Terça-feira, 2 de Março de 2010

Câmara Municipal de Aveiro disponibiliza Cartão Social Sénior

Cartão é gratuito e dirigido aos cidadãos com idade igual ou superior a 65 anos

O Município de Aveiro tem disponível, desde Outubro de 2009, um cartão social dirigido aos cidadãos seniores do concelho.

O Cartão Social Sénior, promovido pela Câmara Municipal de Aveiro, é gratuito e dirigido aos cidadãos com idade igual ou superior a 65 anos, que possuam residência permanente no concelho de Aveiro e aufiram um rendimento bruto igual ou inferior ao valor do salário mínimo nacional.

Este cartão, solicitado nas Juntas de Freguesia, permite o benefício de diversas vantagens em áreas como a saúde, lazer, nutrição, turismo, desporto, cultura e os transportes, no âmbito de várias parcerias com serviços da autarquia e entidades privadas: Clínica de São Bernardo, Sporting Clube de Aveiro, Nutrisabores, Dentys – Clínica Dentária, Serviços Municipalizados de Aveiro, Aveiro Expo, MoveAveiro, Teatro Aveirense e o programa municipal “Aveiro Amigo”.

Para a Câmara Municipal de Aveiro, esta medida social é um contributo para a melhoria das condições de vida dos cidadãos seniores do concelho, integrado no Plano de Respostas às Famílias e Pessoas em Conjuntura de Crise, e que permite ao seu titular benefícios como o acesso gratuito a iniciativas culturais, recreativas e de turismo promovidas directamente pelo Município, descontos na mensalidade de prática em hidroginástica em condições a definir com os respectivos clubes, desconto de 60% nas iniciativas promovidas pelo Teatro Aveirense e nos passes sociais da MoveAveiro (actualmente de 44%), descontos em vários estabelecimentos comerciais parceiros, 75% de desconto na ligação do contador de água e redução de 50% na factura de consumo de água para fins domésticos (até cinco m3). O cartão permite igualmente o acesso gratuito às feiras temáticas de organização municipal na Aveiro Expo e facilidades na adesão ao programa “Aveiro Amigo”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:50

link do post | comentar | favorito
Domingo, 28 de Fevereiro de 2010

Luís Fernandes, da d’Orfeu, na evocação musical dos Açores

Músico aguedense volta a ser convidado para elenco de concerto açoriano

O músico aguedense Luís Fernandes foi convidado, de novo, para o elenco de “25 Anos de Música Original nos Açores”, concerto que está a ser apresentado em várias ilhas do arquipélago e terá ainda duas apresentações no continente, em Lisboa, na próxima semana.

Há dois anos, Luís Fernandes integrou, no âmbito da sua actividade artística na d’Orfeu, o elenco do concerto dedicado à música açoriana que estreou no Teatro Micaelense em Ponta Delgada, gravado pela RTP Açores. Agora, em 2010, o espectáculo foi levado a outras duas ilhas (Faial e Terceira) anteontem e ontem, 26 e 27 de Fevereiro respectivamente e, na próxima semana, a 5 e 6 de Março, é apresentado em duas noites especiais no Teatro São Luiz, em Lisboa, encerrando a Semana Cultural da Cultura Açoriana na capital.

A direcção musical e arranjos são de Rafael Fraga, num elenco que junta ainda nomes como João Paulo Esteves da Silva (piano), Alexandra Ávila e João David Almeida (voz), Jorge Reis (saxofone), Luís Fernandes (flauta e acordeão), Augusto Macedo (baixo), Bruno Pedroso (bateria) e Sebastian Scheriff (percussões).

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:30

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2010

Recortes de jornais desde a década de 40 em exposição até Setembro em Anadia

Museu José Luciano de Castro recebe mais de 50 mil recortes que retratam as gentes da terra

O resultado de mais de 65 anos a recortar notícias de jornais pode agora ser visto e analisado na sala de exposições temporárias do Museu José Luciano de Castro, situado no Palacete Seabra de Castro, em Anadia. “Recortes de História” é a exposição que inaugurou no último sábado, dia 20 e que retrata a dedicação de João Venâncio Marques, autor, às gentes de Anadia.

São mais de 50 mil os recortes compilados por João Marques, todos eles agrupados em dossiês e organizados por temas, sejam eles personalidades ou instituições de Anadia, do concelho e até da Bairrada.

Nuno Rosmaninho, docente do Departamento de Línguas e Cultura da Universidade de Aveiro (UA), responsável pela apresentação da exposição, assinalou o momento como sendo “de grande importância para os estudos locais de Anadia e não só”.

O professor da cadeira de Cultura e Património na UA falaria sobre três circunstâncias: da exposição, do homem e da obra em si. Também Rui Rosmaninho recorreu, em Dezembro de 1990, à ajuda de João Venâncio Marques, que “disponibilizou, com muita simplicidade, a documentação de que já dispunha, em significativa quantidade”.

O docente referiu que os recortes de João Marques são “um acervo que é uma verdadeira enciclopédia de Anadia e da Bairrada”. E referindo-se à revista Aqua Nativa, onde escreve, lembrou que daquilo que se publica “há sempre algo de útil no arquivo de João Marques. Quer documentos, quer fontes”.

 

Um “verdadeiro banquete”

Para Rui Rosmaninho, “Recortes de História” é um “verdadeiro banquete deste século, sobretudo para quem gosta de História Local. É uma revisitação quase faustosa do passado”.

Os recortes estão organizados em pastas sobre o Ensino Primário, o Colégio Nacional, Lions, o Café Anadia, o Teatro. Existe também uma quantidade inúmera de pastas dedicadas a figuras, das mais remotas às mais recentes, como Fausto Sampaio, Mário Pato, Rodrigo Rodrigues dos Santos ou Manuela Alves.

Os recortes de João Marques, para Rui Rosmaninho, têm uma grande importância do ponto de vista científico e pedagógico: “Por restabelecer o contacto com a História Local, é por isso uma exposição que deve interessar a escolas, por ter muitos trabalhos de índole pedagógica”.

O professor da UA disse que o espólio deve ser preservado conforme foi entregue pelo autor, podendo somar-se mais recortes. “Não vi em todas as pastas a dos escritos do senhor João Marques. É um trabalho de grande interesse, que não vi, mas que também deve estar”, sublinhou Nuno Rosmaninho.

 

Espólio vai ser digitalizado

O local onde o espólio foi colocado “é o natural. É um óptimo local, de serviço à comunidade e um lugar de cultura e grande importância”, afirmou Rosmaninho, congratulando-se com o facto de o espólio ser futuramente digitalizado, “o que vai constituir uma alavanca em termos de divulgação, porque a sua capacidade de multiplicação pedagógica e científica aumenta muito”.

Rui Rosmaninho terminou convidando João Marques a “não parar”. E foi a esposa, Angelina Pina, que rapidamente disse que não deixava.

Carlos Matos, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Anadia, lembrou que a exposição “é uma pequeníssima parte do que João Marques tem feito e doou à instituição”, agradecendo publicamente por isso. Litério Marques, presidente da Câmara de Anadia, classificou a mostra como “um trabalho fantástico”.

João Venâncio Marques, emocionado, agradeceu à esposa e referiu-se àquele como “um dos grandes momentos da minha vida”.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:04

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2010

Candidaturas ao Fundo Social de Anadia podem ser apresentadas

Regulamento já aprovado em reunião do Executivo camarário

A Câmara Municipal de Anadia assume a promoção do Fundo Social - “Por uma causa social!” - como um contributo para a melhoria das condições de vida dos seus munícipes.

Desta forma, a autarquia implementa medidas de apoio às famílias do Município de Anadia mais afectadas pela actual crise económica. Os agregados familiares podem apresentar a candidatura à Câmara Municipal de Anadia, tendo em conta as condições de acesso e as demais disposições que constam no Regulamento do Fundo Social, já aprovado em reunião do Executivo camarário.

A candidatura deverá ser apresentada no Gabinete da Rede Social, que fica situado no Centro Cultural de Anadia.

No referido regulamento pode ler-se que é pretensão do Município de Anadia implementar medidas de apoio aos estratos sociais mais afectados pela crise provocada pela actual situação económica, financeira e social, sendo o documento o instrumento que permitirá a materialização desta intenção.

Foi considerado ponto de partida uma actividade cultural do concelho - a Feira da Vinha e do Vinho 2009 - para a criação do Fundo Social, em benefício dos cidadãos mais carenciados. Para ser possível a atribuição do apoio económico é necessário residir no concelho de Anadia, ter mais de 18 anos, não ser beneficiário de outros apoios para os mesmos fins e estar em situação de comprovada carência económica.

 

publicado por quiosquedasletras às 08:20

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 18 de Fevereiro de 2010

“Recortes de História” inaugura no sábado

João Venâncio Marques doa espólio com milhares de notícias recortadas à Misericórdia de Anadia

No próximo sábado, dia 20 de Fevereiro, vai inaugurar, numa das salas do Museu José Luciano de Castro - Palacete Seabra de Castro, em Anadia, pelas 15 horas, a exposição “Recortes de História”, da autoria de João Venâncio Marques.

O autor, natural da cidade de Anadia, com 77 anos de idade vai expor no referido espaço museológico, propriedade da Santa Casa da Misericórdia de Anadia (SCMA), a sua colecção particular com alguns dos mais significativos “Recortes de História”, retirados de jornais, que colecciona.

Possuidor de um arquivo de documentos jornalísticos, que foi reunindo ao longo dos anos e que reflectem a história e memória colectiva, no fundo o passado de Anadia e de pessoas do concelho, João Venâncio Marques vem agora dar a conhecer à população essas “relíquias” que tanto estima.

“Trata-se de um espólio de alta importância, dedicado a um espaço, que marca uma actividade cultural, a riqueza de um património, que dá a conhecer uma grande parte da minha vida”, explicou o autor.

E foi com apenas 11 anos que João Venâncio Marques iniciou esta actividade de coleccionador de recortes de jornais, sem “destino definido, mas já com a veia de ‘esfrangalhar’ jornais”, admite. E estes recortes dizem todos respeito a “tudo aquilo que fosse alusivo a Anadia e à Bairrada e suas gentes, não colocando de parte outras notícias que achasse de interesse”.

É no seio destes princípios que instituições como a SCMA, a Banda de Música, Bombeiros Voluntários de Anadia, Anadia Futebol Clube, APPACDM entre outras, mas também individualidades como Fausto Sampaio, Rodrigues Lapa, Manuel Alves, o ex-treinador do Benfica Toni, o “Fernandito” (Fernando Pina) do Anadia ou José Iglésias ganham personalidade nos recortes, indo ao encontro dos objectivos do autor.

Um trabalho considerado “digno e enriquecedor”, apreciado e valorizado por muitos alunos, “alguns deles em carteira universitária, mas também por historiadores, sendo alguns de renome e que consideram este um serviço extraordinário e de grande utilidade”, afiançou João Venâncio Marques.

Há mais de 65 anos que o autor desenvolve esta actividade, “permanentemente e de forma inesgotável”, sobre um tema “que não tem fim”. A entrega do espólio, devidamente legalizado, à SCMA é fruto de um anseio pela abertura e colaboração “nunca negada pela instituição”, que se alia à Biblioteca José Luciano de Castro.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:44

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 15 de Fevereiro de 2010

Projecto “Art Nouveau & Ecologie” da Câmara de Aveiro aprovado pela Comissão Europeia

Atribuído financiamento de 50 mil euros por período de cinco anos

No dia 4 de Fevereiro foi aprovado o projecto “Art Nouveau & Ecologie” pelo programa europeu “Culture 2007-2013”.

O município de Aveiro candidatou o projecto “Art Nouveau & Ecologie” a fundos comunitários no âmbito do programa europeu “Culture 2007-2013”, tendo sido aprovado o financiamento na ordem dos 50 mil euros, por um período de cinco anos, a contar do dia 4 de Fevereiro de 2010.

O projecto visa estudar a relação entre a Arte Nova e a Natureza, materializando-se no desenvolvimento de uma exposição itinerante entre todas as 20 cidades e regiões parceiras, publicação de dois livros infantis e uma “mala pedagógica” destinados ao público escolar e um conjunto de conferências especializadas denominadas “Laboratórios Históricos” e “Trocas Multilaterais”, com vista ao desenvolvimento de conhecimentos técnicos na área da compreensão e promoção do movimento Arte Nova.

Esta iniciativa do município insere-se ainda no Plano Estratégico para o Concelho de Aveiro - PECA, como um dos factores de diferenciação da região, onde a autarquia aposta para promover o desenvolvimento económico e social, sustentado na criação de uma rede urbana qualificada e multipolar, na qual a cidade, com os seus elementos de identidade (Ria, Arte Nova, Cultura), se assume como âncora de dinamização e captação de recursos humanos e investimento. Uma rede urbana que valoriza e capitaliza a diversidade sócio-territorial (cidade, Ria, faixa costeira, áreas rurais).

A aprovação da candidatura deste projecto é o resultado da integração do município de Aveiro, em 2008, na “Réseau Art Noveau Network”, constituída por um conjunto de cidades e regiões que possuem património Arte Nova: Älesund, Bad Nauheim, Barcelona, Bruxelas, Budapeste, Glasgow, Helsínquia, La Chaux-de-Fonds, Habana, Ljubljana, Lodz, Nancy, Província de Varese, Região da Lombardia, Réus, Riga, Tbilisi, Terrassa e Viena.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:38

link do post | comentar | favorito
Sábado, 13 de Fevereiro de 2010

“Escolíadas 2010” – 21ª Edição

Evento vai sair da Mealhada pela primeira vez

As “Escolíadas 2010” estão próximas do arranque, que acontece no dia 16 de Abril, no concelho de Ílhavo. São 21 as escolas que aceitaram participar nesta edição que será um novo desafio para todos os envolvidos. A 21ª edição das “Escolíadas” vai decorrer em vários espaços, havendo a partir deste ano sempre um ou dois pólos.

Cada pólo terá sessões e finais, seguindo-se uma finalíssima e a rematar a “Gala de Entrega de Prémios das Escolíadas”, que todos os anos serve para reapresentar os melhores momentos das sessões e promover um convívio entre todos.

 

Primeira sessão no dia 16 de Abril em Ílhavo

Dia 16 de Abril será a primeira sessão das “Escolíadas”, e é logo nesse dia que algo de inédito vai acontecer: o evento não terá início na Mealhada, mas sim no Centro Cultural de Ílhavo, que receberá o Pólo 1 das “Escolíadas”. Ali vão apresentar a sua arte nove escolas dos concelhos de Aveiro, Ílhavo e Vagos. A final deste pólo será na mesma sala, no dia 30 de Abril.

Em 7 de Maio arranca o segundo pólo das “Escolíadas 2010”, que receberá 12 escolas de oito concelhos. O local para este pólo ainda está por definir, mas deverá ser em Coimbra ou na Mealhada.

Por definir está também o espaço que receberá a finalíssima das “Escolíadas 2010”, que vai receber as duas melhores escolas de cada pólo. A “Gala de Entrega de Prémios das Escolíadas 2010” será, à semelhança do que aconteceu na edição anterior, no “Centro Cultural de Ílhavo”.

 

Mais de dois mil alunos e professores envolvidos 

No total serão mais de dois mil alunos e professores envolvidos nas provas do evento, que já tem a confirmação do apoio da Direcção Regional de Educação do Centro (DREC), do Instituto Português da Juventude (IPJ), das Câmaras Municipais de Ílhavo e de Coimbra. Serão 11 noites repletas de Arte e Juventude, numa edição marcada pela descentralização das “Escolíadas”.

 

Calendário “Escolíadas 2010”

 

PÓLO 1 (Centro Cultural de Ílhavo)

1ª Sessão – Sexta-feira, dia 16 de Abril

- Escola Secundária Homem Cristo – Aveiro

- Escola Secundária José Estêvão – Aveiro

- Escola Secundária Dr. Mário Sacramento – Aveiro

 

2ª Sessão – Sábado, dia 17 de Abril

- Escola Secundária Dr. Jaime Magalhães Lima – Esgueira

- Escola Secundária Dr. João Carlos Celestino Gomes – Ílhavo

- Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos

 

3ª Sessão – Sexta-feira, dia 23 de Abril

- Escola Profissional de Aveiro – Aveiro

- Escola Secundária com 3º ciclo da Gafanha da Nazaré

- Escola Secundária de Vagos

 

Final – Sexta-feira, dia 30 de Abril

 

2º PÓLO – Coimbra ou Mealhada (ainda por definir)

1ª Sessão – Sexta-feira, dia 7 de Maio

- Escola Secundária de Montemor-o-Velho

- Escola Secundária Drª. Maria Cândida de Mira

- Escola Secundária de Carregal do Sal

 

2ª Sessão – Sábado, dia 8 de Maio

- Escola Secundária Dr. João Lopes de Morais – Mortágua

- Colégio de Albergaria-a-Velha

 

3ª Sessão – Sexta-feira, dia 14 de Maio

- ADA – Associação Diogo Azambuja – Montemor-o-Velho

- Escola Secundária Dom Dinis – Coimbra

- Escola Secundária de Albergaria-a-Velha

 

4ª Sessão – Sábado, dia 15 de Maio

- Escola Secundária de Mealhada

- Escola Secundária de Oliveira do Bairro

- Escola Secundária Avelar Brotero – Coimbra

 

Final – Sexta-feira, dia 21 de Maio

 

Finalíssima – Sexta-feira, dia 28 de Maio

 

“Gala de Entrega de Prémios das Escolíadas” – Sexta-feira, dia 4 de Junho, no Centro Cultural de Ílhavo, em Ílhavo.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:01

link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Terça-feira, 9 de Fevereiro de 2010

ACIB e Rota da Bairrada apresentam suplemento Turismo na Bairrada

Processo de certificação do leitão é para avançar

A ACIB - Associação Comercial e Industrial da Bairrada e a Associação Rota da Bairrada apresentaram, no dia 28 de Janeiro, no Espaço Inovação, na Zona Industrial de Vila Verde, em Oliveira do Bairro, a quarta edição do suplemento Turismo na Bairrada, publicação que este ano foi editada pelas duas entidades.

Na apresentação da publicação estiveram presentes a presidente da ACIB, Emília Abrantes, e o vice-presidente da Rota da Bairrada, Jorge Sampaio, que exortaram a importância deste suplemento, e desta parceria, na divulgação turística da região.

A Bairrada é uma região de turismo por excelência, com uma invulgar beleza paisagística, grande riqueza ambiental e capacidade de bem receber os turistas, oferecendo-lhes um vasto leque de opções no que toca a várias áreas, com especial destaque para a enologia, gastronomia, cultura, lazer e saúde.

 

ACIB publica suplemento desde o ano de 2007

A ACIB, consciente desta realidade, publica, desde 2007, o suplemento de Turismo na Bairrada da revista Dinâmica Magazine.

Para a edição deste ano, a associação lançou o desafio à Rota da Bairrada no sentido de colaborar na organização e edição do suplemento, que tem como objectivo ser um meio de divulgação e promoção turística da região bairradina.

Tal como nas edições anteriores, também este ano o suplemento esteve presente na BTL - Bolsa de Turismo de Lisboa, através da Rota da Bairrada, sendo depois distribuído com a revista Dinâmica Magazine, no primeiro trimestre de 2010, com o objectivo de transmitir ao público em geral informação pertinente sobre as mais diversas áreas do “Nosso Turismo”, assim como promover e divulgar as instituições e entidades deste sector existentes na Bairrada.

 

Certificação do leitão

A finalizar a apresentação, foi a vez da Rota da Bairrada lançar um desafio à ACIB: colaborar e apoiar no processo de certificação do leitão, desafio esse que foi prontamente aceite pela presidente, Emília Abrantes.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 07:16

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 8 de Fevereiro de 2010

Curia Tecnoparque recebe lançamento do número 36 da revista Aqua Nativa

Nova edição dedicada à freguesia de Tamengos, Anadia

Uma reflexão e análise históricas sobre um espaço carregado de memórias. Assim poderia definir-se a sessão de lançamento do número 36 da Revista de Cultura e História Local Aqua Nativa, edição dedicada a Tamengos, que juntou no auditório do Curia Tecnoparque, em Tamengos, alunos da Universidade Sénior da Curia (USC) e também muitos habitantes da localidade homenageada.

Nuno Rosmaninho, docente do Departamento de Línguas e Cultura da Universidade de Aveiro, proporcionou uma verdadeira aula de História Local a todos quantos puderam assistir ao lançamento de “Dossiê Tamengos”, cuja leitura permitirá uma “viagem pelo espaço, pelas pessoas e por quotidianos totalmente diferentes” dos que se conhecem hoje e que dizem respeito à realidade daquela freguesia do concelho de Anadia, até há 50 anos atrás.

O autor e investigador explicou que esta é uma temática com grandes “virtudes cívicas”, uma vez que poderá fazer “entender melhor e lutar por um lugar”. E como “o que há ainda para fazer é imenso”, este “Dossiê Tamengos” pode também ajudar a mostrar temas que funcionam como exemplos para quem quer investigar e fazer História Local, até porque “no concelho de Anadia poucas povoações têm estudos sistemáticos feitos”.

O investigador dá o exemplo da preservação do património das igrejas, que ainda não está estudado, e que é urgente “fotografar, medir e pesar”. O autor terminou deixando uma sugestão: a criação de uma “Carta Concelhia do Património”.

Para Alice Godinho, professora de Estruturas Socioculturais da USC, a revista Aqua Nativa - e este número em concreto, dedicado a Tamengos - vêm desempenhar um “importante papel na construção histórica”, revelando-se um “valioso instrumento de trabalho e investigação”.

O dossiê sobre Tamengos reúne um conjunto de realidades já passadas, permitindo também satisfazer a curiosidade dos habitantes de hoje.

Carlos Alegre, director e coordenador da Revista Aqua Nativa, descreveu a publicação como um “espaço de memórias, de histórias de vida”, convidando todos os que gostam de História Local a escrever, “porque realmente têm muito para dizer”.

Esta edição, que completa o 19º aniversário da revista, apresenta um conjunto de artigos e estudos sobre Tamengos ao longo da História, um trabalho de vários autores, que traça um perfil da localidade em cerca de metade da revista.

Está já a ser preparado o número 37 da Aqua Nativa, que incluirá um dossiê de estudos sobre Ancas.

 

 

publicado por quiosquedasletras às 08:04

link do post | comentar | favorito
Sábado, 6 de Fevereiro de 2010

Júlio Pereira sobe ao palco das “Sextas Culturais Águeda 2010”

Dia 12 de Fevereiro no Cine-Teatro São Pedro

Depois do êxito do primeiro concerto, as “Sextas Culturais 2010” - uma iniciativa inserida na programação cultural da Câmara Municipal de Águeda - prosseguem com Júlio Pereira, que pela primeira vez se desloca até Águeda. O segundo concerto das “Sextas Culturais 2010”, com Júlio Pereira, será já a 12 de Fevereiro, pelas 21.30 horas, no Cine-Teatro São Pedro.

Com mais de 30 anos de carreira, a visita de Júlio Pereira ao palco de Águeda tem motivado um crescendo de expectativa em torno deste espectáculo. Com o instrumento que o acompanha desde infância, o bandolim, e acompanhado pelos músicos Sofia Vitória e Miguel Veras, Júlio Pereira irá certamente propiciar um concerto autêntico e vivo.

Este vai ser outro espectáculo a não perder. Os bilhetes para os concertos das “Sextas Culturais Águeda 2010” podem ser comprados em diversos postos de venda em Águeda e Aveiro. Os bilhetes para o concerto de Júlio Pereira têm o custo de 10 euros no dia do concerto (no local do espectáculo), mas podem ser adquiridos por 5 euros se pré-comprados até à véspera.

A programação para 2010 é uma aposta na consolidação do evento, com base na fidelidade de público das “Sextas Culturais”, construída ao longo das anteriores edições. Apresentando uma programação não necessariamente óbvia, mais voltada para o crescimento cultural do público que para o crescimento do público cultural - esse já diz presente -, investe-se numa enorme oportunidade de evolução dos hábitos culturais da cidade, com um decisivo passo em frente na qualificação do consumo cultural de Águeda e da sua própria afirmação cultural no seio da região.

 

Bilhetes e preços

- 10 euros (no próprio dia/apenas na bilheteira do Cine-Teatro São Pedro)

- 5 euros (pré-venda)

 

Pontos de venda:

Águeda – Galeria Municipal, Fórum da Juventude, Biblioteca Municipal, Piscinas Municipais, Espaço d’Orfeu, Posto de Turismo, Cine-Teatro São Pedro;

Aveiro – Oficina de Música de Aveiro, Loja de Música Wah Wah no Mercado Negro, Loja de Discos Disco Preto no Centro Comercial Oita.

 

http://www.juliopereira.pt/

 

 

publicado por quiosquedasletras às 09:39

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Receba o Quiosque

Insira o seu endereço de e-mail:

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Câmara Municipal de Aveir...

Luís Fernandes, da d’Orfe...

Recortes de jornais desde...

Candidaturas ao Fundo Soc...

“Recortes de História” in...

Projecto “Art Nouveau & E...

“Escolíadas 2010” – 21ª E...

ACIB e Rota da Bairrada a...

Curia Tecnoparque recebe ...

Júlio Pereira sobe ao pal...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Rostos SAPO Local

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds