Sexta-feira, 26 de Setembro de 2008

Sete pintores dão vida à maior tela sobre o vinho em Anadia

Artistas plásticos pintam 7,20 metros de comprimento e dois de altura

A maior tela criada até hoje em Portugal, com a temática do vinho, mede 7,20 metros de comprimento e dois de altura. Foi pintada ao ar livre, junto às vinhas contíguas ao Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, onde vai ficar exposta. Os autores são sete artistas plásticos, oriundos de Lisboa, Porto e da Região Centro do país.

A pintura, colectiva, foi feita em simultâneo durante as seis horas de emissão em directo do programa “Festa das Vindimas”, da RTP1, transmitido no dia 19, do Museu do Vinho Bairrada.

A iniciativa tratou-se de uma parceria desenvolvida entre a galeria aveirense Nuno Sacramento e o museu. Foi o galerista Nuno Sacramento que convidou os sete artistas, todos com trabalho desenvolvido a nível nacional e internacional: Alexandre Baptista, Carla Faro Barros, Rita Melo, Júlio Pires, Elizabeth Leite, Gustavo Fernandes e Duma.

Relativamente a esta última (Duma), a sua próxima exposição individual será na Galeria Nuno Sacramento, inaugurada dia 4 de Outubro.

 

Pintar durante seis horas

A pintura teve início pelas 10 horas e terminou às 18 horas, quando acabou o programa da RTP1. Cada um dos sete artistas plásticos ocupou o seu espaço, com pouco mais de um metro.

“Alguns interligaram os estilos, fazendo o cruzamento das diversas linguagens”, explicou Nuno Sacramento. O galerista lembrou que os sete participaram na exposição/concurso “Sua Majestade - O Rei”, que esteve patente no Museu do Vinho Bairrada até ao último domingo, dia 21. “Seleccionei-os porque acredito neles. São todos jovens, mas com um currículo muito sólido, todos representados internacionalmente em feiras como a Art Madrid ou a Arte Lisboa”, garantiu, referindo tratarem-se de valores emergentes da arte contemporânea nacional.

Pedro Dias, director do Museu do Vinho Bairrada, lembrou que a maior tela criada em Portugal com o mesmo tema está também ali, naquele espaço museológico. Foi pintada pelas mãos do mestre Mário Silva, intitula-se “O Espírito do Vinho” e mede sete metros. A intenção da iniciativa do dia 19 foi superá-la (a nova tela colectiva mede mais 20 centímetros), e simultaneamente dignificar “o vinho enquanto produto ao qual a região está estreitamente ligada”, explicou Pedro Dias.

 

Pintar em directo e em público

Para os sete artistas, à iniciativa esteve inerente um desafio. Aliás, vários: o de pintar em directo para a televisão, com muita gente a assistir, que não despregou os olhos dos sete; um tempo limite de execução; sol; calor e a presença de outros pintores.

Alexandre Baptista, vencedor do concurso/mostra “Sua Majestade - O Rei”, disse, depois de concluir o seu trabalho, que esta foi a primeira experiência do género. Admite ter sido “um teste”, porque não gosta de “pintar em público, nem com barulho”. Prefere um ambiente fechado, com silêncio. Mas foi “um desafio, que me levou a aceitar este convite colocado pelo Nuno Sacramento”.

Visivelmente satisfeito, diz ter sido “um dia de trabalho diferente”, servindo também para “reencontrar outras pessoas”.

Alexandre Baptista apresentou um trabalho onde uma vez mais a ironia é a sua grande força: “Ironicamente abordo o consumo desmedido de álcool por nós, portugueses, que não percebemos o prejuízo que muitas vezes nos pode causar”.

É uma pintura/objecto, com a apropriação de um cálice de vidro. O título - “Take your glass of wine. Drink and your might get fucked.” -, é em inglês, uma característica de Alexandre Baptista, “que permite uma dualidade de leitura, tornando a obra mais universal”, explicou o autor.

Carla Faro Barros adorou a experiência, queixando-se apenas do calor. “Foi um retrocesso aos tempos da escola, onde havia um intercâmbio de ideias e partilha de opiniões entre todos”, refere. “Mais uma pinga e há um bêbado à espera que caia uma gota de vinho do céu” é o título do seu trabalho, uma cara bem vermelhusca, a três dimensões. (Foto: Davide Silva)

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:27

link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Aeróbica reuniu cerca de ...

Câmara Municipal de Aveir...

Seminário Internacional “...

Luís Fernandes, da d’Orfe...

Voluntários ajudam a limp...

Recortes de jornais desde...

Rota da Lampreia e da Vit...

Câmara Municipal de Anadi...

Candidaturas ao Fundo Soc...

Reunião aberta para a ini...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds