Sábado, 27 de Junho de 2009

Valter Lemos presente na cerimónia de constituição da Fundação Comendador Almeida Roque

Objectivo primeiro passa pela criação da Escola Profissional da Bairrada

“Este é um dia grande para o concelho”. Foram estas as primeiras palavras do presidente da Câmara de Oliveira do Bairro, no dia escolhido para a assinatura de constituição da Fundação Comendador Almeida Roque (24 de Junho), fundação que tem como objectivo primeiro a criação da Escola Profissional da Bairrada.

A cerimónia iniciou com a leitura da escritura pública, a cargo do cartório notarial de Oliveira do Bairro, onde consta que a Fundação Comendador Almeida Roque é de direito privado e de utilidade pública e que visa promover, patrocinar e desenvolver actividades no âmbito da educação e da formação, bem como a integração dos cidadãos na vida profissional activa.

A fundação tem um fundo inicial de dois milhões de euros e seis sétimos de um prédio rústico com 11.400 m2 - doados pelo Comendador Almeida Roque - e de um milhão de euros doado pelo município de Oliveira do Bairro.

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, Mário João Oliveira, referiu que o concelho tem Zonas Industriais dinâmicas, com indústrias em áreas diversificadas que se afirmam em território nacional e no estrangeiro. O mercado, essas mesmas indústrias e os empreendedores são exigentes e pautam-se pela procura de quadros técnicos qualificados. Nesse sentido, uma Escola Profissional vem colmatar uma das lacunas mais significativas na formação profissional de jovens e adultos que não queiram ou não optaram por seguir o ensino superior. Assim, a “Escola Profissional vem permitir mais e melhor emprego, qualificando a mão-de-obra existente e empregada no concelho, na região e no país, contribuindo para uma sociedade mais competitiva”, disse o autarca.

Ao secretário de Estado da Educação, Mário João Oliveira dirigiu as seguintes palavras: “Acredito que a sua presença assegura um interessado e activo empenho do Ministério da Educação neste projecto que é extraordinário. Contamos com o apoio do ministério que representa para erguer esta escola e pô-la ao serviço de todos”.

António Dias Cardoso, presidente da Assembleia Municipal de Oliveira do Bairro, manifestou admiração e regozijo pela presença de centenas de pessoas que vieram assistir à cerimónia, o que revelou a “grande preocupação que existe em relação ao futuro das camadas mais jovens”. Salientou ainda o facto de o Executivo ter a educação como prioridade.

Definindo-se como um homem do povo, o Comendador Almeida Roque fez questão de referir que na sua mocidade se sabia bem o que era a miséria, e que nunca se esqueceu desse tempo. Antes, esse facto preparou-o para a vida.

O Comendador referiu que “o secretário de Estado representa aquele que considero o ministério mais importante deste país. É o ministério que tem as chaves do futuro. Que forma homens. Por isso, pedimos a ajuda do Ministério da Educação para levar este projecto por diante”.

 

“Eu faço a minha parte”, diz Almeida Roque

“Eu faço a minha parte. Aqui lhe entrego os dois milhões com que me comprometi”, disse o Comendador, que deixou um recado: “Eu dei a iniciativa e o impulso que colocou este projecto em movimento. Mas é a Câmara Municipal, como utilizadora, que tem a responsabilidade de ser o seu garante”.

Para terminar, o secretário de Estado da Educação, Valter Lemos, usou da palavra, dizendo ser “um prazer poder dizer que estou ao seu lado (do Comendador) nesta luta e nestes valores. Fiquei emocionado com o discurso do Comendador Almeida Roque, pois é um exemplo de cidadão para esta comunidade”.

Valter Lemos afirmou também que a Escola Profissional será uma grande escola e que garantirá o futuro dos jovens. Por isso, “estamos ao lado deste projecto, deste sonho. O apoio do Ministério da Educação será levado a cabo com a Câmara Municipal para que essa escola se desenvolva, pois é uma escola com um objectivo fundamental para o crescimento do país”.

Pela sala cheia, pelo objectivo nobre e primordial e pelo carinho e aceitabilidade deste projecto, o dia 24 de Junho ficará para a história do concelho de Oliveira do Bairro, como um dia em que se impulsionou, de forma decisiva, o desenvolvimento e o crescimento técnico, económico e humano.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:46

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Aeróbica reuniu cerca de ...

Câmara Municipal de Aveir...

Seminário Internacional “...

Luís Fernandes, da d’Orfe...

Voluntários ajudam a limp...

Recortes de jornais desde...

Rota da Lampreia e da Vit...

Câmara Municipal de Anadi...

Candidaturas ao Fundo Soc...

Reunião aberta para a ini...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds