Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2009

Férias Desportivas e Culturais Natal 2009 na Mealhada terminam hoje

Zona Desportiva e Biblioteca Municipal receberam actividades

Desporto, ocupação de tempos livres e actividades culturais tiveram lugar na Zona Desportiva (piscinas e pavilhão) da Mealhada e na Biblioteca Municipal.

A Câmara Municipal da Mealhada voltou, assim, este ano, a organizar um programa de Férias Desportivas e Culturais, durante as férias de Natal. 

O programa, no qual tem vindo a participar com regularidade uma dúzia de crianças, inclui várias modalidades desportivas (natação e jogos aquáticos, futsal, basquetebol e badminton, entre outras), visitas, cinema, Educação Física, Educação Ambiental, Educação Musical e Inglês.

Ou seja, todo um conjunto de actividades destinadas a ocupar os tempos livres dos jovens, dos seis aos 14 anos, durante as férias.

As Férias Desportivas e Culturais Natal 2009 começaram no passado dia 21 de Dezembro e terminaram hoje, quarta-feira, dia 30 de Dezembro.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:51

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009

CADES organiza Workshop de Dança Contemporânea para crianças apresentarem na Gala do Desporto da Mealhada

Inscrições já estão abertas

O Núcleo de Desporto/Fitness da Associação CADES – Cooperação Artística, Desportiva, Educativa e Social vai realizar no dia 9 de Janeiro de 2010, no Grande Hotel de Luso, na vila do Luso, concelho da Mealhada, um Workshop de Dança Contemporânea, específico para crianças dos três aos 12 anos. As inscrições já estão abertas.

O Workshop de Dança Contemporânea – iniciativa com o carimbo da CADES – vai ser feito em parceria com o Grande Hotel de Luso, a Câmara Municipal da Mealhada e o Ginásio Korpo Activo, na Mealhada.

O Grande Hotel de Luso foi o local escolhido pela organização para receber a iniciativa, dia 9 de Janeiro de 2010 (sábado), das 15.30 às 18.30 horas. Cláudia Cardoso, da Academia Staccato (Leiria) vai ser a professora.

O workshop – uma actividade do Núcleo de Desporto/Fitness da CADES, conduzida pelos coordenadores Fábia Leite e Luís Silvestre –, tem como objectivo a aquisição de novos conhecimentos na área da Dança Contemporânea. Este workshop vai ainda dar possibilidade às crianças inscritas de poderem vir a participar na quarta edição da Gala do Desporto da Mealhada, que vai ter lugar no dia 25 de Janeiro, pelas 21 horas, no Cine-Teatro Municipal Messias, na Mealhada. A coreografia para a ocasião ficará a cargo de Cláudia Cardoso, com o apoio de Janine de Oliveira.

As inscrições estão já abertas e podem ser feitas no Grande Hotel de Luso, no Pavilhão do Luso ou no Ginásio Korpo Activo. Para quem não é sócio da CADES, o preço é de 15 euros, sendo de 10 euros para sócios. Em virtude da época natalícia, a CADES está a fazer uma “Promoção de Natal”: os interessados em tornarem-se sócios da CADES, ao pagar a cota para 2010 (25 euros) podem fazer o Workshop Contemporâneo gratuitamente.

Para mais informações contactar os números 96 267 35 91 (Janine de Oliveira), 91 480 14 85 (Fábia Leite) ou 91 209 76 93 (Luís Silvestre).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:34

link do post | comentar | favorito
Domingo, 27 de Dezembro de 2009

Maioria social-democrata aprova Orçamento e Opções do Plano em Anadia

Assembleia Municipal aprova Orçamento com mais de 31 milhões de euros

A sessão ordinária da Assembleia Municipal de Anadia, que se realizou no dia 21, aprovou por maioria o Orçamento e as Opções do Plano da Câmara Municipal de Anadia, para o ano 2010. Foram 26 os votos a favor, houve uma abstenção de José Maria Ribeiro, presidente da Junta de Freguesia de Mogofores, PS e nove votos contra dos deputados do PS, CDS-PP e CDU.

O Orçamento e as Opções do Plano dos Serviços Municipalizados de Anadia, para o ano de 2010, foram igualmente aprovados por maioria, com 26 votos a favor, nove abstenções e apenas um voto contra, do deputado João Tiago Castelo Branco, do CDS-PP.

Esta foi a primeira sessão depois das eleições autárquicas, representando a estreia de Luís Santos como presidente da Assembleia Municipal de Anadia, assim como de alguns deputados, que pela primeira vez ocuparam as cadeiras do Salão Nobre com aquela função.

Foi uma Assembleia Municipal que durou mais de seis horas, ficando marcada por determinados momentos de acesa discussão entre os dois novos deputados do CDS-PP e o presidente da Câmara Municipal, Litério Marques.

E foram os populares que iniciaram as intervenções, no período de antes da Ordem do Dia, ao entregar na Mesa alguns requerimentos, onde é questionado o autarca sobre as intervenções em áreas de Reserva Ecológica Nacional, sobre os resultados das análises à água do concelho, sobre o destino que vai ser dado ao Parque Municipal de Campismo da Curia e ainda sobre o estado e evolução do Plano Director Municipal (PDM) do concelho.

Do PS, Tiago Coelho pediu esclarecimentos a Litério Marques sobre em que ponto se encontram os processos do Conselho Municipal da Juventude, ao que o autarca respondeu que os trabalhos decorrem para que a elaboração se efectue de acordo com a lei.

No entanto, o deputado socialista lembrou que em 18 de Setembro do corrente ano o regime transitório “já terminou”.

João Morais, também no período de antes da Ordem do Dia, voltou a trazer à Assembleia Municipal o tema Saúde, pedindo ao presidente da Câmara um ponto da situação sobre a Consulta Aberta e a sua manutenção. Mas Litério lembrou que esse tipo de problemas ainda não são da tutela da Câmara Municipal, que aguarda “esclarecimentos sobre a nova forma de atendimento”.

 

Orçamento que dá felicidade

Quando chegou a altura de apresentar, discutir e votar a proposta de Orçamento e das Opções do Plano da Câmara Municipal de Anadia, para o ano 2010, Litério Marques disse que aquele orçamento, “em tempo de crise, apresenta números que nos dão alguma felicidade”, sendo semelhantes ao ano anterior.

O edil lembrou que sectores como o saneamento, vias, desporto e cultura serão os mais discutidos e onde grande parte da fatia será investida.

Cardoso Leal, líder de bancada do PS, diz que após analisar o documento, deram nota de quatro apostas principais - Regeneração do centro urbano, pólo escolar de Arcos e um reforço de verbas no saneamento e Zonas Industriais, manifestando apreço por “a Câmara Municipal dar-nos razão”. Os socialistas criticam, no entanto, a demolição do antigo Mercado Municipal na sequência da regeneração urbana do centro da cidade.

Sidónio Simões, do CDS-PP, elencou vários “problemas” em diversas áreas, sendo uma lista tão extensa que o levou a esgotar o tempo que dispunha a sua bancada. Litério Marques, na hora da resposta, pediu para não serem misturados “alhos com bugalhos” porque “o que ali estava em causa era a aprovação do orçamento e não o PDM”.

A percentagem de participação no IRS, referente ao ano 2009, continua nos 5%. E a Derrama continua com o valor de 1,5%.

O CDS-PP tinha apresentado uma proposta que dizia respeito aos conflitos na junção e localização da Escola Básica do 2.º e 3.º Ciclo e Secundária, de Anadia. No entanto, como a Mesa entendeu que o ponto não estava devidamente documentado e que deveria ter sido entregue previamente um documento para dar a conhecer o assunto a todos os deputados, o assunto passou para a próxima Assembleia Municipal.

Foi Luís Santos que sugeriu votar que o ponto fosse retirado da Ordem do Dia, para voltar devidamente documentado. A votação só contou com os dois votos contra do CDS-PP.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:24

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Dezembro de 2009

Quinto aniversário de elevação de Anadia a cidade

Comemorações começam hoje e duram até sábado

A Câmara Municipal de Anadia vai comemorar o 5º aniversário da elevação de Anadia a cidade hoje, dia 9 de Dezembro, nos diversos equipamentos culturais e desportivos do município, de acordo com um aliciante programa, que vai durar quatro dias. Todas as actividades vão ser gratuitas.

Hoje, dia 9, inaugura a exposição documental “Anadia em Dia”, patente até 19 de Dezembro, na Biblioteca Municipal. No Museu do Vinho Bairrada vão decorrer ateliês diversos de Expressão Plástica, para crianças e visitas ao espaço. O horário para estas actividades será das 10 às 13 horas e das 14 às 18 horas.

Entre as 9 e as 13 horas e as 14.30 e as 21.30 horas vai haver natação regime livre, no Complexo Desportivo de Anadia. Também há aula de hidroginástica (das 17.45 às 18.30 horas), até 50 alunos e aula de aeróbica (das 18.30 às 19.15 horas), para 15 alunos.

A aula de natação vai acontecer das 19.15 às 20 horas e realiza-se com 15 alunos.

Ainda hoje, quarta-feira, vai ter lugar, no Cine-Teatro Municipal, um Espectáculo de Variedades, promovido pelas associações culturais do município. O início está marcado para as 21.30 horas.

Amanhã, dia 10 de Dezembro, quinta-feira, evento “Jazz com Vinhos”. Trata-se de um concerto de Jazz protagonizado pelo Trio João Neves, às 21.30 horas, no Museu do Vinho Bairrada. Durante o espectáculo, a Rota da Bairrada irá ofertar a todos, uma degustação de Espumantes de excelência. Vão também haver visitas ao espaço.

Na sexta-feira, dia 11 de Dezembro, vão realizar-se visitas ao Museu do Vinho Bairrada durante todo o dia.

E no sábado, dia 12, último dia das festividades no âmbito da elevação de Anadia a cidade, das 11 às 13 horas e das 15.30 às 17.30 horas vai realizar-se um mini curso de iniciação à Prova de Vinhos, no Museu do Vinho, assim como visitas ao espaço. A autarquia convida todos os munícipes a participar.

 

publicado por quiosquedasletras às 09:59

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 30 de Novembro de 2009

Regulamento Municipal do “Cartão +65” sem consenso

Reunião de Câmara de Oliveira do Bairro aprova documento por maioria com dois votos contra do CDS

Naquela que foi a primeira sessão pública do Executivo de Oliveira do Bairro em reunião de Câmara, dia 26, foi aprovado por maioria o Regulamento Municipal do “Cartão +65”, com cinco votos a favor - quatro do PSD e um de Henrique Tomás, vereador do PS - e dois votos contra, de Jorge Mendonça e Lília Ana Águas, eleitos pela lista do CDS, sendo que o primeiro solicitou a consignação na acta do seu voto de vencido.

Foi Mário João Oliveira, presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, que começou por dizer que este era mais um dos objectivos do actual Executivo confirmado pelo eleitorado e cumprido, sendo que “a todo o tempo estamos em condições de associar a este cartão outros benefícios”.

E Laura Pires, vereadora responsável pela iniciativa, explicou que neste caso concreto, do “Cartão +65”, pretende-se “promover um envelhecimento activo e estilos de vida mais sudáveis. Este cartão não é para carenciados, porque nesses casos temos outras medidas”.

A vereadora lembrou que daquilo que o Executivo tem promovido para a popualção mais velha, exemplificando com o TOB ou o festejo do Dia do Idoso, “temos tido boa adesão. As pessoas estão cada vez mais informadas, mas com incentivo, têm mais dinamismo”.

O “Cartão +65” promove descontos - para quem tem mais de 65 anos - na actividade desportiva desenvolvida nos edifícios municipais, em eventos promovidos pela Câmara Municipal, livrarias, sendo também dirigido a entidades particulares que queiram aderir e associar-se.

Contudo, Jorge Mendonça, mesmo concordando com o cartão, no que diz respeito ao regulamento, entende que “podia ir-se mais além e contemplar outras medidas”. O vereador eleito pela lista do CDS explicou que iria votar contra, principalmente por considerar que o regulamento “devia ser aprovado pela Assembleia Municipal”.

Mário João Oliveira foi peremptório ao referir que o documento seria votado “tal e qual está” e frisou que este cartão é “um prémio dado às pessoas, porque já deram algo ao longo da sua vida”.

Já Henrique Tomás felicitou a ideia, dizendo mesmo que como já pode ter acesso ao cartão, o vai requisitar: “A saúde sai aqui beneficiada, sendo esta iniciativa de louvar”.

Jorge Mendonça acabaria por solicitar um voto de vencido, onde declarou que pela análise objectiva do projecto de regulamento, “percebe-se que o respectivo teor poderia, e deveria, ir mais longe quanto a objectivos e benefícios; desde logo, não deveria adoptar-se o critério puro e simples da idade superior a 65 anos, mas combinar-se o critério da idade com o da debilidade económica, contribuindo-se para a melhoria e dignificação das condições de vida dos mais desfavorecidos”.

Durante o período de antes da Ordem do Dia, Henrique Tomás questionou o presidente da Câmara sobre a situação das rotundas previstas junto à Zona Industrial (ZI) de Vila Verde e para quando estariam calculadas as obras de saneamento para a Rua da Silveira.

Mário João lembrou que no início do anterior mandato foram colocados semáforos junto à ZI. “Mas no Silveiro e Perrães estão a ser tomadas diligências nesse sentido”, de construir rotundas. Sobre o saneamento, o autarca disse que os projectos serão efectuados pela nova entidade, a ADRA, e sem qualquer custo para o município de Oliveira do Bairro.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:18

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 23 de Novembro de 2009

Fernando Neves expõe fotografias na Biblioteca Municipal de Anadia

“Multiplicidades” inaugura no sábado

O fotógrafo freelancer Fernando Neves vai expor pela primeira vez na cidade de Anadia, numa mostra que vai inaugurar sábado, dia 28, na sala polivalente da Biblioteca Municipal, pelas 15 horas.

Natural de Anadia mas a residir na Costa Nova, concelho de Ílhavo, Fernando Neves, 50 anos, engenheiro civil de formação, assume ter gostado desde sempre de fotografia. Mas foi há cinco anos que, através de um fotógrafo profissional que lhe foi apresentado, começou a investir em formação. “Paralelamente à profissão, sempre procurei no desporto ou em algo ligado à arte um complemento à minha formação primária”, diz.

“Descobri que gostava mesmo de fotografia e decidi iniciar workshops na área e também em arte gráfica, mas colocando sempre a fotografia em primeiro plano”, explicou.

Há três anos recebeu o primeiro convite para fazer um evento, altura em que se inscreve na Associação de Fotógrafos Profissionais, começando a trabalhar como fotógrafo freelancer, sendo a engenharia civil a sua principal ocupação, em Anadia.

Fernando Neves também tem ligações ao desporto, acabando por transpô-las para a fotografia que faz. É federado em hipismo - tendo uma escola de equitação a funcionar em Anadia - e pratica várias modalidades.

 

“Multiplicidades”

Em Anadia vai dar a conhecer na terra que o viu nascer o trabalho dos últimos três anos. “Multiplicidades” vai apresentar fotos que passam pelo desporto, retratos, paisagens, fotos de estúdio, de dança. A exposição estará patente até meados de Janeiro.

“As minhas fotos profissionais apontam duas características: a tendência pelo preto, porque têm sempre uma carga e a tentativa de criar dinâmica e vida em cada uma delas”, frisa o engenheiro fotógrafo.

Diz que não se sente um fotógrafo comercial, porque mesmo para fazer eventos, tem que “de alguma forma se enquadrar neles”. Mesmo para fotografar desporto, “temos de ter a noção de como ele é praticado”.

 

Criação de núcleo de fotografia

Fernando Neves propôs a criação de um núcleo/secção de fotografia, em Anadia - e já aprovado -, que teria o seu início através de um workshop que vai começar em Janeiro, ainda com “Multiplicidades” patente.

“Serei um simples colaborador. O núcleo será aberto para pessoas do município. Com o workshop pretendo reunir com os interessados uma vez por mês”, afirmou o fotógrafo.

As ideias já são muitas. Desde fotografar durante manhãs de domingo no Luso ou convidar fotógrafos de renome para vir a Anadia. As inscrições para o workshop vão estar abertas dia 28, durante a inauguração de “Multiplicidades” e depois.

Introdução à fotografia digital e noções sobre o equipamento e sobre fotografia serão temas a abordar no workshop, gratuito. “Cerca de 25% é técnica, o resto é sensibilidade”, finalizou.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:40

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 5 de Novembro de 2009

Brilho e solidariedade marcam arranque da CADES

Associação faz jantar de apresentação na Mealhada

“Nasceu a CADES. Um grito de esperança, um grito da alma. Um grito para o outro. Não falo de pobres, ricos, infelizes, indefesos, coitadinhos. Falo de pessoas. Pessoas que querem viver melhor”. Foi desta forma que Janine de Oliveira, presidente da Direcção da Cooperação Artística, Desportiva, Educativa e Social (CADES), se dirigiu a mais de centena e meia de pessoas, presentes durante o jantar de apresentação da associação - fundada a 2 de Setembro último -, que teve lugar na noite do dia 28 de Outubro, no Conjunto Turístico Quinta dos Três Pinheiros, na Mealhada.

“A CADES quer ser um sorriso, um gesto de ternura, uma voz, um ouvido, um cumprimento, um abraço, um beijo, um mimo. Não vamos mudar o mundo, mas vamos certamente colorir o mundo de Alguém”, dizia Janine de Oliveira, que dava assim a conhecer o objectivo principal da associação que lidera: pôr em prática o exercício da solidariedade e a promoção do desenvolvimento comunitário através da arte, do desporto, da vertente educativa e social. Uma associação de e para a Bairrada, mas que ambiciona voar mais alto e chegar a todo o país.

A forma de actuação da CADES, para promover a solidariedade, será através de seis núcleos de intervenção: Social/Saúde, Artístico, Educação/Formação, Fitness/Desporto, Gastronómico e Comunicação. “Somos muitos para existir para os outros”, sublinhou a presidente, visto o corpo técnico da CADES contar já com mais de 50 elementos e a breve trecho ver este número crescer, com o nascimento de um sétimo núcleo, de Artes Orientais, “que terá como objectivo a promoção, formação e intervenção nas áreas das artes orientais, sejam elas marciais, terapêuticas ou meramente culturais”, conforme explicou Janine de Oliveira.

O jantar ficou marcado pela dinâmica que a apresentação singular de cada núcleo gerou ao longo da noite. Os Núcleos Gastronómico e de Fitness/Desporto exibiram um vídeo; o Social/Saúde apresentou um momento em palco com a declamação de um poema ao som de violino e piano e com sombras chinesas; o Núcleo Educação/Formação subiu ao palco para contar uma história onde foi apresentado o seu plano de actividades para 2010; o Artístico trouxe teatro e o Núcleo de Comunicação entregou uma brochura com a constituição dos seis núcleos e os órgãos sociais da CADES.

 

“O Desporto é de todos”

Relativamente às actividades que vão ser desenvolvidas pelos núcleos, Janine de Oliveira deu a conhecer algumas delas. O projecto “O Desporto é de todos” - do Núcleo de Fitness/Desporto - vai proporcionar a todos os que não têm possibilidades a prática de actividade física e desportiva. Mas é o Núcleo Social/Saúde que terá como função sinalizar a população alvo e encaminhar para as diversas modalidades. A Sociedade Hoteleira Pedro dos Leitões e a empresa “JB Pires Construções, Lda.” vão ser parceiros neste projecto: “Numa primeira fase, a ter início em Janeiro de 2010, cinco crianças vão ser contempladas”, revelou a presidente da CADES.

O Núcleo de Educação/Formação criou uma “Bolsa de Incentivo Escolar”. Este apoio consistirá na compra de livros, material escolar e informático, sendo o Grupo Leya, maior grupo editorial português, o parceiro neste projecto.

“Estes são apenas alguns exemplos do que pretendemos fazer. Mas temos muitos outros projectos que a curto prazo se irão concretizar. Projectos estes que ainda estão órfãos e que precisam de pais”, disse Janine de Oliveira, deixando o apelo a todos os presentes para que “nos ajudem a existir para os outros”, justificando o lema da equipa CADES: “Existimos para si!”.

 

Leilões ajudam a CADES a crescer

“Estamos a nascer, faça-nos crescer!”. Esta foi a frase que se ouviu mais vezes durante a noite do dia 28 de Outubro e que motivou a realização de três leilões, que contaram com Luís Simões, vice-presidente da CADES, como licitador.

O primeiro apresentou uma série de três livros - “Memória de Elefante” e “Os Cus de Judas”, de António Lobo Antunes e “Caim”, de José Saramago -, estando os dois primeiros autografados pelo autor e sendo os três de edição numerada, oferecidos pelo Grupo Leya. José Alfredo, da empresa “Certoma”, na Mealhada, foi quem deu mais.

Foi também leiloada uma camisola do Sporting Clube de Portugal, autografada pelo plantel e oferecida pela equipa técnica do clube, que foi comprada por João Pires, da empresa “JB Pires Construções, Lda.”, que entretanto voltou a oferecer a camisola à CADES, que voltou a leiloar, acabando por ficar a camisola com Amílcar Maia Henriques, empresário de Águeda.

A Casa do Benfica da Bairrada ofereceu uma camisola do Sport Lisboa e Benfica (SLB) à CADES, autografada pelo plantel, vindo a comprá-la no leilão com uma delegação da equipa de Futsal do SLB presente no jantar - constituída pelo treinador André Lima, pelo jogador Ricardinho e pelo secretário técnico João Pedro Ferreira -, voltando a oferecer a mesma camisola à CADES, que acabou por ser adquirida por Janine de Oliveira.

A camisola da Académica de Coimbra OAF, oferecida e autografada pelo plantel, foi comprada por Nuno Pires, presidente do Conselho Fiscal da CADES. A do Paços de Ferreira, também oferecida pelo plantel e autografada, foi adquirida por Cláudio Pires, presidente da Assembleia Geral da CADES. A última camisola, do Vitória de Guimarães, ficou com José Mendes, presidente do Sporting da Covilhã. Esta camisola estava autografada por todo o plantel, que fez a oferta.

O último leilão foi feito com um quadro do ceramista mealhadense Paulo Júlio, sendo comprado pelo presidente da Direcção da Associação Comercial e Industrial da Mealhada (ACIM), Carlos Pinheiro.

De referir que entre os convidados da noite estiveram figuras do futebol português - como Paulo Sérgio (treinador do Guimarães); Vítor Pontes (treinador); João Tomás (jogador do Rio Ave); Orlando, Sougou e Bruno Amaro (da Académica de Coimbra OAF) e o director da formação, Pedro Roma, entre outros -, que não ficaram indiferentes ao convite feito pela associação, manifestando a sua solidariedade ao apadrinhar a CADES em dia de apresentação à comunidade.

Presentes estiveram também o presidente da Câmara da Mealhada, Carlos Cabral e a vice-presidente, Filomena Pinheiro; Teresa Belém e Jorge Sampaio, vice-presidente e vereador, respectivamente, da Câmara de Anadia; Catarina Rodrigues, directora regional do Instituto do Desporto de Portugal (IDP) - Centro; assim como Ana Covas, coordenadora da equipa de apoio às escolas de Aveiro e Fernando Trindade, director da Escola Secundária da Mealhada, entre outras entidades, de várias áreas e empresários.

 

publicado por quiosquedasletras às 08:28

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 4 de Novembro de 2009

Litério Marques distinguido com o Prémio “Mérito Desportivo”

Autarca anadiense foi a personalidade indicada pela Federação Portuguesa de Ciclismo

Litério Marques, presidente da Câmara Municipal de Anadia, foi distinguido com o Prémio “Mérito Desportivo” - Personalidade do Ano, pela Confederação do Desporto de Portugal, no passado dia 29 de Outubro, na 14ª Gala do Desporto, que decorreu no Casino do Estoril.

Subordinado ao lema “Acreditar na Formação”, as Federações das diferentes modalidades indicaram as personalidades/entidades que reuniam curricula merecedores da distinção deste prémio, pelo trabalho realizado em prol do desenvolvimento desportivo.

Assim, Litério Marques foi a personalidade indicada pela Federação Portuguesa de Ciclismo, como individualidade que mais contribuiu para o desenvolvimento e promoção desta modalidade, nomeadamente no papel que desempenhou perante as entidades envolvidas na concretização da construção do primeiro e único Centro de Alto Rendimento, do país, que servirá esta modalidade - Velódromo Nacional.

Recorde-se que o Centro de Alto Rendimento (CAR) de Anadia - Velódromo Nacional de Sangalhos foi inaugurado a 11 de Setembro último, pelo então ministro da Presidência, Pedro Silva Pereira.

O equipamento é a única pista coberta de ciclismo no país - com 250 metros - e vai acolher outras modalidades como a esgrima, ginástica, judo, trampolins e desportos acrobáticos. O centro de estágio dispõe de 16 quartos duplos para 32 atletas, treinadores, técnicos desportivos e dirigentes e equipamento de preparação e recuperação de atletas.

Trata-se de um investimento que chega aos 12,2 milhões de euros, financiado pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) em 70%, tendo tido o apoio do Instituto do Desporto de Portugal. A Câmara de Anadia investiu 2,8 milhões de euros.

Durante o seu discurso na inauguração do Velódromo Nacional, Litério Marques falou da “realização de um sonho”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:56

link do post | comentar | favorito
Domingo, 1 de Novembro de 2009

Acordo de geminação com Milau (França) e Mealhada celebrado no próximo ano

Datas para a assinatura ainda não estão marcadas

A Câmara Municipal da Mealhada e o Comité de Jumelage de Millau ( França) acordaram que o processo de geminação entre as duas cidades deverá ficar concluído durante o próximo ano.

As datas para assinatura do acordo ainda não estão marcadas, em definitivo. Mas, durante uma reunião, que decorreu na passada semana, na Câmara da Mealhada, ficou estabelecido que o protocolo será assinado, primeiro, na Mealhada, por ocasião da Feira de Artesanato e Gastronomia do próximo ano. E, mais tarde, na França, por ocasião de uma visita de uma delegação da Mealhada a Millau.

Uma delegação do Comité de Jumelage (Comissão para as geminações) de Millau esteve no concelho da Mealhada, para estabelecimento de contactos e exploração de possibilidades de cooperação a vários níveis: da Educação à Economia, passando pela Cultura e pelo Desporto.

Durante a reunião de trabalho na Câmara ficou, igualmente, acordado que a cidade de Millau deverá participar na Feira de Artesanato e Gastronomia da Mealhada do próximo ano, com uma mostra de produtos daquela região de França.

Os contactos entre as cidades de Millau e da Mealhada remontam a 2005 e têm-se traduzido numa série de visitas recíprocas, mas sem carácter institucional.

Esta geminação com Millau, agora anunciada para o próximo ano, será a primeira da cidade da Mealhada com uma cidade estrangeira.

No concelho da Mealhada, a vila do Luso tem um protocolo de geminação com Contrexéville (França), a freguesia da Pampilhosa está geminada com Courcoury (França) e Vacariça com Chermignac (França).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:29

link do post | comentar | favorito
Domingo, 25 de Outubro de 2009

“A CADES vai melhorar a sua vida!”

Nova associação já caminha

A Associação CADES – Cooperação Artística, Desportiva, Educativa e Social está a três dias de dizer à comunidade: “Existimos para si!”.

 

publicado por quiosquedasletras às 07:39

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Aeróbica reuniu cerca de ...

Câmara Municipal de Aveir...

Câmara Municipal de Aveir...

1ª Mega Caminhada da Meal...

Projecto “Escola Electrão...

Carlos Queiroz eleito Per...

Henrique Fidalgo é o líde...

Sérgio Godinho e Francisc...

CADES leva 15 crianças ao...

Assembleia Municipal da M...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds