Terça-feira, 13 de Outubro de 2009

Incubadora da WRC completa hoje três anos

Já são oito as empresas instaladas no Curia Tecnoparque, em Tamengos (Anadia)

Em Outubro de 2006, precisamente hoje, dia 13, Castro Guerra, secretário de Estado adjunto da Indústria e da Inovação; João Vasco Ribeiro, então presidente do Conselho de Administração da WRC e Litério Marques, presidente da Câmara Municipal de Anadia, inauguravam a Incubadora de Empresas da WRC - Web para a Região Centro, Agência de Desenvolvimento Regional, SA, situada no Curia Tecnoparque, na Quinta dos Cabrais, na Curia, freguesia de Tamengos, concelho de Anadia.

Volvidos três anos desde a abertura do espaço, Pedro Maranha, adminsitrador da WRC, afirma que “tem sido cumprida a sua função de potenciador de desenvolvimento económico local e regional”.

Desde 2006, a Incubadora tem conseguido também cumprir com a sua filosofia da “porta aberta”, promovendo em conjunto com as empresas incubadas reuniões quadrimestrais para avaliação de dificuldades e discussão de novas ideias. “Da mesma forma tem conseguido colocar a rede de contactos e accionistas da WRC ao serviço destas empresas, sempre na perspectiva de geração de oportunidades de mercado”, garantiu o administrador.

 

Rede de Incubadoras

A criação de uma Rede de Incubadoras de Empresas na Região Centro, um dos projectos pioneiros da WRC, é já uma realidade, “congregando todas as incubadoras em actividade na zona centro. Mantém-se ainda o objectivo de criar a INCUBE - Associação Nacional de Incubadoras de Empresas, que merecerá discussão no II ENI - Encontro Nacional de Incubadoras de Empresas, agendado para o próximo mês de Novembro, no Curia Tecnoparque”, revelou Pedro Maranha.

 

Oito empresas incubadas

Actualmente são oito as empresas que se encontram sedeadas na Incubadora de Empresas do Curia Tecnoparque. Os primeiros quatro projectos empresariais estão ali instalados desde 2007 - Sigyn - Consultoria de Marketing e Implementação de Sistemas de Informação Lda;  Lanik Portuguesa - Fabrico e Comércio de Estruturas de Madeira e Projectos de Engenharia, Lda; AAS - Sociedade Portuguesa de Inovação Ambiental, Lda e Enodestinos - Produção e Organização de Eventos - sendo os restantes mais recentes.

Esta configuração leva à quase lotação da incubadora, se se exceptuar o terceiro piso, onde se mantém a vontade de encontrar uma empresa ou entidade de referência que ali se queira instalar. “Todavia, esta ambição de atrair um projecto âncora, não invalida que sejam ainda instaladas novas pequenas empresas no Curia Tecnoparque”, conforme explicou Pedro Maranha.

Além das já mencionadasdas quatro empresas estão ainda incubadas na WRC a CBL - Qualidade, Ambiente e Segurança, Unipessoal, Lda; SAFESPACE - Soluções de Segurança e Domótica Lda; IDEIASOFT - Engenharia de Sistemas, Lda e Click Mental - Sistemas de Informação, Lda.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:07

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 2 de Outubro de 2009

Cinco escolas do concelho de Águeda distinguidas com a bandeira Eco-Escolas

Melhoria do desempenho ambiental na gestão do espaço escolar é um dos objectivos do programa

Cinco escolas do concelho de Águeda receberam, no passado dia 29 de Setembro, no Europarque em Santa Maria da Feira, os galardões Eco-Escolas 2008/2009, da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE/Fee).

Na cerimónia, o município de Águeda, representado pelo vice-presidente, Jorge Almeida, recebeu, pelo terceiro ano consecutivo, o Certificado de Município Parceiro Eco-Escolas, pelo trabalho desenvolvido com as cinco escolas.

Assim, as escolas EB 2/3 de Valongo do Vouga, a Escola Secundária de Adolfo Portela, a EB1 de Arrancada do Vouga, a EB1 de Mourisca do Vouga e a EB1 de Macinhata do Vouga vão, em breve, hastear a bandeira verde Eco-Escolas.

À semelhança das iniciativas anteriores, o encontro é de âmbito nacional e inclui um rol de actividades, nomeadamente exposições, jogos, ateliês e espectáculos diversos. Este ano realça-se a participação da Fanfarra Mourisquense. O evento contou com a presença de aproximadamente 4 mil pessoas, maioritariamente crianças e jovens.

Anualmente, as bandeiras Eco-Escola são atribuídas às escolas que concorrem com um plano anual de acções de sensibilização, de forma a serem adoptadas boas práticas ambientais, envolvendo a comunidade onde estão inseridas e que tenham conseguido concluir favoravelmente o plano apresentado. A Bandeira Verde simboliza, assim, o reconhecimento da existência de um empenhado trabalho na área da educação ambiental/educação para a sustentabilidade, seguindo a metodologia do Programa Eco-Escolas.

O Programa Eco-Escolas pretende encorajar acções e reconhecer e premiar o trabalho desenvolvido pela escola na melhoria do seu desempenho ambiental, gestão do espaço escolar e sensibilização da comunidade. Pretende ainda estimular o hábito de participação e a adopção de comportamentos sustentáveis no quotidiano, ao nível pessoal, familiar e comunitário.

A Câmara Municipal de Águeda já convidou todas as escolas do concelho a aderirem e participarem no Programa Eco-Escolas, no ano lectivo de 2009/2010, tendo em conta o impacto deste programa na mudança de comportamentos da comunidade.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:09

link do post | comentar | favorito
Domingo, 20 de Setembro de 2009

Semana Europeia da Mobilidade na Mealhada

Parte da rua Dr. José Cerveira Lebre fechada ao trânsito até terça-feira

O município da Mealhada, preocupado com as questões do ambiente e da qualidade de vida, volta, este ano, a aderir à Semana Europeia da Mobilidade, que está a decorrer, um pouco por toda a Europa, como vem sendo hábito, desde o dia 16 até dia 22 deste mês.

A Semana Europeia da Mobilidade constitui uma oportunidade para sensibilizar os cidadãos para os efeitos que a escolha de um determinado modo de transporte (por exemplo o automóvel) em detrimento de outro (bicicleta ou transportes públicos) têm na qualidade do ambiente.

É, também, uma boa oportunidade para, ao andar a pé, de bicicleta ou de transportes públicos, redescobrir a cidade ou vila onde se vive, num ambiente mais saudável e agradável.

A Câmara Municipal da Mealhada está a desenvolver uma série de actividades de informação e de sensibilização da população, desde o dia 16, relacionadas com o ambiente e a mobilidade.

Paralelamente, foi definida uma zona sem trânsito de automóveis - em parte da rua Dr. José Cerveira Lebre, dos Correios até à praça em frente ao Tribunal -, onde estão a decorrer algumas actividades desde o dia 16, até à próxima terça-feira, dia 22.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:36

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 16 de Setembro de 2009

Ponte de Canha acaba com estrangulamento do trânsito

Nova infra-estrutura vem anular um dos pontos negros do tráfego no concelho de Anadia

No dia 10, o secretário de Estado Adjunto, das Obras Públicas e das Comunicações, Paulo Campos, deslocou-se ao concelho de Anadia para inaugurar a nova Ponte de Canha, no lugar de Canha (freguesia de Arcos), a caminho de Sangalhos. Tratou-se de uma “inauguração há muito desejada”, como lembrou Litério Marques, presidente da Câmara Municipal.

“Esta obra vem anular um dos pontos negros do trânsito no nosso concelho”, sublinhou o autarca. E Paulo Campos foi peremptório: “Prometemos e cumprimos”. O governante veio a Anadia para assinalar a conclusão da obra de construção que liga a Estrada Nacional (EN) 235 à EN1, o que incluiu a substituição da velha e estreita Ponte de Canha.

Paulo Campos explicou que a obra, com 0,7 quilómetros de extensão, teve um custo de 2,3 milhões de euros, vindo “melhorar consideravelmente as condições de circulação no local”. De referir que a introdução de uma rotunda na articulação da EN235 com a EN1 vem “trazer mais segurança, contribuindo para a diminuição da sinistralidade rodoviária”.

 

Litério reivindica nó de ligação à A1 e construção da A32

Durante a cerimónia de inauguração, Litério Marques lembrou o slogan do Governo - “Aproximar Anadia” - e disse “que não se aplicava no caso. Continuamos sem ligação à Auto-estrada do Norte (A1) e a A32, por enquanto, não passa de uma miragem”, considerando esta última uma variante e não uma auto-estrada, como alternativa “à obsoleta EN1/IC2”.

O autarca disse que no caso da ligação à A1, “deste ponto à zona de Ancas/Amoreira da Gândara os custos são pouco significativos” e constituiria “uma resposta ao dito slogan”.

O governante deu conta que o nó de acesso à A1 está dependente de um estudo, “praticamente concluído, do IC12 entre Anadia e Mira. Trata-se de uma matéria que está a ser analisada do ponto de vista ambiental. Resta-nos aguardar”.

Por seu turno, sobre a A32 falou da probabilidade de haver necessidade de repetir o concurso (que já tinha sido lançado), devido às divergências dos valores apresentados pelo empreiteiro. No entanto, se “formos eleitos e continuarmos a ser Governo, uma das primeiras medidas que vamos tomar será o lançamento de novo concurso para conclusão desta auto-estrada”, garantiu, sublinhando ainda a “extrema importância da A32 para a Bairrada e para o distrito, onde se insere um conjunto de empresas com actividade significativa, assim como para Anadia, por não ter ligação às grandes vias rodoviárias”.

Paulo Campos sugeriu a Litério Marques para “convidar deputados europeus ou a presidente do partido da Oposição”, para testemunharem a verdadeira importância da A32.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:12

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 11 de Setembro de 2009

Lino Pintado quer valorizar as pessoas em detrimento do cimento armado

Candidato à Câmara Municipal de Anadia pelo PS apresentou projecto político para o concelho

O PS Anadia apresentou os cabeças de lista às eleições autárquicas de 11 de Outubro na Curia, no dia 5. Lino Pintado, candidato à presidência da Câmara Municipal, além de apresentar um projecto “de verdadeira modernidade” para o concelho disse estar orgulhoso dos seus candidatos, por se tratarem de “gente com carácter, que nos garante competência e uma campanha limpa e com dignidade”.

Quem não faltou à apresentação foi Maria de Bélem Roseira, cabeça de lista do PS pelo círculo de Aveiro à Assembleia da República, que lembrou a aprovação da legislação que limita os mandatos aos autarcas. “Quando nos mantemos muito tempo nos primeiros lugares, começa a faltar a criatividade e energia, porque há instalação de poder que leva à inacção”, defendeu. “É essencial para a Câmara de Anadia poder contar com Lino Pintado”, rematou.

Cardoso Leal, cabeça de lista à Assembleia Municipal, lembrou que o PS Anadia tem sido sempre oposição mas agora “ambicionamos realizar o nosso programa”, porque “Anadia precisa de novos protagonistas”.

O candidato lembrou que as carências de há quatro anos continuam a ser as mesmas em Anadia, referindo-se à falta de saneamento e à “muito fraca” utilização dos parques industriais. Foram “quatro anos perdidos para Anadia”, atirou.

Cardoso Leal disse ainda que caso vença, “queremos ter um comportamento mais democrático na Assembleia Municipal do que aquele que encontrámos”.

 

Candidatos foram “convidados e não aliciados”

Já Lino Pintado fez questão de sublinhar que os candidatos às Juntas foram “convidados e não aliciados”. Em jeito de balanço, lembrou que os 30 anos de governação PSD não serviram “para nada: o saneamento não cobre 40% do concelho; os três parques industriais não servem para nada; a dinâmica sociocultural não existe”. Assim, o candidato concluiu que tanto tempo também não serviu para aprender como se faz e que o problema é “falta de competência”.

Sobre o projecto de modernidade apresentado, Lino Pintado falou de reorganização administrativa, “que está obsoleta”, sendo sua pretensão certificar os serviços.

“Queremos também transformar Anadia em cidade educativa. A adesão a esta rede é uma linha de força do nosso projecto”, explicou Lino Pintado.

Tornar Anadia uma “comunidade digital” é outro dos objectivos do PS Anadia: “O recurso às novas tecnologias é um imperativo, para todos os serviços do concelho”, disse. “Anadia, um espaço de qualidade” é outra das bandeiras dos socialistas - com a criação de espaços verdes e harmoniosos -, assim como “Anadia um património, uma identidade”, lembrando o candidato “o processo indigno de apagar a memória do concelho”.

 

Cabeças de lista às Juntas

O PS Anadia conta com os seguintes cabeças de lista às Juntas de Freguesia: José Lagoa (Aguim); Lídia Pato (Amoreira da Gândara); Alcides Barreto (Ancas); Ana Júlia Póvoa (Arcos); Adriana Conde (Avelãs de Caminho); Simão Pedro (Avelãs de Cima); José Maria Ribeiro (Mogofores); José Santos (Moita); Carlos Justiça (Óis do Bairro); Artur Gorjão (Paredes do Bairro); Hipólito Santos (Sangalhos); Celso Almeida (São Lourenço do Bairro); Arsénio Almeida (Tamengos); Bertino Fernandes (Vila Nova de Monsarros) e João Libório (Vilarinho do Bairro). (Foto: Quiosque das Letras. Pós-produção: Autoria de Leiam a Imagem).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:24

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 7 de Setembro de 2009

“Dia Europeu sem Carros” em Anadia

Dia 20 de Setembro a Praça do Município recebe diversas actividades

A Câmara Municipal de Anadia vai assinalar o “Dia Europeu sem Carros” a 20 de Setembro, sob o lema “Moviment’Anadia 09”.

Como forma de aderir ao dia, vão ser interrompidas ao trânsito algumas das ruas da cidade, estando também preparadas actividades na Praça do Município.

Pretende-se com esta comemoração que haja uma alteração de comportamentos mais sustentáveis do ponto de vista ambiental e de cidadania, respeito pela qualidade de vida, demonstrando que menos carros nas zonas urbanas é sinónimo de maior qualidade de vida para os seus cidadãos.

 

Programa:

O “Dia Europeu sem Carros” vai decorrer em Anadia das 9 às 13 horas. Terá lugar um Passeio de Bicicleta - com inscrições disponíveis no site da autarquia anadiense, em www.cm-anadia.pt, até ao dia 15 de Setembro -, uma caminhada, rastreios, insufláveis e jogos tradicionais, que assim vão animar durante toda a manhã a Praça do Município. Todos os participantes vão ter direito a almoço.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:14

link do post | comentar | favorito
Sábado, 5 de Setembro de 2009

Semana Europeia da Mobilidade em Águeda

“1ª Volta Cicloturista ao Concelho de Águeda” no dia 20 de Setembro

A Câmara Municipal de Águeda e o Sport Clube de Paradela, com autorização da UVP/FPC, vão realizar no dia 20 de Setembro a “1ª Volta Cicloturista ao Concelho de Águeda”. A prova está inserida na Semana Europeia da Mobilidade, que decorre entre os dias 16 e 22 de Setembro, este ano com o tema “Melhoremos o Ambiente na Cidade”.

A “1ª Volta Cicloturista ao Concelho de Águeda” será um belo passeio para todos os cicloturistas/ciclistas, individuais ou por equipas, masculinos e femininos, com idade superior a 14 anos de idade. Os participantes vão ter a oportunidade de usufruir de um dia diferente, através da prática de desporto, e, ao mesmo tempo, apreciarem a beleza e diversidade paisagística do concelho.
A concentração para a partida será junto ao Largo 1º de Maio/Mercado Municipal e a chegada na Avenida Eugénio Ribeiro. O percurso do passeio terá uma extensão de 80 quilómetros e será feito por duas etapas. Pelo meio haverá uma paragem de 15 minutos, para abastecimento de todos os participantes.

A inscrição vai ser de 7 euros para os cicloturistas e de 5 euros para acompanhantes. Para efectuá-la ou obter mais informações basta usar o seguinte endereço electrónico adriana.mesquita@cm-agueda.pt ou os contactos: 234 610 070/96 749 18 12.

Integrada na Semana Europeia da Mobilidade, a decorrer entre 16 e 22 de Setembro, esta é uma iniciativa que visa promover a mobilidade sustentável, não poluente, ecológica e saudável e ao mesmo tempo dar a conhecer a beleza do concelho.

 

Programa e horários:

8 horas – Abertura do secretariado junto ao local de partida;

9 horas – Início do passeio;

11 horas – Fim da 1ª etapa e abastecimento;

11:15 horas – Início da 2ª etapa;

13 horas – Chegada prevista e banhos;

13:30 horas – Almoço e entrega de lembranças (Piscinas Municipais Exteriores).

 

“CERCIAG em Movimento”

No dia 18 de Setembro realiza-se o 7º “CERCIAG em Movimento”, no Largo 1º de Maio, onde haverá um conjunto de actividades capazes de ir ao encontro de todos os públicos e de agradar a pequenos e graúdos.

À semelhança do ano passado vai realizar-se um Desfile de Transportes Alternativos, que já vai na sua quarta edição, e que conta com a participação de viaturas preparadas pela CERCIAG.

Assim, anualmente, de 16 a 22 de Setembro, os cidadãos europeus têm a oportunidade de gozar uma semana inteira de actividades dedicadas à mobilidade sustentável. Mais uma vez, a Câmara Municipal de Águeda associa-se à Semana Europeia da Mobilidade e, em breve, anunciará as restantes actividades preparadas para assinalar esta semana.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:25

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 4 de Setembro de 2009

“Municípios sem Fronteiras” em Oliveira do Bairro

Equipa Mamarrosa A vence final concelhia e final intermunicipal 2009

As expectativas eram grandes na noite de 27 de Agosto, noite que marcava o início de mais uma edição do “Municípios sem Fronteiras”. E desde logo, o ambiente de festa dava ênfase ao sucesso que se veio a verificar com a realização desta iniciativa. 

As Festas da Cidade têm como evento auge o “Municípios sem Fronteiras”, que assinala a comemoração do aniversário da elevação de Oliveira do Bairro a cidade. E este ano foi o sexto.

Milhares de pessoas assistiram aos jogos, apoiando a freguesia a que pertenciam, tornado-os competitivos e animados.

Cerca de 150 jovens das seis freguesias, cada uma delas representada por duas equipas, juntaram-se no Espaço Inovação, onde disputaram provas de diversas áreas - tanto desportivas como recreativas -, que envolveram demonstrações de talentos, habilidade e força, velocidade e equilíbrio.

Para a final concelhia, na noite de 29 de Agosto, a equipa da Mamarrosa A partiu em primeiro lugar com 71 pontos, seguida da equipa de Oiã A, com 64 pontos. O desfecho pouco diferiu desta classificação, terminando a equipa de Oiã A em terceiro lugar, com 81 pontos; em segundo lugar ficou a equipa de Oliveira do Bairro A, com 90 pontos e a equipa da Mamarrosa A consagrou-se a grande vencedora do concelho com 94 pontos.

No dia 30 realizou-se a esperada final intermunicipal com as equipas de Mira, Vagos, Vila Nova de Paiva, Vouzela e Oliveira do Bairro, que se fez representar pela equipa vencedora da sessão anterior.

Helder Pato, capitão da equipa Mamarrosa A, descreve a participação nesta iniciativa da seguinte forma: “Participar significa convívio, significa diversão e significa honrar a terra de onde somos”. E acrescenta que “ganhar significou o culminar do esforço que toda a equipa teve”.

Depois de momentos de muita diversão, onde imperou a competição saudável, traduzida em momentos de grande convívio, que o concelho muito se orgulha de promover, Oliveira do Bairro foi a grande vencedora da final intermunicipal, acabando a competição com 17 pontos.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:30

link do post | comentar | favorito
Sábado, 22 de Agosto de 2009

Oficinas de Educação Ambiental na Mealhada de Outubro a Maio

Recrutamento de monitores até dia 18 de Setembro

A Câmara Municipal da Mealhada está a recrutar monitores para as Oficinas de Educação Ambiental, que vão decorrer de Outubro de 2009 a Maio de 2010.

Os interessados deverão entregar as suas sugestões de trabalho (ateliês) na Divisão de Águas e Saneamento da autarquia, até ao próximo dia 18 de Setembro.

Quaisquer dúvidas podem ser esclarecidas através do e-mail ambiente@cm-mealhada.pt ou pelo telefone 231 200 98 00 (Extensão 311).

O trabalho do monitor é voluntário, não havendo por isso lugar a remuneração.

A Câmara Municipal cede os espaços e os materiais necessários.

À semelhança de anos anteriores, as Oficinas de Educação Ambiental (abertas à população em geral) funcionarão nos últimos sábados de cada mês e têm duração de duas horas.

 

publicado por quiosquedasletras às 09:24

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 3 de Agosto de 2009

Águeda integra Águas da Região de Aveiro

Parceria envolve nove municípios

O Ministro do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional, Nunes Correia, deslocou-se, no dia 29 de Julho, a Aveiro, para presidir à cerimónia de assinatura do Contrato de Parceria Pública entre o Estado e os Municípios da Região de Aveiro para a gestão integrada dos serviços de abastecimento de água para consumo público e de saneamento de águas residuais urbanas.

A parceria envolve nove municípios: Águeda, Albergaria-a-Velha, Aveiro, Estarreja, Ílhavo, Murtosa, Oliveira do Bairro, Sever do Vouga e Vagos. O presidente da Câmara Municipal de Águeda, Gil Nadais, deslocou-se a Aveiro para voltar a fazer do concelho pioneiro. Desta forma, Águeda é um dos nove municípios que vai fazer parte da futura empresa Águas da Região de Aveiro (ARA), empresa esta que será a primeira a operar na área da água e do saneamento resultante de uma parceria entre Estado e autarquias.

 

Ministro vê acção como pioneira no país

O Ministro do Ambiente, na sua deslocação a Aveiro, fez um discurso de agradecimento aos presidentes de Câmara presentes pelo espírito de inovação que assumiram. “Este é um caso pioneiro no sector”, disse, acrescentado: “Estou certo que outros virão”.

Para o representante do Governo, este “é o melhor passo a dar para o país”, garantindo que “as populações dos nove municípios que aderiram à nova empresa pública ARA vão ter um serviço ao nível do melhor que existe na Europa”.

A empresa arranca com a participação de nove municípios, o que totaliza cerca de 290 mil habitantes. Deverá ser constituída nos próximos dois meses e instalada nos seis meses seguintes.

A Águas de Portugal terá 51% do capital social, enquanto os restantes 49% ficarão nas mãos das Câmaras Municipais. A ARA é assim a primeira empresa a operar na área da água e do saneamento resultante de uma parceria entre Estado e autarquias, sendo que irá vigorar por um período de 50 anos.

A parceria tem por objectivo garantir a qualidade, a continuidade e a eficiência dos serviços públicos de abastecimento de água e de saneamento de águas residuais, no sentido da protecção da saúde pública, do bem-estar das populações, da protecção do ambiente e da sustentabilidade económico-financeira do sector, contribuindo ainda para o desenvolvimento regional e para o ordenamento do território.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:37

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Reunião aberta para a ini...

Palhaços recicláveis embe...

Alunos da Secundária da M...

Projecto “Escola Electrão...

Assembleia Municipal de O...

Assembleia Municipal da M...

Lotação esgotada nas Ofic...

Água da rede pública de A...

Oficinas de Educação Ambi...

Confraria dos Enófilos da...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub