Terça-feira, 6 de Novembro de 2007

Barco Moliceiro patente em Barcelona

Rota da Luz participa no Salão Náutico Internacional de Barcelona

A Região de Turismo Rota da Luz participa na 46ª edição do Salão Náutico Internacional de Barcelona, que começou dia 3 e decorre até 11 de Novembro. Além de diverso material promocional, a Região de Turismo Rota da Luz apresenta, no seu espaço stand, uma réplica do tradicional Barco Moliceiro.

O Salão Náutico Internacional de Barcelona é uma das mais prestigiadas feiras de temática náutica da Europa. Em 2007 espera receber mais de 250 mil visitantes e conta com aproximadamente 1500 expositores nacionais e internacionais, distribuídos em sectores específicos.

Neste contexto, o Barco Moliceiro está inserido na área da “Marina Tradicional” e apresenta-se como a embarcação tradicional de maior porte e elegância. Tratando-se da única embarcação tradicional portuguesa presente e dadas as características estéticas da mesma, a organização do certame atribuiu um destaque especial ao Barco Moliceiro e à Região da Ria de Aveiro.

A participação da Região de Turismo Rota da Luz e do Barco Moliceiro no Salão Náutico Internacional de Barcelona surge na sequência dos contactos e parcerias estabelecidas com a “Associação Barcos do Norte”, aquando da “Semana da Regata dos Moliceiros” e do “I Festival Internacional de Embarcações Tradicionais”, realizado no passado mês de Julho, em Aveiro.

A promoção da Regata dos Moliceiros/2008, a difusão da candidatura à UNESCO do “Barco Moliceiro a Património da Humanidade”, as possibilidades de crescimento do produto “Turismo de Cruzeiros” e consequente dinâmica do Porto de Aveiro são elementos estratégicos na afirmação e comunicação internacional, da forte componente náutica e marítima que caracteriza e diferencia a Região de Aveiro.

publicado por quiosquedasletras às 11:25

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 5 de Novembro de 2007

Arquivo Municipal da Mealhada com novos serviços um ano após abrir

Documentação histórica ao dispor dos interessados

O Arquivo Municipal da Mealhada abriu as portas ao público fez um ano no passado dia 5 de Outubro, oferecendo desde logo à população uma sala de leitura, uma biblioteca de referência e dois postos de acesso à Internet. Após um ano de existência, e de um intenso trabalho de tratamento documental, o Arquivo Municipal encontra-se agora em condições de começar a disponibilizar alguma documentação histórica ao público interessado.

Parte da documentação que conta a história do município da Mealhada e que, até então, só estava à disposição dos serviços camarários, já pode começar a ser consultada pelo público em geral. Depois de estar um ano a trabalhar no tratamento da documentação, o Arquivo Municipal coloca, agora, à disposição dos interessados, alguma informação sobre a história do concelho. “Agora, já temos alguns documentos que foram tratados, uns que foram mesmo passados para formato digital, e que já podem ser consultados pelo público em geral”, informa a responsável pelo arquivo, Dora Matos.

O Arquivo Municipal dá, assim, mais um grande passo na concretização dos seus objectivos. Recorde-se que o Arquivo Municipal foi construído com a missão de prestar serviços de gestão documental, de inventariar e divulgar o património arquivístico do concelho, bem como de promover o acesso à informação e documentação a todo o público interessado.

publicado por quiosquedasletras às 14:22

link do post | comentar | favorito
Domingo, 4 de Novembro de 2007

Dois anos de trabalho em balanço

Executivo de Águeda festeja segundo aniversário à frente dos desígnios do concelho

A equipa liderada por Gil Nadais iniciou funções no dia 2 de Novembro de 2005. Na altura, o Executivo da Câmara Municipal de Águeda fez uma avaliação do que encontrou. Hoje, passados 730 dias, foi altura de dizer o que se fez e o que se espera fazer em prol de Águeda e dos munícipes.

Nesta conferência de Imprensa foram focados os aspectos mais importantes da acção governativa do Executivo, as suas linhas condutoras, os seus objectivos e metas, os seus planos para o futuro. Este Executivo assume que a actual autarquia é diferente da que encontrou há dois anos e apresentou um concelho mais dinâmico, capaz de potenciar riqueza e qualidade de vida para os seus cidadãos, apto a enfrentar os novos desafios colocados pela sociedade.

 

Principais pontos referidos:

 

- Credibilização da autarquia. Nestes dois anos a autarquia está, de novo, credibilizada na área financeira. O Executivo conseguiu reduzir o passivo da Câmara em 5 milhões de euros. Os pagamentos aos fornecedores estão a ser liquidados entre os 70 e os 90 dias.

 

- Funcionamento da autarquia. Os processos administrativos relacionados com as obras particulares tornaram-se mais céleres. Este Executivo pretende criar uma base relacional de confiança, capaz de captar investimento e de dar resposta às solicitações que lhe são pedidas. Esta mais valia promoverá o desenvolvimento e a capacidade de investimento no concelho.

 

-Mudança organizativa. A Câmara Municipal de Águeda é uma instituição prestadora de Serviço Público. Deste modo quer dar o seu melhor. A organização e certificação de todos os serviços administrativos e financeiros servem de base a este propósito. Segundo Gil Nadais, no final do ano “teremos certificada a Qualidade no sector do Urbanismo e no Gabinete de Atendimento ao Munícipe, as Obras Municipais e os Serviços Administrativos, nas suas várias vertentes”.

 

-Sistema de Higiene e Segurança no Trabalho. A Câmara apostou, também, e já com resultado muito positivo, no Sistema de Higiene e Segurança no Trabalho. Trabalhadores, condições de trabalho e meios são considerados no sentido de satisfazer todas as necessidades para a implementação deste sistema. Este facto permitiu a diminuição da sinistralidade entre os funcionários da autarquia e criou hábitos e posturas correctas que permitam um melhor desempenho e no futuro ser um exemplo de organização.

 

- A Autorização de Construção na Hora. Uma acção pioneira a nível nacional, que permite ao munícipe, que compra um lote de terreno num loteamento, começar de imediato a construir.

 

- O PDM – Plano Director Municipal. A alteração do PDM vai favorecer mais o desenvolvimento concelhio e permitirá às indústrias e empresas expandirem os seus projectos e potencialidades. Este facto permitirá também reorganizar o tecido empresarial do concelho.

 

- Criação de Parques Empresariais e de incentivos e apoios aos empresários.

 

- Dinamização cultural do concelho. Águeda começa a ser referência nacional. Os festivais, como o Gesto Orelhudo, o AgitÁgueda (com o Rio Povo), e a realização de espectáculos num calendário regular são prova de que o Executivo está atento a esta realidade.

 

- Na Área Desportiva, a atenção dada na formação dos atletas e praticantes das diversas modalidades, começa a ter os seus resultados.

 

- Na Área Educativa. As escolas do concelho estão a ser melhor servidas. No ano lectivo de 2006/2007, a cantina da Câmara fornecia 200 refeições às escolas. Hoje fornece mais de 500 refeições diárias para as crianças. No que se refere às actividades de Complemento Educativo, foram feitos protocolos com as associações locais e o resultado é muito positivo.

publicado por quiosquedasletras às 16:19

link do post | comentar | favorito
Sábado, 3 de Novembro de 2007

ACIB assina protocolo no âmbito do FINICIA em Oliveira do Bairro

Primeira sessão de divulgação e esclarecimento dia 15

A Associação Comercial e Industrial da Bairrada (ACIB) procedeu à assinatura de um protocolo com o IAPMEI, a Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, a Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Oliveira do Bairro e a Norgarante, no passado dia 25 de Outubro, no âmbito de um Fundo de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no concelho de Oliveira do Bairro, ao abrigo do FINICIA.

O FINICIA é um instrumento financeiro inovador, que consiste num fundo de apoio disponibilizado a empresários e empreendedores, com o objectivo de promover o investimento produtivo nas micro e pequenas empresas.

A criação deste fundo, no valor de 250 mil euros, em que a Câmara participa com 20% do capital e a Caixa de Crédito Agrícola de Oliveira do Bairro com os restantes 80%, tem como objectivo estimular o investimento das micro e pequenas empresas do concelho de Oliveira do Bairro, melhorando os produtos e/ou serviços prestados e promover a modernização das instalações e equipamentos.

 

Os destinatários/beneficiários são micro e pequenas empresas do concelho de Oliveira do Bairro, que devem reunir as seguintes condições de acesso:

- Estarem constituídas e registadas nos termos da legislação em vigor ou comprometerem-se a cumprir este requisito até à data de assinatura do contrato de financiamento;
- Disporem ou passarem a dispor de contabilidade organizada de acordo com o POC;
- Cumprirem as condições legais necessárias ao exercício da actividade, nomeadamente ter a situação regularizada em matéria de licenciamento da actividade;
- Apresentarem a sua situação económico-financeira equilibrada;
- Não terem tido incidentes não justificados junto de quaisquer instituições financeiras;
- Possuírem a situação regularizada face à Administração Fiscal, à Segurança Social e às entidades financiadoras do FUNDO;

- Terem ou virem a ter estabelecimento estável no concelho de Oliveira do Bairro;

- Comprometerem-se a manter afecto à respectiva actividade o investimento a realizar, bem como a manter a localização geográfica no concelho, pelo período do contrato de financiamento.

 

Os investimentos elegíveis (capital fixo) são: obras de adaptação, remodelação e conservação; equipamento básico; máquinas e equipamento específico; equipamento informático e equipamento de higiene e segurança.

O benefício deste fundo consiste num empréstimo bancário de médio-longo prazo, até 100% do investimento, no máximo de 45 mil euros e isenção de comissões. O prazo de reembolso alargado será de três a seis anos, com até um ano de carência - e taxa de juro preferencial -, spread fixo pré acordado sobre Euribor a 180 dias, +1,25.

Os interessados em obter mais informações sobre este fundo deverão contactar a ACIB (234 730 320).

Entretanto, a associação está a programar sessões de divulgação e esclarecimento deste apoio às micro e pequenas empresas, estando a primeira sessão já planeada para o próximo dia 15 de Novembro, às 21 horas, na Junta de Freguesia de Oliveira do Bairro.

publicado por quiosquedasletras às 14:23

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 2 de Novembro de 2007

Nova Adega faz circular pelo mundo do vinho

Quinta do Encontro organiza “Festa das Vindimas 2007”

A Nova Adega Quinta do Encontro, uma Adega de Design, com uma original forma cilíndrica, situada na freguesia de São Lourenço do Bairro, em Anadia, abriu as portas no passado dia 27, sábado, para receber e presentear todos os amigos e um grupo de convidados com a “Festa das Vindimas 2007”.

A noite começou por proporcionar uma visita guiada a todo o espaço. Teve início na adega propriamente dita, no piso -1, ao som da Associação Etnográfica “Os Serranos”, oriundos da freguesia de Belazaima do Chão, Águeda. Ao subir para o piso térreo, através de um corredor que dá a volta a toda a adega, circular, a sensação é a de uma espécie de saca-rolhas. E é mesmo essa a lógica de funcionalidade da adega.

Neste piso encontra-se uma pequena sala de estar e de jantar, o wine bar e a loja de vinhos da adega. Este espaço, todo ele tem uma decoração intimista, reinando a harmonia e beleza estética. Quando o tempo assim o permita, funcionam também as esplanadas.

O espaço multiusos está localizado no piso superior e encontra-se equipado para poder responder a todas as solicitações que de alguma forma possam estar ligadas à vinha e ao vinho. Podem realizar-se reuniões de grupos, exposições de arte, recepções, entre outros eventos, estando a Nova Adega Quinta do Encontro receptiva a satisfazer qualquer desejo do cliente. E foi precisamente neste piso que a visita guiada teve o seu términos, com um jantar “buffet”, onde foi possível degustar as melhores iguarias da região.

 

Como nasceu o projecto

O projecto da Quinta do Encontro surge com um novo conceito no ano de 2000. Foi objectivo fazer algo de diferente relativamente à imagem que está associada à Região da Bairrada. Os vinhos produzidos, sempre sobre a alçada do enólogo Carlos Lucas, são essencialmente com a denominação Bairrada, num estilo moderno e actual.

A Quinta do Encontro deve o seu nome à localização próxima da Cruz do Encontro, em São Lourenço do Bairro, Anadia. Iniciou a produção de vinhos no ano de 1930, numa pequena adega em Paredes do Bairro, Anadia.

Com a entrada da Dão Sul no projecto realizou-se uma reestruturação de 10 hectares de vinha, dos 20 que compõem a propriedade. Em 2005, com a necessidade de dinamizar o projecto, aumentar e melhorar a capacidade de vinificação, foi iniciada a construção de uma nova adega, continuando o conceito de promoção do Enoturismo, numa perspectiva de Adega de Design, marcada por um estilo moderno e inovador, projecto que esteve a cargo do arquitecto Pedro Mateus.

A adega está equipada com todas as tecnologias de ponta de vinificação.

Para a Quinta do Encontro, a abertura deste espaço irá certamente trazer um maior dinamismo à Região da Bairrada, promovendo de uma forma global o vinho português, mas numa perspectiva requintada e inovadora.

publicado por quiosquedasletras às 14:11

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 1 de Novembro de 2007

Miss Bairrada Moviflor 2007 realiza-se a 3 de Novembro

Pavilhão Municipal de Oliveira do Bairro vai ser palco do evento

A grande final da Miss Bairrada Moviflor 2007 está mesmo à porta. No próximo dia 3 de Novembro, sábado, a partir das 22 horas, vão ser eleitas as mais belas, de entre as mais belas, em Oliveira do Bairro, no Pavilhão Municipal, tal como aconteceu na edição do ano anterior.

São 35 as candidatas, que vão fazer parte de uma noite de Gala, apresentada por Nuno Graciano, Vanessa Oliveira e Carolina Patrocínio, rostos do canal privado de televisão SIC. O evento conta ainda com a participação de Nuno Eiró, Bárbara Elias, a estilista Elsa Barreto e Paulo Fragoso, da estação de rádio RFM.

Recorde-se que no passado dia 31 de Outubro, quarta-feira, as 35 candidatas estiveram no programa “Contacto”, emitido pela SIC, desde as 15 horas, permanecendo durante todo o programa, até ao fim.

Os bilhetes estão à venda nos seguintes locais: Oliveira do Bairro - Restaurante Pataco, Estúdio Marques, Ginóflorista, Quest, VM Gás e Intermarché; Anadia - Miguel Rolo (fotógrafo); Aveiro - Nipocolor (Centro Comercial Oita); Águeda - Fórum da Juventude, Gym City, em Barrô; Vagos - Restaurante Gracita, Jardins Boavista; Cantanhede - Freixial Shopping e Mealhada - Zalla Arte e Decoração, Intermarché.

Para mais informações, contactar através dos seguintes números: 234 747 771, 91 625 41 83, 91 836 22 77 ou 96 745 28 17.

publicado por quiosquedasletras às 18:08

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Aeróbica reuniu cerca de ...

Câmara Municipal de Aveir...

Seminário Internacional “...

Luís Fernandes, da d’Orfe...

Voluntários ajudam a limp...

Recortes de jornais desde...

Rota da Lampreia e da Vit...

Câmara Municipal de Anadi...

Candidaturas ao Fundo Soc...

Reunião aberta para a ini...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds