Sexta-feira, 21 de Março de 2008

José Manuel Ribeiro entrega requerimento ao Governo

Hospital de Anadia não tem Conselho Consultivo

José Manuel Ribeiro, deputado do PSD à Assembleia da República (AR), eleito pelo círculo de Aveiro, questionou, através de requerimento apresentado à mesa da AR no dia 18, a ministra da Saúde, Ana Jorge, sobre a ausência do despacho de nomeação para o Conselho Consultivo do Hospital José Luciano de Castro de Anadia (HJLCA).

O social-democrata acusa, no documento, que a “não existência do Conselho Consultivo do HJLCA é da inteira e exclusiva responsabilidade do Ministério da Saúde, que ainda não efectuou o respectivo despacho de nomeação”.

Em finais de 2005, o Conselho de Administração do HJLCA oficiou o presidente da Assembleia Municipal de Anadia, função que José Manuel Ribeiro ocupa - já no sentido de constituir o Conselho Consultivo do HJLCA -, para que este órgão municipal informasse qual o vogal que designava, de acordo com o cumprimento da lei.

A eleição do referido vogal ocorreu na sessão ordinária da Assembleia Municipal de Anadia de 24 de Fevereiro de 2006, sendo eleita representante Jaquelina Santos (deputada do PSD, médica) e tendo o Conselho de Administração do HJLCA “sido informado, por escrito, deste facto”, garante o deputado.

 

Conselho Consultivo não está nomeado

No entanto, até à presente data, José Manuel Ribeiro tomou conhecimento que “o Conselho Consultivo do HJLCA ainda não se encontra nomeado, o que não deixa de ser no mínimo estranho! Ao que parece haveria condições para tal desde finais de Fevereiro de 2006”, acusa.

O deputado social-democrata diz ter também conhecimento que o presidente do Conselho de Administração do HJLCA, José Afonso, apresentou em 30 de Dezembro de 2005, ao “senhor ministro da Saúde em funções à época, uma proposta de presidente e respectivos vogais para o referido Conselho Consultivo”, acrescentando que José Afonso apresentou em 20 de Abril de 2006 a constituição deste órgão consultivo à Administração Regional de Saúde do Centro.

 

“Atitude muito estranha”

José Manuel Ribeiro considera que esta é uma “atitude estranha, muito estranha, especialmente tendo em conta a problemática que envolveu o HJLCA com o inexplicável encerramento do seu serviço de Urgências. Foi, certamente, menos um órgão a emitir um parecer desfavorável”, atira.

Presentes os factos, o deputado anadiense exige agora “o esclarecimento cabal de toda esta situação”. Caso o Governo os confirme, o deputado quer saber porque ainda não procedeu à nomeação do órgão, se está a pensar fazê-lo e quando.

publicado por quiosquedasletras às 10:17

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Aeróbica reuniu cerca de ...

Câmara Municipal de Aveir...

Seminário Internacional “...

Luís Fernandes, da d’Orfe...

Voluntários ajudam a limp...

Recortes de jornais desde...

Rota da Lampreia e da Vit...

Câmara Municipal de Anadi...

Candidaturas ao Fundo Soc...

Reunião aberta para a ini...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds