Segunda-feira, 1 de Setembro de 2008

Dias 13 e 14 de Setembro rumo à segunda internacionalização

Coro Misto da Cruz Vermelha Portuguesa de Águeda em Espanha

Nos próximos dias 13 e 14 de Setembro, o Coro Misto da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) de Águeda fará a segunda internacionalização, deslocando-se a Rianxo (Galiza - Espanha), para participar no Certame Internacional de Habaneras, a convite do Coral do Liceo Marítimo Rianxeiro, e integrado nas famosas festas da Virgem de Guadalupe, que atraem milhares de forasteiros de toda a Espanha.

O certame terá lugar no dia 13 (sábado), pelas 21 horas locais, na Igreja Paroquial de Santa Comba, com a participação da Coral Polifónica Padronesa (Padrón) e do Coro Misto da CVP de Águeda, para além do coro anfitrião.

Para este evento, o Coro da CVP encontra-se a preparar repertório específico, cuja temática assenta num estilo musical muito próprio da Galiza: Habanera.

Esta forma musical não é mais do que uma dança que os cubanos criaram em Havana (daí o termo Habanera) e trouxeram para os grandes salões europeus no século XVII. Na Europa, sofre alterações na sua estrutura inicial, e volta novamente para as Américas pelos imigrantes portugueses e espanhóis.

Para além de Habaneras, o Coro da Cruz Vermelha apresentará também duas obras de carácter livre: “Barco Negro”, com arranjo de Augusto Mesquita, e “Foi Deus”, com arranjo do aguedense Capitão Amílcar Morais.

 

Coro Misto da CVP tem 50 coralistas

O Coro Misto da CVP de Águeda é actualmente composto por 50 coralistas, de ambos os sexos, com enorme experiência no domínio coral, sob a direcção artística do maestro professor Sérgio Brito, e acarinhado desde o início pela sua Direcção, na pessoa do seu presidente, César Marques. A sua qualidade tem sido alvo de enormes elogios por parte do público e por conceituados críticos musicais do nosso país.

Trata-se de um projecto bem alicerçado, procurado por muitos, e com desejo de ingressarem nas suas fileiras. No entanto, a sua entrada é limitada e estritamente selectiva, o que é de registar, pois vem contrariar a tendência actual, que reside na dificuldade de recrutar novas vozes para os coros e o envelhecimento dos mesmos.

Espera-se que o Coro da Cruz Vermelha de Águeda prestigie o concelho de Águeda e o país, que no campo cultural tem realizado já actividade meritória, com dois anos de existência e 25 concertos, um dos quais em Viveiro (Lugo - Espanha).

Para mais informações de toda a actividade coral, consultar a página em: www.cvpagueda.com.sapo.pt.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:10

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 11 de Agosto de 2008

Freguesia de Avelãs de Caminho, Anadia

Freguesia recebe Festas de Nossa Senhora da Saúde

Avelãs de Caminho vai receber as Festas em Honra de Nossa Senhora da Saúde, nos dias 14, 15 e 16 de Agosto.

É no dia 14 que iniciam os festejos, com a chegada dos gaiteiros “Os Seca Pipas”, às 9 horas, que vão percorrer as ruas da freguesia. Pelas 20 horas realiza-se a Missa Vespertina, na Igreja Paroquial e às 22.30 horas começa o arraial, com a Banda “Pacífico”, de Coimbra.

Dia 15, sexta-feira, pelas 8 horas, Salva de 21 tiros. Às 9 horas chega a Banda Filarmónica Gafanhense, que vai correr as ruas da freguesia. E pelas 16 horas, chega a Fanfarra “Juventude da Madalena”, de Vila Nova de Gaia. Às 17 horas começa a Missa Solene, seguida de majestosa procissão, acompanhada pelas duas bandas e pela cavalaria da GNR. Às 22 horas, actuação dos “Top Som” e às 23.30 horas sobe ao palco “Rebeca” e suas bailarinas. Fogo-de-artifício à meia-noite.

No dia 16, às 9 horas, chegam “Os Seca Pipas”. Durante a tarde vão haver jogos de animação, incluindo o do Prego, Corrida do Saco e outros. Às 22 horas, actuação do Grupo Musical “2002” e às 23.30 horas, sorteio das rifas.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:53

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Julho de 2008

Festas em Honra de Nossa Senhora do Ó, freguesia de Aguim

A maior romaria do concelho de Anadia: duas procissões e seis noitadas

A freguesia de Aguim, uma das 15 do concelho de Anadia, ainda está em festa. No dia 18 começaram as Festividades em Honra de Nossa Senhora do Ó, a padroeira da aldeia. Hoje, dia 23, seis dias depois de comemoração, tanto religiosa como profana - através dos tradicionais bailaricos -, a festa termina, deixando um sentimento de saudade e o peso da responsabilidade entregue à mordomia que se encarregará de organizar a próxima.

Apesar da festa ter iniciado a 18, com os gaiteiros “Seca Pipas” a percorrer as ruas da aldeia logo pela amanhã, foi no domingo, dia 20, que as festividades atingiram o seu auge, com as cerimónias religiosas.

Logo após terminar a missa, celebrada na Igreja de Aguim, enfeitada a rigor, 13 andores, cheios de flores de vários tipos, foram sendo cuidadosamente retirados do interior do templo, como acontece todos os anos, para organizar a procissão.

No chão das ruas estavam ervas verdes, alecrim e pétalas de flores, ainda frescas, que aguardavam a passagem da procissão e de Nossa Senhora do Ó. As varandas das casas mais antigas, na viela do centro da aldeia, junto à igreja, estavam enfeitadas com colchas de seda, de diversas cores e feitios, como que para saudar a santinha que estava para chegar.   

Na frente seguiam dois cavalos, imponentes, da GNR de Anadia. E logo depois as bandeiras, que antecediam cada um dos bonitos andores, banhados pelo sol que teimava manter-se quente e radiante. Nossa Senhora do Ó, no seu andor majestoso, com cerca de 200 quilogramas, lá ocupava o último lugar da marcha, o lugar mais importante e esperado. Depois vinha o padre António Torrão, pároco da freguesia, e a Banda Filarmónica dos Covões, do concelho vizinho de Cantanhede. Um mar de gente, ao compasso da música, calcorreava as ruas, fazendo crescer a procissão. Viam-se algumas mulheres caminhar descalças, ao que tudo indica cumprindo promessas feitas à padroeira da terra.

 

“D’Tacon” animaram noite de domingo

À noite foi vez das espanholas “D’Tacon” animarem a noite, com sonoridades latinas, que se prolongaram até às duas da manhã. No recinto do bailarico, montado próximo da Junta de Freguesia e da Extensão de Saúde de Aguim, não faltavam as farturas, as pipocas e o algodão doce. Também havia quem vendesse balões para os mais novos.

A segunda-feira, dia 21, não deixou de ser um dia especial, porque Nossa Senhora do Ó voltou a sair à rua, novamente em procissão. Desta vez a única diferença foi no trajecto, maior que o de domingo. E junto do andor da padroeira, lá seguiam algumas mulheres a cumprir as suas promessas.

 

Padroeira de Aguim e das grávidas

A Nossa Senhora do Ó, padroeira de Aguim e também de outras freguesias do concelho (como é o caso do lugar de Vale de Avim, na Moita), é conhecida como a santa das grávidas, porque ela própria está grávida, o que a leva a ser também conhecida como “Nossa Senhora da Expectação”, por estar na expectativa, na esperança, do filho que há-de vir. Os mais antigos escreviam Nossa Senhora do Oh, porque o “oh!” significava exclamação. A própria imagem, de grandes dimensões, tem inscritas estas letras no ventre.

 

Programa da festa para hoje

É pelas 21 horas que começa o baile que vai encerrar mais um ano de Festas em Honra de Nossa Senhora do Ó de Aguim. A esta hora tem início a Noite Dançante, com música dos anos de 1960, 1970 e 1980. Cerca das 24 horas o palco fica entregue nas mãos do DJ Filipe Sanchez, residente na “Via Latina” e “Sport’s Bar” de Coimbra. Para a actuação ser perfeita, vai haver também acompanhamento multimédia, numa noite que promete ser longa.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 16:51

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Quarta-feira, 9 de Abril de 2008

Receita vai reverter a favor das obras da Igreja Matriz da Paróquia de Avelãs de Cima

“Feira das Barraquinhas” na Paróquia de Avelãs de Cima

É já neste fim-de-semana, no dia 13 de Abril, domingo, que a “Feira das Barraquinhas” da Paróquia de Avelãs de Cima, Anadia, se vai realizar, no Adro junto à Igreja Matriz.

A colaboração é geral. Todos os produtos que vão ser vendidos nas barraquinhas são ofertas da população. Não vai deixar de haver pão caseiro, broa, doçaria, artesanato, animais vivos, Bri-à-Brac, plantas, charcutaria, produtos tradicionais, vinhos e muito mais. Claro que as barracas de comes e bebes, onde este ano o Grupo Artístico Raízes Verde Pinho vai estar presente com “A Tasca do Pombo”, não vão faltar. É lá que vão ser servidas refeições - leitão, churrasco, rojões, porco no espeto e sopas. Tudo isto coadjuvado com as respectivas mordomias da Igreja.

No recinto haverá animação com o Grupo Etnográfico “Gente À Nossa Terra”, de Belazaima do Chão (Águeda) e um duo de concertinas que percorrerá todas as barraquinhas.

Conforme confidenciou o Padre Victor, que pela primeira vez está na organização do evento, “penso que tudo está a correr pela positiva, porque vejo um grande dinamismo e empenho em toda a população”.

A receita que se obtiver com o certame vai ser para as obras da Igreja Matriz de Avelãs de Cima, que foi alvo de uma grande remodelação, mas ainda não concluída, faltando o arranjo dos cinco altares, que terá de ser feito por uma equipa especializada, envolvendo uma grande verba.

Fica aqui um pedido, para que todos compareçam e venham almoçar à “Feira das Barraquinhas” de Avelãs de Cima e levar para casa algo que é caseiro e que é desta terra.

publicado por quiosquedasletras às 09:09

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Curia Tecnoparque recebe ...

Sexagenária esfaqueada at...

“Semana Social 2009” em A...

Livro sobre a Igreja de O...

Universidade Sénior da Cu...

Aprovada comparticipação ...

Águeda homenageia Escola ...

“Feira das Barraquinhas”

Melhores condições das in...

Presépios de Natal em Ana...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds