Quinta-feira, 2 de Outubro de 2008

Conselho Local de Acção Social de Águeda

Carta Social do concelho aprovada por unanimidade

Em plenário realizado pelo Conselho Local de Acção Social (CLAS) de Águeda, no dia 24 de Setembro, foram aprovados, por unanimidade, os novos instrumentos da Rede Social: Diagnóstico Social, Plano de Desenvolvimento 2008/2010 e o Plano de Acção 2008/2009.

Jorge Almeida, vice-presidente da Câmara de Águeda e presidente do CLAS, orientou o plenário, que contou com os representantes do Núcleo Executivo do CLAS e dos parceiros da Rede Social.

Pode-se definir a Rede Social de um concelho como um conjunto das diferentes formas de entreajuda, com vista à erradicação ou atenuação da pobreza e exclusão social e à promoção do desenvolvimento social.

Em Águeda, o trabalho da Rede Social assenta numa parceria alargada com os diferentes interlocutores sociais. É deste trabalho conjunto que saem as diversas acções de promoção do tecido social. Actualmente fazem parte da Rede Social do concelho 123 instituições, das quais 79 são Particulares de Acção Social e 42 são entidades públicas.

Com a publicação do Decreto-Lei nº 115/2006 de 14 de Junho, consagram-se os princípios, finalidades e objectivos da Rede Social.

 

A Rede Social tem por objectivos:

Combater a pobreza e a exclusão social e promover a inclusão e coesão sociais; Promover o desenvolvimento social integrado; Promover um planeamento integrado e sistemático, potenciando sinergias, competências e recursos; Contribuir para a concretização, acompanhamento e avaliação dos objectivos do Plano Nacional de Acção para a Inclusão (PNAI); Garantir uma maior eficácia e uma melhor cobertura e organização do conjunto de respostas e equipamentos sociais ao nível local; Criar canais regulares de comunicação e informação entre os parceiros e a população em geral.

Para a sua concretização são necessários os seguintes instrumentos: Diagnóstico Social, Plano de Desenvolvimento e o Plano de Acção.

Sendo a Rede Social o instrumento da operacionalização do PNAI, pretendeu-se na elaboração do diagnóstico conhecer as suas prioridades (combate à pobreza dos idosos e das crianças, correcção das desvantagens na educação, formação e qualificação, necessidade de ultrapassar as discriminações das pessoas com deficiência e dos imigrantes), ao nível do concelho de Águeda.

Foram ainda estudadas mais duas áreas: O emprego - considerando que é uma questão transversal às diferentes temáticas e grupos populacionais, uma vez que a participação no mercado de trabalho constitui um dos principais mecanismos de inclusão social - e a habitação, por ser considerada uma área prioritária no concelho, devido ao crescente número de situações de insuficiência e carência habitacional.

Para Jorge Almeida, “esta é uma ocasião única na política de Acção Social do concelho, porque estes instrumentos conferem-lhe um maior pragmatismo e coerência com a realidade social. Ao mesmo tempo esta congregação de esforços, entre os vários parceiros, possibilita uma maior coordenação de acções, da qual resulta uma política social mais forte e concertada, uma maior sustentabilidade das instituições e uma maior dinâmica e intervenção social”.

 

NOTA: Quem pretender a versão integral do documento: “Diagnóstico Social, PDS 2008-2010 e Plano de Acção 2008-2009”, brevemente disponível no Sítio-Electrónico do município, deverá solicitar o mesmo a Joana Amaral, da Divisão de Acção Social, telefone: 234 180 111, ou redesocial@cm-agueda.pt.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:07

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 12 de Setembro de 2008

Festa em Lourizela

A aldeia fotogénica do concelho de Águeda

Nos dias 6 e 7 de Setembro, Lourizela, na freguesia do Préstimo, Águeda, esteve em festa anual em honra de São Tomé. Todavia, esta pequena aldeia serrana é uma festa visual pegada durante todos os restantes dias do ano, graças à sensibilidade e aos investimentos realizados pela conjugação dos seus habitantes, descendentes e autarquias, que elevaram Lourizela à categoria da aldeia mais fotogénica de todo o concelho, ou mesmo da Região Centro.

Berço de grandes empreendedores que ajudaram a construir a economia aguedense durante toda a segunda metade do século XX, tal como a família Varandas e os irmãos Bastos, Lourizela resistiu à desertificação e impôs-se como uma das maravilhas mais votadas do concelho de Águeda.

A recuperação tradicional e rigorosa de dezenas das suas velhas habitações, dotando-as de conforto, ajardinamento sóbrio, mas integrado com a vistosa combinação de pedra xistosa com as molduras graníticas das janelas oitocentistas, projectou Lourizela para as visitas virtuais na Internet, observadas e comentadas em todo o mundo.

Porém, nada substitui o contacto físico e presente, enchendo a vista, enquanto outros sentidos se ocupam com o chilreio da passarada ou com o cheiro montês das manchas da vegetação natural de loureiros, medronheiros, rosmaninho e muitas outras espécies arbustivas de ocorrência natural.

A ANATUAL – Associação de Moradores e Melhoramentos de Lourizela, tem sido exemplar: uma espécie de anjo da guarda, deixando prever que o futuro será crescente e as novas iniciativas de promoção turística não serão desperdiçadas, fazendo deste canto serrano um caso exemplar de recuperação, não apenas física, mas sobretudo ao nível das tradições e das vivências, para que seja a cultura a dinamizar o combate à desertificação que aflige e mata algumas aldeias vizinhas.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 10:05

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 29 de Outubro de 2007

Câmara da Mealhada vai iniciar obras no Bairro Social do Canedo

Reabilitação de quatro fogos orçada em 84 mil euros

A Câmara Municipal da Mealhada vai iniciar a reabilitação de quatro fogos devolutos do Bairro Social do Canedo. O concurso público para a realização da empreitada já foi lançado e rapidamente se prevê que a obra avance no terreno. “São casas que estão devolutas e nas quais podemos intervir, porque depois vamos precisar dessas casas para realojar as pessoas, quando procedermos à reabilitação das restantes 20”, explica o presidente da Câmara Municipal da Mealhada, Carlos Cabral.

A tão esperada intervenção no Bairro Social do Canedo está, agora, em condições de avançar. Apesar de continuar à espera de uma resposta do Instituto Nacional de Habitação, relativamente à candidatura apresentada, a autarquia vai iniciar já a recuperação de quatro fogos que se encontram devolutos. Estas obras vão permitir, posteriormente, a rotação dos moradores para a recuperação dos outros 20 fogos. “A razão pela qual temos lá casas devolutas e ainda não as ocupámos é precisamente essa, para podermos realojar as famílias quando as suas casas forem alvo de intervenção”, reforça Carlos Cabral.

A recuperação dos outros 20 fogos aguarda, ainda, a aprovação da candidatura apresentada ao Instituto Nacional de Habitação. Só depois se procederá à empreitada de fundo e posteriormente à recolocação das famílias, tendo em conta a dimensão do agregado familiar. “Hoje temos famílias de uma pessoa num T3 e temos famílias com cinco ou seis pessoas num T2. Portanto, depois teremos que realojar as pessoas de acordo com a dimensão da família”, acrescenta o presidente da Câmara.

Com a reabilitação destes quatro fogos, obra essa orçada em 84 mil euros, está dado, assim, um grande passo para a resolução do problema do Bairro Social do Canedo.

publicado por quiosquedasletras às 18:14

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Assembleia Municipal da M...

Sexagenária esfaqueada at...

Limpeza de casa devoluta

“En(contra) as mimosas”

Museu de Arte Nova, em Av...

Processo de revisão do PD...

Parque Municipal de Campi...

Até dia 6 de Janeiro

“Concerto Natal Solidário...

Simulacro de emergência e...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds