Sábado, 13 de Fevereiro de 2010

“Escolíadas 2010” – 21ª Edição

Evento vai sair da Mealhada pela primeira vez

As “Escolíadas 2010” estão próximas do arranque, que acontece no dia 16 de Abril, no concelho de Ílhavo. São 21 as escolas que aceitaram participar nesta edição que será um novo desafio para todos os envolvidos. A 21ª edição das “Escolíadas” vai decorrer em vários espaços, havendo a partir deste ano sempre um ou dois pólos.

Cada pólo terá sessões e finais, seguindo-se uma finalíssima e a rematar a “Gala de Entrega de Prémios das Escolíadas”, que todos os anos serve para reapresentar os melhores momentos das sessões e promover um convívio entre todos.

 

Primeira sessão no dia 16 de Abril em Ílhavo

Dia 16 de Abril será a primeira sessão das “Escolíadas”, e é logo nesse dia que algo de inédito vai acontecer: o evento não terá início na Mealhada, mas sim no Centro Cultural de Ílhavo, que receberá o Pólo 1 das “Escolíadas”. Ali vão apresentar a sua arte nove escolas dos concelhos de Aveiro, Ílhavo e Vagos. A final deste pólo será na mesma sala, no dia 30 de Abril.

Em 7 de Maio arranca o segundo pólo das “Escolíadas 2010”, que receberá 12 escolas de oito concelhos. O local para este pólo ainda está por definir, mas deverá ser em Coimbra ou na Mealhada.

Por definir está também o espaço que receberá a finalíssima das “Escolíadas 2010”, que vai receber as duas melhores escolas de cada pólo. A “Gala de Entrega de Prémios das Escolíadas 2010” será, à semelhança do que aconteceu na edição anterior, no “Centro Cultural de Ílhavo”.

 

Mais de dois mil alunos e professores envolvidos 

No total serão mais de dois mil alunos e professores envolvidos nas provas do evento, que já tem a confirmação do apoio da Direcção Regional de Educação do Centro (DREC), do Instituto Português da Juventude (IPJ), das Câmaras Municipais de Ílhavo e de Coimbra. Serão 11 noites repletas de Arte e Juventude, numa edição marcada pela descentralização das “Escolíadas”.

 

Calendário “Escolíadas 2010”

 

PÓLO 1 (Centro Cultural de Ílhavo)

1ª Sessão – Sexta-feira, dia 16 de Abril

- Escola Secundária Homem Cristo – Aveiro

- Escola Secundária José Estêvão – Aveiro

- Escola Secundária Dr. Mário Sacramento – Aveiro

 

2ª Sessão – Sábado, dia 17 de Abril

- Escola Secundária Dr. Jaime Magalhães Lima – Esgueira

- Escola Secundária Dr. João Carlos Celestino Gomes – Ílhavo

- Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos

 

3ª Sessão – Sexta-feira, dia 23 de Abril

- Escola Profissional de Aveiro – Aveiro

- Escola Secundária com 3º ciclo da Gafanha da Nazaré

- Escola Secundária de Vagos

 

Final – Sexta-feira, dia 30 de Abril

 

2º PÓLO – Coimbra ou Mealhada (ainda por definir)

1ª Sessão – Sexta-feira, dia 7 de Maio

- Escola Secundária de Montemor-o-Velho

- Escola Secundária Drª. Maria Cândida de Mira

- Escola Secundária de Carregal do Sal

 

2ª Sessão – Sábado, dia 8 de Maio

- Escola Secundária Dr. João Lopes de Morais – Mortágua

- Colégio de Albergaria-a-Velha

 

3ª Sessão – Sexta-feira, dia 14 de Maio

- ADA – Associação Diogo Azambuja – Montemor-o-Velho

- Escola Secundária Dom Dinis – Coimbra

- Escola Secundária de Albergaria-a-Velha

 

4ª Sessão – Sábado, dia 15 de Maio

- Escola Secundária de Mealhada

- Escola Secundária de Oliveira do Bairro

- Escola Secundária Avelar Brotero – Coimbra

 

Final – Sexta-feira, dia 21 de Maio

 

Finalíssima – Sexta-feira, dia 28 de Maio

 

“Gala de Entrega de Prémios das Escolíadas” – Sexta-feira, dia 4 de Junho, no Centro Cultural de Ílhavo, em Ílhavo.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:01

link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Segunda-feira, 23 de Novembro de 2009

Fernando Neves expõe fotografias na Biblioteca Municipal de Anadia

“Multiplicidades” inaugura no sábado

O fotógrafo freelancer Fernando Neves vai expor pela primeira vez na cidade de Anadia, numa mostra que vai inaugurar sábado, dia 28, na sala polivalente da Biblioteca Municipal, pelas 15 horas.

Natural de Anadia mas a residir na Costa Nova, concelho de Ílhavo, Fernando Neves, 50 anos, engenheiro civil de formação, assume ter gostado desde sempre de fotografia. Mas foi há cinco anos que, através de um fotógrafo profissional que lhe foi apresentado, começou a investir em formação. “Paralelamente à profissão, sempre procurei no desporto ou em algo ligado à arte um complemento à minha formação primária”, diz.

“Descobri que gostava mesmo de fotografia e decidi iniciar workshops na área e também em arte gráfica, mas colocando sempre a fotografia em primeiro plano”, explicou.

Há três anos recebeu o primeiro convite para fazer um evento, altura em que se inscreve na Associação de Fotógrafos Profissionais, começando a trabalhar como fotógrafo freelancer, sendo a engenharia civil a sua principal ocupação, em Anadia.

Fernando Neves também tem ligações ao desporto, acabando por transpô-las para a fotografia que faz. É federado em hipismo - tendo uma escola de equitação a funcionar em Anadia - e pratica várias modalidades.

 

“Multiplicidades”

Em Anadia vai dar a conhecer na terra que o viu nascer o trabalho dos últimos três anos. “Multiplicidades” vai apresentar fotos que passam pelo desporto, retratos, paisagens, fotos de estúdio, de dança. A exposição estará patente até meados de Janeiro.

“As minhas fotos profissionais apontam duas características: a tendência pelo preto, porque têm sempre uma carga e a tentativa de criar dinâmica e vida em cada uma delas”, frisa o engenheiro fotógrafo.

Diz que não se sente um fotógrafo comercial, porque mesmo para fazer eventos, tem que “de alguma forma se enquadrar neles”. Mesmo para fotografar desporto, “temos de ter a noção de como ele é praticado”.

 

Criação de núcleo de fotografia

Fernando Neves propôs a criação de um núcleo/secção de fotografia, em Anadia - e já aprovado -, que teria o seu início através de um workshop que vai começar em Janeiro, ainda com “Multiplicidades” patente.

“Serei um simples colaborador. O núcleo será aberto para pessoas do município. Com o workshop pretendo reunir com os interessados uma vez por mês”, afirmou o fotógrafo.

As ideias já são muitas. Desde fotografar durante manhãs de domingo no Luso ou convidar fotógrafos de renome para vir a Anadia. As inscrições para o workshop vão estar abertas dia 28, durante a inauguração de “Multiplicidades” e depois.

Introdução à fotografia digital e noções sobre o equipamento e sobre fotografia serão temas a abordar no workshop, gratuito. “Cerca de 25% é técnica, o resto é sensibilidade”, finalizou.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:40

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 10 de Agosto de 2009

Couto dos Santos é o cabeça de lista do PSD por Aveiro

Distrital de Aveiro descontente com a escolha

Couto dos Santos, ex-ministro da Educação de Cavaco Silva, vai encabeçar a lista de candidatos a deputados do PSD por Aveiro à Assembleia da República nas eleições legislativas de 27 de Setembro. Segue-se Ulisses Pereira, ex-chefe de gabinete do antigo ministro Henrique Chaves e presidente da Concelhia de Aveiro do PSD.

De acordo com fonte social-democrata, a escolha do cabeça de lista não agradou à Distrital aveirense e o presidente, António Topa, poderá mesmo ponderar a sua demissão.

Também Ribau Esteves, ex-secretário geral do PSD, afirmou tratar-se de uma escolha “infeliz e errada”, por Couto dos Santos “não ter nada a ver” com o distrito de Aveiro. O também presidente da Câmara Municipal de Ílhavo lamentou ainda a “limpeza feita àquele que foi considerado um dos melhores deputados do grupo parlamentar do PSD nesta legislatura”, referindo-se a Luís Montenegro.

Ribau Esteves deu também nota negativa ao facto de não haver candidatos com menos de 30 anos entre os 10 primeiros lugares da lista. Mas rematou: “Não há escolhas de candidatos a deputados perfeitas. Esta é a opção do partido. Mesmo com 40% de votos contra, houve 60% de votos a favor e, portanto, ganha a maioria”.

                                                        

Deputado anadiense José Manuel Ribeiro em oitavo lugar

Além de Couto dos Santos, a lista de candidatos a deputados do PSD por Aveiro inclui, por esta ordem, os nomes de Ulisses Pereira (Aveiro), Paula Cardoso (Águeda), Amadeu Albergaria (Santa Maria da Feira), Paulo Cavaleiro (São João da Madeira), Carla Rodrigues (Oliveira de Azeméis), Luís Montenegro (Espinho), José Manuel Ribeiro (Anadia), Dora Ramos (Vagos) e André Almeida (Arouca), entre outros.

 

publicado por quiosquedasletras às 07:52

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 7 de Agosto de 2009

Museu Marítimo de Ílhavo completa 72 anos amanhã

Comemoração está integrada no programa MarAgosto/Festas do Município de Ílhavo 2009

Integrado no programa MarAgosto/Festas do Município de Ílhavo 2009, o Museu Marítimo de Ílhavo (MMI) celebra a sua existência de mais de sete décadas e assinala o aniversário da abertura do seu pólo, o navio-museu Santo André, amanhã, dia 8 de Agosto.

O programa comemorativo da fundação do Museu (8 de Agosto de 1937) organiza-se “sob o signo da pluralização das memórias do nosso património mais emblemático: a pesca do bacalhau”, conforme referiu Álvaro Garrido, director do MMI.

A abertura da III série do projecto expositivo “Nos Porões da Memória”, desta vez com um trabalho de fotografia e texto do canadiano Wayne Ralph, permite partilhar com o público a visão estética e documental de um estrangeiro sobre a presença regular da White Fleet em St. John’s.

A exposição articular-se-á com um outro registo memorial vindo da América do Norte: uma palestra sobre o Gazela Primeiro, um dos poucos veleiros da frota bacalhoeira portuguesa que ainda navega, sob o cuidado da fundação Philadelphia Ship Preservation Guild.

“No sentido de combinarmos conhecimento e lazer e de utilizarmos o nosso edifício de modos sempre diversos, o Museu organizará também duas demonstrações de nautimodelismo, uma actividade em grande expansão no âmbito das novas formas de expressão da cultura náutica”, explicou Álvaro Garrido.

 

Jantar “À Proa do Museu”

A noite do dia 8 de Agosto fechará com um jantar, “À Proa do Museu”, uma refeição servida pela Confraria Gastronómica do Bacalhau, que permitirá provar alguns sabores das dietas de bordo dos antigos lugres bacalhoeiros.

“A música encerra este dia longo e aberto a todos quantos nos queiram visitar e celebrar connosco o aniversário do Museu”, rematou o director do MMI.

 

Um vasto programa

O MMI vai festejar 72 anos de existência amanhã, presenteando todos os visitantes com um programa vasto.

Entre as 10 e as 24 horas o dia será aberto. Das 10 às 11.30 horas e das 16 às 17.30 horas vão haver demonstrações de nautimodelismo no lago do Museu.

Das 14 às 18 horas vão realizar-se ateliers temáticos. Às 18 horas tem lugar a sessão comemorativa, com uma palestra de José Luís Fernandes, membro da fundação Philadelphia Ship Preservation Guild - Gazela Primeiro.

Nesta altura será feita a abertura da exposição de tesouros da colecção do MMI - Bússolas e ainda a abertura da exposição “Nos Porões da Memória III” - fotografia e texto de Wayne Ralph.

Entre as 19.30 e as 22 horas será o Jantar de Bacalhoeiro, servido pela Confraria Gastronómica do Bacalhau, que inclui Pataniscas, Línguas, Chora, Feijoada de Samos e Massada de Bacalhau e custa 10 euros por pessoa.

Às 22 horas tem lugar o espectáculo de música no jardim interior do Museu intitulado “As 3 Marias” (www.myspace.com/3smarias).

 

“As 3 Marias”

“As 3 Marias” são um novo projecto musical, nascido no Porto. Na sua música notam-se influências dos clássicos do tango, misturados com flamenco, bolero, bossa, jazz e outros imaginários musicais.

Sendo o tango uma mistura de vários ritmos, de diferentes tendências, “As 3 Marias” optam pelo tango-canção, onde a letra tem a mesma relevância que a parte instrumental, característica deste estilo musical.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:41

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 3 de Agosto de 2009

Águeda integra Águas da Região de Aveiro

Parceria envolve nove municípios

O Ministro do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional, Nunes Correia, deslocou-se, no dia 29 de Julho, a Aveiro, para presidir à cerimónia de assinatura do Contrato de Parceria Pública entre o Estado e os Municípios da Região de Aveiro para a gestão integrada dos serviços de abastecimento de água para consumo público e de saneamento de águas residuais urbanas.

A parceria envolve nove municípios: Águeda, Albergaria-a-Velha, Aveiro, Estarreja, Ílhavo, Murtosa, Oliveira do Bairro, Sever do Vouga e Vagos. O presidente da Câmara Municipal de Águeda, Gil Nadais, deslocou-se a Aveiro para voltar a fazer do concelho pioneiro. Desta forma, Águeda é um dos nove municípios que vai fazer parte da futura empresa Águas da Região de Aveiro (ARA), empresa esta que será a primeira a operar na área da água e do saneamento resultante de uma parceria entre Estado e autarquias.

 

Ministro vê acção como pioneira no país

O Ministro do Ambiente, na sua deslocação a Aveiro, fez um discurso de agradecimento aos presidentes de Câmara presentes pelo espírito de inovação que assumiram. “Este é um caso pioneiro no sector”, disse, acrescentado: “Estou certo que outros virão”.

Para o representante do Governo, este “é o melhor passo a dar para o país”, garantindo que “as populações dos nove municípios que aderiram à nova empresa pública ARA vão ter um serviço ao nível do melhor que existe na Europa”.

A empresa arranca com a participação de nove municípios, o que totaliza cerca de 290 mil habitantes. Deverá ser constituída nos próximos dois meses e instalada nos seis meses seguintes.

A Águas de Portugal terá 51% do capital social, enquanto os restantes 49% ficarão nas mãos das Câmaras Municipais. A ARA é assim a primeira empresa a operar na área da água e do saneamento resultante de uma parceria entre Estado e autarquias, sendo que irá vigorar por um período de 50 anos.

A parceria tem por objectivo garantir a qualidade, a continuidade e a eficiência dos serviços públicos de abastecimento de água e de saneamento de águas residuais, no sentido da protecção da saúde pública, do bem-estar das populações, da protecção do ambiente e da sustentabilidade económico-financeira do sector, contribuindo ainda para o desenvolvimento regional e para o ordenamento do território.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:37

link do post | comentar | favorito
Sábado, 11 de Julho de 2009

Feira Internacional do Sal e Mostra de Artesanato de Verão em Aveiro

Certames arrancam dia 17 de Julho no Rossio

Vai realizar-se a quarta edição da Feira Internacional do Sal, de 17 a 20 de Julho, das 16 às 23 horas, no Rossio, em Aveiro.

Além da Feira Internacional do Sal, decorrerá a Mostra de Artesanato de Verão, de 17 a 26 de Julho, também no mesmo local. Aos sábados e domingos, a mostra pode ser visitada das 10 às 24 horas e à semana das 15 às 24 horas. Este certame vai reunir cerca de 30 artesãos da região de Aveiro e alguns convidados.

A Feira Internacional do Sal, que se realiza no âmbito das Comemorações dos 250 anos de Elevação de Aveiro a Cidade, da política de difusão, salvaguarda, valorização e sensibilização para o Património Natural e Cultural, e da preservação da identidade e da memória colectiva local, poderá ser visitada das 16 às 23 horas, no Rossio.

Pela quarta vez, a Câmara Municipal de Aveiro organiza a Feira Internacional do Sal, que contará com as participações de três localidades que virão apresentar o sal e seus derivados pelos antigos e actuais produtores de sal: Aveiro far-se-á representar pelo Ecomuseu Marinha da Troncalhada e “Vitasal”; a Figueira da Foz, através do Núcleo Museológico do Sal da Marinha da Cobra, da Casa do Sal Eiras Largas, da Firma Alquimia dos Sentidos e da Marinha Doutores; Ílhavo, através da firma Comércio de Produtos Alimentares, Lda e Setúbal, através do produtor Júlio da Silva.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:45

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Junho de 2009

“Escolíadas 2009” – 20ª Edição

Gala de Entrega de Prémios encerra “Escolíadas 2009”

O Centro Cultural de Ílhavo (CCI) recebeu na noite de sexta-feira, dia 5 de Junho, a Gala de Entrega de Prémios das “Escolíadas 2009”, encerrando a 20ª edição do concurso que colocou à prova 17 estabelecimentos de ensino secundário da região centro do país. Cerca de 500 pessoas assistiram às provas mais pontuadas durante as seis sessões de apuramento, assim como à revelação dos melhores intérpretes das “Escolíadas 2009” e à atribuição de prémios a todos os participantes do concurso.

A noite ficou marcada pelas emoções partilhadas entre as escolas concorrentes e pelo firme desejo de continuidade das “Escolíadas”, “para ser dada oportunidade aos jovens para mostrarem os seus talentos”, como disse Mariana Sá, aluna da Escola Secundária Dom Dinis de Coimbra, que ganhou o “Prémio Juventude 2009”. Sendo uma das responsáveis pela petição que a breve trecho será entregue na Assembleia da República – para que haja mais apoios por parte das entidades para as “Escolíadas” prosseguirem –, Mariana Sá mostrou-se determinada a continuar a fazer o que estiver ao seu alcance para não deixar a iniciativa morrer.

 

Provas mais pontuadas foram revistas

A prova de Teatro da Escola Secundária de Oliveira do Bairro (ESOB) foi a primeira a subir ao palco do CCI. Com o tema “O Amor – Pares Românticos”, a ESOB trouxe uma prova onde foi retratado o amor de D. Pedro I e D. Inês de Castro, um amor que apesar de trágico foi representado pela escola através de uma vertente cómica.

A gala foi conduzida por Fernando Alvim e por Cláudio Pires, da “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural”, que foram chamando ao palco as escolas que participaram no concurso, para receber as medalhas e troféus correspondentes. A escola da casa – Secundária Dr. João Carlos Celestino Gomes, de Ílhavo – foi a primeira a vir ao palco receber os prémios das mãos de Ribau Esteves, presidente da Câmara Municipal de Ílhavo.

“É com grande gosto que a Câmara Municipal recebe a gala das ‘Escolíadas’. Este é um espaço jovem, com um ano e três meses de vida, e que tal como todos estes jovens que estão aqui hoje quer crescer e trabalhar”, disse o autarca.

Seguiu-se a prova de Música da Escola Secundária Homem Cristo de Aveiro, que trouxe a “Canção de Embalar”, de Zeca Afonso, pela voz de Raquel Garcia. E depois foi a vez da Secundária de Montemor-o-Velho trazer a prova de Dança, em torno do tema que escolheram: “Jogos Olímpicos”. Além do Teatro da ESOB, o público presente em Ílhavo pôde também rever a prova de Teatro da Secundária da Mealhada.

A Secundária Dr. Mário Sacramento de Aveiro trouxe ao palco do CCI a prova de Dança intitulada “Gestos Nossos”. A prova de Música e Dança foi apresentada pela Escola Secundária Dr. Jaime Magalhães Lima de Esgueira e pela Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos (EPAV). O Colégio de Albergaria-a-Velha, grande vencedor das “Escolíadas 2009”, foi o último a actuar no CCI, com a prova de Música.

O “Prémio Melhor Pintura” foi para a Escola Secundária Dr. João Lopes de Morais, de Mortágua e para a Secundária Dom Dinis de Coimbra. O “Prémio Melhor Claque” foi atribuído à EPAV e também ao Colégio de Albergaria-a-Velha.

Recorde-se que na classificação da 20ª edição das “Escolíadas 2009” o Colégio de Albergaria-a-Velha ficou em primeiro lugar, com 287 pontos, em segundo lugar a EPAV, com 267 e a terceira posição foi para a Secundária Dom Dinis de Coimbra, com 266 pontos.

 

Os melhores intérpretes

Durante a Gala de Entrega de Prémios das “Escolíadas 2009” foram anunciados os melhores intérpretes nas quatro categorias definidas pela “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural”: Teatro, Dança, Música e Voz. Cláudio Pires deu nota de que a votação teve de ser cancelada por o número real de visitantes ser bastante inferior ao número de votações.

O prémio “Melhor Intérprete de Teatro” foi para Miguel Pereira, da Escola Secundária da Mealhada; O prémio “Melhor Intérprete de Dança” foi para Gabriela Cruz, da ESOB; O prémio “Melhor Intérprete de Música” foi entregue a Edgar Silva, do Colégio de Albergaria-a-Velha e o prémio “Melhor Voz” foi atribuído a Raquel Garcia, da Escola Secundária Homem Cristo de Aveiro.

 

Daniel Conde Matos é o vencedor do PEP

Também foi revelado na gala o vencedor do Prémio Escolíadas de Poesia (PEP)/Jornal da Bairrada. Com o pseudónimo “Poeticamente”, Daniel Conde Matos, da Escola Secundária Dr. João Lopes de Morais, de Mortágua, foi o vencedor deste prémio. Mas não estando presente na gala para o receber – um computador portátil –, Fernando Alvim entendeu que seria justo Daniel Matos saber que era o vencedor do PEP. Assim, o apresentador tratou de o informar, por telemóvel, sendo este um dos momentos que marcou esta noite de gala que teve lugar no CCI.

De referir que todos os participantes no PEP receberam quatro livros, oferecidos por um dos patrocinadores das “Escolíadas”, o Jornal de Notícias, que deu 1227 livros à “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural”. Estes livros estão a ser distribuídos por todos os estabelecimentos de ensino secundário que participaram na 20ª edição do concurso.

Helena Libório, directora regional adjunta da Direcção Regional de Educação do Centro (DREC), felicitou todos os participantes e a organização das “Escolíadas”, “que proporcionou este maravilhoso espectáculo”. Cláudio Pires aproveitou a oportunidade para agradecer o apoio da DREC, que forneceu todas as refeições durante o evento.

Após ser entregue o último troféu, ao vencedor das “Escolíadas 2009” – o Colégio de Albergaria – José Gabriel, professor neste estabelecimento de ensino, lembrou que “as ‘Escolíadas’ são muito mais do que uma aula, porque muitas coisas estão envolvidas. São transmitidos valores, os alunos fora das aulas vão-se revelando e há outra oportunidade para os conhecermos, porque eles têm talento”. O apelo final foi para a continuidade da iniciativa e para as entidades responsáveis apoiarem o evento.

Fernando Alvim classificou a gala com uma palavra: “Foi ‘Escolestástica’. Uma mistura de ‘Escolíadas’ com fantástica”. E Cláudio Pires, emocionado, disse: “Devo muito o que sou hoje a todos vocês”. A “foto de família”, com todos os participantes desta edição no palco, encerrou a noite com chave de ouro.

 

publicado por quiosquedasletras às 07:12

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Junho de 2009

“Escolíadas 2009” – 20ª Edição

Gala de Entrega de Prémios realiza-se dia 5 no Centro Cultural de Ílhavo

A Gala de Entrega de Prémios das “Escolíadas 2009” realiza-se no dia 5 de Junho, sexta-feira, no Centro Cultural de Ílhavo, junto ao edifício da Câmara Municipal. O evento vai fazer regressar ao palco as provas mais pontuadas durante as seis sessões de apuramento da 20ª edição do concurso. A par disto serão entregues prémios a todos os participantes das “Escolíadas 2009” e ainda vão ser premiados os melhores intérpretes do concurso.

Teatro, Música, Dança e Música e Dança são as provas que vão ser revistas na noite do dia 5. De acordo com Cláudio Pires, da “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural”, “levar o número máximo de escolas ao palco, para voltar a dar aos alunos e professores a oportunidade de o pisar é o grande objectivo da gala. Esta é também uma forma de proporcionar a todos os participantes das ‘Escolíadas’ outras condições, numa sala de espectáculos diferente”.

Para garantir que vai à gala o maior número de escolas, se uma tiver duas provas das mais pontuadas, só leva a mais pontuada de todas. Assim, quem assistir a este espectáculo, com acesso livre, vai voltar a ver, no Teatro, as provas da Escola Secundária da Mealhada e da Secundária de Oliveira do Bairro. Na Música voltam ao palco as provas do Colégio de Albergaria-a-Velha e da Secundária Homem Cristo (Aveiro).

A prova de Dança traz ao palco do Centro Cultural de Ílhavo a Escola de Montemor-o-Velho e a Secundária Dr. Mário Sacramento, de Aveiro. A prova de Música e Dança também vai levar duas provas até Ílhavo: da Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos (EPAV) e da Secundária Dr. Jaime Magalhães Lima de Esgueira.

No que diz respeito à atribuição de prémios aos melhores intérpretes, nas diversas provas, a “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural” divide a “responsabilidade” da decisão. Assim, a escolha do júri conta 35%; da organização outros 35% e do público 30%. O público, através do site oficial - www.escoliadas.com - pode votar até ao dia que antecede a Gala de Entrega de Prémios, ou seja, até 4 de Junho, quinta-feira.

A “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural” está a distribuir mais de 1200 livros - por todos os estabelecimentos de ensino secundário que participaram nas “Escolíadas 2009” -, num valor superior a 7 mil euros, oferecidos por um dos patrocinadores do concurso, o Jornal de Notícias.

 

Vencedor do PEP é conhecido na gala

O Prémio Escolíadas de Poesia (PEP)/Jornal da Bairrada, uma das novidades da 20ª edição das “Escolíadas”, contou com a participação de 10 escolas, sendo que nem todas participaram nesta edição das “Escolíadas”, que lançaram o desafio do PEP aos alunos de todas as escolas que já participaram no concurso.

Os resultados vão ser comunicados durante a Gala de Entrega de Prémios, dia 5 de Junho, animada pelo irreverente Fernando Alvim.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:07

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 26 de Maio de 2009

“Escolíadas 2009” – 20ª Edição

Colégio de Albergaria-a-Velha vence concurso

O Colégio de Albergaria-a-Velha, com 377 pontos, é o grande vencedor das “Escolíadas 2009”, sendo esta a quarta vitória da escola, não consecutiva, desde 2004, ano em que se estreou nas “Escolíadas”, participando desde então ininterruptamente no concurso, que coloca à prova os talentos dos jovens dos estabelecimentos de ensino secundário da zona centro do país.

A Secundária Dom Dinis de Coimbra ficou em segundo lugar, com 374 pontos. Uma escola com tradição nas “Escolíadas”, já com quatro finais ganhas, e que este ano completou a sua 18ª presença no concurso.

A Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos (EPAV), com 356 pontos ficou com o terceiro lugar naquela que foi a 20ª edição das “Escolíadas”, numa final “renhida”, disputada na noite do dia 22 de Maio, sexta-feira, na discoteca “Outro Mundo”, no Complexo Turístico Quinta dos Três Pinheiros, na Mealhada.

“O Tesouro” foi o tema trazido pelo Colégio às “Escolíadas 2009”, tentando passar a mensagem daquilo que é mais importante na vida de cada um. O júri muito apreciou a prova de Teatro, “que prendeu a atenção de todos os presentes”, com “interpretações brilhantes”, valendo à escola um total de 93 pontos.

A Dom Dinis de Coimbra optou pelo tema “Violência no Namoro”, pertinente e actual, no entender do júri, que referiu que o acto praticado durante a prova de Teatro, ao construírem o espectáculo, “foi a forma que encontraram de falar do mundo através desta linguagem do Teatro”, demonstrando “extraordinária competência”. A prova somou 92 pontos, merecendo dois 20 (máximo da pontuação) de dois elementos do júri.

A EPAV escolheu “O Poder da Natureza” para tema da 20ª edição das “Escolíadas”, com provas que trouxeram a consciência ambiental ao palco da discoteca “Outro Mundo”, a sala/palco do concurso.

 

Terá sido a última noite de “Escolíadas”?

No final da sessão, Cláudio Pires, da “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural”, com alguma emoção admitiu não ser fácil assistir a uma noite como a do dia 22 em qualquer lugar. E lembrou que aquela pode ter sido a última noite de “Escolíadas”: “Se acabarem assim, fico feliz, porque saímos pela porta grande”, disse.

Engrácia Castro, directora regional de Educação do Centro, assistiu à final das “Escolíadas” dizendo ser “gratificante ver tantos jovens envolvidos num projecto”. E Miguel Nascimento, director regional do Instituto Português da Juventude (IPJ), também não faltou. Visivelmente satisfeito com o ambiente de festa vivido durante a final, felicitou o projecto e todos os jovens presentes naquela sessão e também todos os que se envolveram nas “Escolíadas 2009”.

Miguel Nascimento enalteceu o trabalho das escolas, sendo notório o empenhamento de todas, com “muitos meses de preparação. Por isso mesmo as ‘Escolíadas’ merecem o nosso reconhecimento. Fazemos um autêntico investimento neste projecto, porque gostamos de colocar as energias onde a juventude merece”, sendo esta a “nossa filosofia de actuação, dentro das limitações financeiras. Apoiamos como podemos esta associação juvenil”.

O dirigente desejou que aquela não fosse a última noite de “Escolíadas”, lembrando que o IPJ há muito que está no seu limite, mas que da parte deste organismo, o projecto “não morre hoje” (dia 22), por “reunir um conjunto de mais-valias”.

 

“Escolíadas” devem “estender-se a nível nacional”

Miguel Nascimento terminou revelando que o IPJ tem uma intenção: “Este é um projecto que deve estender-se a nível nacional. Mas primeiro estamos a trabalhar para a viragem ao nível da região centro, para depois replicar. Gosto de afirmar que os projectos válidos não podem morrer, como é o caso”.

Da Câmara Municipal da Mealhada esteve presente na final a vice-presidente Filomena Pinheiro, que até à data continua sem dar resposta à “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural” relativamente ao apoio para esta edição, já na recta final. “Estamos a estudar uma solução”, disse.

Olinda Rio, em representação do Ministério da Educação (ME), admitiu que as “Escolíadas” são um “projecto sobrevalorizado”, lembrando que o ME nesta edição “salvou a situação financeira”, mas que têm de haver apoios efectivos, sendo necessária a “mudança radical” da “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural”, porque “os apoios do Estado têm de acabar”.

“Cada escola tem de arranjar os seus meios. Este ano foi uma situação excepcional e pontual, porque o projecto não podia cair. Não somos um organismo com vocação para subsidiar nenhum tipo de actividade. As escolas é que têm de se mobilizar, encontrando outras formas de financiar a sua participação”, rematou Olinda Rio.

 

Docentes criticam posição de Olinda Rio

Dina Teixeira, docente na EPAV, lembrou que as escolas têm dificuldades e limitações: “Faltam recursos financeiros. Os humanos nunca são o problema”. E Manuela Nogueira, professora na Dom Dinis, disse que assim não seria fácil, porque “as escolas já dão tanto! Estes eventos só se fazem com boa vontade. Para este Governo as escolas de artes não interessam, por isso estão a acabar com elas”, atirou.

Do Colégio de Albergaria foi o professor Humberto Valente que reagiu: “Estou estupefacto. Os meus alunos têm mais competências adquiridas com as ‘Escolíadas’ do que a ouvir um professor que não querem dentro de uma sala de aula. Quem falou revela um profundo desconhecimento desta actividade”, disse, referindo-se a Olinda Rio. “Financia-se tanta coisa que não presta e desinveste-se na juventude”, lamentou.

Humberto Valente, muito satisfeito com a vitória da sua escola, admitiu que todos os alunos saíram mais enriquecidos. E afirmou que a “barreira professor-aluno cai por terra” com esta actividade, o que acaba por trazer outro tipo de convívio e relação de entreajuda.

Para Cláudio Pires esta edição de “Escolíadas” foi “especial e difícil”. Porque “ter duas sessões por semana dificultou trabalhar”.

Sobre a continuidade das “Escolíadas” admitiu estar convencido “que não dá mesmo. Tenho vontade mas não tenho como. Ainda não sei com o que conto em 2009. Só avanço para 2010 quando souber com o que conto até 2012”, afiançou.

 

Gala de Entrega de Prémios das “Escolíadas 2009” dia 5 de Junho

A Gala de Entrega de Prémios das “Escolíadas 2009” realiza-se no dia 5 de Junho, sexta-feira, no Centro Cultural de Ílhavo, em Ílhavo. O evento vai fazer voltarem ao palco as provas mais pontuadas durante as seis sessões de apuramento da 20ª edição das “Escolíadas”. A par disto serão ainda premiados os melhores intérpretes do concurso.

 

publicado por quiosquedasletras às 07:13

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 15 de Maio de 2009

“Escolíadas 2009” – 20ª Edição

Três escolas que vão à final são conhecidas amanhã

A quinta e sexta sessões de apuramento das “Escolíadas 2009” realizam-se hoje e amanhã, dias 15 e 16 de Maio, na discoteca “Outro Mundo”, no Complexo Turístico Quinta dos Três Pinheiros, na Mealhada. As provas - Teatro, Dança, Música, Pintura, Claques e Cultura Geral - têm início marcado para as 23 horas.

Recorde-se que hoje, dia 15, vão prestar provas as seguintes três escolas: Escola Secundária Dom Dinis de Coimbra; Secundária de Vagos e Escola Secundária José Estêvão de Aveiro.

Já no dia 16, amanhã, sobem ao palco mais três escolas: Secundária Dr. Jaime Magalhães Lima de Esgueira; Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos e Escola Secundária da Mealhada.

A “ESCOLÍADAS - Associação Recreativo-Cultural” aproveita para relembrar que estas serão as duas últimas sessões de apuramento. Assim, no final da sessão de amanhã já será possível saber quais são os três estabelecimentos de ensino secundário mais pontuados durante esta fase e que vão disputar a final, que terá lugar dia 22 de Maio, na discoteca “Outro Mundo”.

Depois da final, realiza-se a Gala de Entrega de Prémios, no dia 5 de Junho no Centro Cultural de Ílhavo, onde voltarão ao palco as provas mais pontuadas durante as seis sessões de apuramento das “Escolíadas 2009”.

 

Actual tabela de classificações gerais

O Colégio de Albergaria-a-Velha está na liderança da classificação provisória das “Escolíadas 2009”, com 287 pontos e a segunda posição é ocupada pela Secundária de Montemor-o-Velho, com 262 pontos. A Escola Secundária Dr. Mário Sacramento de Aveiro, com 258 pontos, ocupa o terceiro lugar.

 

PEP a decorrer até dia 22 de Maio

O Prémio Escolíadas de Poesia (PEP)/Jornal da Bairrada, uma das novidades da 20ª edição das “Escolíadas”, continua a decorrer. A data limite de entrega dos trabalhos é 22 de Maio, dia da final das “Escolíadas 2009”, sendo o resultado comunicado na Gala de Entrega de Prémios, dia 5 de Junho, no Centro Cultural de Ílhavo. Para consultar o regulamento basta aceder à página das “Escolíadas” em www.escoliadas.com.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:55

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

“Escolíadas 2010” – 21ª E...

Fernando Neves expõe foto...

Couto dos Santos é o cabe...

Museu Marítimo de Ílhavo ...

Águeda integra Águas da R...

Feira Internacional do Sa...

“Escolíadas 2009” – 20ª E...

“Escolíadas 2009” – 20ª E...

“Escolíadas 2009” – 20ª E...

“Escolíadas 2009” – 20ª E...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds