Quinta-feira, 12 de Novembro de 2009

Atravessamento da Ribeira do Ameal com Ponte Pedonal

Nova travessia vem permitir realização do “Trilho do Águeda”

No passado dia 9 de Novembro, a Câmara Municipal de Águeda procedeu à colocação de uma ponte pedonal para o atravessamento da Ribeira do Ameal, localizado sobre a margem norte do Rio Águeda.

Inseridos no projecto que a autarquia se encontra a desenvolver no âmbito das temáticas turística, ambiental, social e cultural, os trilhos e percursos cicláveis e pedonais procuram levar os visitantes pelas veredas e caminhos que se desenvolvem nos lugares, aldeias, vilas e cidade do concelho de Águeda.

Nesse contexto encontra-se o “Trilho do Águeda”, inaugurado a 5 de Outubro de 2009, que se desenvolve, maioritariamente, na envolvente do Rio Águeda, por caminhos, trilhos, veredas e outras passagens pedonais já existentes que servem de acesso aos campos agrícolas, habitações e demais propriedades por onde o itinerário se realiza, ao longo de cerca de 8 Km.

Para a sua implementação tornou-se necessária a execução de duas travessias sobre cursos de água: uma sobre o próprio Rio Águeda, a Ponte dos Violantes, e a outra recentemente colocada sobre a Ribeira do Ameal.

 

Travessia/Ponte sobre a Ribeira do Ameal

O atravessamento da Ribeira do Ameal, localizado sobre a margem norte do Rio Águeda, apresenta uma extensão de 16 metros de margem a margem, que é agora garantido pela ponte pedonal.

A estrutura da ponte é de madeira, com viga em arco, assente em sapatas de betão armado. A restante estrutura, piso e guardas são em madeira de pinho com tratamento.

A ponte é de construção simples, que se resumiu à afixação no local de uma estrutura pré-fabricada e modular, sem interferência ou deslocação do leito da ribeira, sem alteração ou redução da secção de vazão e com uma ocupação efectiva do solo praticamente nula.

Na ocasião, o presidente da Câmara Municipal de Águeda, Gil Nadais, e o vereador João Clemente deslocaram-se até ao local para verificar o desenvolvimento da obra.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:43

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 11 de Novembro de 2009

Ceifeira-aquática “Pato Bravo” regressa à Pateira, concelho de Águeda

Durante Outubro a máquina esteve no município de Montemor-o-Velho

Durante o mês de Outubro a ceifeira-aquática esteve a trabalhar no município de Montemor-o-Velho colaborando na preparação das condições para o mundial de canoagem que decorrerá durante o próximo ano, sendo que regressará à Pateira esta semana.

Reconhecendo o trabalho realizado na Pateira pela autarquia de Águeda, em particular no que diz respeito à remoção das massas de jacintos-de-água da superfície do espelho de água pela ceifeira-aquática, foram vários os municípios que contactaram Águeda no sentido da Câmara Municipal ceder o equipamento para a limpeza de cursos de água.

Neste sentido, no início de Outubro, a máquina foi cedida ao município de Montemor-o-Velho para a limpeza de um extenso troço de rio, fundamental para a prática de canoagem, e cuja intervenção se afigurava urgente dada a organização, por esta edilidade, durante o próximo ano, dos mundiais da modalidade. Após laborar durante um mês, está agora em fase de conclusão a limpeza dos cerca de 4 Km de braço de rio intervencionados, regressando a máquina à Pateira durante esta semana.

O município aguedense acredita que estão reunidas as condições para que a “Pato Bravo” possa laborar de forma a optimizar a remoção das massas de infestantes, rentabilizando assim a remoção, e continuando o reconhecido bom trabalho que tem desempenhado até à data com a remoção do jacinto-de-água da lagoa.

Desde o secretário de Estado do Ambiente, à directora e director-adjunto do Departamento de Zonas Húmidas do ICNB, ao vice-presidente da CCDR-C, a diversos técnicos de investigação científica, professores universitários, entre tantos outros já visitaram a Pateira para ver a actuação da máquina, reconhecendo os progressos obtidos.

A Pateira, bem como a metodologia utilizada pela autarquia de Águeda para remover os jacintos-de-água, foi já referenciada a nível Europeu, em particular no Conselho da Europa. No âmbito dos trabalhos a este nível, e como já foi noticiado, uma técnica da Câmara de Águeda foi a única representante portuguesa no grupo de peritos que desenvolveram a análise do risco de infestação por jacinto-de-água. Este documento servirá de base para a elaboração de uma Directiva Comunitária nesta temática.

De referir ainda que a reconhecida Blackwell Publishing, do Reino Unido, publicou em 2009 um artigo científico para a EPPO, sobre o mérito do trabalho realizado pela autarquia de Águeda na Pateira de Fermentelos, trabalho este que vai agora ser retomado.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:10

link do post | comentar | favorito
Domingo, 1 de Novembro de 2009

Acordo de geminação com Milau (França) e Mealhada celebrado no próximo ano

Datas para a assinatura ainda não estão marcadas

A Câmara Municipal da Mealhada e o Comité de Jumelage de Millau ( França) acordaram que o processo de geminação entre as duas cidades deverá ficar concluído durante o próximo ano.

As datas para assinatura do acordo ainda não estão marcadas, em definitivo. Mas, durante uma reunião, que decorreu na passada semana, na Câmara da Mealhada, ficou estabelecido que o protocolo será assinado, primeiro, na Mealhada, por ocasião da Feira de Artesanato e Gastronomia do próximo ano. E, mais tarde, na França, por ocasião de uma visita de uma delegação da Mealhada a Millau.

Uma delegação do Comité de Jumelage (Comissão para as geminações) de Millau esteve no concelho da Mealhada, para estabelecimento de contactos e exploração de possibilidades de cooperação a vários níveis: da Educação à Economia, passando pela Cultura e pelo Desporto.

Durante a reunião de trabalho na Câmara ficou, igualmente, acordado que a cidade de Millau deverá participar na Feira de Artesanato e Gastronomia da Mealhada do próximo ano, com uma mostra de produtos daquela região de França.

Os contactos entre as cidades de Millau e da Mealhada remontam a 2005 e têm-se traduzido numa série de visitas recíprocas, mas sem carácter institucional.

Esta geminação com Millau, agora anunciada para o próximo ano, será a primeira da cidade da Mealhada com uma cidade estrangeira.

No concelho da Mealhada, a vila do Luso tem um protocolo de geminação com Contrexéville (França), a freguesia da Pampilhosa está geminada com Courcoury (França) e Vacariça com Chermignac (França).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:29

link do post | comentar | favorito
Sábado, 31 de Outubro de 2009

Câmara Municipal e “4 Maravilhas da Mesa da Mealhada” associam-se ao Dia Europeu do Enoturismo

Produtores oferecem provas de vinhos e visitas guiadas

Os oito produtores de vinhos que integram o projecto “4 Maravilhas da Mesa da Mealhada” associaram-se às comemorações do Dia Europeu do Enoturismo, que se assinala no próximo dia 8 de Novembro.

A convite da Câmara Municipal da Mealhada, os oito produtores do concelho aderentes ao projecto “4 Maravilhas da Mesa da Mealhada” vão estar de portas abertas, nesse dia.

Além das provas de vinhos, os visitante poderão visitar as instalações destes produtores: Adega Cooperativa da Mealhada, António Assunção Coelho Selas, Jorge Manuel Ferreira Rama, Quinta do Azinhal, Quinta do Carvalhinho, Seabra & Seabra, Sociedade Agrícola e Comercial dos Vinhos Messias e Vinhas de Sabarrô.

As provas e as visitas decorrerão entre as 14 e as 18 horas.

Os visitantes terão, ainda, a oportunidade de usufruir de um desconto de 15%, nesse dia, na compra de todos os vinhos dos produtores aderentes (mediante inscrição no Cartão “4 Maravilhas da Mesa da Mealhada”) e receberão uma pequena lembrança alusiva ao projecto.

O Dia Europeu do Enoturismo é uma iniciativa, a nível europeu, da Rede Europeia de Cidades do Vinho (RECEVIN), coordenada, no nosso país, pela Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV).

 

publicado por quiosquedasletras às 09:53

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 30 de Outubro de 2009

Dia Europeu do Enoturismo assinalado em Águeda

No âmbito das comemorações da data - dia 8 de Novembro - a autarquia propõe programa comemorativo à comunidade

A Câmara Municipal de Águeda vai levar, quem participar no Dia Europeu do Enoturismo, a conhecer alguns vinhos e vinhas da região vitivinícola onde o concelho se insere. Durante o dia 8 de Novembro todos são convidados a tornarem-se enoturistas em Águeda e a desfrutar do roteiro criado, que passa pela visita à Quinta do Ferrão (Recardães) e pelas Caves Primavera (Aguada de Baixo).

Ao aderir à iniciativa, o município pretende promover o acesso a estes locais, assim como divulgar o que de bom se faz no concelho e ainda captar visitantes a estes espaços.

A manhã começa pelas 10 horas, na Quinta do Ferrão, situada na freguesia de Recardães, onde os participantes poderão passear pelas vinhas, provar o delicioso espumante que por aqui se faz, terminando com um agradável almoço no restaurante Zito dos Leitões.

Já a tarde fica marcada pela visita às Caves Primavera, em Aguada de Baixo, que disponibiliza duas visitas guiadas pelo espaço, uma às 15 e outra às 16.30 horas, com uma prova de degustação no final.

Do programa consta ainda um “Workshop de Enologia”, destinado a estudantes de Hotelaria e Restauração, que se vai realizar na Câmara Municipal, no dia 6 de Novembro, dividido em três sessões: 09.30, 10.30 e 11.30 horas, incluindo uma visita às Caves Primavera.

O Dia Europeu do Enoturismo celebra-se a cada segundo domingo de Novembro e inclui uma série de eventos que têm por objectivo dar a conhecer os pontos enoturísticos nacionais e europeus.

Todas as actividades são organizadas pela Câmara Municipal de Águeda, em parceria com as Caves Primavera e a Quinta do Ferrão. Para obter mais informações e inscrições, contactar o 234 610 070 (ext. 220) ou o endereço electrónico adriana.mesquita@cm-agueda.pt.

As visitas são gratuitas, sendo que o conjunto do almoço e transporte tem um custo de 15 euros.

A autarquia aceitou o desafio da Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV), lançado pela Rede Europeia das Cidades do Vinho (RECEVIN), juntando-se, assim, a todos os municípios, entidades nacionais e europeias, que não vão deixar passar em branco este dia. Deste modo, a Câmara de Águeda lança o repto a todos os interessados: Seja por um dia enoturista em Águeda!

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:28

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 28 de Outubro de 2009

“Alma Ibérica” na Câmara Municipal de Oliveira do Bairro até dia 4 de Novembro

Sara Vieira inaugura exposição de pintura

Ainda no dia 17 e logo após a inauguração de “Caminho do Infinito”, Mário João Oliveira, presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, dirigiu-se para os Paços do Concelho para inaugurar “Alma Ibérica”, uma mostra de pintura de Sara Vieira, em exposição na sala da autarquia.

“Podem contar connosco de forma programada para estar neste espaço. Que vá ao encontro dos vossos anseios. É um tipo de cultura que não atrai algumas pessoas. Mas se entendemos que estamos no caminho certo, devemos persistir”, revelou Mário João Oliveira.

O autarca disse que havendo grupos que queiram visitar a exposição, fora do horário previsto, basta avisar.

Sara Vieira nasceu e vive em Lisboa. Não conhecia Oliveira do Bairro e veio ali expor por ter tido conhecimento da disponibilidade do município através de Assunção Carreto e Quim Molinero - que já ali expuseram - e de outros artistas plásticos do seu círculo de amigos.

“Estou em início de carreira que é quando é mais difícil, começar. Agradeço esta oportunidade que me está aqui a ser dada”, referiu Sara Vieira. A mostra vai estar patente até dia 4 de Novembro.

A agenda destas exposições mensais no município está já completa para o ano de 2010.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:30

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 23 de Outubro de 2009

Visitantes da “IX Bienal Internacional de Cerâmica Artística de Aveiro” já ultrapassam número da anterior edição

Mostra termina dia 15 de Novembro

Desde a sua abertura, 3 de Outubro, o número de visitantes à exposição da nova edição “Bienal Internacional de Cerâmica Artística de Aveiro”, até à data de segunda-feira, 19 de Outubro, foi de 1285. Este é um número que já ultrapassa a quantidade de visitantes da edição anterior, revelando que “a aposta em colocar a exposição no núcleo urbano da cidade foi certeira. Esperamos que, até 15 de Novembro, a mostra receba muitos mais visitantes, assim como as restantes, patentes na Galeria da Capitania, Galeria dos Paços do Concelho e Museu da Cidade de Aveiro e montras do comércio aveirense”, destacou o vereador do pelouro dos Assuntos Culturais, Miguel Capão Filipe.

Recorde-se que a exposição da “IX Bienal Internacional de Cerâmica Artística de Aveiro” tem patente 101 obras, de 89 artistas nacionais e internacionais e que se encontra patente no Museu de Aveiro, de terça-feira a domingo, das 10 às 17 horas, com entrada livre, até dia 15 de Novembro.

 

Informações complementares

Os vencedores são os seguintes: primeiro prémio - “Teaset #1”, de Karen Gunderman, dos Estados Unidos da América; segundo prémio - “Corpos Marcados” e “Fragmentos”, de Sílvia Tagusagawa, do Brasil; terceiro prémio - “Medusa”, de Ana Cruz, de Portugal. As menções honrosas foram atribuídas a “Objeckt, aufplatzend” e “2-shãriges Objekt mit Innenkugel”, de Tonkunst, da Alemanha; “Whisper”, de Momchil Mirchev, da Bulgária; “Hemisfério Norte e Hemisfério Sul”, de Alberto Miranda, de Portugal; “Quarts”, de C. Vives, de Espanha; Cela de los recuerdos”, de Maria Oriza, de Espanha e “O que nos perpassa nos constitui”, de Betânia Silveira, do Brasil.

O júri - constituído por Pedro Matos Fortuna, Francisco Laranjo e João Labrincha -, das 260 obras de 160 diferentes artistas, enviadas a concurso, apurou nas triagens efectuadas durante as duas reuniões 101 obras de 89 artistas, algumas delas oriundas de 16 países estrangeiros, nomeadamente Alemanha, Argentina, Áustria, Bélgica, Brasil, Bulgária, Eslovénia, Espanha, Estados Unidos da América, França, Israel, Itália, Japão, Polónia, Roménia e Ucrânia.

Além da exposição nuclear do evento, decorrem três mostras: a exposição “Sabores da terra/Sabores de la tierra” 15º Certamen San Agustín de Cerâmica, na Galeria da Capitania, que reúne 96 pratos em cerâmica de 24 ceramistas portugueses e 24 espanhóis. Cada um dos artistas apresenta duas obras. São 48 visões, distintas, como não poderia ser de outra forma, do que se pode fazer - ou tentar fazer-se - para cozinhar tão “saborosamente” com pratos atractivos. Pode ser visitada até 15 de Novembro, de terça-feira a domingo, das 14 às 18 horas.

 

“Bienal de Cerâmica - 20 anos - retrospectiva”

O Museu da Cidade recebe a “Bienal de Cerâmica - 20 anos - retrospectiva”, que integra obras que concorreram em edições anteriores da Bienal, trabalhos estes pertencentes ao espólio municipal. Aberta também até 15 de Novembro, recebe visitantes de terça-feira a domingo, das 10 às 12 horas e das 14.30 às 18 horas.

Por último, a Galeria dos Paços do Concelho tem patente a mostra “Figuras Tradicionais da Região de Aveiro” - Cerâmica de Alberta. Esta é uma exposição individual de cerâmica sobre figuras características da região, nomeadamente, as profissões relativas à ria (como o marnoto, a salineira, o apanhador de moliço, o pescador, a peixeira, entre outras). De forma metódica e criativa, estas figuras representam as profissões mais significativas no que diz respeito ao desenvolvimento da região. As figuras são peças únicas, em cerâmica vidrada com dimensões variáveis (dos 20 aos 50 cm). Aberta de terça a domingo, das 14 às 18 horas.

Ainda no âmbito da “Bienal Internacional de Cerâmica Artística de Aveiro”, a Câmara Municipal de Aveiro e a Associação Comercial de Aveiro convidaram os comerciantes a associarem-se à realização deste evento. Com a iniciativa, os lojistas participam, de forma activa, na exposição da Bienal, através da colocação de uma peça de edições anteriores e de uma bandeira identificativa cedidas pelo município de Aveiro. Comerciantes aderentes: Mercantil Aveirense, Ergovisão, Galerias do Vestuário, Sapataria Azuleto, Sapataria Antoine, Ourivesaria Matias, Oxigénio, Riaburger, Isabel Castro Cabeleireiros, Versátil, O Farrapo e António’s.

Recorde-se que a “Bienal Internacional de Cerâmica Artística de Aveiro” é um dos mais importantes concursos dedicados à cerâmica artística que se realiza em Portugal, sendo reconhecido internacionalmente como uma relevante mostra de novas técnicas e linguagens utilizadas na criação de cerâmica artística.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:22

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

ExpoSaúde tem menos visitas que em 2007 mas maior grau de atenção este ano

Evento termina hoje em Anadia

A ExpoSaúde voltou pela segunda vez a Anadia, ao Pavilhão Multiusos da Câmara Municipal. Durante a inauguração, que teve lugar no domingo, dia 20, Litério Marques, presidente da autarquia, lembrou que todos devem ter “uma atenção especial ao estado de saúde de cada um, sendo que uma visita a esta iniciativa pode levar muita gente a evitar graves problemas e doenças”.

A ExpoSaúde, que termina hoje, dia 23, voltou a abrir portas gratuitamente, para ao longo de quatro dias proporcionar a toda a população do concelho de Anadia e não só uma equipa de médicos, técnicos de saúde e voluntários que realizaram vários testes médicos e ofereceram aconselhamento sobre como melhorar a saúde.

À semelhança de há dois anos, do percurso fizeram parte vários ateliers, onde foi possível testar o colesterol/glicemia; a tensão arterial; o teste de forma física (Harvard); a gordura corporal; o “Peak Flow” (teste respiratório); o rastreio auditivo e a acuidade visual.

Como aconteceu em 2007, o circuito terminou com uma banca vegetariana, para degustar, porque é “possível ter um regime equilibrado só com base nesta alimentação”, como defendeu David Esteves, representante regional da Associação Internacional de Temperança (AIT), pioneira na promoção dos princípios da ExpoSaúde em Portugal.

Litério Marques, que deu o exemplo ao realizar alguns testes, sublinhou o carácter preventivo do evento e mostrou-se disponível para continuar a receber a iniciativa de futuro. A autarquia apoiou financeiramente a ExpoSaúde com uma verba que ultrapassou os cinco mil euros.

 

Menos visitantes permitem dar mais atenção às pessoas

Ao final do dia de ontem (dia 22), Víctor Pancha, responsável local da AIT, adiantou que eram cerca de 200 os visitantes da ExpoSaúde.

“Uma frequência menor do que estávamos à espera, visto que há dois anos foram 1146 as pessoas que estiveram na ExpoSaúde em Anadia, mas que nos permitiu ter mais tempo para estar com cada pessoa. E no retorno que tive no primeiro ano cá, não havia esse tempo para dedicar aos visitantes”, o que levou Víctor Pancha a fazer um balanço positivo.

“Se no final da ExpoSaúde e dos seminários percebermos que há 20 ou 30 pessoas que mudaram o seu estilo de vida, estes números têm um valor muito gratificante em comparação com as mais de mil visitas”, explicou o responsável pela AIT local.

Contudo, convém referir que o evento encerra só hoje, decorrendo das 19 às 21.30 horas. Quem pretender visitar a ExpoSaúde e fazer a avaliação do seu estado ainda está a tempo, sendo também possível assistir, às 21 horas, à conferência “Força para Viver”, a cargo de Víctor Pancha.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:03

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 25 de Agosto de 2009

Património e história em Lamas do Vouga, Águeda

Restauro da Ponte Medieval do Marnel praticamente concluído

As obras de restauro da Ponte Velha do Marnel ou Ponte Medieval, na freguesia de Lamas do Vouga, em Águeda, estão praticamente concluídas.

Durante longas décadas, a degradação desta ponte emblemática do concelho vinha a acentuar-se, onde ano após ano e dia após dia se assistia à queda de pedras ou mesmo de pedaços de muro. Para evitar a queda total deste marco histórico, a Câmara Municipal de Águeda decidiu colocar “mãos à obra” e proceder ao restauro deste precioso monumento.

Segundo Jorge Almeida, vice-presidente da autarquia, “há património que não podemos perder. Esta ponte é um monumento importante e emblemático do concelho, que a Câmara não podia deixar de recuperar”.

De momento, faltam apenas pequenos trabalhos de recuperação, nomeadamente a regularização dos arruamentos, a limpeza e o melhoramento do espaço envolvente. Para breve será a colocação da iluminação por parte da EDP, que vai projectar a beleza daquele quadro de enorme valor histórico, arquitectónico e paisagístico a todos os utentes que diariamente circulam na Estrada Nacional 1 (EN1)/Itinerário Complementar (IC2).

Para já foram recuperados os muros e reabilitada toda a estrutura da ponte, de forma a que aquele ex-líbris, a exemplo de muitos outros, não passe à história, mas continue a fazer parte dela.

A Ponte Medieval sobre o Rio Marnel constitui um forte motivo de atracção para quem deseja descobrir parte da história do concelho de Águeda, designadamente os aspectos arqueológicos das raízes culturais da região. Águeda é particularmente rica em vestígios arqueológicos, nomeadamente na zona do Vouga e do Marnel, importante local de passagem cujas origens remontam à época romana.

A Ponte Medieval, com a  Estação Arqueológica de Cabeço do Vouga - sítio da Mina (Imóvel de Interesse Público) -, fazem desta freguesia uma das mais visitadas por todos os turistas que acorrem ao concelho.

Considerado monumento de Interesse Municipal, a autarquia apostou na recuperação de restauro desta ponte de 120 metros - classificada como Imóvel de Interesse Público em 1956 -, para evitar a sua progressiva deterioração.

A Ponte Velha do Marnel integra o vasto património arquitectónico existente no concelho de Águeda.

 

Nota histórica

A fundação da Ponte Velha do Marnel ou Ponte Medieval, situada na freguesia de Lamas do Vouga, crê-se que remonte ao período romano, século II, acreditando-se que seria neste local que a via romana, no troço de Emínio (Coimbra) a Cale (Gaia/Porto), fazia a travessia.

Mais tarde foi substituída por uma Ponte Medieval que, por sua vez, foi reconstruída durante o reinado de D. João III (1552). Terá assim, eventualmente, existido uma Ponte Romana que foi substituída por uma Medieval durante o século XIV, da qual, após as obras de restauro do século XVI, reemerge com o aspecto que hoje lhe vemos.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:41

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 18 de Agosto de 2009

Milagre de Urgueira já no próximo domingo

Festival-Romaria repete-se na freguesia de Macieira de Alcôba, Águeda

O Festival-Romaria “Milagre d’Urgueira” repete-se no próximo dia 23 de Agosto, domingo, na pequena aldeia da Urgueira, em Macieira de Alcôba, Águeda.

Cumprindo um ritual secular, um homem vai entrar no forno comunitário da aldeia da Urgueira, para aí depositar a chamada “broa do milagre”, com 100 quilos de peso. Este “milagre” é recriado todos os anos pela Associação Etnográfica “Os Serranos”, que há mais de uma década organizam o Festival-Romaria “Milagre d’Urgueira”.

A reconstituição desta romaria tradicional, transformando-a num festival de folclore com aspectos tão peculiares como os que lhe deram origem secular, tem sido um desafio para a Associação Etnográfica “Os Serranos”. A reconstrução do forno e a repetição dos seus rituais constitui apenas um dos múltiplos aspectos que atraem interesse e atenção, pelos milhares de visitantes que todos os anos rumam a este local.

O espaço da romaria, onde será feita a reconstituição, ocorre entre a ermida à Srª da Guia e o forno comunitário, separados por cerca de 150 metros, onde se distribuem as três eiras para as apresentações de folclore.

São seis os grupos de folclore que passarão por cada uma das eiras (15 minutos em cada), sabendo que não existe palco ou aparelhagens sonoras, mas uma multidão de pessoas entusiásticas e ávidas por também participar numa ou noutra dança que sejam convidadas.

Este festival é peculiar, pois é motivo para milhares de romeiros se deslocarem ao pequeno lugar da Urgueira, que conta com apenas 12 habitantes.

 

Festival-Romaria “Milagre d’Urgueira”

Este festival consiste na reconstituição tradicional da romaria a Nª Srª da Guia e realiza-se na Urgueira, na freguesia de Macieira de Alcôba, concelho de Águeda, num local situado a cerca de 750 metros de altitude, na serra do Caramulo, a cerca de 25 quilómetros de Águeda, onde se preserva uma grande intensidade de vida comunitária.

O objectivo e o enquadramento peculiar desta reconstituição de romaria, transformada em festival de folclore nativo, vivenciado como nas suas origens, levam a uma experiência muito interessante para as memórias pessoais dos elementos que nele participam, além de proporcionar a projecção do pequeno lugar da Urgueira, criando motivações adicionais para o pequeno “milagre” da sua preservação e da continuidade do movimento de recuperação das velhas casas tradicionais.

 

O forno e o milagre

O forno vai voltar a ficar quente, queimando lenha serrana durante três dias e duas noites. Chega assim a domingo em condições de responder à equipa de padeiros e padeiras chefiadas por António Costa, que nos outros dias produz a mais afamada broa de milho que se fabrica na serra, em Paranho de Arca, e alimenta uma vasta região de vários concelhos.

Coze quatro ou cinco fornadas, traduzidas em várias centenas de broas e o pão especial do “milagre”, com cerca de 100 quilos, metido e tirado pelo homem que, pelas duas vezes, entra e dá a volta ao forno com a flor apertada na boca.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:27

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

“A Última Famel” estreia ...

Alunos da Secundária da M...

Júlio Pereira sobe ao pal...

Câmara Municipal de Aveir...

Projecto “Escola Electrão...

Museu de Etnomúsica da Ba...

Inaugurada a exposição “...

Viva o Ano Novo!

Férias Desportivas e Cult...

Hoje é Dia de Natal!

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub