Sexta-feira, 31 de Julho de 2009

Com ÁguedaMar a Praia da Barra volta a ficar mais perto

Câmara Municipal de Águeda promove transportes para as praias

A primeira viagem até à praia com o ÁguedaMar 2009, uma iniciativa da Câmara Municipal de Águeda, está cada vez mais próxima: começa já no dia 6 de Agosto, quinta-feira, e durará todo o mês de Agosto.

O transporte para a Praia da Barra será feito todas as quintas e sextas-feiras de Agosto. A hora de saída de Águeda será às 9 horas, junto do quartel dos Bombeiros Voluntários, rumando em seguida às diferentes freguesias onde haja pessoas inscritas.

A pedido de muitos veraneantes, num inquérito realizado pela autarquia na edição de 2008, este ano a hora da partida da praia foi alargada para as 17.30 horas. Com esta medida, a Câmara proporciona mais “tempo ao sol” aos aguedenses e satisfaz o principal pedido dos banhistas que usufruem desta iniciativa.

Os munícipes interessados deverão fazer a inscrição na sua Junta de Freguesia até à terça-feira de cada semana, o custo é de 2 euros por dia (ida e volta), sendo que no acto de inscrição será entregue uma senha que validará o acesso ao autocarro (é obrigatório apresentar a senha para entrar no autocarro).

A cada Junta de Freguesia cabe a responsabilidade de enviar a listagem com o número de inscritos, até às 18 horas da terça-feira de cada semana para adriana.mesquita@cm-agueda.pt (preferencialmente) ou ainda para o fax 234 610 078.

Com ÁguedaMar todos os aguedenses interessados voltam a usufruir de um dia na praia de uma forma fácil e cómoda, sendo que para muitos esta é a única “boleia” para irem até à praia.

O êxito das edições anteriores do ÁguedaMar – recorde-se que em Agosto de 2008 a Câmara Municipal levou à praia mais de 1800 pessoas! – incentivou a autarquia aguedense a repetir a iniciativa, pelo que quem quiser desfrutar de um dia na praia, poderá fazê-lo através do transporte para a Praia da Barra disponibilizado pela Câmara Municipal de Águeda.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 10:20

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 20 de Julho de 2009

Câmara da Mealhada assegura transporte de termalistas para a Curia

Medida é tomada para “minorar impacto negativo do encerramento da estância termal do Luso”

A Câmara Municipal da Mealhada decidiu suportar os custos do transporte para a Curia dos termalistas que fiquem alojados na vila Luso, concelho da Mealhada.

Da parte da autarquia, “este esforço financeiro justifica-se e é encarado como uma tentativa de minorar o impacto negativo do encerramento da estância termal do Luso (para obras de requalificação), na economia local, na época alta”, sublinha o presidente da Câmara, Carlos Cabral.

A Câmara vai colocar autocarros à disposição dos termalistas, de e para as termas da Curia, todos os dias - incluindo sábados, domingos e feriados -, de 1 de Agosto até 6 de Setembro.

 

Horários:

- Partidas do Luso (junto ao Casino): às 9, 10 e 16 horas;

- Partidas da Curia (na entrada do Parque): 12.45 horas e 19 horas.

A Câmara Municipal admite, no entanto, proceder a reajustamentos, em função da procura e das necessidades dos termalistas.

A autarquia mealhadense agradece e recomenda, aos comerciantes, hoteleiros e à Sociedade da Água do Luso (SAL), que contactem os termalistas e clientes habituais no sentido de continuarem a preferir as termas do Luso.

 

publicado por quiosquedasletras às 07:46

link do post | comentar | favorito
Sábado, 18 de Julho de 2009

ÁguedaMar regressa para levar ainda mais pessoas à praia

Iniciativa da Câmara Municipal de Águeda começa dia 6 de Agosto

À semelhança do que tem sido feito desde 2007, ÁguedaMar 2009 é uma iniciativa da Câmara Municipal de Águeda que terá início no dia 6 de Agosto, quinta-feira, e que durará todo o mês.

O sucesso das edições anteriores do ÁguedaMar – recorde-se que em Agosto de 2008 a Câmara Municipal levou à praia mais de 1800 pessoas – incentivou a autarquia aguedense a repetir a iniciativa, pelo que quem quiser desfrutar de um dia na praia, poderá fazê-lo através do transporte para a Praia da Barra, disponibilizado pela Câmara Municipal de Águeda.

O transporte para a Praia da Barra será feito todas as quintas e sextas-feiras de Agosto. A hora de saída de Águeda será às 9 horas, junto ao quartel dos Bombeiros Voluntários, rumando em seguida às diferentes freguesias onde haja pessoas inscritas. A chegada está prevista para cerca das 17.30 horas.

 

Inscrições nas Juntas de Freguesia

Os munícipes interessados deverão fazer a inscrição na sua Junta de Freguesia, até à terça-feira de cada semana, sendo em seguida comunicadas à Câmara Municipal para que os autocarros possam recolher as pessoas inscritas nos locais habituais, nomeadamente Juntas de Freguesia.

O custo é de 2 euros por dia (ida e volta), sendo que no acto de inscrição será entregue uma senha que validará o acesso ao autocarro (é obrigatório apresentar a senha para entrar no autocarro).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:09

link do post | comentar | favorito
Domingo, 5 de Julho de 2009

Aprovada comparticipação financeira do projecto Rota da Bairrada em Oliveira do Bairro

Executivo camarário oliveirense reúne em Oiã

A última reunião de Câmara de Oliveira do Bairro realizou-se no dia 30 de Junho, na Junta de Freguesia de Oiã, no enquadramento da descentralização das reuniões do Executivo e aproveitando a comemoração do 20º aniversário da elevação de Oiã a vila. Nesta reunião foi aprovada, por unanimidade, a comparticipação financeira do projecto de dinamização da Rota da Bairrada.

O valor máximo que a Rota da Bairrada irá submeter é de 400 mil euros e a comparticipação a fundo perdido pode estar entre os 50 e os 70%. O valor para cada um dos oito municípios pertencentes à Bairrada será de 12.500 euros/ano no máximo e 7500 euros/ano no mínimo durante 24 meses (totalizando uma comparticipação necessária de 30%).

Foram ainda aprovados vários apoios para diversas instituições. Um desses apoios foi para a Associação dos Amigos de Perrães (AMPER), para a aquisição de um autocarro. O valor aprovado para apoiar a AMPER foi de 17.500 euros.

Esta associação tem tido, ao longo dos seus 29 anos, uma acção de relevo ao serviço da solidariedade social, disponibilizando nas suas instalações um conjunto variado de serviços.

Uma vez que há Juntas de Freguesia do concelho que desenvolvem algumas actividades anuais que dinamizam a cultura, valorizam as tradições e as artes locais, promovendo o convívio entre munícipes e são, também, motivo de visita de populações vizinhas, a Câmara Municipal aprovou, para o ano de 2009, apoiar as solicitações para a realização da “Feira de Artesanato do Troviscal”, a realização da “Quinzena Cultural da Palhaça” e as “Comemorações do 20º Aniversário da Elevação de Oiã a Vila”.

Foi também aprovado o apoio para a Fábrica da Igreja Paroquial da Freguesia do Troviscal, destinado a obras na Capela da Feiteira.

Por último, foi aprovado um apoio, no valor de 4000 euros, para a Associação de Pais da Escola Secundária de Oliveira do Bairro, com vista à comparticipação financeira para aquisição de uma viatura de nove lugares destinada ao transporte dos alunos da escola para diversas actividades.

Com esta aquisição, a escola proporciona a um público mais alargado a oportunidade de adquirir uma melhor qualificação escolar e profissional, tendo mais facilidade para se deslocarem para as empresas da região, onde efectuam formação/estágio.

 

Construção da Feira da Palhaça                       

Já nos pontos de aditamento, foi aprovada a minuta de contrato para a construção da Feira da Palhaça (primeira fase), a celebrar entre o município de Oliveira do Bairro e a firma construtora.

Foram ainda aprovadas aquisições de três prédios rústicos para áreas desportivas, de lazer, associativas e outras.

Um no valor de 5000 euros, com uma área real de 1700 m2; outro no valor de 3250 euros, com 1800 m2 de área real e, finalmente, outro prédio de 18.350 euros, com uma área real de 4.187 m2, para infra-estruturas e equipamentos desportivos em Águas Boas. Há muito tempo que a autarquia tentava adquirir estes prédios. Agora, o Grupo Desportivo de Águas Boas ficará dotado de condições óptimas para a prática desportiva.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 10:30

link do post | comentar | favorito
Sábado, 23 de Maio de 2009

“Águeda, Cidade da Segurança” é já na próxima semana

Educação Rodoviária de 26 a 30 de Maio

De 26 a 30 de Maio, no Parque dos Abadinhos, Águeda volta a ser Cidade da Segurança. A Câmara Municipal de Águeda aposta na segunda edição deste projecto de Educação Rodoviária, destinado prioritariamente às crianças dos Jardins-de-Infância, aos alunos do 1º ciclo, mas também à população em geral. A iniciativa conta novamente com o Alto Patrocínio do Presidente da República.

A II Fase, que se realiza entre 26 e 30 de Maio, associa o aspecto de animação à execução de um caminho realístico sobre o modo de viver e funcionar para todos os que pretendem circular nas vias. Durante estes dias o momento será de festa e vai servir para mostrar todo o trabalho das escolas envolvidas, com grande impacto cénico e social. Aqui, além da noção da função dos bancos, seguradoras, serviços de saúde, entre outros, as crianças vão poder circular em pistas e estradas, utilizando diversos veículos, assim como escolher qual a sua viatura de sonho, para que servem as maquinarias que constroem as vias. Ao mesmo tempo também perceber qual a função da indústria de componentes, fabricantes e reparação.

As questões relacionadas com a mobilidade inteligente, para que as crianças também conheçam os diferentes meios de transporte disponíveis, não foram esquecidas, bem como a integração de princípios de sustentabilidade e transportes eco-eficientes e não poluidores.

Mais uma vez, o projecto foi concebido para que os conceitos teóricos sejam facilmente percebidos e colocados em prática pelas crianças. Sendo que, é na prática que os conceitos teóricos se concretizam e se clarificam no pensamento das crianças e jovens.

Os professores são importantes neste projecto. Assim, a autarquia agradece a colaboração e participação de todos, sendo que a mesma é fundamental para o impacto real na alteração de comportamentos que permita no futuro criar condutores civicamente evoluídos.

No seguimento do êxito alcançado na iniciativa em 2008, a Câmara Municipal de Águeda decidiu dar continuidade à mesma em 2009. “Águeda, Cidade da Segurança” vai manter a sua estrutura base, com duas fases que constroem um processo que vai trabalhar a prevenção utilizando métodos de formação e acção. Este ano promete mais novidades... Fica o convite!

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:00

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 17 de Abril de 2009

Dupla bairradina fica a dois mil km de chegar à capital do Egipto

Cairo por um canudo devido a “problema burocrático”

Frustração. Este é o sentimento que reside em Renny Moniz e Hernâni Moreira, que viram um “erro burocrático” deixá-los a apenas dois mil quilómetros (km) de cortar a meta de uma aventura que começou no dia 24 de Março e terminou mais cedo, por terem sido impedidos de atravessar a Líbia e chegar ao Cairo (Egipto).

A desilusão está estampada no rosto dos dois bairradinos. Não adianta disfarçar nem dão hipótese para isso. A vontade em apurar o verdadeiro motivo para o que se passou é mais forte que o resto.

“Um erro burocrático. Esta foi a explicação que nos foi dada. Mas foi tudo tratado antes de partirmos! Isto é tudo muito estranho, porque passámos o controlo de fronteira da Líbia sem problemas”, explica, resignado, Renny Moniz. E continua: “Quando fomos tratar do seguro do carro é que surgiram as complicações. Foi-nos dito que havia um problema burocrático e que só na Embaixada Portuguesa da Líbia podia ser resolvido”.

Seguiram-se seis penosas horas de espera, sem documentos. A dupla foi obrigada a dirigir-se para o espaço neutro da fronteira. Da Embaixada da Líbia em Lisboa a informação que chegava era que o sucedido não era um caso isolado, nem seria a última vez a acontecer.

“De honestidade tiveram zero. Só a tiveram mesmo para receber o nosso dinheiro”, atirou Hernâni Moreira.

A dupla contava deslocar-se no dia 15 à Embaixada da Líbia, em Lisboa, “porque queremos que as pessoas assumam os seus erros, para que não se voltem a repetir. Se não havia vontade da parte deles, não tinham autorizado a nossa partida”, frisa Hernâni Moreira, com indignação, lamentando o facto de “termos apenas informação verbal. Não temos nada que documente a nossa razão. Mas queremos apurar certezas”.

 

Corria tudo “de vento em popa”

Renny Moniz é peremptório: “Estava tudo a correr melhor do que esperávamos, porque a nossa previsão era chegar ao Cairo um dia antes”.

O próprio carro, o “Primefix 76”, um automóvel da marca Mazda com mais de 30 anos de idade, portou-se como ninguém esperava. “Nem um furo!”, revela Renny Moniz, que foi o condutor durante todo o trajecto. Explica que, de qualquer forma, as estradas ajudaram, porque eram boas. Mas o trânsito, esse “era do pior”, recorda.

A viagem durou oitos dias, com quatro mil km para cada lado. Confessam que houve dias em que foram percorridos mais de mil km.

 

Dignos de destaque

A dupla de bairradinos do concelho de Anadia diz ter ficado surpreendida com a simpatia do povo argelino. Ambos confidenciam que o facto de terem nacionalidade portuguesa, sempre que a revelavam, era uma “porta aberta”. “Mas foi assim durante todo o percurso”, afirmam.

O desenvolvimento da Argélia foi outro motivo de surpresa durante a viagem. “Não encontrei a imagem de abandono que tinha de África”, afiança Hernâni Moreira.

Digna de registo é também uma má informação que chegou da Embaixada Portuguesa na Argélia, que deu indicações aos dois anadienses da existência de uma auto-estrada da cidade de Orau até Argel que afinal estava em construção.

 

Regressar é uma probabilidade

Renny Moniz assume a vontade de voltar. E Hernâni Moreira também, para concretizarem a aventura. Os cinco mil euros necessários serão o maior impedimento. Renny Moniz diz que a bandeira de Anadia ainda não foi entregue na Câmara Municipal. “E só será depois de chegar às Pirâmides de Gizé”, afirma.

 

publicado por quiosquedasletras às 07:21

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 2 de Abril de 2009

De 3 a 23 de Abril em Lamas do Vouga (Águeda)

Arqueólogos nacionais e estrangeiros estudam a Estação Arqueológica de Cabeço do Vouga

A Estação Arqueológica de Cabeço do Vouga, em Lamas do Vouga, concelho de Águeda, vai ser “invadida”, de 3 a 23 de Abril, por estudantes nacionais e estrangeiros de arqueologia. Estes futuros profissionais vão iniciar uma campanha arqueológica, que visará o estudo dos materiais e vestígios arqueológicos que foram encontrados em escavações de anos anteriores, de forma a criarem bases para as futuras escavações arqueológicas que se pretendem realizar entre 2010 e 2013.

A Câmara Municipal de Águeda tem um papel fulcral neste projecto de protecção e valorização do património cultural, artístico e arqueológico da região. A autarquia acreditou desde o início no projecto, que tanto beneficiará a comunidade e o desenvolvimento do turismo na região. Assim, tem prestado todo o apoio necessário ao desenrolar das campanhas e salvaguarda do conhecimento adquirido ao longo das mesmas.

Estes estudos serão elaborados pelo Instituto de Arqueologia do Atlântico, que tem Tatiana Valente como presidente e mentora do projecto. O arqueólogo que tem representado nos últimos anos a Estação Arqueológica de Cabeço do Vouga, Fernando Silva, também terá um papel activo na iniciativa, visto que actuará em comunhão com o instituto acima referido.

Este projecto de investigação prévia e recolha de dados terá como participantes vários amantes da arqueologia, que se voluntariaram para participar e para conhecer a bela região de Águeda, pois são todos de nacionalidade americana, à excepção de um, que provém da Suécia.

A autarquia deu ainda a oportunidade a dois estudantes de Arqueologia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de participarem nesta escavação, entre os dias 3 e 12 de Abril. Para tal, custeou as despesas de alojamento, alimentação e transporte, com o intuito de ajudar e promover a arqueologia entre os jovens portugueses, assim como incentivar a participação dos estudantes universitários neste tipo de actividades, visto que, na maioria das vezes, os futuros arqueólogos vêem-se obrigados a terminar o curso sem nenhuma componente da prática arqueológica, pelos altos custos deste tipo de actividades.

 

Acção de carácter internacional

Esta acção terá portanto um carácter internacional, que permitirá o desenvolvimento do turismo na região de Águeda, prevendo-se um acréscimo de visitantes nos próximos anos. Pretende-se que a Estação Arqueológica de Cabeço do Vouga cative os amantes da arqueologia, para que se desloquem até à região de Águeda, entre os meses de Abril e Outubro, nos próximos anos, de forma a alargar a área escavada.

Os alunos participantes serão dirigidos não só pelo arqueólogo Fernando Pereira da Silva, mas também por outros membros do Instituto de Arqueologia do Atlântico, nomeadamente Fernando Contreras (Espanha), Tatiana Valente (portuguesa – presidente do Instituto de Arqueologia do Atlântico), Regine Müller (Alemanha) e Lana Johnson (Estados Unidos da América). Trata-se de uma equipa multicultural de arqueólogos responsáveis pelo projecto, que de certo vão contribuir para o êxito da iniciativa.

Vão realizar-se actividades como: a marcação, inventariação, desenho e classificação de cerâmica e objectos metálicos, assim como fotografia, desenho e topografia de toda a área escavada e sua envolvente, o que permitirá à equipa de arqueólogos envolvidos uma melhor planificação das áreas a escavar nos próximos anos.

Pretende-se ainda que todas as conclusões obtidas no projecto sejam publicadas não só entre os meios académicos, mas também entre a comunidade da região de Águeda e do resto do país, para que desta forma se conheça o património e se saiba reconhecer a sua importância como forma de identidade e de mais-valia para o futuro.

Estes estudantes vão ter os dias bastante preenchidos. Durante as actividades na Estação Arqueológica de Cabeço do Vouga as manhãs começam às 7.30 horas, com pausa para almoço das 12 às 12.45 horas, sendo que o dia de trabalho termina às 15.30 horas.

 

Programa:  

3 de Abril - Chegada dos alunos ao Porto;

4 a 9 de Abril - Actividades na Estação Arqueológica de Cabeço do Vouga;

10 e 11 de Abril – Excursões;

12 de Abril - Último dia da primeira sessão (dia livre para os alunos);

13 de Abril - Chegada dos alunos da segunda sessão;

14 a 19 de Abril - Actividades na Estação Arqueológica de Cabeço do Vouga;

20 e 21 de Abril - Excursões;

22 de Abril - Último dia do curso, dia livre para os alunos.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:41

link do post | comentar | favorito
Sábado, 28 de Março de 2009

Organização da Confraria Gastronómica do Leitão da Bairrada

“II Encontro Internacional de Confrarias Gastronómicas e Báquicas na Bairrada” é hoje

Realiza-se hoje o “II Encontro Internacional de Confrarias Gastronómicas e Báquicas na Bairrada”. A organização está mais uma vez a cargo da Confraria Gastronómica do Leitão da Bairrada (CGLB), que simultaneamente está a realizar neste fim-de-semana o “Salão dos Artistas”, no Museu do Vinho Bairrada, em Anadia.

De acordo com António Duque, presidente da Direcção da CGLB, as inscrições este ano foram limitadas a 160 pessoas, o correspondente à participação de cerca de 40 confrarias de todo o país. No panorama internacional estão já confirmadas “confrarias belgas, francesas e espanholas”, assegurou o dirigente.

António Duque garantiu que no almoço de confraternização não vão faltar todos os pratos quentes da Bairrada. “Esperamos ter um serviço para receber as pessoas com dignidade. Restringimos o número de lugares para dar todo o conforto aos participantes”, explicou.

 

Programa do II Encontro

O dia vai começar bem cedo para todos os confrades que vão participar no “II Encontro Internacional de Confrarias Gastronómicas e Báquicas na Bairrada”.

Logo pelas 9.30 horas será feita a recepção das confrarias convidadas, nas Caves do Freixo, em Sangalhos. Das 10 às 10.30 horas é feito o transporte em autocarro de todas as confrarias para o centro de Anadia.

Litério Marques, presidente da Câmara Municipal de Anadia, vai proceder à recepção de boas-vindas, pelas 11 horas, no salão nobre do edifício dos Paços do Município.

Meia hora mais tarde, se o tempo permitir, vai realizar-se o desfile de todas as confrarias, desde a Câmara Municipal de Anadia até ao Museu do Vinho Bairrada.

E cerca das 12 horas, a comitiva deverá estar já no museu, onde vai ser servida a todas as confrarias a “Côdea”. Vai haver lugar para visitar o “Salão dos Artistas” - Artesanato e Mostra Gastronómica, onde os confrades poderão apreciar peças de artesanato e a sua laboração ao vivo pelos respectivos artesãos presentes.

Pelas 12.50 horas sairá o último autocarro com destino ao local do almoço (Caves do Freixo), que inicia às 13 horas. O almoço de “Sua Majestade e respectivos súbditos” (leitão e derivados) vai ser animado por “Tempos e Eventos”.

Às 16 horas actua o Grupo de Cantares “Cantigas da Fonte” e pelas 17 horas acontece o encerramento, com entrega de lembranças a todas as confrarias presentes.

A parte lúdica foi suspensa devido à morte de Antídio Costa, fundador da CGLB e seu presidente da Assembleia Geral.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:21

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 25 de Março de 2009

Renny Moniz e Hernâni Moreira partiram ontem

Dupla bairradina já está a caminho de terras do Cairo

Renny Moniz e Hernâni Moreira já estão a caminho da aventura que projectaram ao longo de meses. Foi na manhã de ontem, dia 24, que a dupla de bairradinos deixou o concelho de Anadia rumo ao Cairo. Partiram da frente do edifício da Câmara Municipal, onde Litério Marques, presidente, fez questão de se despedir e desejar uma boa viagem, se possível “com poucas avarias”.

Aparentemente pouco nervosos, mostraram aos jornalistas o que levavam na mala do “Primefix 76”, um automóvel da marca Mazda com mais de 30 anos de idade, veículo que vai transportar os dois até à capital do Egipto.

Está previsto completarem 12 mil quilómetros em apenas 15 dias (ida e volta). Vão atravessar países como a Argélia, Tunísia e Líbia, até cortar a meta na maior cidade do mundo árabe e da África - o Cairo.

O percurso e as dificuldades com que se vão debater não parecem assustar nenhum dos dois.

“O nosso objectivo é levar a bandeira de Anadia e o espumante da Bairrada até às Pirâmides de Gizé. As garrafas que levamos connosco só serão abertas lá”, garantiu Renny Moniz, mentor da aventura.

Na mala da bagagem do carro fomos encontrar sacos cama e uma tenda, assim como um dos depósitos de combustível, porque o velhinho “Primefix 76” tem dois depósitos, perfazendo o total de 100 litros de gasolina.

Os bancos de trás também vão cheios: enlatados com força, material fotográfico e de orientação.

Após deixarem Anadia, a dupla viajou até Lisboa para encontrar-se com Carlos Sousa e comer um belo Leitão da Bairrada. Só depois aconteceu a partida oficial, junto do Monumento aos Descobrimentos. De acordo com Renny Moniz, no dia 24 era objectivo chegar a Espanha.

Litério Marques explicou que o apoio da Câmara Municipal de Anadia à dupla se deve ao facto de ser uma “equipa de anadienses que vai levar, através desta acção, o nome do concelho muito longe. E a nossa divulgação é sempre necessária”.

Na hora da partida, o autarca apenas disse que não é uma vitória que interessa: “Sabemos os recursos que a equipa tem. Queremos que tenham êxito na acção, um projecto de aventura, e sem qualquer percalço à integridade física”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:40

link do post | comentar | favorito
Sábado, 21 de Março de 2009

Renny Moniz e Hernâni Moreira partem dia 24 rumo à capital do Egipto

Bairradinos levam bandeira de Anadia ao Cairo em 15 dias de aventura

Renny Moniz e Hernâni Moreira, dois bairradinos naturais do concelho de Anadia, vão partir no dia 24 à conquista do Cairo, capital do Egipto, ao volante do “Primefix 76”, um automóvel da marca Mazda com mais de 30 anos de idade.

A façanha vai consistir em atravessar países como a Argélia, Tunísia e Líbia, até cortar a meta na maior cidade do mundo árabe e da África - o Cairo - e depois regressar, completando 12 mil quilómetros em apenas 15 dias.

Para Renny Moniz a aventura já não será de todo estranha. Até porque em 2008 o “velhinho bólide” já atravessou as terras de África até Dakar, a capital do Senegal.

“Desta vez tudo surgiu de uma brincadeira. Em primeiro falou-se em ir até Trípoli, capital da Líbia. Mas depois um amigo sugeriu o Cairo, numa conversa de café”, conta Renny Moniz, que acabou por lançar o desafio a Hernâni Moreira, que vai sair pela primeira vez para fora da Europa.

A dupla, que se vai estrear pelos destinos que vai agora trilhar, não sabe ao certo o que vai encontrar pelo longo caminho. Mas de uma coisa ambos têm a certeza: “O nosso objectivo é levar a bandeira de Anadia e o espumante da Bairrada até às Pirâmides de Gizé. As garrafas que levamos connosco só serão abertas lá”, garantiu Renny Moniz, mentor da aventura.

 

Um longo e árduo percurso

É já na próxima terça-feira, dia 24, pelas 9 horas, que a dupla de aventureiros parte simbolicamente da frente da Câmara Municipal de Anadia, rumo a Lisboa, onde será feita a partida oficial, junto do Monumento aos Descobrimentos.

O trajecto continua por Badajoz, já na vizinha Espanha, até Alicante, onde o “Primefix 76” e os dois bairradinos vão apanhar o “ferry-boat” (barco) até à Argélia, o que deverá acontecer ainda no dia 26.

Segue-se a Tunísia, território que vão pisar, se tudo correr bem, no dia 27 de Março. Depois entram na Líbia e no Cairo.

Ambos admitem que o maior medo será haver algum azar com o carro, que a verificar-se terá de ser solucionado por eles próprios. A retenção nas fronteiras pode ser outro problema, “mesmo estando já os vistos todos tratados”, asseguram.

Dos 12 mil quilómetros percorridos, as paragens serão única e exclusivamente destinadas para realizar manutenções na viatura e para descansar. Os dois bairradinos pretendem completar mil quilómetros por dia.

 

Orçamento de 5 mil euros 

O caminho que vai ser percorrido por Renny Moniz e Hernâni Moreira tem um orçamento previsto que ultrapassa os 5 mil euros. A maior fatia, ao contrário do que se possa pensar, não vai para o combustível (gasolina). “Vai para a travessia do barco e para os vistos, onde vamos gastar 1.800 euros”, garantiu Renny Moniz, que explica que na Líbia a gasolina é vendida a oito cêntimos.

Este ano a viagem vai contar com o apoio da Câmara Municipal de Anadia - além de outros patrocínios de várias empresas da região e dos próprios aventureiros - que acolheu o projecto, “mostrando uma abertura muito importante. A autarquia mostrou vontade de participar, o que muito nos agradou”, afiançou Hernâni Moreira.

Refira-se que o “Primefix 76” vai estar em exposição durante o dia 23 (segunda-feira), véspera da partida, junto ao edifício da Câmara Municipal de Anadia, para que a população possa ver e conhecer a viatura que vai até ao Cairo.

 

Uma bagagem bem pensada

Comida, à base de enlatados, água, mapas e GPS, assim como uma bússola, máquina fotográfica, tenda e sacos de dormir são alguns dos objectos que não vão poder faltar na bagagem de Renny Moniz e Hernâni Moreira.

Renny Moniz, 38 anos, é natural da freguesia de Arcos, Anadia. É gerente do “Baldas - Centro de Cópias”, na Malaposta. Questionado sobre o que o move em mais uma aventura, responde de forma peremptória e entre risos: “Carimbar países”.

Já Hernâni Moreira, 50 anos, é natural da freguesia de Vilarinho do Bairro. Militar, cumpriu toda a sua carreira nos pára-quedistas. Move-o a vontade de se “redescobrir”. Lembra ter sofrido um acidente grave há dois anos, servindo esta aventura para “saber como estou e quais os meus actuais limites”, confidencia.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:17

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Câmara Municipal de Aveir...

Reunião aberta para a ini...

APPACDM de Anadia vai ben...

Escolas do concelho da Me...

Dia Europeu do Enoturismo...

Autarquia aguedense adqui...

Espumante Bairrada volta ...

Semana Europeia da Mobili...

Semana Europeia da Mobili...

Mais duas empresas na Zon...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds