Domingo, 30 de Dezembro de 2007

Cerimónia ficou marcada pela ausência de entidades eclesiásticas e da autarquia

Padre Alfredo Simões Rei homenageado pela Junta de Freguesia da Moita

A Junta de Freguesia da Moita, Anadia, homenageou no passado dia 22, o padre Alfredo Simões Rei, pároco da freguesia de 1952 a 1996. A cerimónia consistiu no descerramento de uma lápide no antigo Largo da Feira, que agora tem o nome deste padre que tanto fez pela freguesia.

Foi depositada uma coroa de flores pelo irmão, Filipe Rei, oferecida pelo Centro Social e Paroquial da Moita de Anadia e outra depositada por Guilherme Andrade, presidente da Junta de Freguesia da Moita. Convém referir que apesar de terem sido convidadas, não estiveram presentes entidades eclesiásticas, nem da Câmara Municipal de Anadia.

António Faria, natural do lugar de Carvalhais, Moita, e autor do livro “Memórias da Moita”, onde está focada a vida deste padre, recordou, através das palavras, um pouco mais da vida “de um filho desta terra e que continua aqui em espírito”. António Faria lembrou que o padre Rei foi seu colega de seminário durante nove anos, “foi um companheiro”. E começou dizendo que o dia 22 foi “um dia grande para a Moita. Esta cerimónia não é mais do que um preito de gratidão e de justiça ao padre Rei, que durante 52 anos assumiu as rédeas espirituais da Moita, uma freguesia que estava decadente”.

A velha igreja estava muito danificada e a assistência aos idosos era pouca. “As crianças andavam ao Deus dará. Sem qualquer apoio estatal, o padre Rei tinha fé em fazer o melhor e nunca vacilou”, referia António Faria. Depois de colocar mãos à obra, o padre Rei conseguiu “casas condignas para os mais pobres, procedeu à restauração da Igreja Matriz e começou as obras sociais: lar da 3ª idade, infantário e creche, onde os meninos desta terra se prepararam para o futuro”.

Carlos Matos, natural da Póvoa do Pereiro, Moita, recordou também histórias do padre Rei e lamentou a ausência de alguém da Diocese de Aveiro. Guilherme Andrade agradeceu a presença de todos, convidando para uma romagem ao cemitério para depositar um ramo na campa do padre. Pelas 19.30 horas houve celebração de missa pelo padre Rei, na Igreja da Moita.

publicado por quiosquedasletras às 09:30

link do post | comentar | favorito
Sábado, 29 de Dezembro de 2007

Até dia 7 de Janeiro alguns espaços públicos na Mealhada vão estar decorados

Mais de mil alunos do concelho participaram no “Natal Ecológico”

A primeira Actividade de Educação Ambiental do ano lectivo 2007/2008 já decorreu. A iniciativa, que seguiu os mesmos traços do ano transacto mas estendendo-se à escola secundária e à profissional, chamou-se igualmente “Natal Ecológico” e contou com a participação de mais de mil alunos das escolas do concelho. O resultado está à vista de todos em vários locais do município: belos presépios e árvores de Natal construídos apenas com materiais recicláveis ou orgânicos. 

Pacotes de leite, copos, garrafas e sacos de plástico, latas, jornais, arame e esferovite, embalagens de detergente, tampas, ramos, vides e até mesmo massa alimentar foram alguns dos materiais utilizados pelos 1162 alunos das escolas do concelho, com a ajuda de professores, auxiliares e encarregados de educação, para construírem cerca de 10 presépios e 20 árvores de Natal, que se encontram agora a decorar alguns espaços públicos do município até ao próximo dia 7 de Janeiro.

Quem passar, por exemplo, pelo Largo da Igreja, em Casal Comba, pelo cruzamento do Itinerário Complementar 2 (IC2), no Carqueijo, pela rotunda do Cine-Teatro Messias ou pelo edifício da Câmara Municipal da Mealhada não vai, com certeza, ficar indiferente a estas obras de arte “amigas do ambiente”, criadas pelos alunos de 14 jardins-de-infância, nove escolas do 1º ciclo e duas escolas do 2º e 3º ciclos do Ensino Básico do concelho, bem como pelos alunos da Escola Secundária da Mealhada e da Escola Profissional Vasconcellos Lebre.

 

Sensibilizar população escolar para problemas ambientais

As Actividades de Educação Ambiental 2007/2008 são, assim, à semelhança do ano passado, um conjunto de actividades educacionais, leves e apelativas, que visam sensibilizar a população escolar para os problemas ambientais do concelho. Uma iniciativa da Câmara Municipal da Mealhada, que arrancou com este primeiro desafio intitulado “Natal Ecológico”. Em breve, a Câmara Municipal irá distribuir, a todos os alunos das escolas que participaram na iniciativa, calendários com as obras de arte que eles próprios conceberam.

A segunda actividade chama-se “Brincadeiras de Carnaval”, destina-se às crianças dos jardins-de-infância e escolas do 1º ciclo do Ensino Básico do concelho, e consta na criação de palhaços com materiais recicláveis, resistentes ao exterior. A apresentação está agendada para dia 24 de Janeiro de 2008 e os trabalhos ficarão, depois, em exposição, de 28 de Janeiro a 16 de Fevereiro em alguns espaços públicos do concelho.

publicado por quiosquedasletras às 09:59

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2007

Sessões acontecem sempre no último domingo do mês

“Bebés com Música” na Casa do Parque da Alta Vila

O último domingo de cada mês em Águeda é dedicado a experiências vibrantes para as orelhas dos pequenotes, em “Bebés com Música”. Esta prática com inúmeros casos de êxito por todo o país, pegou de estaca em Águeda. As sessões de Outubro e Novembro tiveram uma larga participação de bebés e famílias vindas de toda a região. A fechar o ano, mais uma sessão que promete.

O próximo “Bebés com Música” terá lugar na manhã deste domingo, dia 30, pelas 10.30 horas, com uma duração mínima de 60 minutos. Funciona num sistema de pré-inscrições até quinta-feira anterior, cuja jóia inclui o bebé e toda a respectiva família directa que queira participar. Quem se inscrever no início da sessão no próprio local, não terá direito ao desconto de pré-inscrição. Todas as informações estão disponíveis em http://www.dorfeu.com e na d’Orfeu Associação Cultural (telefones 234 603 164 ou 93 462 37 75).

Os músicos Artur Fernandes, Bitocas e seus convidados pontuais vão promover memórias colectivas entre os bébés e os seus mais velhos, dando espaço a uma participação efectivamente familiar. A d’Orfeu Associação Cultural e a Câmara Municipal de Águeda promovem “Bebés com Música” no âmbito da cada vez mais reforçada oferta formativa da EMtrad’ - Escola de Música Tradicional.

publicado por quiosquedasletras às 10:35

link do post | comentar | favorito

Desenhos estão expostos na Casa Cultural de Avelãs de Caminho

Junta distribui prendas de Concurso de Natal

Realizado pela terceira vez consecutiva e mantendo a tradição, o “Concurso de Desenho Alusivo ao Natal”, organizado pela Junta de Freguesia de Avelãs de Caminho, teve o seu encerramento no dia 23, passado domingo, com a entrega dos prémios, que foi feita pelo “Pai Natal na sua carroça de burro”, enfeitada a rigor.

A quantidade de desenhos superou as expectativas, num total de 126 desenhos, e que desde já a Junta de Freguesia de Avelãs de Caminho agradece às escolas e associações envolvidas a cooperação e empenho.

Estes desenhos estão todos expostos na Casa Cultural de Avelãs de Caminho. Apesar do evento ter sido uma vez mais um êxito, César Andradre, presidente da Junta de Avelãs de Caminho, diz ser “de lamentar a ausência de inúmeras crianças premiadas, o que foi derivado ao comodismo dos pais, pois não foi por falta de informação que os prémios seriam entregues no dia 23 de Dezembro, após a celebração da Missa Dominical”.

publicado por quiosquedasletras às 09:04

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 27 de Dezembro de 2007

Movimento “Unidos pela Saúde” pretende organizar mais acções

Buzinão de protesto para manter Urgências

No próximo dia 29, sábado, um grupo de cidadãos de Anadia, denominado “Unidos pela Saúde”, vai realizar mais uma iniciativa em defesa das Urgências do Hospital José Luciano de Castro, em Anadia.

Trata-se de um buzinão de protesto, com partida do Largo do Município de Anadia às 15 horas e, de acordo com José Paixão, do movimento “Unidos pela Saúde”, tem como “destino Coimbra, até junto do edifício da Administração Regional de Saúde do Centro, onde se fará um buzinão simbólico de protesto, em marcha lenta”.

A decisão de encerrar as Urgências de Anadia foi tomada “pelo senhor ministro Correia de Campos, que é um cidadão que tem aversão a centros de saúde, aliás como em tempos referiu, e por isso, para ele os centros de saúde, hospitais, maternidades e Serviços de Atendimento Permanente (SAP), em particular os públicos, são luxos para os pobres dos contribuintes”, atira José Paixão.

 

Podem haver mais acções até final de 2007

O elemento da organização refere ainda que antes do final do ano “é bem possível que haja mais alguma acção de protesto, além do buzinão do dia 29”. Recorde-se que o movimento “Unidos pela Saúde” foi responsável pela vigília que decorreu na noite do dia 20 de Abril, numa caminhada debaixo de chuva, até ao serviço de Urgências de Anadia. “Uma acção que apesar do mau tempo que se fez sentir, acabou por correr bem”, diz José Paixão.

 

“Uma boa acção” no domingo

Questionado sobre a manifestação do último domingo, dia 23, José Paixão congratula todos os que participaram e considera a manifestação, encabeçada por autarcas, “uma boa acção”.

publicado por quiosquedasletras às 10:02

link do post | comentar | favorito

População luta contra o fim do Serviço de Urgência de Anadia

Milhares protestam contra fecho das Urgências

Cerca de cinco mil pessoas manifestaram-se na tarde de domingo, dia 23, em Anadia, contra o anunciado encerramento - no dia 2 de Janeiro, do serviço de Urgências do Hospital José Luciano de Castro. A população saiu à rua para manifestar-se em protesto, através de uma marcha lenta, que terminou junto àquela unidade de cuidados de saúde. O cortejo foi encabeçado por Litério Marques, presidente da Câmara Municipal de Anadia e por presidentes das Juntas de Freguesia.

Os populares concentraram-se antes das 15 horas em frente ao Edifício dos Paços do Município. Eram aos milhares, oriundos das 15 freguesias do concelho de Anadia. A tarde de sol ajudou. E Litério Marques estava satisfeito com a mobilização dos seus munícipes. Contudo, alguma revolta não deixava de invadir o autarca, que não esconde sentir-se “enganado”, visto garantir nunca ter-lhe sido dito que alguma vez as Urgências pudessem encerrar.

“O ministro (Correia de Campos) portou-se tremendamente mal. Num almoço em Elvas falou-me sempre de um tratamento diferente. Anadia seria um caso diferente porque tem todas as condições. Foram gastos cerca de três milhões de euros em obras de remodelação, o hospital é certificado, daí eu ter entendido que o Ministro da Saúde falasse sempre de um hospital diferente”, dizia Litério Marques.

A dada altura o autarca começou a organizar o cortejo. Na frente seguia uma viatura da Junta de Freguesia de Sangalhos, com altifalantes e cartazes, onde podia ler-se: “O Sócrates adoeceu! Rápido, para Sangalhos!”. E mais em baixo: “Novo Hospital de Sangalhos”.

 

Palavras contra o Governo

Os mais de cinco mil manifestantes gritaram sem parar palavras de ordem contra o Governo e contra o Ministro da Saúde, Correia de Campos.

Manuel Moniz, de Espairo, São Lourenço do Bairro, 67 anos, um dos manifestantes, referiu que “o povo de Anadia é muito pacífico”. “Temos uma auto-estrada que atravessa o concelho e um caminho-de-ferro. Se cortássemos estas duas vias é que era trabalho”, sugeriu.

“O ministro (Correia de Campos) devia ser enterrado num poço. Ao cimo da terra não anda a fazer nada”, atira Abílio Morais, da Junqueira, freguesia da Moita, 57 anos.  

Da Câmara, o cortejo seguiu para a Avenida 5 de Outubro, depois para a Rua das Flores (Lidl), Rotunda do Itinerário Complementar 2 (IC2), IC2, nova rotunda do IC2, desta vez junto à EB 2/3 de Anadia, Avenida 25 de Abril e finalmente as Urgências do Hospital José Luciano de Castro.

De destacar que à chegada da rotunda da EB 2/3 de Anadia, a população parou no IC2, bloqueando o trânsito. Mas Litério Marques apelou ao microfone para que não o fizessem, “para não criarmos problemas. Foi um incidente sanado, que até pode ser considerado feliz, na medida em que o intuito das pessoas foi tornar a manifestação mais eficaz. Foi a emoção”, justificou.

 

Ministro não vai recuar

Já o sol se estava a pôr quando o cortejo chegou às Urgências. Litério Marques agradeceu a presença de todos e garantiu que mais acções vão haver, até que Correia de Campos recue. “Ainda não existe nenhuma comunicação por escrito a informar que as Urgências vão fechar, apenas uma ordem de serviço da Administração Regional de Saúde do Centro a anunciar o dia 2 de Janeiro. E se chegar a confirmação, avanço com a providência cautelar”, garantiu.

De acordo com a Agência Lusa, fonte do Ministério da Saúde disse que “a decisão é para o melhor das populações. Não faria sentido voltar atrás. A decisão é para manter e já foi anunciada”. (Foto: J. Pires)

publicado por quiosquedasletras às 09:51

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 26 de Dezembro de 2007

“Alimento para a Alma!” reúne 90 cabazes de Natal para os mais carenciados

Campanha de Natal 2007 encerra com chave de ouro

No passado dia 19, quarta-feira, a Campanha de Natal 2007 - “Alimento para a Alma!” teve o seu encerramento. O local escolhido para a ocasião foi o auditório do Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, onde Mónica Teixeira, directora técnica do Centro de Apoio Social de Vila Nova de Monsarros, uma das três instituições organizadoras, fez uma retrospectiva de alguns dos momentos mais marcantes da campanha: Lançamento (no dia 1 de Março), padrinhos (SoCértima e José Cid), celebração do Dia do Idoso, donativo do Lidl, Dia da Erradicação da Pobreza, Workshop de Danças Latinas e Africanas.

Mónica Teixeira terminou a abertura da sessão de encerramento referindo que o slogan utilizado durante a campanha - “Dê para aquecer a alma de alguém e a sua também” -, não deveria ser “apenas lembrado e praticado nesta época, mas sim durante todo o ano”.

Teresa Belém, vereadora da Câmara Municipal de Anadia, agradeceu à organização “todo o empenho e dinamismo empregue em tão nobre iniciativa. Fico sensibilizada com todo este percurso e acredito que hoje respirem de alívio, porque está concretizado o projecto”. A vereadora disse ainda que “tudo correu bem, ultrapassando as expectativas, dado terem sido reunidos os 90 cabazes para proporcionar um Natal mais feliz às famílias onde vão chegar”.

Laura Tomé, do Serviço Local de Segurança Social de Anadia, referiu ser um “privilégio reconhecer publicamente a dimensão meritória promovida pela organização”. Seguiu-se a entrega simbólica de 24 cabazes de Natal aos representantes de cada um dos parceiros. Os restantes cabazes foram entregues no dia seguinte. A sessão terminou com um beberete, ao som do coro “Cluny Vox”, do Colégio Nossa Senhora da Assunção.

publicado por quiosquedasletras às 16:45

link do post | comentar | favorito

Prémio Escolar Professor Doutor Rodrigues Lapa realiza-se pelo 12º ano

Rodrigues Lapa homenageado com entrega de prémios

No dia 19, quarta-feira, o Salão Nobre do Edifício dos Paços do Município de Anadia recebeu a 12ª edição do Prémio Escolar Professor Doutor Rodrigues Lapa. A sessão foi também uma homenagem aos 110 anos de um anadiense ilustre, um homem que se considerava “inquieto, sensível e exigente”.

Jorge Sampaio, vereador da Câmara Municipal de Anadia, resumiu a vida de Rodrigues Lapa (1897-1989). Mas Litério Marques, presidente da Câmara de Anadia, acabou por dizer que “falar de Lapa é perder tempo. Porque tudo o que se possa dizer fica aquém da figura que foi este anadiense e da sua importância”.

“Este é um momento de glória para estes alunos. Trabalhem sempre porque só assim chegarão onde pretendem”, referiu Litério Marques, felicitando todos.

Helena Libório, directora adjunta da Direcção Regional de Educação do Centro (DREC), lembrou que o prémio “representa o esforço dos alunos, sendo também um prémio de cidadania”.

                         

2º Ciclo do ensino básico

Pela primeira vez, em “ex-aequo”, as vencedoras deste escalão são Francisca Salgado e Maria Francisca Monteiro, ambas do Colégio Nossa Senhora da Assunção (CNSA). As menções honrosas foram para Inês Fernandes (Colégio Salesiano São João Bosco), Gabriela Oliveira (EB 2/3 de Vilarinho do Bairro) e Ana Marta Ferreira (EB 2/3 de Anadia).

 

3º Ciclo do ensino básico

Carlos Gonçalves, do CNSA, venceu este escalão. As menções honrosas vão para Maria Inês Ferreira (Escola Secundária de Anadia - ESA), Joselina Antunes (EB 2/3 de Anadia), Lucas França (EB 2/3 de Vilarinho do Bairro) e Ernesto Cruz (Colégio Salesiano São João Bosco).

 

Ensino secundário

Duarte Leite, da ESA, é o vencedor do Prémio Professor Doutor Rodrigues Lapa nesta categoria. As duas menções honrosas vão para Ana Rafaela Esperança e João Cardoso, ambos do CNSA.

 

Prémio Distinção LCB/Professor Doutor Rodrigues Lapa

O Lions Clube da Bairrada (LCB), como acontece todos os anos, distinguiu os melhores alunos de Língua Portuguesa do 12º ano, nos concelhos de Anadia e Oliveira do Bairro, onde este clube está implantado. A vencedora deste prémio (um cheque do LCB com a importância de 300 euros) foi Mariana Alves, do CNSA, com 19 valores. As menções honrosas do LCB foram para Paulo Campos, da ESA, 18 valores; Ana Rita Coelho, da Escola Secundária de Oliveira do Bairro, 18 valores e Patrícia Tavares, do Colégio Frei Gil de Bustos (IPSB), com 18 valores. (Foto: CN PRESS)

publicado por quiosquedasletras às 16:31

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 25 de Dezembro de 2007

Espectadores e participantes doam roupas e brinquedos aos mais carenciados

Câmara Municipal de Águeda promove Natal Solidário

Durante o ano de 2007, a Câmara Municipal de Águeda, com o objectivo de proporcionar a todos os munícipes do concelho o acesso a um vasto programa Cultural, desenvolveu uma iniciativa a que deu o nome de “Sextas-feiras Culturais”. A iniciativa, que decorreu na segunda sexta-feira de cada mês ao longo de todo o ano, teve como seu último espectáculo o “Concerto Natal Solidário”, que teve lugar no dia 14 de Dezembro, no Cine-Teatro São Pedro, em Águeda.

Para este concerto, a Câmara Municipal contou com a colaboração de várias associações do concelho: o Coro da Cruz Vermelha Portuguesa do Núcleo de Águeda, o Coral Polifónico Cantate Iubilo, o Orfeão da Associação Cultural de Recardães, o Orfeão do Paraíso Social de Aguada de Baixo e o Orfeão de Barrô, as quais prontamente se disponibilizaram para se associarem à iniciativa.

O concerto, mais do que um momento cultural foi um momento solidário, onde os espectadores e os elementos das associações participantes se juntaram a esta causa e colaboraram doando roupas e brinquedos, que a Câmara Municipal, com a ajuda da Cruz Vermelha, distribuiu pelos mais carenciados do concelho de Águeda.

No palco, os cinco coros participantes encantaram os espectadores com os festivos cânticos de Natal e as músicas de alegria e fraternidade. E as ofertas cedidas alegraram o Natal dos mais carenciados.

Promovida pela Câmara Municipal de Águeda, a iniciativa fez as delícias de todos aqueles que assistiram ao verdadeiro espírito natalício que esteve presente.

 

“À procura do Ó-Ó perdido!” para as crianças

No dia 16 foi a vez das crianças se divertirem com o ambiente festivo que caracteriza a época. “À procura do Ó-Ó perdido!” foi a peça de teatro que colocou a pequenada em agitação para encontrar o Ó-Ó do protagonista.

Uma peça de Pascal Sanvic que primou pela interactividade com que brindou os pequenos espectadores. O bebé protagonista solicitava constantemente os conselhos das crianças para o ajudarem na sua busca, ao mesmo tempo que partilhava com elas as suas descobertas e alegrias.

 

Festa não esquece os idosos

No âmbito das Tardes Seniores que a autarquia promove desde o mês de Março, na quarta-feira, dia 19 de Dezembro, foi a vez dos idosos serem brindados com um espectáculo de luz e cor.

No Cine-Teatro São Pedro, o Grupo Juvenil Salesiano de Vale Domingos, composto por nove elementos, fez a festa e animou durante uma hora e meia a plateia composta pelos idosos que frequentam as instituições do concelho de Águeda. A iniciativa contou com o apoio de Maria da Luz, responsável pelo projecto do qual faz parte o Grupo Juvenil Salesiano de Vale Domingos e das técnicas das diversas instituições presentes. No final, a Câmara Municipal ofereceu uma pequena lembrança a cada uma das instituições, bem como às suas técnicas e ao Grupo Juvenil Salesiano de Vale Domingos.

Este espectáculo, com muita música e dança, aliava a novidade e a criatividade dos jovens à alegria e admiração dos idosos. No final, a vereadora do pelouro da Cultura e Tempos Livres, Elsa Corga, agradeceu a presença de todos os que participaram no espectáculo, desejando um Bom Natal e um Feliz Ano Novo. Estes espectáculos, fruto do empenho e dinamização da autarquia, pretenderam proporcionar momentos de convívio, alegria e amizade, característicos da quadra que agora se vive. A todos os que participaram e àqueles que por diversos motivos não puderam estar presentes, votos de Boas Festas.

publicado por quiosquedasletras às 09:53

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 24 de Dezembro de 2007

Autarquia aguedense e EB 2/3 de Valongo do Vouga assinam acordo de cooperação

Transporte Escolar assegurado a mais 112 crianças

A Câmara Municipal de Águeda e a Escola EB 2/3 de Valongo do Vouga celebraram um acordo que permite o transporte escolar a 112 alunos que frequentam essa instituição de ensino.

A Escola EB 2/3 de Valongo do Vouga compromete-se a realizar os seis percursos pelos vários locais da freguesia de Valongo do Vouga (Arrancada, Cumeada, Aguieira, Brunhido, Calvário, Paço, Fermentões, Lanhases, Sabugal, Toural, Santa Rita, Carvalhosa, Cavadas e Carvalhal da Portela).

Com este acordo realizado entre o município de Águeda e a Escola EB 2/3 de Valongo do Vouga, os alunos dos vários pontos da freguesia vão usufruir de transporte escolar. Ficam garantidos os horários e a segurança rodoviária no serviço realizado, prestando serviço público à população.

publicado por quiosquedasletras às 09:19

link do post | comentar | favorito

Pesquisar

 

Receba o Quiosque

Insira o seu endereço de e-mail:

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Letras

Aeróbica reuniu cerca de ...

Câmara Municipal de Aveir...

Seminário Internacional “...

Luís Fernandes, da d’Orfe...

Voluntários ajudam a limp...

Recortes de jornais desde...

Rota da Lampreia e da Vit...

Câmara Municipal de Anadi...

Candidaturas ao Fundo Soc...

Reunião aberta para a ini...

Letras na gaveta

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Letras

todas as tags

Rostos SAPO Local

Banca de Notícias

Contacto

quiosquedasletras@sapo.pt
blogs SAPO

subscrever feeds