Segunda-feira, 12 de Outubro de 2009

Desilusão do PS Anadia contrasta com a satisfação do CDS e CDU locais

CDS-PP Anadia é o partido com maior crescimento no concelho

“É um resultado que fica muito aquém das nossas expectativas”. Foi desta forma que Lino Pintado, cabeça de lista à Câmara Municipal de Anadia pelo PS, fez o balanço das autárquicas 2009. Mesmo “mantendo a percentagem de há quatro anos, na casa dos 25%, não é um bom resultado”, reforçou.

Lino Pintado referiu que apesar de ter aumentado o número de votos, também aumentou o de votantes, mantendo-se as percentagens.

“Tinha uma ambição de termos resultados completamente diferentes. Mas há que respeitar a decisão do eleitorado do concelho”, admitiu o candidato socialista.

Comparando os resultados agora obtidos com os de há quatro anos, o PS Anadia conquistou mais uma freguesia, a de Aguim, “que nunca tinha sido PS. Mantivemos também o número de deputados municipais, seis, passando para oito com o presidente da Junta de Freguesia de Aguim e o de Mogofores, que já era socialista”.

A assinalar as subidas nas freguesias de Avelãs de Cima, Arcos e Aguim, na votação para a Câmara Municipal e a “descida muito significativa em Sangalhos, merecendo uma análise com todo o cuidado para tentarmos chegar a conclusões”.

 

CDS tem o maior crescimento

Por outro lado, O CDS-PP foi o partido que mais cresceu no concelho de Anadia: elegeu dois deputados municipais - Sidónio Simões e João Tiago Castelo-Branco -, retirando um deputado municipal ao PSD e, por uma pequena margem de votos, não obteve um vereador. Está representado com um deputado em cinco Juntas de Freguesia, nomeadamente por Ana Maria Alegre, em Arcos; António Pimentel, em Tamengos; António Augusto Marques da Silva, em Amoreira da Gândara; Jorge Matos, na Moita e António Oliveira, em Mogofores e com dois deputados na freguesia de Vilarinho do Bairro, Nuno Seabra e Hélder Santos.

De referir que esta última freguesia foi a que registou a maior subida dos populares, tornando-se o CDS a segunda força política, logo a seguir ao PSD.

Segundo Maria do Céu Castelo-Branco, candidata à Câmara Municipal, “se compararmos os resultados das autárquicas 2005 aos obtidos este ano, percebemos que o CDS-PP Anadia duplicou as suas próprias percentagens e apresentou valores mais elevados do que o PSD e o PS, quer para a Câmara, quer para a Assembleia Municipal”.

Para a popular, “os objectivos superaram as nossas expectativas e tal só aconteceu porque houve uma equipa de trabalho coesa a par de um esforço persistente e um contacto directo com a população nas diferentes freguesias do concelho. Lançámos as sementes, o trabalho vai continuar e a colheita virá de certeza. Estamos convictos de que nas próximas eleições o CDS estará em condições de se afirmar como a alternativa certa para o concelho de Anadia”.

 

“É uma vitória para a CDU”

Também o cabeça de lista à Câmara de Anadia pela CDU, José Paixão, estava muito satisfeito com os resultados das autárquicas 2009: “É uma vitória para a CDU, porque conseguimos os melhores resultados de sempre no concelho”.

Contudo, Paixão lembrou que “não atingimos os nossos propósitos, que eram chegar aos mil votos em cada órgão a que concorremos, o que ofusca a nossa vitória. Mas subimos cerca de 200 votos nos diversos órgãos aos quais concorremos”.

Mais votos, mais percentagem e os mesmos mandatos de há quatro anos. É este o balanço feito pelo candidato da CDU à Câmara. “Tínhamos dois eleitos na Assembleia de Freguesia de Sangalhos, passámos para três. Em Mogofores é que perdemos o que tínhamos”, explicou.

Quanto à Assembleia Municipal, é João Morais que vai continuar como deputado pela CDU, “saindo a sua votação reforçada, ultrapassando os mil votos. Mas ainda ficámos longe de conseguir um segundo mandato neste órgão”, disse Paixão, que terminou referindo estar triste “por não ter conseguido a perda da maioria absoluta de Litério Marques”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:56

link do post | comentar | favorito
Domingo, 11 de Outubro de 2009

Litério Marques obtém nova maioria absoluta pelo PSD em Anadia

Autarca vai cumprir o quarto mandato consecutivo na Câmara Municipal de Anadia

Litério Augusto Marques volta a conquistar a Câmara Municipal de Anadia, e de novo com maioria absoluta, cumprindo o quarto mandato consecutivo pelo PSD. Sendo objectivo do autarca reeleito ganhar as 15 Juntas de Freguesia do concelho, as autárquicas 2009 ficam marcadas pela perda da Junta de Aguim para o PS, por uma diferença mínima de 44 votos.

A já socialista Junta de Freguesia de Mogofores - a única há quatro anos sem ser PSD - assim continuou, e com uma margem bem expressiva, visto que o PS obteve 348 votos face aos 99 a favor do PSD.

Os social-democratas conquistaram assim, em Anadia, 13 Juntas de Freguesia, ficando duas do lado do PS local. Contudo, “este resultado ultrapassou as minhas expectativas, porque houve alguns imponderáveis. E nestas circunstâncias não podíamos ter tido melhor resultado”, disse Litério Marques, em euforia, à porta do edifício da Câmara Municipal, após ter conhecimento dos resultados finais. O autarca referia-se à “perseguição” que diz ter sentido por parte do “PSD 2 de Anadia à minha candidatura” e que ao suceder só poderia “ter acontecido num partido doente”, rematou, numa clara alusão à Comissão Política de Secção (CPS) de Anadia do PSD, liderada por José Manuel Ribeiro.

Litério Marques, em 2005, venceu a Câmara de Anadia com 61,39% dos votos, alcançando a maioria absoluta, com cinco mandatos. Por seu turno, este ano o autarca reeleito voltou a conquistar a maioria absoluta, novamente com cinco mandatos, mas 57,02% dos votos. Ao perder quatro pontos percentuais face aos resultados de há quatro anos, Litério Marques perde um deputado na Assembleia Municipal. Neste órgão serão 12 os deputados municipais eleitos, mais 13 presidentes de Junta de Freguesia - excluem-se Mogofores e Aguim - perfazendo o total de 25 deputados social-democratas.

 

Luís Santos presidente da Assembleia Municipal de Anadia

Luís Santos, PSD, é o novo presidente da Assembleia Municipal de Anadia.

“O resultado é óptimo. Tenho a maioria absoluta e ganhei nas 15 freguesias, embora perdendo mais uma (Aguim). Esta vitória prova a aceitação total do concelho à figura do presidente. Sabemos que seria difícil recuperar a Junta de Mogofores, porque José Maria Ribeiro foi um presidente que cumpriu e ao recandidatar-se estávamos conscientes de que havia fortes possibilidades de lá permanecer este autarca, o que acabou por verificar-se”, realçou Litério Marques.

 

Sangalhos recupera maioria social-democrata

Litério Marques sublinhou também o “regresso à maioria absoluta na freguesia de Sangalhos, o que é “extraordinariamente importante para quem ganhou, porque permite fazer obra”.

Óis do Bairro foi outra das freguesias com a maioria absoluta do PSD, acabando por “roubar” um deputado ao PS, que passa agora a contar apenas com um membro na Assembleia de Freguesia. Vilarinho do Bairro também tem a maioria PSD.

No caso de Amoreira da Gândara e Tamengos, estas foram duas freguesias que perderam a maioria PSD, quebras que Litério atribui à CPS.

Sobre Aguim, o edil anadiense disse respeitar a decisão do povo, mas “não entendi. Foi uma das Juntas de Freguesia que mais trabalhou, sendo um resultado injusto na minha opinião. Mas a vida continua e Aguim não sairá prejudicada, porque não o fiz com Mogofores, também não o farei com esta freguesia”, garantiu.

 

“CPS de Anadia não existe”

Litério Marques, questionado sobre a ausência da CPS de Anadia do PSD, assim como da JSD, disse que a “CPS de Anadia provavelmente não existe. Desde a minha nomeação à reeleição não dei conta de ninguém”.

O autarca repetiu ter obtido uma “vitória extraordinária”, por ter lutado contra “o PS, o CDS, a CDU e o PSD 2”, deixando como nota final que nem a CPS do PSD, nem a JSD se empenharam “na minha eleição ou de qualquer outra lista do PSD”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:52

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 8 de Outubro de 2009

PSD e JSD Anadia quebram silêncio sobre processo autárquico

Escolha de Litério Marques ocorreu em “ambiência claramente anti-democrática”

Os presidentes das Comissões Políticas de Secção (CPS) de Anadia do PSD e da JSD, José Manuel Ribeiro e Pedro Esteves, respectivamente, deram a conhecer os motivos que levaram ao silêncio das estruturas a que presidem, sobre o processo autárquico de Anadia. “Por solicitação da presidente do PSD”, Manuela Ferreira Leite, o silêncio dos dois órgãos locais não foi quebrado devido às “duas eleições nacionais - Europeias e Legislativas”, que iriam ter lugar.

A declaração à Imprensa, visto não ter havido direito a perguntas, ocorreu no dia 5, na sede do PSD Anadia, e serviu para “desmistificar alguns boatos que circulam na praça pública, que estão longe de corresponder à verdade”, conforme referiu José Manuel Ribeiro.

O presidente da CPS de Anadia salientou que “a escolha do actual presidente da Câmara Municipal de Anadia”, Litério Marques, como recandidato, “ocorreu numa ambiência claramente anti-democrática. O processo autárquico foi retirado à CPS de Anadia do PSD”.

José Manuel Ribeiro frisou que o processo, “que excluiu as CPS de Anadia do PSD/JSD foi entregue ao candidato à Câmara Municipal de Anadia e à Comissão Permanente Distrital (CPD) de Aveiro do PSD”, lamentando o facto do interlocutor da CPD/PSD Aveiro neste processo “nada ter contribuído para atenuar a crispação e as profundas diferenças entre alguns membros da família social-democrata no concelho de Anadia”.

O presidente da CPS de Anadia do PSD acusa o interlocutor de ter provocado “exactamente o efeito contrário”, por ter demonstrado unicamente “uma exacerbada preocupação em colocar uma amiga num lugar elegível” na lista da Câmara Municipal de Anadia, “o que de facto veio a acontecer”, nunca referindo, no entanto, nomes em concreto.

 

Candidato sem aprovação

De acordo com José Ribeiro, o candidato à Câmara de Anadia, Litério Marques, não foi aprovado pelo órgão distrital - Comissão Política Distrital Alargada de Aveiro do PSD -, “tendo sido o único candidato a uma Câmara Municipal, dos mais de 300 em todo o país, a não ser sujeito a aprovação, pelo respectivo órgão distrital”, sendo homologado pela Comissão Política Nacional do PSD e “tendo sido o único candidato, dos mais de 300 em todo o país, a não recolher o voto unânime neste órgão político”.

Mesmo discordando desta decisão, as CPS de Anadia do PSD/JSD respeitaram-na e apesar de todas as “vicissitudes” esperam que “no próximo acto eleitoral autárquico o PSD atinja um resultado similar aos anteriormente conseguidos”.

Refira-se que tanto nas Europeias como nas Legislativas, o PSD no concelho de Anadia “obteve vitórias claras e robustas”, o que “demonstra bem a força consolidada que o partido tem no nosso município”, deixando o seu principal adversário - o PS - a cerca de 26 pontos percentuais nas Europeias e 18% nas Legislativas.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:25

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 6 de Outubro de 2009

Mais de 600 pessoas apoiam projecto de Litério Marques para o município de Anadia

Campanha do PSD termina dia 9 com caravana que arranca do Estádio Municipal de Anadia às 18 horas

Mais de 600 pessoas estiveram no último sábado em Anadia no jantar-comício do PSD, para apoiar Litério Marques, recandidato à Câmara Municipal. Presente esteve também Aguiar Branco, vice-presidente do partido, afirmando que “todos os autarcas deveriam vir estagiar a Anadia, dada a capacidade de trabalho, de gestão, a visão de futuro e, principalmente, a proximidade de Litério Marques em relação aos seus munícipes. É um exemplo a seguir por todos os autarcas”.

Num jantar onde esteve quase o dobro das pessoas que estiveram na mesma iniciativa na campanha de 2005, foi o mandatário concelhio, Manuel Pinho, quem iniciou as intervenções da noite, destacando a capacidade de trabalho do cabeça de lista à Câmara Municipal e a visão de futuro “que sempre teve para o município”.

Seguiu-se o candidato à Assembleia Municipal (AM) de Anadia, Luís Santos, que disse para todos ficarem “tranquilos”, porque “a AM que vai nascer dos vossos votos vai garantir ao Executivo honestidade, trabalho e dedicação, para que daqui a quatro anos Anadia esteja ainda mais grandiosa”.

O presidente da Comissão Política Distrital de Aveiro do PSD, António Topa, também presente no jantar, disse ser um “produto da escola autárquica”, dirigindo as primeiras palavras aos candidatos às Assembleias de Freguesia, enaltecendo o trabalho e empenho de todos, porque são eles “os homens que sacrificam a vida pessoal, que estão sempre em contacto directo com a população, é gente que de forma voluntária trabalha para o bem da sua terra”.

António Topa lembrou ainda que “há mais de 4200 presidentes de Junta que trabalham de graça para o país, que muito lhes deve”. O presidente da Distrital disse acreditar apenas nas AM desde que “não sejam fóruns para lavar roupa suja”, desejando a estes candidatos que “façam um grande trabalho”.

As últimas palavras foram para Litério: “Um presidente de Câmara tem de ter determinadas qualidades e ele tem todas. É um exemplo no distrito de Aveiro de como deve ser um autarca, que faz questão de estar sempre perto das pessoas e cuja única preocupação é a resolução dos problemas do seu município”. Topa destacou ainda a capacidade de gestão do candidato à Câmara, salientando o facto da Câmara de Anadia ser das poucas que paga a tempo e horas as suas contas.

Litério Marques, visivelmente satisfeito, referiu que no jantar estavam presentes pessoas do PSD, independentes e até alguns que têm outros partidos como sua orientação política, “mas que fizeram questão de estar, demonstrando que o importante, para eles, é o nosso município, o importante é Anadia”.

O candidato à Câmara deu a conhecer o seu programa e frisou que dar “sempre mais qualidade de vida aos cidadãos do concelho” é o seu objectivo primeiro.

No final, Aguiar Branco lembrou a importância de ganhar as autárquicas do dia 11, “porque o poder local está inscrito no ADN do PSD”, e desejou ao partido que consiga em 2009 a “dobradinha”, com a vitória, já alcançada, nas Europeias e agora nas próximas autárquicas.

O jantar ficou marcado pela ausência das Comissões Políticas de Secção de Anadia do PSD e da JSD.

 

Próximas acções de campanha

Durante esta semana serão várias as acções que vão decorrer nas 15 freguesias, numa campanha que terminará no dia 9, com mais uma caravana que percorrerá de novo o concelho e que terá início às 18 horas no Estádio Municipal, em Anadia, e que terminará, no mesmo local, por volta das 21.30 horas, onde se seguirá um convívio até às 24 horas.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:34

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 5 de Outubro de 2009

CDS-PP Anadia encerra campanha no antigo Mercado Municipal de Anadia

Evento tem lugar dia 9, sexta-feira, pelas 21 horas

O CDS-PP Anadia escolheu o antigo Mercado Municipal para o encerramento da sua campanha eleitoral às autárquicas 2009. O evento será no dia 9 de Outubro, sexta-feira, pelas 21 horas, com a presença da vice-presidente da Assembleia da República, deputada Teresa Caeiro.

Num gesto emblemático, o Partido Popular quer evitar a demolição do antigo Mercado Municipal de Anadia, um símbolo marcante do comércio tradicional, projectado pelo arquitecto Luís Benavente e inaugurado no ano de 1966 para comemorar os 40 anos da Revolução Nacional.

O CDS-PP Anadia aproveita para convidar os munícipes a estarem presentes neste evento, na tentativa de preservar um dos últimos ícones patrimoniais, culturais e afectivos do concelho.

Também no mesmo dia, 9 de Outubro, pelas 18 horas, o CDS-PP Anadia sairá em caravana pelo concelho de Anadia. O local da concentração será no Vale Santo, no estacionamento junto ao local onde se realiza a Feira da Vinha e do Vinho. (Foto: Leiam a Imagem)

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:44

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Setembro de 2009

PSD Anadia apresenta projecto voltado para os cidadãos do concelho

Litério Marques, candidato à Câmara, diz que infra-estruturas estão criadas sendo agora necessário “dinamizar mais”

O PSD Anadia apresentou ontem, dia 28, as linhas orientadoras do Programa Eleitoral do partido para a Câmara Municipal de Anadia, para os próximos quatro anos. Educação, acessibilidades, saneamento, desenvolvimento económico e turístico e juventude foram áreas abordadas durante a sessão, que decorreu na sede de candidatura, em Anadia.

Litério Marques, candidato à Câmara Municipal - que se fez acompanhar na mesa de honra pelo candidato à Assembleia Municipal de Anadia, Luís Santos e pelo director de campanha, Jorge Sampaio -, disse que o seu projecto é essencialmente “voltado para as pessoas, para os cidadãos do meu concelho, que ao longo destes anos têm confiado neste presidente e que acreditam, porque as obras estão feitas e não deixam margem para dúvidas”.

De acordo com o actual presidente da autarquia, que se recandidata ao quarto mandato consecutivo, muitos dos “grandes projectos e das grandes infra-estruturas desportivas e culturais estão construídas, pelo que agora queremos dinamizar mais”. Envolver mais as associações concelhias, na expectativa de haver mais participação dos cidadãos do município é outro dos objectivos.

No que à educação diz respeito, Litério Marques enumerou a construção do Centro Escolar de Arcos e os projectos e obras de construção de outros como Avelãs de Cima/Avelãs de Caminho, Paredes do Bairro e Sangalhos, para o pré-escolar e 1º ciclo. A requalificação do Parque Escolar, com a construção de uma nova escola em dois blocos que acolherá o 2º e 3º ciclos e o Secundário é outra das bandeiras do PSD Anadia.

 

Nó de ligação à A1 continua na mira de Litério Marques

Ao nível das acessibilidades, Litério Marques pretende continuar a reivindicar o nó de ligação da Auto-estrada do Norte (A1) ao concelho, assim como a requalificação da EN 334 - Boialvo à Poutena e da EM 619. “No âmbito das acessibilidades, o investimento aprovado no Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) representa cerca de 3,5 milhões de euros”, adiantou o candidato.

Sobre o saneamento, Litério Marques disse estar em construção o emissário do Pereiro a Avelãs de Caminho (à ETAR de Sangalhos), que vai permitir ligar quase na sua totalidade o saneamento da freguesia de Avelãs de Cima.

Os grandes investimentos nesta área passam pela construção da ampliação da ETAR de Sangalhos, cujo projecto está já praticamente concluído e que permitirá tratar todo o saneamento do concelho, calculado para 35 mil habitantes, com o custo aproximado de 3,5 milhões de euros.

“Neste momento estão aprovados os loteamentos das Zonas Industriais de Vilarinho do Bairro, Paraimo e Amoreira da Gândara”, revelou Litério Marques, ao referir-se ao desenvolvimento económico e turístico, outra das metas que integra o programa eleitoral. Para as Zonas Habitacionais é relevante a negociação para aquisição do loteamento, sito na freguesia de Ancas, o que virá possibilitar à autarquia colocar à disposição lotes a preços controlados.

Para os jovens do concelho, o candidato disse já estar aprovado “um grande projecto no que respeita à utilização das Novas Tecnologias”.

A sede de candidatura do PSD Anadia, localizada no Edifício São João, na Avenida das Laranjeiras, no centro da cidade, vai estar a partir de amanhã, dia 30 de Setembro, diariamente aberta, em horário nocturno, durante os dias da semana, prolongando-se pela tarde no domingo e feriado (5 de Outubro). O objectivo passa por dar a conhecer às pessoas, de forma mais directa, o projecto do PSD para as autárquicas 2009 naquele espaço.

 

Jantar/comício dia 3 de Outubro

No próximo sábado, dia 3 de Outubro, vai realizar-se um jantar/comício do projecto PSD Anadia às autárquicas, na Vila Tropical, em Anadia. Vão marcar presença todos os candidatos do PSD às eleições do dia 11, em Anadia, assim como o presidende da Comissão Política Distrital de Aveiro, António Topa e Alexandre Relvas, presidente do Instituto Francisco Sá Carneiro.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:24

link do post | comentar | favorito
Sábado, 26 de Setembro de 2009

CDU de Oliveira do Bairro apresenta programa eleitoral

Artur Ramísio, candidato à Câmara, diz que um dos objectivos passa por reforçar votação no partido

A CDU de Oliveira do Bairro deu ontem a conhecer os compromissos do programa eleitoral para as autárquias do concelho. Artur Ramísio, candidato à Câmara Municipal, fazendo o balanço do actual Executivo social-democrata disse ressaltar “a evidência de que as rotinas e as políticas condicionadas pelas disputas entre o PSD e o CDS têm relegado para segundo plano a resolução dos verdadeiros problemas do concelho”.

O candidato referia-se ao atraso na construção da Alameda da Cidade, ao abandono da antiga cerâmica Rocha, à desvalorização do Museu de Etnomúsica, à indignidade do Mercado da cidade, ao esquecimento dos Barreiros de Bustos e do novo Centro de Saúde, à falta de medidas preventivas de acidentes nos cruzamentos perigosos de Perrães e do Silveiro, à demora da requalificação de zonas nobres das localidades, entre muitos outros. Sendo estes os problemas que a CDU pretende atacar.

“Esta é a altura de analisar os problemas e de reflectir sobre os constrangimentos que dificultaram a sua resolução. Neste sentido, a CDU tem a convicção de que a sua participação nos órgãos autárquicos é fundamental para que haja mudanças significativas de sentido positivo”, porque no concelho de Oliveira do Bairro, tal como no resto do país, “a CDU já provou que com a sua participação o trabalho das autarquias melhora”, sublinhou Artur Ramísio.

A CDU de Oliveira do Bairro, que quer retomar a sua participação aos órgãos autárquicos concelhios, entende que a “sua presença faz a diferença”.

“Ainda temos dificuldades no concelho”, disse Artur Ramísio, lembrando que a CDU só vai concorrer à Câmara e Assembleia Municipal e às Juntas de Bustos, Troviscal, Oliveira do Bairro e Oiã, sendo que para a Mamarrosa e Palhaça a CDU de Oliveira do Bairro não conseguiu candidatos.

“São nossos objectivos reforçar a votação na CDU e eleger candidatos aos órgãos a que concorremos. Já tivemos representantes na Assembleia Municipal. É de toda a importância que a CDU volte a estar representada neste quórum”, rematou.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:52

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 18 de Setembro de 2009

Paixão diz que Anadia “parou no tempo” e promete “mais e melhor”

CDU Anadia apresenta cabeças de lista às autárquicas 2009

A CDU Anadia apresentou os cabeças de lista às eleições autárquicas de 11 de Outubro em Sangalhos, no dia 11. O candidato à presidência da Câmara Municipal, José Paixão, deu a conhecer os primeiros traços do programa eleitoral, “que ainda não está fechado”, disse que o concelho de “Anadia parou no tempo” e que com “empenho e vontade é possível fazer mais e melhor”.

Paixão, que também se candidata à Junta de Freguesia de Mogofores, explicou que o facto do seu nome ter sido indicado para a Câmara Municipal “resulta em grande parte por ter sido a cara do movimento ‘Unidos pela Saúde’, que contestou o fecho das Urgências. É um grande desafio que tenho pela frente e é para ganhar a Câmara. Neste momento o resultado está 0-0”.

O cabeça de lista da CDU à autarquia anadiense diz ter certeza de uma coisa: “Tem havido um ciclo de mudança neste concelho. Se muitas situações forem alteradas, já fico satisfeito. A CDU tem uma orientação e valores essenciais, somos uma força criativa e não queremos rótulos”.

José Paixão falou da necessidade de ter “coragem” para ser candidato pela CDU e louvou o facto de este ano terem conseguido mais uma freguesia: Avelãs de Cima. Desta forma, a CDU Anadia apresenta nestas autárquicas candidatos a cinco Juntas de Freguesia do concelho.

 

Programa eleitoral ainda em aberto

Ao referir-se a Anadia como sendo um concelho com “amarras”, o cabeça de lista à Câmara deu o exemplo de Sangalhos, que era um “cartão de visita” e tudo perdeu. Dar mais qualidade de vida às pessoas é uma das bandeiras da CDU Anadia. “Não é a construir Zonas Industriais que se resolvem os problemas do concelho”, disse, sugerindo a criação de brigadas rápidas, que circulem pelas ruas do concelho, para tapar os incómodos buracos que sempre aparecem.

A criação de mais Parques Infantis, “porque só uma ou outra freguesia têm” é outro dos desafios da CDU Anadia, assim como trazer mais ecopontos para o concelho. Paixão propõe ainda a criação de “um ecocentro, um espaço coberto onde qualquer cidadão possa ir depositar os seus lixos”. Terminar com a construção de pólos escolares, para evitar o encerramento das EB1, é outra das proposta da CDU Anadia.

Paixão felicitou ainda Joaquim Mota, anfitrião do jantar, candidato à Junta de Sangalhos, por ter reunido uma equipa “muito boa, forte e empenhada, pessoas que gostam da sua terra”.

E Mota estava visivelmente satisfeito por ter conseguido juntar “mais de 50 pessoas em Sangalhos. Pela primeira vez tivemos dificuldade em encaixar as pessoas, porque tivemos muita gente a fazer parte da lista”.

O candidato à Junta sangalhense contou com a presença “de um amigo de Sangalhos”, Manuel Campos, presidente da Junta de Espinhel (Águeda) no jantar e frisou que “este ano é difícil. Só com muito trabalho. Mas temos a possibilidade de dar a Sangalhos outro rumo. Porque se não for este ano, nunca mais conseguimos”, rematou, lembrando que por fazer parte do actual Executivo conhece os problemas “muito bem”.

 

Cabeças de lista a cinco Juntas

A CDU Anadia conta com os seguintes cabeças de lista às Juntas de Freguesia: Maria de Fátima Flores (Arcos); Sandra Catarina Almeida Rodrigues (Avelãs de Caminho); António Carlos de Oliveira Costa (Avelãs de Cima); José Francisco Paixão Correia (Mogofores) e Joaquim Alfredo Pereira da Mota (Sangalhos). (Foto: Quiosque das Letras. Pós-produção: Leiam a Imagem)

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:29

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 11 de Setembro de 2009

Lino Pintado quer valorizar as pessoas em detrimento do cimento armado

Candidato à Câmara Municipal de Anadia pelo PS apresentou projecto político para o concelho

O PS Anadia apresentou os cabeças de lista às eleições autárquicas de 11 de Outubro na Curia, no dia 5. Lino Pintado, candidato à presidência da Câmara Municipal, além de apresentar um projecto “de verdadeira modernidade” para o concelho disse estar orgulhoso dos seus candidatos, por se tratarem de “gente com carácter, que nos garante competência e uma campanha limpa e com dignidade”.

Quem não faltou à apresentação foi Maria de Bélem Roseira, cabeça de lista do PS pelo círculo de Aveiro à Assembleia da República, que lembrou a aprovação da legislação que limita os mandatos aos autarcas. “Quando nos mantemos muito tempo nos primeiros lugares, começa a faltar a criatividade e energia, porque há instalação de poder que leva à inacção”, defendeu. “É essencial para a Câmara de Anadia poder contar com Lino Pintado”, rematou.

Cardoso Leal, cabeça de lista à Assembleia Municipal, lembrou que o PS Anadia tem sido sempre oposição mas agora “ambicionamos realizar o nosso programa”, porque “Anadia precisa de novos protagonistas”.

O candidato lembrou que as carências de há quatro anos continuam a ser as mesmas em Anadia, referindo-se à falta de saneamento e à “muito fraca” utilização dos parques industriais. Foram “quatro anos perdidos para Anadia”, atirou.

Cardoso Leal disse ainda que caso vença, “queremos ter um comportamento mais democrático na Assembleia Municipal do que aquele que encontrámos”.

 

Candidatos foram “convidados e não aliciados”

Já Lino Pintado fez questão de sublinhar que os candidatos às Juntas foram “convidados e não aliciados”. Em jeito de balanço, lembrou que os 30 anos de governação PSD não serviram “para nada: o saneamento não cobre 40% do concelho; os três parques industriais não servem para nada; a dinâmica sociocultural não existe”. Assim, o candidato concluiu que tanto tempo também não serviu para aprender como se faz e que o problema é “falta de competência”.

Sobre o projecto de modernidade apresentado, Lino Pintado falou de reorganização administrativa, “que está obsoleta”, sendo sua pretensão certificar os serviços.

“Queremos também transformar Anadia em cidade educativa. A adesão a esta rede é uma linha de força do nosso projecto”, explicou Lino Pintado.

Tornar Anadia uma “comunidade digital” é outro dos objectivos do PS Anadia: “O recurso às novas tecnologias é um imperativo, para todos os serviços do concelho”, disse. “Anadia, um espaço de qualidade” é outra das bandeiras dos socialistas - com a criação de espaços verdes e harmoniosos -, assim como “Anadia um património, uma identidade”, lembrando o candidato “o processo indigno de apagar a memória do concelho”.

 

Cabeças de lista às Juntas

O PS Anadia conta com os seguintes cabeças de lista às Juntas de Freguesia: José Lagoa (Aguim); Lídia Pato (Amoreira da Gândara); Alcides Barreto (Ancas); Ana Júlia Póvoa (Arcos); Adriana Conde (Avelãs de Caminho); Simão Pedro (Avelãs de Cima); José Maria Ribeiro (Mogofores); José Santos (Moita); Carlos Justiça (Óis do Bairro); Artur Gorjão (Paredes do Bairro); Hipólito Santos (Sangalhos); Celso Almeida (São Lourenço do Bairro); Arsénio Almeida (Tamengos); Bertino Fernandes (Vila Nova de Monsarros) e João Libório (Vilarinho do Bairro). (Foto: Quiosque das Letras. Pós-produção: Autoria de Leiam a Imagem).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:24

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 2 de Setembro de 2009

PSD Anadia apresenta cabeças de lista às eleições autárquicas

Litério Marques promete campanha “dura” e garante que não será “suja”

“A campanha não será suja. Mas estou aqui para a dureza e para a verdade, porque assim tenho vencido”. Foi desta forma que Litério Marques, actual presidente da Câmara Municipal de Anadia, se dirigiu aos cabeças de lista das 15 Juntas de Freguesia que integram a lista do PSD Anadia, durante a apresentação no dia 31 de Agosto.

O candidato à autarquia apelou ainda aos candidatos às Juntas de Freguesia “para organizarem as tropas”, que lá estará “para ajudar”.

A apresentação decorreu num jantar reservado à Imprensa e marcou o “arranque da campanha, que está já toda programada”, conforme explicou Jorge Sampaio, director de campanha, a exercer actualmente as funções de vereador na Câmara.

Foram dados a conhecer os “pontas de lança” das 15 freguesias do concelho de Anadia e o cabeça de lista à Assembleia Municipal, assim como adiantadas algumas datas que fazem parte da programação da campanha eleitoral.

O mandatário da candidatura é Manuel José Pinho, médico em São Lourenço do Bairro e Anadia, pessoa que também tem fortes ligações ao Anadia Futebol Clube.

Pinho disse ter aceitado o desafio por duas razões: “Pela empatia e pelas qualidades que Litério Marques personifica e que considero imprescindíveis para que o cargo seja exercido com qualidade”, referindo a “honestidade”, o “pragmatismo” e a “sua real capacidade de execução, quase inigualável”.

 

Cabeças de lista às Juntas

Em comparação com as eleições de há quatro anos houve apenas quatro alterações nos nomes das listas do PSD Anadia às Juntas de Freguesia.

Avelãs de Cima foi a primeira alteração apresentada. Manuel Veiga, 50 anos, vem assim “substituir” um dos “dinossauros” da política anadiense, Armando Pereira. Veiga vai estar pela primeira vez nestas andanças e mostrou-se convicto nas suas capacidades para defender a freguesia. António Floro Ferreira, 58 anos, é a segunda estreia, sendo este o novo candidato para Sangalhos, em vez de Sérgio Aidos.

Floro já fazia parte da Junta e confessou ter “uma luta difícil pela frente”, porque “Sangalhos está em maus lençóis”. O candidato referia-se à forte oposição do PS, CDS e CDU, “partidos a trabalhar em força”.

António Cunha da Silva é o candidato para Mogofores, o único bastião PS no concelho. E Óscar Ventura vem substituir Francisco Saraiva na freguesia de Tamengos.

Víctor Timóteo (Aguim); Joaquim Cosme (Amoreira da Gândara); Arménio Cerca (Ancas); Fernando Fernandes (Arcos); César Andrade (Avelãs de Caminho); Guilherme Andrade (Moita); Henrique Lameirinhas (Óis do Bairro); Joaquim Cruz (Paredes do Bairro); Leonildo Macedo (São Lourenço do Bairro); António Duarte (Vila Nova de Monsarros) e Mário Heleno (Vilarinho do Bairro) são os restantes, já conhecidos.

Luís Santos, director da Escola Secundária de Anadia, é o cabeça de lista para a Assembleia Municipal de Anadia. O candidato enalteceu as qualidades de Litério Marques e da Câmara Municipal, “com saúde financeira de ferro e um Executivo que faz inveja a outros”.

Já Litério Marques mostrou uma grande crença no grupo, porque “ainda vamos continuar a fazer mais e melhor”, frisando que o seu projecto não tem história, porque “é de trabalho e continuidade”.

 

“Sempre Mais”

“Sempre Mais” é o slogan da campanha do PSD Anadia para as autárquicas 2009. Jorge Sampaio justificou a escolha dizendo que “são cerca de 350 as pessoas que integram as nossas listas, e que nos disseram de imediato que sim e que queriam sempre mais”.

 

Campanha programada

O dia 31 de Agosto marcou o arranque da campanha do PSD Anadia para as eleições autárquicas de Outubro. “Programámos tudo para jogar com o ruído que será causado dia 27 de Setembro, com as legislativas”, disse Jorge Sampaio, salientando o périplo que será feito pelas freguesias a partir de 7 de Setembro: “Vamos correr todas as freguesias, com datas marcadas. Queremos ouvir quem faz parte do nosso projecto e ouvir mais pessoas do que as que fazem parte das listas”.

Este périplo terminará dia 26 de Setembro. E o programa eleitoral vai ser apresentado dia 28, sendo que no dia seguinte, 29 de Setembro, inicia a campanha eleitoral do ponto de vista legal. “Até lá vamos ouvir as pessoas”, referiu Sampaio.

A uma semana das eleições (11 de Outubro), no dia 3 de Outubro vai ter lugar um jantar comício.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:32

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Desilusão do PS Anadia co...

Litério Marques obtém nov...

PSD e JSD Anadia quebram ...

Mais de 600 pessoas apoia...

CDS-PP Anadia encerra cam...

PSD Anadia apresenta proj...

CDU de Oliveira do Bairro...

Paixão diz que Anadia “pa...

Lino Pintado quer valoriz...

PSD Anadia apresenta cabe...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds