Terça-feira, 16 de Fevereiro de 2010

Palhaços recicláveis embelezam concelho da Mealhada

Exposição patente nas rotundas até dia 19

Palhaços de todas as cores e feitios, construídos com materiais recicláveis, encontram-se em exposição, até dia 19 de Fevereiro, na rotunda do Baco e na rotunda da EN1 de acesso ao Luso. Os palhaços foram construídos pelos alunos dos jardins-de-infância e das escolas do 1º ciclo do Ensino Básico do concelho da Mealhada que aderiram à iniciativa “Brincadeiras de Carnaval”.

Chegado o Carnaval, a Câmara da Mealhada voltou a desafiar os alunos e professores dos jardins-de-infância e das escolas EB1 do concelho a construírem palhaços “amigos do ambiente” para embelezarem as rotundas do município. Palhaços com mais de metro e meio de altura, construídos apenas com materiais recicláveis, que vão ficar em exposição durante o Carnaval.

O repto foi aceite pelos jardins-de-infância da Mealhada, Ventosa do Bairro e Vimieira e pelas escolas EB1 de Cavaleiros, Mealhada, Pampilhosa nº 1, Vacariça e Ventosa do Bairro.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:33

link do post | comentar | favorito
Sábado, 13 de Fevereiro de 2010

“Escolíadas 2010” – 21ª Edição

Evento vai sair da Mealhada pela primeira vez

As “Escolíadas 2010” estão próximas do arranque, que acontece no dia 16 de Abril, no concelho de Ílhavo. São 21 as escolas que aceitaram participar nesta edição que será um novo desafio para todos os envolvidos. A 21ª edição das “Escolíadas” vai decorrer em vários espaços, havendo a partir deste ano sempre um ou dois pólos.

Cada pólo terá sessões e finais, seguindo-se uma finalíssima e a rematar a “Gala de Entrega de Prémios das Escolíadas”, que todos os anos serve para reapresentar os melhores momentos das sessões e promover um convívio entre todos.

 

Primeira sessão no dia 16 de Abril em Ílhavo

Dia 16 de Abril será a primeira sessão das “Escolíadas”, e é logo nesse dia que algo de inédito vai acontecer: o evento não terá início na Mealhada, mas sim no Centro Cultural de Ílhavo, que receberá o Pólo 1 das “Escolíadas”. Ali vão apresentar a sua arte nove escolas dos concelhos de Aveiro, Ílhavo e Vagos. A final deste pólo será na mesma sala, no dia 30 de Abril.

Em 7 de Maio arranca o segundo pólo das “Escolíadas 2010”, que receberá 12 escolas de oito concelhos. O local para este pólo ainda está por definir, mas deverá ser em Coimbra ou na Mealhada.

Por definir está também o espaço que receberá a finalíssima das “Escolíadas 2010”, que vai receber as duas melhores escolas de cada pólo. A “Gala de Entrega de Prémios das Escolíadas 2010” será, à semelhança do que aconteceu na edição anterior, no “Centro Cultural de Ílhavo”.

 

Mais de dois mil alunos e professores envolvidos 

No total serão mais de dois mil alunos e professores envolvidos nas provas do evento, que já tem a confirmação do apoio da Direcção Regional de Educação do Centro (DREC), do Instituto Português da Juventude (IPJ), das Câmaras Municipais de Ílhavo e de Coimbra. Serão 11 noites repletas de Arte e Juventude, numa edição marcada pela descentralização das “Escolíadas”.

 

Calendário “Escolíadas 2010”

 

PÓLO 1 (Centro Cultural de Ílhavo)

1ª Sessão – Sexta-feira, dia 16 de Abril

- Escola Secundária Homem Cristo – Aveiro

- Escola Secundária José Estêvão – Aveiro

- Escola Secundária Dr. Mário Sacramento – Aveiro

 

2ª Sessão – Sábado, dia 17 de Abril

- Escola Secundária Dr. Jaime Magalhães Lima – Esgueira

- Escola Secundária Dr. João Carlos Celestino Gomes – Ílhavo

- Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos

 

3ª Sessão – Sexta-feira, dia 23 de Abril

- Escola Profissional de Aveiro – Aveiro

- Escola Secundária com 3º ciclo da Gafanha da Nazaré

- Escola Secundária de Vagos

 

Final – Sexta-feira, dia 30 de Abril

 

2º PÓLO – Coimbra ou Mealhada (ainda por definir)

1ª Sessão – Sexta-feira, dia 7 de Maio

- Escola Secundária de Montemor-o-Velho

- Escola Secundária Drª. Maria Cândida de Mira

- Escola Secundária de Carregal do Sal

 

2ª Sessão – Sábado, dia 8 de Maio

- Escola Secundária Dr. João Lopes de Morais – Mortágua

- Colégio de Albergaria-a-Velha

 

3ª Sessão – Sexta-feira, dia 14 de Maio

- ADA – Associação Diogo Azambuja – Montemor-o-Velho

- Escola Secundária Dom Dinis – Coimbra

- Escola Secundária de Albergaria-a-Velha

 

4ª Sessão – Sábado, dia 15 de Maio

- Escola Secundária de Mealhada

- Escola Secundária de Oliveira do Bairro

- Escola Secundária Avelar Brotero – Coimbra

 

Final – Sexta-feira, dia 21 de Maio

 

Finalíssima – Sexta-feira, dia 28 de Maio

 

“Gala de Entrega de Prémios das Escolíadas” – Sexta-feira, dia 4 de Junho, no Centro Cultural de Ílhavo, em Ílhavo.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:01

link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Segunda-feira, 8 de Fevereiro de 2010

Curia Tecnoparque recebe lançamento do número 36 da revista Aqua Nativa

Nova edição dedicada à freguesia de Tamengos, Anadia

Uma reflexão e análise históricas sobre um espaço carregado de memórias. Assim poderia definir-se a sessão de lançamento do número 36 da Revista de Cultura e História Local Aqua Nativa, edição dedicada a Tamengos, que juntou no auditório do Curia Tecnoparque, em Tamengos, alunos da Universidade Sénior da Curia (USC) e também muitos habitantes da localidade homenageada.

Nuno Rosmaninho, docente do Departamento de Línguas e Cultura da Universidade de Aveiro, proporcionou uma verdadeira aula de História Local a todos quantos puderam assistir ao lançamento de “Dossiê Tamengos”, cuja leitura permitirá uma “viagem pelo espaço, pelas pessoas e por quotidianos totalmente diferentes” dos que se conhecem hoje e que dizem respeito à realidade daquela freguesia do concelho de Anadia, até há 50 anos atrás.

O autor e investigador explicou que esta é uma temática com grandes “virtudes cívicas”, uma vez que poderá fazer “entender melhor e lutar por um lugar”. E como “o que há ainda para fazer é imenso”, este “Dossiê Tamengos” pode também ajudar a mostrar temas que funcionam como exemplos para quem quer investigar e fazer História Local, até porque “no concelho de Anadia poucas povoações têm estudos sistemáticos feitos”.

O investigador dá o exemplo da preservação do património das igrejas, que ainda não está estudado, e que é urgente “fotografar, medir e pesar”. O autor terminou deixando uma sugestão: a criação de uma “Carta Concelhia do Património”.

Para Alice Godinho, professora de Estruturas Socioculturais da USC, a revista Aqua Nativa - e este número em concreto, dedicado a Tamengos - vêm desempenhar um “importante papel na construção histórica”, revelando-se um “valioso instrumento de trabalho e investigação”.

O dossiê sobre Tamengos reúne um conjunto de realidades já passadas, permitindo também satisfazer a curiosidade dos habitantes de hoje.

Carlos Alegre, director e coordenador da Revista Aqua Nativa, descreveu a publicação como um “espaço de memórias, de histórias de vida”, convidando todos os que gostam de História Local a escrever, “porque realmente têm muito para dizer”.

Esta edição, que completa o 19º aniversário da revista, apresenta um conjunto de artigos e estudos sobre Tamengos ao longo da História, um trabalho de vários autores, que traça um perfil da localidade em cerca de metade da revista.

Está já a ser preparado o número 37 da Aqua Nativa, que incluirá um dossiê de estudos sobre Ancas.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:04

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Fevereiro de 2010

1ª Mega Caminhada da Mealhada juntou mais de 200 pessoas no Parque da Cidade

Encontro marcou arranque do primeiro de três centros municipais de marcha e corrida que a autarquia quer instalar no concelho

A 1ª Mega Caminhada do Município da Mealhada reuniu, anteontem de manhã, mais de 200 pessoas de todas as idades e ambos os sexos no Parque da Cidade. A prova marcou a abertura do primeiro Centro Municipal de Marcha e Corrida do concelho, localizado nesse espaço verde, sendo que outros dois centros vão ainda nascer no município: um no Luso e outro na Pampilhosa.

O Centro Municipal de Marcha e Corrida é um espaço com instalações próprias para a prática destas modalidades, que tem à disposição um profissional para a orientação dos treinos e se encontra acreditado pelo Programa Nacional de Marcha e Corrida – uma iniciativa do Instituto de Desporto de Portugal, Federação Portuguesa de Atletismo e Faculdade de Desporto da Universidade do Porto.

O primeiro Centro Municipal de Marcha e Corrida do concelho está localizado no Parque da Cidade, dispõe de dois percursos distintos para marcha e corrida, com características diferentes quanto à dificuldade, distância e tipo de piso, e ainda de um gabinete de apoio técnico. Aliás, uma mais-valia destes centros é precisamente terem à disposição dos munícipes um técnico especializado, professor de Educação Física da Câmara Municipal, para os orientar.

Desta forma, durante o horário de funcionamento do gabinete de apoio técnico, cada praticante poderá contar com as orientações de um profissional, que prescreverá os exercícios mais adequados às necessidades de cada um.

O gabinete de apoio técnico ao praticante funcionará às terças e quintas-feiras, das 19.15 às 21.15 horas e aos domingos, das 9 às 12 horas.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:14

link do post | comentar | favorito
Sábado, 16 de Janeiro de 2010

Militantes pedem para Paulo Rangel ser candidato à liderança PSD

Eurodeputado dá conferência sobre Educação na Curia (Anadia)

Paulo Rangel, eurodeputado, esteve em Anadia para dar uma conferência com o tema “Educação, Professores e Alunos”. A sessão, que decorreu no Palace Hotel da Curia - dirigida aos militantes do PSD, mas também aberta a toda a comunidade -, viria a revelar-se numa noite de muitos elogios ao vencedor das eleições europeias, que ouviu o apelo de vários militantes, que encheram por completo a sala, para assumir as rédeas do partido e assim terminar com esta fase conturbada.

Foi o próprio José Manuel Ribeiro, presidente da Comissão Política de Secção de Anadia do PSD, que de forma emotiva considerou Paulo Rangel uma “pessoa bastante inteligente e genuína, sendo esta uma qualidade que em política não é normal e um dos políticos portugueses mais respeitados da actualidade”.

Também o eurodeputado falou da relação de amizade com José Manuel Ribeiro, seu vice-presidente na bancada do PSD na Assembleia da República, na anterior legislatura.

Rangel interveio durante cerca de 50 minutos, começando por dizer que além de se viver uma crise financeira ela também é política, sendo necessário fazer “rupturas”, não só com a política socialista, mas também “com a que em tempos o PSD fez, porque também precisa de rupturas”, afirmou - tal como o fizera a 17 de Dezembro no Instituto Sá Carneiro -, justificando desta forma a escolha do tema para o debate.

 

Um modelo conservador

“O PS conduziu a Educação a um estádio verdadeiramente lastimável. Foi-nos vendida a ideia de que o sistema de avaliação de professores era o principal problema e não”, disse Rangel, afirmando ser “crucial uma revolução conservadora na Educação em Portugal”, para colocar o país “no mapa”.

Para o eurodeputado, o grande problema reside no “facilitismo do ensino e na falta de rigor e exigência” numa área decisiva para o futuro do país. “Quando temos uma escola facilitista estamos a reproduzir e a ampliar as diferenças sociais”, defendeu.

Rangel também entende que é preciso reforçar a autoridade dos professores, “agentes do conhecimento”, porque “a escola está demasiado centrada nos alunos”.

 

Rangel evita falar dos pedidos

Seguiu-se o debate, onde o eurodeputado evitou falar dos pedidos feitos pelos militantes presentes para que seja candidato à liderança do PSD. Aos jornalistas contornou a questão, dizendo que “todos sabem que já falei sobre essa matéria. Agora estou apostado, isso sim, em contribuir para o debate de ideias do PSD”.

Hernâni Pereira foi o primeiro militante a questionar o deputado ao Parlamento Europeu sobre o futuro do PSD e a sua liderança, provocando-o ao dizer que as coisas a continuarem como estão, “o Dr. Paulo Rangel ou muda de profissão, ou muda de partido ou pega no PSD”. Mas como resposta apenas ouviu do eurodeputado que “em nome do rigor aqui vim apenas para falar de Educação”.

Também Lígia Seabra, militante, lembrou que foi naquele local que Sá Carneiro lançou as linhas mestras do PSD, apelando a Rangel para “refundar o partido, que tanto precisa de um líder carismático. O Dr. Paulo Rangel é um sinal de esperança, se comeu as papas Maizena, comeu-as muito bem. Está na altura de ser líder do nosso partido. Não fique com a ideia que é cedo porque quando chegar à altura já pode ser tarde demais”. Mas à semelhança de outros, também ficou sem resposta.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:47

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2010

CADES leva 15 crianças ao palco do Cine-Teatro Messias, na Gala do Desporto da Mealhada

Workshop de Dança Contemporânea é a primeira iniciativa da associação

Alegria e diversão era aquilo que se lia no rosto das 15 crianças que participaram no Workshop de Dança Contemporânea promovido pelo Núcleo de Desporto/Fitness da Associação CADES - Cooperação Artística, Desportiva, Educativa e Social e que vão agora subir ao palco do Cine-Teatro Messias. A iniciativa realizou-se no sábado, dia 9, no Grande Hotel de Luso, no Luso, concelho da Mealhada. Para Janine de Oliveira, presidente da Direcção, sendo este o primeiro evento da CADES foi já possível atingir o seu objectivo, “tendo em conta que trabalhámos num grupo onde estão inseridas crianças sem dificuldades financeiras, bem como outras que foram sinalizadas pelo Núcleo Social. Só por isso já valeu a pena a actividade”.

A dirigente referia-se às três crianças encaninhadas pelo Núcleo Social, conforme explicou Isabel Gaspar, da equipa técnica deste núcleo e membro da Direcção: “Além da comunidade específica que abrange o workshop foram incluídas três crianças pelas vagas sociais, que representam o espírito da CADES. Quer isto dizer que todas as actividades promovidas são abertas a todos. A falta de recursos financeiros por parte de alguns pais não constitui factor de impedimento para o acesso às nossas iniciativas”.

Quem também marcou presença no workshop da CADES foi Júlio Penetra, vereador do Desporto e da Acção Social da Câmara Municipal da Mealhada, que enalteceu a equipa desta jovem associação, dizendo que a sua maior expectativa centra-se nos projectos que a CADES propõe realizar, mais concretamente nas áreas do Desporto e Social.

O autarca disse ainda que este tipo de iniciativas “é excelente”, porque há muito espaço de interesse “para cobrir. Mas é preciso estabelecer comunicação com quem já está no terreno”, sublinhou, fazendo referência a outras associações, para assim evitar que “andem a calcar caminho uns aos outros, de forma a impedir sobreposições. Havendo diálogo entre as associações, penso que se consegue fazer muita coisa interessante”, advertiu.

Também Jorge Fonseca, director do Grande Hotel de Luso, lembrou que na altura do nascimento da CADES “fomos desafiados a ajudar a ‘criança’ a crescer. Desde esse momento, o Grande Hotel de Luso disponibilizou-se para apoiar as iniciativas sempre que tal se tornasse oportuno”. Agradecendo à Direcção da CADES por “proporcionar-nos a primeira oportunidade para sermos o anfitrião do workshop”, frisou ser “um gosto acolher o evento que, estamos certos, será o primeiro de muitos outros”.

 

Participantes da Mealhada e Anadia

Com um olhar meigo e doce, Maria Daniela Lebre, sete anos, da Mealhada, foi uma das participantes. Disse que já tinha andado nas danças latinas e que por gostar tanto de dançar, adorou fazer o workshop. Já a mãe, Raquel Espírito Santo, justificou a participação da filha por contribuir para o seu desenvolvimento e porque “ela é muito activa e precisa libertar energia”, louvando a realização deste tipo de iniciativas, tão “raras de acontecer na região”. Raquel ainda tornou a filha sócia da CADES por tratar-se de uma associação para “ajudar pessoas desfavorecidas. Aproveitei a campanha que dava acesso ao workshop e penso que, no futuro, poderá trazer outras mais-valias. O importante é que a Maria Daniela tenha a noção de que está a ajudar alguém e que ao mesmo tempo está a ser ajudada”.

De Tamengos, concelho de Anadia veio outra participante. A Patrícia Silva, com seis anos: “Gostei muito. Foi muito divertido. Nunca tinha participado numa coisa deste género”. O pai, Rui Silva, inscreveu-a pelo seu gosto na dança. A Patrícia também já é sócia da CADES, porque o pai entende que poderá trazer vantagens, quer em termos económicos, quer de prioridade no acesso às actividades. Além de que uma associação deste cariz deve ser “ajudada e apoiada”.

O Bernardo Vaz, oito anos, da Mealhada foi a única participação masculina. Não se mostrando nada inibido por isso, disse ter gostado muito daquela que foi a primeira experiência numa iniciativa como esta. Foi a mãe, Ana Vaz, que o acompanhou, dizendo que o desafio foi aceite pelo filho por gostar muito de dançar, realçando que iniciativas assim são “excelentes por contribuir muito para o desenvolvimento dele e são uma mais-valia para o seu crescimento. Ainda bem que a CADES existe, por estar a proporcionar-nos estes eventos. De outra forma teríamos de ir para cidades grandes, o que se tornava incomportável”.

Visivelmente satisfeita estava Cláudia Cardoso, professora de dança criativa e dança moderna/contemporânea, responsável pela coreografia. “O workshop correu muito bem. Superou as minhas expectativas. Tendo em conta que são crianças, conseguiram, neste espaço de tempo, adquirir as competências desejadas”. Sobre a CADES, a também directora da Companhia de Dança Staccato, de Leiria disse estar “bem impressionada”, principalmente por levar a cabo estas iniciativas “excelentes, na medida em que as crianças não têm muita oferta destas coisas. Hoje não se incentivam os jovens para estas actividades, estou sempre a remar contra a maré”.

As 15 crianças, com idades compreendidas entre os três e os 12 anos, vão agora participar com a coreografia ensinada por Cláudia Cardoso na quarta edição da Gala do Desporto da Mealhada, que vai ter lugar no dia 25 de Janeiro, pelas 21.30 horas, no Cine-Teatro Municipal Messias, na Mealhada.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:04

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 8 de Janeiro de 2010

Inaugurada a exposição “O Poder da Paz” em Águeda

Na Biblioteca Municipal Manuel Alegre até 31 de Janeiro

A Biblioteca Municipal Manuel Alegre, em Águeda, tem patente ao público, desde o dia 6 até 31 de Janeiro uma exposição intitulada “O Poder da Paz”.

A vereadora da Cultura, Elsa Corga, esteve presente na inauguração da mostra, realizada a 6 de Janeiro, momento que contou com um representante do Instituto Duarte Lemos (IDL) e outro do Lions Clube de Águeda, assim como vários professores e alunos responsáveis pelo projecto.

Na ocasião, Elsa Corga referiu que “’O Poder da Paz’ é um bom tema para iniciarmos o ano, sendo este um desejo comum a todos: Paz!”. A vereadora aproveitou também para “agradecer a escolha da Biblioteca Municipal Manuel Alegre para apresentar este belo trabalho”, acrescentando ainda que “este local está sempre aberto a todos, principalmente às escolas e a este tipo de trabalhos”. O momento foi ainda abrilhantado pela actuação do Grupo Coral do IDL.

Os trabalhos expostos são da autoria de alunos do IDL, sendo a mostra uma organização conjunta entre a escola e o Lions Clube de Águeda.

A exposição pode ser visitada até 31 de Janeiro, de segunda a sexta-feira, das 10 às 19 horas (sem interrupção de almoço) e aos sábados, das 10 às 12.30 horas, na Biblioteca Municipal Manuel Alegre.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:51

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009

CADES organiza Workshop de Dança Contemporânea para crianças apresentarem na Gala do Desporto da Mealhada

Inscrições já estão abertas

O Núcleo de Desporto/Fitness da Associação CADES – Cooperação Artística, Desportiva, Educativa e Social vai realizar no dia 9 de Janeiro de 2010, no Grande Hotel de Luso, na vila do Luso, concelho da Mealhada, um Workshop de Dança Contemporânea, específico para crianças dos três aos 12 anos. As inscrições já estão abertas.

O Workshop de Dança Contemporânea – iniciativa com o carimbo da CADES – vai ser feito em parceria com o Grande Hotel de Luso, a Câmara Municipal da Mealhada e o Ginásio Korpo Activo, na Mealhada.

O Grande Hotel de Luso foi o local escolhido pela organização para receber a iniciativa, dia 9 de Janeiro de 2010 (sábado), das 15.30 às 18.30 horas. Cláudia Cardoso, da Academia Staccato (Leiria) vai ser a professora.

O workshop – uma actividade do Núcleo de Desporto/Fitness da CADES, conduzida pelos coordenadores Fábia Leite e Luís Silvestre –, tem como objectivo a aquisição de novos conhecimentos na área da Dança Contemporânea. Este workshop vai ainda dar possibilidade às crianças inscritas de poderem vir a participar na quarta edição da Gala do Desporto da Mealhada, que vai ter lugar no dia 25 de Janeiro, pelas 21 horas, no Cine-Teatro Municipal Messias, na Mealhada. A coreografia para a ocasião ficará a cargo de Cláudia Cardoso, com o apoio de Janine de Oliveira.

As inscrições estão já abertas e podem ser feitas no Grande Hotel de Luso, no Pavilhão do Luso ou no Ginásio Korpo Activo. Para quem não é sócio da CADES, o preço é de 15 euros, sendo de 10 euros para sócios. Em virtude da época natalícia, a CADES está a fazer uma “Promoção de Natal”: os interessados em tornarem-se sócios da CADES, ao pagar a cota para 2010 (25 euros) podem fazer o Workshop Contemporâneo gratuitamente.

Para mais informações contactar os números 96 267 35 91 (Janine de Oliveira), 91 480 14 85 (Fábia Leite) ou 91 209 76 93 (Luís Silvestre).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:34

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 24 de Novembro de 2009

Surto de gastroenterite afecta centenas em Anadia

Origem do problema pode estar na água da rede pública

Mais de uma centena de crianças de vários estabelecimentos de ensino do concelho de Anadia, assim como adultos, foram atingidos, entre quinta e sexta-feira, por um surto de gastroenterite, que levou a uma afluência fora do normal da Consulta Aberta (CA) do Centro de Saúde de Anadia. Os sintomas de vómitos e diarreias foram comuns, chegando a desconfiar-se que a água da rede pública poderia estar na origem deste problema.

E a dúvida ainda não está dissipada, pelo menos até chegarem os resultados conclusivos das análises à água que foram pedidos ao Instituto Ricardo Jorge (IRJ), pela Câmara Municipal, devendo chegar entre hoje, quarta-feira ou amanhã. Para já, a CA retomou a normalidade.

 

Colégio de Mogofores dá alarme

O alarme foi dado pelo Colégio Salesiano de São João Bosco, em Mogofores, na manhã de quinta-feira, dia 19, quando os docentes chegaram e se aperceberam da ausência de um número significativo de alunos.

Dário Tavares, director do Colégio de Mogofores, diz ter ficado a saber, por via da delegada de saúde, que o problema podia estar relacionado com a água da rede pública. “Também constatámos que não era um problema exclusivo da nossa escola, mas sim de muitas outras”, adiantou o responsável.

O sucedido motivou a Câmara Municipal de Anadia, em parceria com a Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC), através do Centro de Saúde de Anadia, a emitir um comunicado ainda na quinta-feira, dia considerado mais crítico em termos de ocorrências registadas na CA. Litério Marques, presidente da Câmara Municipal de Anadia, lembrou que ambas as entidades estariam a “envidar todos os esforços no sentido de controlar o surto e identificar a sua causa”. No comunicado podia ler-se que o surto, pelas características, era “típico de uma gastroenterite aguda de origem viral característica deste período do ano”.

Litério Marques recusou desde o início qualquer ligação entre a água da rede pública e o surto, alegando que as últimas análises, que tinham sido realizadas no dia 17, atestavam a “boa qualidade da água”.

No entanto, a autarquia decidiu reforçar as medidas de desinfecção da água e solicitou ao IRJ a realização de novas análises para avaliar a qualidade da água para consumo público.

 

Retomada a normalidade

Dário Tavares, contactado ontem, dia 23, pelo Quiosque das Letras, diz que no Colégio de Mogofores “continuamos sem dar água às crianças”, apesar de agora ter “tudo voltado à normalidade. Mas continuamos com dúvidas sobre a água e se podemos bebê-la ou não”.

Litério Marques também fala em “normalização da situação”, dizendo estar convencido de que está tudo bem com a água e aguardando os resultados do IRJ. Também a ARSC afirmou que a CA retomou a sua normalidade nos últimos dias.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:52

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 20 de Novembro de 2009

Parque da Cidade da Mealhada dá a conhecer espécies

Iniciativa acontece no Dia da Floresta Autóctone a 23 de Novembro

A Câmara Municipal da Mealhada vai realizar uma visita guiada ao Parque da Cidade (antigos Viveiros Florestais), na próxima segunda-feira, dia 23 de Novembro, no âmbito das comemorações do Dia da Floresta Autóctone.

O objectivo é observar e dar a conhecer as espécies, nomeadamente algumas espécies autóctones existentes no parque da cidade, recentemente inaugurado.

A iniciativa, embora seja especialmente destinada a professores e outras profissões directa ou indirectamente ligadas ao ambiente, a associações ambientalistas e demais organizações preocupadas com a natureza, é aberta ao público em geral.

A visita será orientada pelo engenheiro Pedro Bingre, docente da Escola Superior Agrária de Coimbra e, no final, os participantes poderão participar na plantação simbólica de várias espécies autóctones.

 

Ponto de Encontro: Entrada Sul do Parque da Cidade da Mealhada (junto à EN 234 - Estrada do Luso), às 14 horas.

A visita terá uma duração de duas horas, aproximadamente.

Por razões de natureza logística, os interessados deverão fazer a sua inscrição através do endereço ambiente@cm-mealhada.pt, ou do telefone 231 200 980 (a/c de Carla Marques, Drª; ou Anabela Bem-Haja, Engª).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:48

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Receba o Quiosque

Insira o seu endereço de e-mail:

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Palhaços recicláveis embe...

“Escolíadas 2010” – 21ª E...

Curia Tecnoparque recebe ...

1ª Mega Caminhada da Meal...

Militantes pedem para Pau...

CADES leva 15 crianças ao...

Inaugurada a exposição “...

CADES organiza Workshop d...

Surto de gastroenterite a...

Parque da Cidade da Mealh...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Rostos SAPO Local

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds