Sábado, 12 de Abril de 2008

Alexandre Baptista é o vencedor do primeiro prémio da vertente concurso da mostra

Leitão da Bairrada inspira exposição no Museu do Vinho Bairrada

Obras de artistas plásticos como Júlio Pomar, Cruzeiro Seixas, José Rodrigues, Onik Sahakian (discípulo de Salvador Dalí e seu joalheiro) e Mário Silva, entre outros, num total de 60, podem ser agora vistas no Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, que vai acolher, até ao dia 21 de Setembro, a exposição/concurso “Sua Majestade - O Rei”, I Exposição Colectiva de Arte Contemporânea da Bairrada, que tem como tema o Leitão da Bairrada.

A primeira colectiva/concurso de pintura, escultura e fotografia contemporânea realizada na Bairrada, que inaugurou no último sábado, dia 5, foi organizada e promovida por três entidades distintas: Confraria Gastronómica do Leitão da Bairrada (CGLB), Nuno Sacramento - Galeria de Arte Contemporânea e Câmara Municipal de Anadia/Museu do Vinho Bairrada.

Para Pedro Dias, director do Museu do Vinho, esta será uma oportunidade rara, em cidades pequenas como Anadia, para apreciar os trabalhos de nomes consagrados das artes plásticas, correspondendo à estratégia do espaço que dirige, de não se confinar ao carácter regional.

 

Alexandre Baptista ganha o primeiro prémio

Durante a inauguração da colectiva de pintura, escultura e fotografia foram anunciadas as cinco menções honrosas e os premiados, escolhidos pelo júri de premiação da primeira edição do prémio “Sua Majestade - O Rei”. A concurso estiveram 35 artistas. De referir que os três prémios são prémios/aquisição, passando os três trabalhos vencedores a constituir património da instituição promotora, a CGLB.

Alexandre Baptista foi o primeiro classificado, com um trabalho de técnica mista sobre madeira intitulado “I’ll eat you”, que lhe valeu um prémio no valor de 5 mil euros. Licenciado em Artes Plásticas, Pintura, pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, Alexandre Baptista disse aos jornalistas que “este prémio significa o reconhecimento do meu trabalho. Agradeço a oportunidade que me foi dada e o convite que me foi feito para participar”.

O segundo prémio foi para João Noutel, no valor de 3 mil euros. Trata-se de um desenho em suporte fotográfico intitulado “HRH, The King”. O terceiro prémio, de 2 mil euros, foi para Augusto Canedo, com um óleo sobre tela denominado “Réco-réco”.

 

Cinco menções honrosas

O júri de premiação decidiu atribuir ainda cinco menções honrosas aos artistas Abílio Febra, Carla Faro Barros, Gustavo Fernandes, Isabel Padrão e Pedro Tavares.

António Duque, presidente da Direcção da CGLB, referiu na inauguração que “no âmbito cultural, esta é a primeira iniciativa que a Confraria leva por diante. Estamos certos que esta exposição, só por si, vai marcar a vida, ainda curta, deste Museu”.

De terça a sexta-feira, das 10 às 13 horas e das 14 às 18 horas e aos fins-de-semana e feriados, das 11 às 19 horas a mostra pode ser visitada, até 21 de Setembro.

publicado por quiosquedasletras às 09:25

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Aeróbica reuniu cerca de ...

Câmara Municipal de Aveir...

Seminário Internacional “...

Luís Fernandes, da d’Orfe...

Voluntários ajudam a limp...

Recortes de jornais desde...

Rota da Lampreia e da Vit...

Câmara Municipal de Anadi...

Candidaturas ao Fundo Soc...

Reunião aberta para a ini...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds