um projecto de alto alcance para o progresso das duas cidades. A busca do fortalecimento dos laços de amizade entre os dois municípios, a troca de informações e a difusão em ambas as comunidades das obras culturais, turísticas, sociais e económicas são algumas das vantagens desta geminação.

A delegação visitou o concelho durante dois dias, tendo um programa recheado de visitas a alguns locais “obrigatórios”: a Estação Arqueológica do Cabeço do Vouga; o Núcleo Museológico da CP em Macinhata do Vouga; o Museu Etnográfico da Região do Vouga; o Museu da Fundação Dionísio Pinheiro, bem como uma paragem na Pateira de Fermentelos para admirar aquela paisagem ímpar.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:22

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Frio e coragem marcam Car...

Grupo Sete Lágrimas traz ...

Lotação esgotada nas Ofic...

Oficinas de Educação Ambi...

Águeda rendeu-se ao espec...

Geminação entre Águeda e ...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds