Quinta-feira, 30 de Abril de 2009

“Escolíadas 2009” – 20ª Edição

Secundária Dr.ª Maria Cândida de Mira vence primeira sessão do concurso que hoje regressa aos Três Pinheiros

O tão esperado arranque da 20ª edição das “Escolíadas 2009” teve lugar na última sexta-feira, dia 24 de Abril, no Complexo Turístico Quinta dos Três Pinheiros, na Mealhada. A Escola Secundária Dr.ª Maria Cândida de Mira mostrou que era a mais forte da noite, através das provas prestadas na discoteca “Outro Mundo” e venceu a sessão, com 248 pontos, assumindo a liderança do concurso. A Secundária Homem Cristo (Aveiro), ao somar 242 pontos ficou em segundo lugar, seguindo-se a Secundária Dr. João Carlos Celestino Gomes (Ílhavo), com 235 pontos.

Alegria, adrenalina e emoção voltaram a marcar mais um arranque das “Escolíadas”, que têm como música oficial deste ano o tema “Viva la Vida” dos Coldplay, ouvido várias vezes ao longo da noite durante o intervalo das provas a concurso – Teatro, Dança, Música, Pintura, Claques e Cultura Geral.

A escola vencedora trouxe como tema “Os anos 20”. Foram retratadas as crises e as loucuras que fazem muitas vezes nascer sonhos, assim como a fúria de viver, a emancipação feminina e a luta das mulheres pelo direito ao voto. O som do charleston, do jazz ou do foxtrot, assim como os adereços e figurinos a rigor, fizeram o júri – constituído por Tiago Pedro e Alexandra Santos, da Escola Superior de Educação de Coimbra (ESEC); Manuela Almeida, da Escola Secundária de Albergaria-a-Velha e João Gandum, da Escola Secundária Infanta D. Maria (Coimbra) – pontuar a prova de Teatro da Dr.ª Maria Cândida de Mira com 66 pontos.

A Secundária Homem Cristo, de forma oportuna, centrou-se no tema “Os 250 Anos da Cidade de Aveiro” para a 20ª edição das “Escolíadas”. Aproveitando o mote da Câmara de Aveiro na realização de conferências subordinadas ao tema “Aveirenses Ilustres”, a escola homenageou, na prova de Teatro, todos esses aveirenses, mas de forma diferente, dando vida a Homem Cristo, José Estêvão, Jaime Magalhães Lima e D. João Evangelista Lima Vidal, o que se traduziu em 54 pontos. O júri felicitou a secundária pela escolha do tema, “que não podia ter sido melhor, pela sua pertinência”.

No caso da Secundária Dr. João Carlos Celestino Gomes, de Ílhavo, o tema apresentado foi “A Identidade”, que “nem sempre é aceite por quem nos rodeia”, como afirmou Joel, apresentador desta escola. A peça de Teatro retratou o dilema de Galileu Galilei, cujas investigações sobre o universo eram demasiado avançadas para a época, visto que todo o saber até então dizia diferente do que os seus olhos observavam: era a Terra que girava à volta do Sol, e não o contrário. Contudo, o júri entendeu que a peça teria “narração a mais, faltando alguma energia da parte dos actores”. Esta prova somou 53 pontos.

Nas restantes provas, a escola de Mira teve a melhor pontuação em Claque (62 pontos), face aos 61 da Homem Cristo e aos 59 pontos da secundária de Ílhavo. Na prova de Música foi a escola de Aveiro que ficou na frente, com 71 pontos. Tratou-se da interpretação da “Canção de Embalar”, música de Zeca Afonso, um “ilustre aveirense”. Seguiu-se a Secundária de Mira, com 63 pontos, e a Dr. João Carlos Celestino Gomes, com 54 pontos, a única escola que trouxe um tema original para esta prova.

Cátia Tomásio, aluna do 12º ano e apresentadora da Dr.ª Maria Cândida de Mira, não escondia a emoção da vitória: “Não esperávamos ganhar. Estamos muito felizes, até porque sabíamos que as nossas concorrentes eram fortes”. Recorda que no ano passado não chegaram a passar na sessão de apuramento, decidindo este ano apostar na qualidade dos figurinos, contribuindo para isso o apoio financeiro da escola e da Câmara Municipal de Mira, “que ainda nos facultou o transporte”.

Cristina Neves, aluna do 12º ano, participante na Claque da escola vencedora, também não escondeu a surpresa da vitória. Admitiu que assim “teve outro sabor”, apesar de ter a consciência que este ano a preparação foi outra: “Participamos desde o início, ano de 1990, mas com interrupções. Este é o meu terceiro ano de ‘Escolíadas’ e sei que agora tivemos outro cuidado”. Cristina diz que resta esperar e torcer para que haja “pontuações mais baixas para irmos à final”, como já aconteceu, apesar de nunca terem ganho.

João Nunes, professor de Matemática na Dr.ª Maria Cândida de Mira, foi o autor da peça de Teatro. Explicou que foram os alunos que escolheram o tema. Depois, com a ajuda de duas colegas “fizemos pesquisa de temas como a emancipação feminina e o mundo dos sonhos de Freud, sendo os alunos a seleccioná-los”. O docente referiu que nos últimos anos a participação da escola foi menos boa, o que levou os alunos a decidirem este ano “pela mudança, visto estarem bem mais motivados. O envolvimento entre todos é muito importante”.

 

Primeira sessão com balanço positivo

De acordo com Cláudio Pires, da “ESCOLÍADAS – Associação Recreativo-Cultural”, para uma primeira sessão “correu tudo bem, o que é difícil em termos técnicos. Todos os anos fazemos alterações, complicando o trabalho para os técnicos, que têm de garantir que não há falhas”.

No que diz respeito aos ensaios, Cláudio Pires referiu que tudo “correu bem, verificando-se o espírito de entreajuda”. Admitindo que a primeira sessão é sempre a menos concorrida em termos de público e a mais difícil de produzir, “ao compararmos com o ano passado ou há dois anos esta correu muito melhor, sendo o balanço positivo”.

As expectativas são muitas, porque Cláudio Pires diz sentir que “todos se estão a preparar muito bem para esta 20ª edição. As escolas estão a procurar fazer melhor”.

 

“Escolíadas” prosseguem hoje, dia 30 de Abril

A segunda sessão de apuramento das “Escolíadas 2009” prossegue hoje, quinta-feira, na discoteca “Outro Mundo”, no Complexo Turístico Quinta dos Três Pinheiros, na Mealhada. Vão ser colocadas à prova três escolas: Escola Secundária Avelar Brotero (Coimbra); Secundária Dr. João Lopes de Morais (Mortágua) e Escola Secundária da Gafanha da Nazaré.

A sessão tem início marcado para as 23 horas. Esta será a segunda de sete sessões de apuramento que, até dia 16 de Maio, vai seleccionar os três estabelecimentos de ensino secundário mais pontuados durante esta fase, até à final, que terá lugar dia 22 de Maio. Recorde-se que este ano são 20 estabelecimentos de ensino que vão a concurso, dos distritos de Aveiro, Coimbra e Viseu, num total de 2000 concorrentes, entre alunos e professores.

 

publicado por quiosquedasletras às 08:18

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Aeróbica reuniu cerca de ...

Câmara Municipal de Aveir...

Seminário Internacional “...

Luís Fernandes, da d’Orfe...

Voluntários ajudam a limp...

Recortes de jornais desde...

Rota da Lampreia e da Vit...

Câmara Municipal de Anadi...

Candidaturas ao Fundo Soc...

Reunião aberta para a ini...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds