Sábado, 7 de Março de 2009

Cine-Teatro Municipal de Anadia

“Corvos” dão espectáculo hoje

Hoje, dia 7 de Março, pelas 21.30 horas, o Cine-Teatro de Anadia vai receber o espectáculo musical interpretado pelo famoso grupo “Corvos”.

“Corvos” é um quarteto de músicos exímios executantes de instrumentos de cordas. Conquistaram lugar de destaque no panorama musical nacional, tendo inclusive realizado actuações além fronteiras, primando pela qualidade de interpretação e uma mística muito própria em cada concerto, à qual não são alheios o rigor e o bom gosto na sua concepção e produção.

Este grupo é, sem dúvida, um dos projectos musicais mais coesos, originais e inspirados dos últimos tempos.

De salientar que esta banda lançou o seu primeiro álbum - “Corvos visitam Xutos” - em 1999, tornando-se na imagem de marca deste grupo.

A banda apresenta todo o seu reportório recorrendo a dois violinos, uma viola d’arco e um violoncelo, aos quais se junta, algumas vezes, o som da bateria. Aqui a música ganha uma nova expressão entre o rock e o clássico.

Os bilhetes (15 euros) estarão à venda no Cine-Teatro de Anadia, hoje, a partir das 14 horas.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:14

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2009

“Sextas Culturais Águeda 2009”

Rodrigo Leão sobe ao palco do Cine-Teatro São Pedro no dia 13 de Março

Depois do êxito dos dois concertos anteriores, as “Sextas Culturais Águeda 2009” prosseguem com Rodrigo Leão, que pela primeira vez se desloca até Águeda. O terceiro concerto das “Sextas Culturais”, com Rodrigo Leão, será já a 13 de Março, pelas 21.30 horas, no Cine-Teatro São Pedro.

A carreira de Rodrigo Leão em nome próprio, depois dos Sétima Legião e dos Madredeus, é alvo de um generalizado aplauso e de um sólido sucesso nacional e internacional. Com discos de referência e compositor de aclamadas bandas sonoras, Rodrigo Leão sobe ao palco com o Cinema Ensemble para um concerto seguramente memorável. Rodrigo Leão é música em estado de graça.

 

Rodrigo Leão

É co-fundador dos Sétima Legião e é um dos criadores do conceituado grupo Madredeus. Após abandonar os Madredeus, em 1994, dedica-se inteiramente à sua carreira a solo e às obras “EP Mysterium”. A solo começa a explorar a combinação das suas composições clássicas-modernas com formas de canção e instrumentação mais tradicional, com a presença de nomes como Adriana Calcanhotto, no CD “Alma Mater” e correspondente digressão.

Entre os eleitos seus convidados constam ainda, entre outros, os The Gift e Rui Reininho, vocalista de uma das mais conceituadas bandas portuguesas, GNR, que participou na gravação do seu álbum ao vivo intitulado “Pasión”.

Quer o disco “Alma Mater” quer o próprio músico receberam dois importantes títulos de reconhecimento público: o de Disco do Ano e o de Artista do Ano.

Em 2004 editou “Cinema” e foi considerado pelo editor da revista americana “Billboard” um dos melhores discos editados nesse ano. Lança em 2006 um olhar retrospectivo sobre a sua carreira com “O Mundo”, acrescentando seis canções inéditas. Já em 2007 compõe a banda sonora original da série documental “Portugal, Um Retrato Social”, dirigida por António Barreto para a RTP. Baseada nos 18 temas do disco surge a digressão nacional “Os Portugueses”.

Este será certamente outro espectáculo a não perder. Os bilhetes para os concertos das “Sextas Culturais Águeda 2009” podem ser comprados em diversos postos de venda em Águeda, Aveiro e Porto. Os bilhetes para o concerto de Rodrigo Leal têm o custo de 8 euros no dia do concerto, mas podem ser adquiridos por 4 euros se pré-comprados até à véspera.

Depois do sucesso da edição de 2008, as “Sextas Culturais 2009” confirmam a aposta da Câmara de Águeda na promoção de espectáculos que afirmem o concelho como destino cultural de qualidade.

 

Bilhetes e preços

- 8 euros (no próprio dia/apenas na bilheteira do Cine-Teatro São Pedro)

- 4 euros (pré-venda)

 

Pontos de venda:

Águeda - Galeria Municipal, Fórum da Juventude, Biblioteca Municipal, Piscinas Municipais, Espaço d’Orfeu, Posto de Turismo, Cine-Teatro São Pedro;

Aveiro - Oficina de Música de Aveiro, Loja de Música Wah Wah no Mercado Negro, Loja de Discos Disco Preto no Centro Comercial Oita;

Porto - Contagiarte.

 

http://www.rodrigoleao.pt

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:49

link do post | comentar | favorito
Sábado, 7 de Fevereiro de 2009

“Sextas Culturais Águeda 2009”

Couple Coffee & Band no Cine-Teatro São Pedro no dia 13 de Fevereiro

Depois da abertura com casa cheia, as “Sextas Culturais Águeda 2009” prosseguem com Couple Coffee, a talentosa dupla brasileira responsável pela sublime fusão entre a pop e o jazz na roupagem de ícones musicais de Portugal e do Brasil: Zeca Afonso ou a Bossa Nova nunca se viram tão extraordinariamente recriados. O segundo concerto das “Sextas Culturais”, com Couple Coffee & Band, será já a 13 de Fevereiro, pelas 21.30 horas, no Cine-Teatro São Pedro, em Águeda.

Couple Coffee é o casamento entre a voz de Luanda Cozetti e o versátil baixo eléctrico de Norton Daiello, artistas brasileiros que aportaram a Portugal esta década, com uma lufada de ar fresco para o panorama musical do nosso país.

Ela faz o que quer com a voz. Ele sola ou acompanha, mas mais que isso: o seu baixo canta. Dessa alquimia resulta uma música espantosa, original e sofisticada. A história de infância de Luanda cruza-se com Zeca Afonso, o que estimulou o aclamado disco “Co’as Tamanquinhas do Zeca”, marco brilhante na carreira do duo.

Baixo e voz, Norton Daiello e Luanda Cozetti, artistas brasileiros residentes em Portugal, são o núcleo criativo dos Couple Coffee. A comunicação do grupo com o público é imediata: ninguém vai ficar indiferente a tanto virtuosismo. Ela de voz potente e sensual, ele com uma sonoridade única no baixo eléctrico, estrearam-se com o álbum “Puro” em 2005. Dois anos mais tarde lançaram o álbum “Co’as Tamanquinhas do Zeca”, um disco onde celebram a vida e a obra de Zeca Afonso e que se revelou um estrondoso sucesso.

Em Águeda, no próximo dia 13 de Fevereiro, revisitarão o seu mais recente álbum “Young and Lovely” (2008), uma homenagem ao 50º aniversário da Bossa Nova. São 17 temas recriados, ao seu jeito também ele “simples, sincero e extraordinariamente musical”.

Os bilhetes para os concertos das “Sextas Culturais Águeda 2009” podem ser comprados em diversos postos de venda em Águeda, Aveiro e Porto. Os bilhetes para o concerto de Couple Coffee & Band têm o custo de 8 euros no dia do concerto, mas podem ser adquiridos por 4 euros se pré-comprados até à véspera.

Depois do êxito da edição de 2008, as “Sextas Culturais 2009” confirmam a aposta da Câmara de Águeda na promoção de espectáculos que afirmem o concelho como destino cultural de qualidade.


Bilhetes e preços

- 8 euros (no próprio dia/apenas na bilheteira do Cine-Teatro São Pedro)

- 4 euros (pré-venda)

 

Pontos de venda:

Águeda - Galeria Municipal, Fórum da Juventude, Biblioteca Municipal, Piscinas Municipais, Espaço d’Orfeu, Posto de Turismo, Cine-Teatro São Pedro;

Aveiro - Oficina de Música de Aveiro, Loja de Música Wah Wah no Mercado Negro, Loja de Discos Disco Preto no Centro Comercial Oita;

Porto - Contagiarte.

 

http://www.myspace.com/couplecoffee

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:31

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 7 de Janeiro de 2009

Concerto de Ano Novo na Mealhada

Cine-Teatro Messias recebe Orquestra Clássica do Centro no sábado

A Orquestra Clássica do Centro vai subir ao palco do Cine-Teatro Municipal Messias, no próximo dia 10 de Janeiro, sábado, pelas 21.30 horas, para um concerto de Ano Novo.

A orquestra, dirigida pelo maestro Virgílio Caseiro, vai apresentar, como tem vindo a ser a sua marca, um repertório que se identifica com a sua constituição clássica, interpretando compositores barrocos, clássicos, românticos e contemporâneos, nas vertentes concertísticas e sinfónicas.

Para este concerto de Ano Novo, a Orquestra Clássica do Centro tem previsto incluir no seu programa, mais especificamente, valsas, mazurcas, polcas e danças de Strauss e Brahms. Um concerto com um riquíssimo repertório que se advinha memorável, numa grande celebração musical do Ano Novo, marcada pela tradição, pelo entusiasmo e pela alegria.

As reservas para o concerto de Ano Novo com a Orquestra Clássica do Centro podem ser efectuadas através do telefone 231 209 870 e 231 200 980. Os bilhetes, que já se encontram à venda, podem ser ainda adquiridos, e levantados, na bilheteira do Cine-Teatro Municipal Messias, das 20 às 22 horas, de quinta-feira a segunda-feira, ou das 15 às 18 horas de domingo.

 

Programa:

1ª Parte

Abertura O Morcego                              J. Strauss

D. Húngaras n.º 1, 5 e 6                        J. Brahms

Pizzicato Polka                                     J. Strauss

Rosas do Sul                                       J. Strauss

Trish Tresh Polka                                  J. Strauss

 

2ª Parte

Abertura Bodas de Luís Alonso                G. Gimenez

Valsa das Flores                                   P. Tchaikovsky

Danças Eslavas n.º 7 e 8                       A. Dvorak

Marcha Radesky                                   J. Strauss

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:44

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 2 de Janeiro de 2009

“Sextas Culturais Águeda 2009”

Sérgio Godinho no Cine-Teatro São Pedro dia 9

Sérgio Godinho regressa a Águeda, com honras de abertura das “Sextas Culturais” em 2009, no próximo dia 9 de Janeiro, sexta-feira, às 21.30 horas, no Cine-Teatro São Pedro, na cidade de Águeda.

Multifacetado autor, com uma carreira artística de invejável longevidade, Sérgio Godinho e as suas canções são um fenómeno que atravessa gerações. A acompanhá-lo em palco estarão, como habitualmente, os Assessores, com a direcção musical de Nuno Rafael.

Além de temas do último disco de originais, “Ligação Directa”, os concertos de Godinho não passam sem uma revisita aos seus grandes clássicos. É Tão Bom ver, em Águeda, Um Brilhozinho nos Olhos do público.

Os bilhetes já estão à venda em todos os pontos de venda. No próprio dia custam 10 euros, no local do espectáculo. Se forem pré-comprados custam 5 euros, em todos os pontos de venda.

 

Pontos de venda:

Em Águeda, Espaço d’Orfeu; Galeria Municipal; Posto de Turismo; Fórum Municipal da Juventude; Biblioteca Municipal; Piscinas Municipais e Cine-Teatro São Pedro.

Em Aveiro: Oficina de Música de Aveiro; Loja de Discos Wah; Wha no Mercado Negro e Loja de Discos Disco Preto, no Centro Comercial Oita.

Para mais informações, sextas.culturais@gmail.com. Visitem também http://www.myspace.com/sergiogodinhooficial.

As “Sextas Culturais Águeda 2009” são uma iniciativa da Câmara Municipal de Águeda (http://www.cm-agueda.pt), com programação e produção da d’Orfeu – Associação Cultural (http://www.dorfeu.com).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:03

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 17 de Novembro de 2008

“As Aventuras da Banda de João Ratão”

Bilhetes já estão à venda

Já estão à venda, desde o dia 10, os bilhetes para o musical infantil “As Aventuras da Banda de João Ratão”, que se vai realizar no próximo dia 8 de Dezembro, pelas 17.30 horas, no Centro Cultural e de Congressos de Aveiro.

“As Aventuras da Banda de João Ratão” é um sensacional espectáculo musical para toda a família, em que para além da apresentação de músicas muito animadas, as crianças são incitadas a reflectir sobre as energias renováveis.

Durante o evento da Banda do João Ratão, as crianças são convidadas a interagir com os actores, para aprenderem a importância dos elementos naturais, base do futuro, sempre com a brincadeira e as partidas do João Ratão & a sua Banda.

A forte componente cénica de som e luz, cria um ambiente verdadeiramente mágico.

O preço dos bilhetes é de 10 euros (preço único). As crianças com idade a partir dos três anos inclusive pagam entrada. Os ingressos estão à venda de segunda a sexta-feira, das 14.30 às 19 horas, na portaria lateral do Centro Cultural e de Congressos de Aveiro.

 

Personagens:

João Ratão é um rato que tem a mania que é espertalhão. Ao contrário do que dizem, ele é apaixonado pela Gata Matilde e é o líder da banda “Os desafinados”. Toca viola.

A Gata Matilde é muito bonita e muito educada, amiga de toda a gente. É a voz principal da banda e é a verdadeira paixão do João Ratão.

O Pato Pateta é muito curioso, indisciplinado e trapalhão, mas também é bastante inteligente. Toca concertina na banda.

A Galinha Magricela acha-se muito elegante e bonita, tem muita inveja da Gata Matilde e  deseja ser a voz principal da banda. É também apaixonada pela João Ratão. Toca pandeireta.

O Burro Ambrósio é o elemento mais simpático da banda mas o mais esquecido. Também chega quase sempre atrasado ao ensaios, mas é muito amigo de todos e quer sempre ajudar. É o baterista.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:06

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 27 de Outubro de 2008

Dia 8 de Novembro, na Mealhada

“Chama-me Fado” sobe ao palco do Cine-Teatro Messias

O espectáculo “Chama-me Fado”, da Companhia de Dança Contemporânea de Sintra, vai subir ao palco do Cine-Teatro Municipal Messias no próximo dia 8 de Novembro, pelas 21.30 horas. Quatro bailarinas e cinco músicos vão interpretar o Fado, com tudo o que ele traz de alma lusa, de sentimento, de sensibilidade. “Chama-me Fado” é, assim, uma interpretação da forma de amar e sofrer do povo português, do modo de vida que lhe é tão característico e que, muitas vezes, só ele entende.

Um projecto de música e dança, protagonizado pela Companhia de Dança Contemporânea de Sintra ao som dos Maria Lua, que tem como tema central o afamado Fado português. “Chama-me Fado” é um espectáculo que procura “falar de Fado através da dança”, um desafio que “nasce de uma vontade de homenagear a forma tão singular e profunda de ser português”, como se pode ler nos textos da produtora do espectáculo, “Ai! A Dança Atelier”.

Um espectáculo que combina a música – tocada ao vivo pelo acordeão, contrabaixo, percussão, guitarra e voz dos Maria Lua – com a dança coreográfica de quatro bailarinas da Companhia de Dança Contemporânea de Sintra, numa interpretação única do Fado e de toda a carga conotativa que transporta.

A alegria, o amor, a tristeza, o choro, a saudade típica do povo português, tão presente nesse género musical que é o Fado, é agora interpretada não só enquanto música, mas sim enquanto sentimento, enquanto forma de estar na vida.

A produtora deixa mesmo antever, na sinopse do espectáculo, um pouco da magia que o público vai sentir: “Vamos falar do Fado Corrido, aquele que vai atrás de quem dança e de quem canta, falamos do Fado Menor quando a guitarra, o acordeão e o contrabaixo choram baixinho; vamos falar da nossa saudade, da alma de quem tem tanto para dar. O Fado à Desgarrada, tão típico de quem dialoga e discute acesa e vibrantemente o ciúme. Vamos falar daquilo que nos faz gente. E se fechar os olhos por segundos, vai encontrar-se a si viajando connosco (…). Temos a certeza que no final também se vai chamar Fado”.

As reservas para o espectáculo “Chama-me Fado” podem ser efectuadas através do telefone 231 209 870. Os ingressos podem ainda ser adquiridos, e levantados, na bilheteira do próprio Cine-Teatro Municipal Messias, das 20 às 22 horas de quinta a segunda-feira, ou das 15 às 18 horas de domingo.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 10:03

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 24 de Setembro de 2008

No Centro Cultural Prof. Élio Martins, em Oiã

Espectáculo “Dia do Pai” a 5 de Outubro

O Centro Cultural Prof. Élio Martins, espaço cultural no Silveiro, freguesia de Oiã, Oliveira do Bairro, apresenta no dia 5 de Outubro, pelas 16 horas, a comédia “Dia do Pai”, com encenação de Almeno Gonçalves.

A comédia interpretada por Almeno Gonçalves, André Nunes, Fernando Ferrão e Pedro Teixeira conta a história de três homens distintos uns dos outros que são intimados a aparecer numa clínica de reprodução assistida, desconhecendo por completo o motivo desta intimação.

As diferentes personalidades, profissões e valores (amor, dinheiro e saúde) dos três homens originam uma hilariante discussão sobre a paternidade, “uma verdadeira e caricata luta de espermatozóides”, que não vai poder perder.

Os bilhetes já se encontram à venda no Centro Cultural Prof. Élio Martins. Para reservas ou mais informações: 234 724 990.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:12

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 19 de Setembro de 2008

Festival “O Gesto Orelhudo” – 3 a 10 de Outubro

Música com Humor regressa a Águeda

Avizinha-se o dia de estreia do Festival “O Gesto Orelhudo” 2008, um evento único à escala nacional e que coloca Águeda na mira do clã cultural. Este festival é uma iniciativa conjunta da d’Orfeu e da Câmara Municipal de Águeda, que se realiza entre 3 e 10 de Outubro, com um cartaz de se “tirar o chapéu”.

O presidente da Câmara Municipal de Águeda, Gil Nadais, e a vereadora da Cultura, Elsa Corga, participaram na apresentação do programa para este ano. Para o autarca aguedense, a iniciativa faz já parte do calendário cultural da cidade e do concelho, pois “já nos habitou à qualidade”, salientou, afirmando ser importante “dar asas à d’Orfeu, porque quando a d’Orfeu voa o nome de Águeda vai atrás”.

“O Gesto Orelhudo” é um festival que marca as suas escolhas pelo mais insólito e invulgar humor músico-teatral.

Gil Nadais terminou com um pedido: “Queremos o êxito de sempre. E se possível um pouco mais”.

 

Cartaz com estreias e novos serviços

O cartaz da edição deste ano conta com uma multiplicidade cultural a que já habituou: alemães, espanhóis, italianos, cubanos, equatorianos, argentinos, franceses, australianos e, claro está, portugueses.

A grande novidade é o cantor-actor de tango argentino, Daniel Melingo, e o comediante australiano Joel Salom, com o espectáculo “Gadgets”, que fazem a sua estreia em Portugal, sendo que Águeda será o palco de estreia na Europa para Salom, o comediante que combina malabarismo, acrobacia e humor.

A abertura do festival, a 3 de Outubro, fica a cargo do espectáculo alemão “Pás par Tout”, um trio que faz da rua o seu palco. O riso é o propósito das suas animações músico-teatrais cheias de momentos burlescos. Esta noite será também presenteada com o espectáculo “Dúmbala Canalla”, grupo de Barcelona. Este concerto é uma espécie de banda nómada, que vai resultar num grande fim de noite na tenda.

 

Dia 4 com mais dois espectáculos

Para sábado, dia 4, estão também programados dois espectáculos. O primeiro a entrar em cena é da italiana “Microband”. Como o nome indica, é a orquestra sinfónica mais pequena do mundo. Não se esgota a originalidade e criatividade dos “Microband”, uma referência mundial da música cómica. O espectáculo “O menino é lindo” é uma pequena fanfarra de Lisboa, inspirada na tradição dos grupos de sopros que acompanham as marchas populares.

“Lost Locos” é o espectáculo agendado para segunda-feira, dia 6 de Outubro. Quem se lembra de Paul Morocco & Olé!, lembra-se seguramente de um dos mais extravagantes espectáculos de sempre no Festival “O Gesto Orelhudo”. O cómico guitarrista inglês, no registo que o deixou célebre, concebeu este novo espectáculo “Lost Locos”, dando azo à sua saudável loucura, ao juntar três guitarristas escolhidos a dedo na Alemanha: o argentino Juan Portela, o equatoriano Ruben Alvear e o cubano Carlos Chavez. Só pela amostra, é o mais internacional dos espectáculos desta edição de “O Gesto Orelhudo”.

É indescritível o que acontece às guitarras flamengas dos três “machos” latinos apaixonados por si próprios, que competem entre si, julgando-se verdadeiros ídolos. As armas são as suas guitarras, altamente artilhadas. Um espectáculo louco de sedução, comédia e música a um ritmo alucinante.

 

Dia 7 espectáculo “Melingo”

Para terça-feira, dia 7, aguarda-se um dos momentos altos do programa, com o espectáculo “Melingo”. Daniel Melingo é magnífico. Cantor-actor de tango, “tout court”. Melingo estropia as entranhas à canção urbana de Buenos Aires e entrega-a amanhada ao público, numa obsessão musical pelas raízes mais mundanas do tango. Impertinente, o nosso homem é requinte. Goelas de boémia de um velho canalha do tango cantado e vivido, a sedutora malícia do tango na voz grave e quente de um artista de corpo inteiro.

Daniel Melingo desmonta os códigos do tango, perverte-o, subverte-o, canta-o como ninguém. As canções na voz de Melingo são, todas elas, peças raras. Última coisa: é absolutamente necessário vê-lo em palco, no seu acto soberbo de cantar com todos os sentidos. Um equilíbrio assaz precário sem ordem no jogo cénico, uma mímica simbiótica que arranca risos mas que, às páginas tantas, incomoda. Uma postura trágico-cómica a cantar cada história. Melingo vai para onde o tango o leva.

Dia 8 de Outubro traz-nos “Vaguement la Jungle”, quatro músicos extraordinários que se conheceram a tocar nas ruas. Desde esse improvável encontro, este grupo de quarentões vem obtendo, na cena internacional, uma crescente notoriedade. Destilam uma música generosa com um espírito cáustico e libertário. Esta trupe de músicos aventureiros chega aos palcos e faz-se rapidamente adoptar pelo público, instalando a festa e a saudável loucura. O universo musical do grupo é uma deliciosa mistura sem fronteiras, um caldeirão borbulhante de estilos musicais, em que nenhuma influência dos quatro músicos é desperdiçada. A fusão é incontornável, pois não sabem fazer música de outra maneira. O resultado é um banho de energia em cada concerto, um verdadeiro remédio contra o tédio. Música altamente positiva para uma das grandes noites de “O Gesto Orelhudo”.

 

“Gadgets”, pelo australiano Joel Salom

No dia 9, o espectáculo “Gadgets”, com o comediante australiano Joel Salom, combina malabarismo, acrobacia e humor, num dos mais fascinantes espectáculos desta edição. É um artista excepcional, um prodígio de técnica e um refinado humorista. Joel recorre ainda à tecnologia para fazer do espectáculo uma experiência única que inclui raios laser, percussão electrónica com bolas num interface digital e mais uns quantos truques e engenhocas. A acompanhá-lo, dois fantásticos multi-instrumentistas, Jim Dunlop e Marko Simec, os musicómicos de serviço, numa partitura original que divaga pela pop, clássica, metal e jazz.

O membro mais acutilante do grupo é o pequeno e satírico Erik, o cão-robot, um ‘terrier’ de lata controlado à distância que é o alter-ego inconveniente de Joel Salom. “Gadgets” é um êxito retumbante por toda a Austrália e Nova Zelândia e chega agora a Portugal através do Festival “O Gesto Orelhudo”.

 

Toques do Caramulo & Galandum Galundaina

A noite de encerramento do Festival, a 10 de Outubro, também merece uma atenção especial ou não fosse a noite “100% made in Portugal”. Para esta noite está reservado um espectáculo único, no Cine-Teatro São Pedro, com os Toques do Caramulo & Galandum Galundaina.

O espectáculo contará com as participações especiais dos Pauliteiros de Miranda, Caretos de Podence, Orfeão de Águeda, Os Serranos, Coro Jovem da ARCEL e Coro Infantil EMtrad’.

A fechar o festival entra em palco a Tuna Rastafari, trazendo consigo uma descarga de energia dançante para a abertura do Outonalidades, programa de eventos musicais que estreia este ano a edição simultânea em Portugal e Galiza.

 

Serviços gratuitos de “Babysitting” e “Bluetooth”

Este ano a d’Orfeu vai disponibilizar novos serviços a quem se vem deslumbrar com os magníficos espectáculos. Assim, para os espectáculos para maiores de seis anos (assinalados maiores de seis anos) haverá um serviço gratuito de “Babysitting”, a funcionar na d’Orfeu. Contudo terá de ser feita a prévia inscrição para o endereço electrónico dorfeu@dorfeu.com ou pelo telefone 234 603 164.

A outra grande novidade é o serviço de “Bluetooth”, uma parceria com a empresa B.Link de Aveiro, onde se vai poder ter acesso, no telemóvel, a toda a informação do festival de uma forma prática e cómoda.

 

Bilhetes à venda no local dos espectáculos e locais habituais

Os bilhetes estarão à venda no local dos espectáculos, 45 minutos antes do seu início. Estes podem, também, ser encontrados nos locais já habituais em Águeda, Aveiro, Coimbra, Viseu, Porto e outras localidades da região. As noites para o fim-de-semana custam quatro euros cada e os bilhetes para cada noite da semana custam três euros. À semelhança dos anos anteriores, a organização vai disponibilizar um “passe orelhudo”, válido para todos os espectáculos do festival, no valor de 12 euros.

Tem a certeza que vai ficar em casa?!!!

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:27

link do post | comentar | favorito
Sábado, 13 de Setembro de 2008

No Parque de Exposições de Aveiro

13ª Exposição Canina Nacional de Aveiro

A 13ª Exposição Canina Nacional de Aveiro realiza-se este fim-de-semana, hoje e amanhã, no Parque de Exposições de Aveiro. Organizada pela Aveiro-Expo, EM, com o apoio da Câmara Municipal de Aveiro e do Clube Português de Canicultura e o patrocínio da Royal Canin, a 13ª Exposição Canina Nacional de Aveiro rege-se pelos Regulamentos do Clube Português de Canicultura e da Federação Cinológica Internacional.

Aberta a exemplares de todas as raças e variedades oficialmente reconhecidas, a 13ª Exposição Canina Nacional de Aveiro apresenta 400 exemplares, distribuídos por mais de 90 raças diferentes, registando um aumento no número de participações na ordem dos 10%, relativamente a 2007.

Os exemplares a concurso serão avaliados por juízes de renome internacional, oriundos de França, Irlanda, Letónia e Portugal.

Uma das novidades na edição deste ano é a participação do público em geral em aulas de obediência. Hoje à tarde, às 15 horas e às 18 horas, os visitantes são convidados a levar o seu cão podendo usufruir de uma aula de obediência gratuita, com a duração de 20 minutos. No final da aula, o tratador estará ainda disponível para o esclarecimento de quaisquer dúvidas.

A 13ª Exposição Canina Nacional de Aveiro inclui, também, a realização de duas exposições especializadas das raças Boxer e Dogue Alemão e a 10ª Monográfica do Cão da Terra Nova, que terão lugar hoje, a partir das 14.30 horas.

À semelhança de anos anteriores, durante todo o fim-de-semana, decorrem provas do campeonato nacional de agilidade e obediência. Serão, igualmente, promovidas demonstrações de acções de defesa, busca e salvamento.

A 13ª Exposição Canina Nacional de Aveiro abre ao público às 10 horas, nos dois dias. O bilhete custa €1,50.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:13

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Mealhada recebe “Clube de...

Júlio Pereira sobe ao pal...

Cine-Teatro de Anadia rec...

Orquestra de Jazz de Mato...

Grupo Sete Lágrimas traz ...

“Flamenco & Sevilhanas” e...

Espectáculo evocativo de ...

“Deolinda” actuam na Meal...

Feira da Vinha e do Vinho...

No Cine-Teatro Municipal ...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub