Domingo, 11 de Outubro de 2009

Litério Marques obtém nova maioria absoluta pelo PSD em Anadia

Autarca vai cumprir o quarto mandato consecutivo na Câmara Municipal de Anadia

Litério Augusto Marques volta a conquistar a Câmara Municipal de Anadia, e de novo com maioria absoluta, cumprindo o quarto mandato consecutivo pelo PSD. Sendo objectivo do autarca reeleito ganhar as 15 Juntas de Freguesia do concelho, as autárquicas 2009 ficam marcadas pela perda da Junta de Aguim para o PS, por uma diferença mínima de 44 votos.

A já socialista Junta de Freguesia de Mogofores - a única há quatro anos sem ser PSD - assim continuou, e com uma margem bem expressiva, visto que o PS obteve 348 votos face aos 99 a favor do PSD.

Os social-democratas conquistaram assim, em Anadia, 13 Juntas de Freguesia, ficando duas do lado do PS local. Contudo, “este resultado ultrapassou as minhas expectativas, porque houve alguns imponderáveis. E nestas circunstâncias não podíamos ter tido melhor resultado”, disse Litério Marques, em euforia, à porta do edifício da Câmara Municipal, após ter conhecimento dos resultados finais. O autarca referia-se à “perseguição” que diz ter sentido por parte do “PSD 2 de Anadia à minha candidatura” e que ao suceder só poderia “ter acontecido num partido doente”, rematou, numa clara alusão à Comissão Política de Secção (CPS) de Anadia do PSD, liderada por José Manuel Ribeiro.

Litério Marques, em 2005, venceu a Câmara de Anadia com 61,39% dos votos, alcançando a maioria absoluta, com cinco mandatos. Por seu turno, este ano o autarca reeleito voltou a conquistar a maioria absoluta, novamente com cinco mandatos, mas 57,02% dos votos. Ao perder quatro pontos percentuais face aos resultados de há quatro anos, Litério Marques perde um deputado na Assembleia Municipal. Neste órgão serão 12 os deputados municipais eleitos, mais 13 presidentes de Junta de Freguesia - excluem-se Mogofores e Aguim - perfazendo o total de 25 deputados social-democratas.

 

Luís Santos presidente da Assembleia Municipal de Anadia

Luís Santos, PSD, é o novo presidente da Assembleia Municipal de Anadia.

“O resultado é óptimo. Tenho a maioria absoluta e ganhei nas 15 freguesias, embora perdendo mais uma (Aguim). Esta vitória prova a aceitação total do concelho à figura do presidente. Sabemos que seria difícil recuperar a Junta de Mogofores, porque José Maria Ribeiro foi um presidente que cumpriu e ao recandidatar-se estávamos conscientes de que havia fortes possibilidades de lá permanecer este autarca, o que acabou por verificar-se”, realçou Litério Marques.

 

Sangalhos recupera maioria social-democrata

Litério Marques sublinhou também o “regresso à maioria absoluta na freguesia de Sangalhos, o que é “extraordinariamente importante para quem ganhou, porque permite fazer obra”.

Óis do Bairro foi outra das freguesias com a maioria absoluta do PSD, acabando por “roubar” um deputado ao PS, que passa agora a contar apenas com um membro na Assembleia de Freguesia. Vilarinho do Bairro também tem a maioria PSD.

No caso de Amoreira da Gândara e Tamengos, estas foram duas freguesias que perderam a maioria PSD, quebras que Litério atribui à CPS.

Sobre Aguim, o edil anadiense disse respeitar a decisão do povo, mas “não entendi. Foi uma das Juntas de Freguesia que mais trabalhou, sendo um resultado injusto na minha opinião. Mas a vida continua e Aguim não sairá prejudicada, porque não o fiz com Mogofores, também não o farei com esta freguesia”, garantiu.

 

“CPS de Anadia não existe”

Litério Marques, questionado sobre a ausência da CPS de Anadia do PSD, assim como da JSD, disse que a “CPS de Anadia provavelmente não existe. Desde a minha nomeação à reeleição não dei conta de ninguém”.

O autarca repetiu ter obtido uma “vitória extraordinária”, por ter lutado contra “o PS, o CDS, a CDU e o PSD 2”, deixando como nota final que nem a CPS do PSD, nem a JSD se empenharam “na minha eleição ou de qualquer outra lista do PSD”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:52

link do post | comentar | favorito
Domingo, 27 de Setembro de 2009

Junta de Freguesia de Sangalhos, concelho de Anadia, apresenta site

Evento realiza-se no âmbito do 24º aniversário da elevação a vila

Aproveitando o 24º aniversário da elevação de Sangalhos a vila, a Junta de Freguesia de Sangalhos fez a apresentação pública do site - www.freguesiadesangalhos.eu -, ontem, dia 26 de Setembro, no seu auditório.

Convidados todos os membros da Assembleia de Freguesia e representantes das várias instituições, associações, clubes e outras colectividades, foi possível ouvir uma breve explicação do conteúdo actual do site da freguesia de Sangalhos, por Luís Guerra.

Esteve ainda presente um casal de emigrantes naturais de Sangalhos e radicados há muitos anos nos Estados Unidos da América.

Na primeira página está uma breve introdução, com uma mensagem do presidente da Junta de Freguesia, Sérgio Aidos, que refere que “embora já há anos fazendo parte dos nossos projectos a criação de um ‘sítio’ na Internet, só agora se reuniram as condições para tal”.

De acordo com o autarca, a história, a cultura e o património, os costumes, a agricultura, o comércio, a indústria e o turismo passam agora a “estar agregados num espaço, para o domínio público”.

De seguida foi servido um lanche, onde entre outras iguarias se apreciou o ex-líbris da Bairrada - o seu leitão assado - e o refrescante espumante e vinho maduro, tão apreciados na região.

Fica desta forma aberta mais uma porta de comunicação, não só à freguesia de Sangalhos, mas também ao mundo inteiro. “Ficamos a aguardar que rapidamente o site seja objecto de muita curiosidade e participação, para que um maior conhecimento seja uma realidade e faça parte do nosso saber”, terminou Sérgio Aidos.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:19

link do post | comentar | favorito
Sábado, 7 de Março de 2009

CDU ataca Câmara Municipal de Anadia

José Paixão é o candidato escolhido

Quem não se lembra de José Paixão? Um dos rostos da discórdia no longo processo das Urgências do Hospital José Luciano de Castro de Anadia, que encabeçou o movimento cívico “Unidos pela Saúde” e que lutou com unhas e dentes contra o encerramento do serviço. Com 45 anos de idade, operário metalúrgico, é ele o candidato escolhido pela CDU à Câmara Municipal de Anadia.

Para a Assembleia Municipal de Anadia, o candidato é João Alves Morais, 63 anos, Factor da CP reformado, que actualmente já desempenha as funções de deputado pelo partido neste órgão e na Assembleia de Freguesia de Sangalhos. Ambos os candidatos são militantes do PCP.

Para a Assembleia de Freguesia de Arcos, o rosto escolhido é o de Maria de Fátima Flores, 61 anos, professora, membro do Partido Ecologista “Os Verdes”.

Joaquim Mota, 38 anos, Técnico de Vendas e militante do PCP é o candidato à Assembleia de Freguesia de Sangalhos. Joaquim Augusto Gaspar, técnico fabril reformado e militante do PCP é o mandatário para o concelho.

Apresentados que estão os primeiros candidatos da CDU aos órgãos autárquicos, em nota à Imprensa a coligação afirma que “após 33 anos de governação do PSD, a nossa terra continua atrasada. Temos menos serviços públicos de interesse para a população, como, por exemplo, a Urgência do nosso hospital”.

A CDU diz que as obras públicas continuam a ser feitas “aos empurrões, sem um mínimo de organização ou planificação, sem respeito pelos munícipes, que têm que conviver meses a fio com os incómodos por elas provocados”, esperando depois “meses e meses por uma inauguração politicamente oportuna, para finalmente serem postas à disposição dos munícipes e se detectarem os seus erros e defeitos de concepção”, acusam. Por estas e “muitas outras razões, a CDU continua a fazer falta ao concelho”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:36

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 26 de Dezembro de 2008

Presépios de Natal em Anadia

Freguesia de Tamengos com ruas embelezadas

Quem habita na freguesia de Tamengos, ou quem aqui se desloque por qualquer motivo, pode apreciar três bonitos presépios. Dois são da responsabilidade da Junta e da Assembleia de Freguesia de Tamengos, nomeadamente os que se encontram junto ao edifício da Junta e ao fundo da Avenida dos Plátanos (a Ladeira do Grande Hotel). No Largo Dr. Luís Navega (mais conhecido por “Rotunda”) está exposto um presépio, sob orientação da Junta de Turismo da Curia.

Aqueles dois exemplares apresentam materiais e imagens pagos pela autarquia de Tamengos, mas sob orientação e coordenação da Assembleia de Freguesia.

Ao contrário do ano passado, em que se optou por colocar presépios integralmente elaborados com materiais reciclados/recicláveis, no presente ano o Executivo da Junta chamou a si a responsabilidade financeira, adquirindo bonitas imagens de marfinite e de barro pintado.

O presépio da “Rotunda” foi elaborado com produtos naturais, alguns materiais reciclados e tecidos.

Entretanto foi colocado um quarto presépio, na Igreja Matriz da Paróquia. Este conjunto votivo, da responsabilidade das Mordomas de São Pedro, foi elaborado aproveitando imagens e materiais dos presépios do ano passado.

Resta lamentar que, nem uma semana depois de expostos, um dos presépios já ter visto ser furtada uma imagem, exactamente a do Menino Jesus.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:06

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 14 de Novembro de 2008

Grupo de 15 pessoas reúne para manifestar desagrado

Candidatos a militantes envergonhados com o PSD

Um grupo de 15 candidatos a militantes do PSD, da freguesia de Avelãs de Cima, Anadia, que integram a lista dos 182 militantes propostos por Litério Marques, presidente da Comissão Política de Secção (CPS) de Anadia do PSD - mas recusados através de um despacho, com data de 13 de Outubro, assinado por Luís Marques Guedes, secretário-geral do partido, por entender não estarem cumpridos os requisitos da sua aprovação pela CPS -, reuniram no dia 8, para informar os jornalistas que vão recorrer à Comissão Política Distrital do PSD de Aveiro, porque entendem que devem ser aceites como militantes do partido, chegando mesmo a considerar já o serem.

A conferência de Imprensa, que decorreu na casa de um dos candidatos a militante, Manuel Veiga, contou também com a presença do presidente da Junta de Freguesia de Avelãs de Cima, Armando Pereira, que apesar de concorrer há vários mandatos como independente, mas pelas listas do PSD, também só agora entendeu filiar-se no partido. Quem ainda marcou a sua presença, “como cidadão e amigo e presidente da CPS de Anadia do PSD”, conforme apresentou Manuel Veiga, foi Litério Marques, que aproveitou a ocasião para dirigir-se ao grupo e “relatar os factos tal e qual eles são”.

Convém referir que na listagem dos 182 militantes, que afinal são agora 186, conforme Litério Marques já anteriormente havia explicado, 82 deles são da freguesia de Avelãs de Cima, estando, no entanto, presente uma minoria - apenas 15 -, na reunião/conferência de Imprensa do dia 8 de Novembro.

Manuel Veiga, o anfitrião, começou por dizer que a filiação no PSD das 82 pessoas em causa era o principal assunto da reunião, referindo que serviria também para “dizer as verdades do que realmente se está a passar, uma situação que me deixa profundamente indignado”.

Já Litério Marques disse estar solidário com todos, por estar em causa uma “injustiça”, prometendo ser a única voz a nunca calar-se.

Litério Marques, em documento entregue durante a reunião, acusou Luís Marques Guedes de não ter procedido, nem mandado “proceder à respectiva inscrição, como lhe compete. Tendo-se remetido a total silêncio, desconhecendo quer a CPS de Anadia, quer os candidatos a militantes já admitidos, o porquê de tal silêncio e o que estaria subjacente ao mesmo”. E acrescentou ainda que o secretário-geral do PSD não explicou a ninguém o que se passou na realidade: “Ele tinha de dar justificação”. 

Criticou ainda a Comunicação Social, como aliás tem vindo a acontecer em outras ocasiões, e com regularidade, acusando-a de “vir quase sempre a deturpar ou misturar as minhas comunicações com outras de outras pessoas, que apela para que comentem, acabando por serem feitas afirmações erradas”.

Litério Marques lançou uma questão: “A freguesia de Avelãs de Cima nunca teve militantes e agora que vai ter, porque não pode?”. E garantiu não ter pedido a nenhum dos candidatos para ser militante e que só foi o proponente porque existem apenas dois militantes do PSD na freguesia.

“Mas não querem que vocês votem! E vocês têm condições para votar, porque estão legais! Alguém tentou marcar as eleições no PSD Anadia para dia 1 de Dezembro para evitar que vocês votassem”, atirou.

   

“Para mim já são militantes”

O presidente da CPS de Anadia do PSD informou os 15 candidatos a militantes que como Marques Guedes deixou “ultrapassar mais de 30 dias após a recepção dos pedidos de inscrição, sem que o tenha feito, colocou os candidatos como admitidos, como militantes efectivos e deveria, como deverá, ter-lhes enviado o respectivo cartão de militante, com data de inscrição de 5 de Junho de 2008. Para mim, vocês já são militantes. É aguardar apenas a chegada dos vossos cartões”, disse.

Armando Pereira afirmou que só agora veio à baila a inscrição no PSD devido à situação do partido: “Quem se inscreveu fê-lo voluntariamente. Não houve coacção. E não somos militantes de véspera! Há 32 anos que lutamos pelo PSD. Decidi-o só agora porque entendi que devia enriquecer as bases do partido”, justificou.

Arsénio Tomás, outro dos candidatos, mostrou-se chateado com a situação, dizendo que se faz parte da Assembleia de Freguesia há mais de 20 anos, também devia servir para militante do partido. Amílcar Almeida mostrou-se envergonhado com o que se está a passar, “após 16 anos ao serviço desta freguesia”.

Carlos Almeida também fez parte da Junta de Freguesia durante oito anos. Admitiu ter vindo do CDS, mas que por sentir-se bem no PSD, pensou tornar-se militante.

 

Recurso ao despacho de Luís Marques Guedes

Litério Marques disse ainda ter já recorrido do despacho de Marques Guedes, ao que Manuel Veiga disse acreditar que “corra da melhor maneira, para sermos aceites”. Individualmente prometeram recorrer à Comissão Política Distrital do PSD de Aveiro, admitindo, no entanto, serem já militantes.

Apesar de estarem “indignados”, “chateados” e “envergonhados” com o PSD, os candidatos a militantes de Avelãs de Cima garantiram que, independentemente da resposta da Distrital, como “pessoas honestas” que são não virariam as costas ao partido.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:32

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 27 de Março de 2008

Em Avelãs de Caminho, Anadia

Árvores centenárias vão ser abatidas e substituídas por novas

As duas árvores centenárias da freguesia de Avelãs de Caminho, Anadia, próximas ao IC2 - choupo (faia) e freixo - vão ser abatidas e substituídas por outras novas, mas com porte considerável. A deliberação foi tomada na última Assembleia de Freguesia de Avelãs de Caminho, votada por unanimidade com oito votos a favor (seis PSD e dois PS), em sessão ordinária que se realizou no passado dia 20.

César Andrade, presidente da Junta de Freguesia de Avelãs de Caminho (PSD), começou por dar a conhecer o mau estado das duas árvores, dizem os mais antigos já com mais de 200 anos: “Ambas são património de cada um de nós. São o testemunho da vida e da morte das pessoas. Mas os sinais de podridão são mais do que evidentes e é necessário actuarmos”, explicou.

O autarca disse que a anterior Junta de Freguesia já “prolongou um pouco mais a vida das árvores, colocando cimento no choupo e podando o freixo”. Mas nos últimos meses o choupo começou a inclinar para o lado sul da freguesia, começando a representar perigo, o que levou o Executivo de César Andrade a chamar, em Outubro passado, uma equipa técnica da Direcção-Geral dos Recursos Florestais (DGRF) a Avelãs de Caminho, para avaliar a situação.

A vistoria decorreu em Dezembro último, sendo emitido o relatório, com o parecer da DGRF, a 17 de Janeiro.

O parecer, lido durante a Assembleia de Freguesia, é claro. O abate é a sugestão indicada pela DGRF para “evitar danos maiores”.     

 

PS e populares concordam, mas com a substituição imediata

Do lado da oposição, Nélson Costa Pereira disse concordar com o corte das duas árvores, mas só se forem “substituídas logo e por árvores já de porte. Pequenas não acho bem”.

César Andrade disse então ter falado com Augusto Silva, que tem freixos com algum porte e que se ofereceu para fornecer as duas árvores que podem vir a substituir as centenárias. “Esta pode ser uma hipótese de solução”, disse.

Após a votação a favor do corte, Rui Soares, presidente da Assembleia de Freguesia de Avelãs de Caminho, sugeriu que o Executivo voltasse a contactar a DGRF para saber qual “a melhor altura para proceder ao corte das árvores, seguindo-se a plantação das novas”.

César Andrade garantiu que vindo tempo oportuno “cortam-se os ramos”, ficando os troncos até ao momento em que se plantem as novas, “para não custar tanto”.

Para a substituição das árvores, a lei não permite que sejam choupos. Mas podem ser freixos. Como este tipo de árvore de grande porte tem custos elevados, Nélson Pereira sugeriu um peditório na freguesia, ao que César Andrade respondeu: “Vamos estudar o caso”. O autarca sugeriu que podia a Junta contratar um fotógrafo e marcar um sábado para todos poderem fazer fotos junto das árvores e ficarem com uma recordação, visto que também a Junta pretende ficar com fotos dos ex-líbris de Avelãs de Caminho.

Mesmo desejando que as árvores continuassem onde estão, a população reconhece o perigo que podem representar e concordou com o corte.

publicado por quiosquedasletras às 10:32

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Litério Marques obtém nov...

Junta de Freguesia de San...

CDU ataca Câmara Municipa...

Presépios de Natal em Ana...

Grupo de 15 pessoas reúne...

Em Avelãs de Caminho, Ana...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds